Vanessa Cruz de Araújo

Vanessa Cruz de Araújo

Em 'As Seis Terras Sagradas- A Saga de Hadizat' da autora Vanessa Cruz de Araújo 'Naish é Revelada'

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

        Vanessa Cruz de Araújo nasceu no Recife (PE) em 1981. Aos doze anos de idade apreciava criar e contar histórias para as amigas, que as recebiam com grande interesse. Em 2007, seguindo um forte desejo, Vanessa começou a escrever este conto.

        Na crescente paixão da autora por criar e escrever, “As Seis Terras Sagradas” foi aos poucos tomando grandes proporções, de modo a ser dividido em três partes.

        A segunda parte da saga, “Naish é Revelada”, foi criada em sete meses, a partir de uma forte e contínua inspiração. Já a revisão levou um tempo maior para ser concluída.

        Atualmente morando na Suécia, Vanessa inspirou-se nas antigas sagas islandesas, as quais estudou brevemente, para aprimorar seu romance. Formada em Ciências Biológicas pela Universidade de Pernambuco, ela redefiniu, a partir de seu amor por escrever, a sua profissão.

        “Na trilogia, existe uma ligação paterna doentia por parte do arqui-inimigo de Hadizat, o Lorde das Sombras, endereçada a ela, pois, tendo-a raptado, a vê crescendo em seu castelo e ambiciona seu poder para a destruição dos povos do Mundo Físico.”

 

Boa Leitura!

 

 

        Escritora Vanessa Araújo, é um prazer contarmos com a sua participação mais uma vez na Divulga Escritor. Apresente-nos o segundo livro da trilogia “As Seis Terras Sagradas – A Saga de Hadizat – Naish é Revelada”.

 

        Vanessa Araújo – Em “Naish é Revelada”, o leitor se move de um mundo onde está familiarizado, para outro, passando a conhecer todo o bem e o mal que esse mundo tem para oferecer e, principalmente observando os próximos e definitivos passos da personagem principal, Hadizat, e seus maiores companheiros. Do começo ao fim, revelações surpreendentes, batalhas instigantes e profundas transformações.

 

             Quais são as seis Terras Sagradas? O que cada uma tem de especial que as diferencia?

        Vanessa Araújo – Antes de serem tomadas pelas trevas, as Seis Terras Sagradas do Mundo Enérgico eram locais de passagem para espíritos. Em cada uma, um portal outrora levava a um céu específico. O espírito atravessava o portal a caminho do nascimento, no Mundo Físico, e de volta para o céu após a morte. Através das terras, energias positivas guiavam os encarnados, mantendo a harmonia da vida e a evolução. Eram diferenciadas por seu ambiente e de acordo com a energia positiva que, então, regia:

Lark – campo de flores vermelhas – sobrevivência; Zaweh – deserto sob um céu alaranjado, emoções; Earon – vulcão com lava amarela – poder; Hazureh – floresta iluminada por luz verde – amor; Maadik – rio azul-turquesa – força de expressão; Ziel-Dår – mar de cor índigo – consciência.

 

        Quais os principais personagens que compõem o enredo de “As Seis Terras Sagradas – A Saga de Hadizat”?

        Vanessa Araújo – Esta saga tem vários personagens cruciais. Uns são apresentados no primeiro livro; outros, apenas no segundo. Alguns desses personagens nos deixam ao longo da história. Essencialmente, os principais personagens da saga são Hadizat (a Chama Sagrada, escolhida para iniciar o fim da Era das trevas); Nero (um mago que, no Castelo das Sombras se torna mentor e maior cúmplice de Hadizat); Döhr-Yager (um belo demônio, filho do Lorde das Sombras, que se apaixona perdidamente por Hadizat); Zavariah (elfa, filha da Guardiã de Naish. Do grupo, é a única ciente de que Hadizat é a Chama Sagrada, e se torna uma irmã para ela); Wolpak (um guerreiro grandalhão, explosivo e crente assíduo na Luz, que, por admiração e amizade se une ao grupo); Aelin (uma jovem harpia que rompe com a severidade de sua tribo para seguir ao lado de Hadizat e companhia); e Ioràn (um eremita amoroso e misterioso, que, unindo-se ao grupo, descobre e realiza um belo propósito entre eles).

