Wild Basket

Wild Basket

        O estudante do 4 período de Bacharelado do Sistema de Informação, IFET, Campos Juiz de Fora, Braian Anderson criou o jogo Wild Basket que está viralizando no Google Play.

         O jovem natural de Baependi cidade situada ao sul do estado de Minas Gerais, já é destaque e referência no meio.

        Parabéns ao Jovem talento pelo sucesso alcançado em tão pouco tempo.

 

 

Wild Basket:

 

        Com o foco em fazer cestas de diferentes formas, se divirta com esse game rápido e fácil. Aprenda as mais diversas cestas existentes no mundo do BasketBall, com uma pitada de selvageria e cenários lindos. Wild Basket é o game para você que já conhece e gosta de basketball ou para você que quer aprender algo sobre.

 

        Baixe seu jogo gratuitamente pela playlist play.google.com/store/apps/details?id=com.BasaMobile.WildBasket

 

O País e o Mundo.

Provedores de internet no Brasil.

          Como tudo que acontece em nosso país, as falsas promessas tornaram-se uma forma cultural para ludibriar as relações comerciais.         Somos levados a acreditar nas informações passadas por quem deveriam...

Rodrigo Silva Campos um exemplo de vida.

            A vida é uma caixa de surpresa, todas suas facetas são gravadas em nossas memórias para nossa vida toda.             Ela nos dá a alegria dos presentes e a tristeza...

Seca no sudeste.

Seca no Sudeste: Fenômenos naturais, humano ou anúncio do apocalipse?              Não sei quantas pessoas terão acesso a este artigo, nem sei se todos estão prontos para receberem estas informações, pois o artigo é um elo entre a história, enigmas e a pura...

Morre, aos 97 anos, o poeta Manoel de Barros em Campo Grande

13/11/2014 10h12 - Atualizado em 13/11/2014 18h23 Morre, aos 97 anos, o poeta Manoel de Barros em Campo Grande Poeta estava internado havia duas semanas no Proncor da cidade. Manoel de Barros teve falência de múltiplos órgãos, diz hospital.   O poeta Manoel de Barros...

Senhor Bom Jesus do Livramento, a origem da Fé.

            Como podemos afirmar que existe apenas uma doutrina que nos dá as chaves do paraíso?         Como podemos apontar erros nas doutrinas que não pertencemos e esquecer-se da balança da justiça?...
<< 34 | 35 | 36 | 37 | 38 >>