Vanécia Pinheiro.

Vanécia Pinheiro.

        Gosto da alegria, da festa, mas, adoro o silêncio, pois, fico só com meus pensamentos.
        Adoro as pessoas verdadeiras e as coisas verdadeiras, acredito que a verdade deve sempre prevalecer.
        Adoro compor e descobri que cada vez que escrevo uma poesia é como seu eu entrasse em trabalho de parto, o nascimento desta, me trás muita alegria, por que até agora nunca soube o que era dá a luz.
        Minha principal vocação é Amar, originária de todo ser humano.
        Minha maior paixão é Deus, pois, mesmo que meus pais não me amassem, Deus me amou primeiro e isso deve me bastar.

        Acredito que Deus tem uma grande missão para mim, e em breve devo estar caindo em campo, pois o projeto dele é que eu vá mais além do que escrever.

        Assim se faz o perfil e a vida desta poetisa amiga, Vanécia Pinheiro.

 

        Com a fé fortalecida pelo amor, Vanécia nos demonstra sua oração em forma de poema, expressando o amor por Deus.

Eu queria?

Um motivo...

Uma resposta...

Um alento...

Algo que apazigue este coração que sofre,

Queria...

Ser forte...

Mostrar-me superior.

Queria não sentir nada.

Nem ao menos demonstrar sentimento.

Mas, eu sofro...

Eu choro...

Peço a Mãe do céu forças.

Cobre-me com teu mando protetor...

Anjo da guarda meu zeloso guardador.

Se a ti me confiou à piedade divina.

Rege-me, guarda-me, governa-me e ilumina-me amém.

Vanécia Pinheiro.

   

         Convido a todos a conhecerem mais de seus trabalhos através da sua página no Recanto das Letras, Link:      

         www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=85477.

 

            A todos nossos amigos nós desejamos boa leitura e fiquem com Deus.

 

Fonte: Textos acima faz parte da página de Vanécia Pinheiro, na comunidade Recanto das Letras.

 

Todos direitos estão reservados ao Recanto das Letras e a autora, Vanécia Pinheiro conforme artigo (Lei 9610/98).

Escritores Convidados.

Barão da Mata.

              No caminho da vida conhecemos muitos amigos, alguns daqui, outros de acolá, mas com uma peculiaridade em comum entre eles. Em nossa primeira visão somos cometidos ao erro de imaginar como elas...

O Sol e a Lua, por Leu Siva.

              O romance nasce através dos olhares perdidos, dos afagos recebidos e das palavras bem ditas.         Como o Sol, astro forte e masculino que nos abraça e...

Cavalheiro Verardo Neto.

              O caminho literário é surpreendente; quando pensamos que autores, poetas e trovadores só estão nas grandes cidades, eis que descubro próximo a minha cidade um amigo de letras e poemas, natural de uma...
<< 3 | 4 | 5 | 6 | 7