 

        De que forma o enredo que compõe a trilogia está interligado?

     Vanessa Araújo – O enredo da trilogia está interligado pela personagem principal, a Chama Sagrada (Hadizat). Seu nascimento, crescimento, relacionamento com personagens essenciais e ações iniciais contra o mal se dão no primeiro livro, “Ziel-Dår e o Império das Sombras”. No segundo, “Naish é Revelada”, dentre outras coisas, há um seguimento dessas ações contra o mal, regado de alianças com novos personagens essenciais, união de forças com os povos, crentes e ímpios do Mundo Físico, e a descoberta de sua real identidade, algo até então ignorado por ela. No terceiro, “A Retomada”, o foco é a grande batalha incitada principalmente por ela, para a retomada das Seis Terras Sagradas.

 

        O enredo que compõe a obra é baseado em um jogo – “Baldur's Gate II”. O que o enredo da trilogia tem em comum com o jogo que inspirou a trama?

        Vanessa Araújo – Do jogo “Baldur’s Gate II”, me inspirei nos seguintes fatores, entre outros, para criar a trilogia:

        A estrutura do mapa (um aglomerado de cidades e áreas além dessas);

        Uma das castas de demônios, os Gazirs, é baseada, relativamente, em um tipo de demônio do jogo, os “Mind Flayers”;

        O fato de existir uma espécie de ligação entre um vilão e o herói. No jogo, o personagem principal é, em parte, a cria de um demônio. Na trilogia, existe uma ligação paterna doentia por parte do arqui-inimigo de Hadizat, o Lorde das Sombras, endereçada a ela, pois, tendo-a raptado, a vê crescendo em seu castelo e ambiciona seu poder para a destruição dos povos do Mundo Físico. Isso foi o que mais me inspirou, o fato de o herói recusar o mal oferecido pelo inimigo se sobrepor a isso de modo a até usá-lo para fins heroicos.

 

        O que mais a encanta na trilogia “As Seis Terras Sagradas – A Saga de Hadizat”?

        Vanessa Araújo – O que mais me encanta nessa trilogia é a força interna dos indivíduos (a voz da alma), desenvolvendo uma total transformação.

 

        Como vem sendo o feedback dos leitores por meio do primeiro livro que compõe a trilogia “Ziel-Dår e o Império das Sombras”?

        Vanessa Araújo – Todo feedback que recebi até hoje, do primeiro livro que compõe a saga, foi positivo, o que me alegra imensamente.

 

        Onde podemos comprar seus livros?

        Vanessa Araújo – O primeiro livro, em papel, está à venda (sob pedido) nas seguintes livrarias:

Cultura, Saraiva e Imperatriz.

O primeiro e segundo livros, sob o formato eBook, estão à venda no site amazon.com.

 

        Com relação ao terceiro e último livro “A Retomada”, qual a previsão para o seu lançamento?

    Vanessa Araújo – No momento, sem previsão. Em breve, estarei ingressando em um curso espetacular, baseado em pessoas, culturas e religiões do mundo, de onde pretendo extrair inspiração para escrever, também, a continuação desta saga.

 

        Quais os seus principais objetivos como escritora?

        Vanessa Araújo – Meu objetivo principal é encontrar eco nas mentes e corações dos leitores, uma identificação profunda deles com as histórias que escrevo. De todos os objetivos, esse é o que mais me completa como escritora.

 

        Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor a escritora Vanessa Araújo. Agradecemos sua participação na Revista Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

        Vanessa Araújo – É algo a dizer sobre o “silêncio de Deus”. Nos dias de hoje, muitos só enxergam violência, corrupção, dor, sofrimento, enfim, o lado negativo, deixando de ver, em sua fé, em sua crença, a promessa de dias melhores. Deus é silencioso, ninguém enxerga, escuta ou toca, mas muitos sentem. E, sentindo Deus, o homem crê no bem que ainda não vê, ouve ou pega. A verdadeira identidade de Deus é a alegria, um sol iluminando os corações nesses dias de escuridão. Se o foco da humanidade se convertesse para a alegria, tal escuridão dissiparia em um piscar de olhos.

 

 

Fonte:

Divulga Escritor, unindo Você ao mundo através da Literatura

www.facebook.com/DivulgaEscritor

Contato: divulga@divulgaescritor.com

 

Biografia Vanessa Cruz de Araújo 

 

Entrevistas Literárias.

Luiza de Castro

"Escolhas do Coração" é o mais recente lançamento da autora Luiza de Castro   Por Shirley M. Cavalcante (SMC) Luiza de Castro nasceu em Santos-SP/Brasil, em 1975. Reside em São Paulo (capital) com marido e dois filhos. Aos 23 anos, graduou-se em medicina e mudou-se para São Paulo onde...

Francisco J.S.A. Luís

Em destaque 'Travestis brasileiras em Portugal'   Por Shirley M. Cavalcante (SMC) Francisco J.S.A. Luís nasceu em Lisboa em 1971. Foi investigador do Centro em Rede de Investigação em Antropologia, é Doutorado em Antropologia Social e Cultural e Mestre em Direito Administrativo e...

'Coração de Obsidiana' é apresentada por Marina Solé Pagot

Por Shirley M. Cavalcante (SMC) Marina Solé Pagot, nascida em 29 de abril de 2002 em Bento Gonçalves, estuda no Colégio Santa Rosa e desde pequena escreve histórias e gibis. Escreveu seu primeiro livro aos 12 anos, e o segundo e o terceiro (pertencentes à trilogia), aos 14 e 15 anos. Em 2017,...

Entrevista com Rosa Marques

Por Shirley M. Cavalcante ( SMC)   'Prisioneiros do Progresso' com a autora portuguesa Rosa Marques Rosa Marques nasceu em Portugal, na ilha da Madeira, freguesia da Camacha, onde viveu até aos dezoito anos de idade. Após o seu casamento mudou-se para Porto Santo. Preocupa-a a grande...

Entrevista com Fernanda Camillo

Por Shirley M. Cavalcante (SMC) Fernanda Camillo é escritora graduada pela Universidade de São Paulo e Master in Fine Arts pelo Instituto Vera Cruz, também em São Paulo. Autora de diversos contos, em 2005 publicou o livro de poemas “Além do Olhar” e está lançando seu primeiro romance  “A...

Patrícia Fernandez

por Shirley M. Cavalcante (SMC)   Sou publicitária e autora profissional. Gosto de explorar meu talento e criatividade, criando ideias sólidas e concretas, sempre buscando a melhor maneira de desenvolvê-las. Trabalho bem em equipe e gosto de compartilhar ideias e metas bem definidas de...

Pola Oloixarac

A escritora argentina, Pola Oloixarac, atualmente vive em São Francisco, onde trabalha na divulgação de seu livro As Teorias Selvagens (Benvirá), recentemente traduzido para o inglês por Roy Kesey. Desde 2011 Pola conquistou espaço entre os leitores brasileiros quando veio...

A Medicina do Futuro apresenta massagem de som com Taças Tibetanas e Gongos

Por Shirley M. Cavalcante ( SMC)   Sou a Vida chamada Margareth. No período de tempo como a maioria o conhece, tenho 44 anos, gosto de honrar e refletir sobre os meus ancestrais bem como sobre a minha própria história enquanto mulher e ser pensante. Sei-me uma mulher livre e consciente, ligada...

WASHINGTON LUIS LANFREDI

Por:Conexão Literatura   ENTREVISTA COM WASHINGTON LUIS LANFREDI   Washington Luis Lanfredi O autor é formado em Técnico de Eletrônica e Engenharia Mecatrônica. Tem 35 anos e nasceu em Atibaia, mas vive em Taubaté desde os três anos de idade, sendo Taubaté a terra da Literatura infantil....

Nara Vidal

Por Selmo Vasconcellos   Nara Vidal é mineira de Guarani. Formada em Letras pela UFRJ, é Mestre em Artes pela London Met University. Mora na Europa há 14 anos. É autora de infantis, juvenis e seu primeiro adulto, “Lugar Comum” (Editora Pasavento), já em reimpressão, foi lançado em...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>