Uma flor.

Uma flor.

 

Olho na janela vejo uma flor,

tão bonita que vi o seu amor.

Vejo uma menina perto dela,

passando numa passarela.

 

Que coisa tão bela,

vou levar para colocar na janela,

fico triste,

porque não mais irei vê-la.

 

Saio da janela,

vou passear na rua.

Vejo a lua,

lembro-me da flor,

que me deu amor.

 

Daniele de Jesus Ferreira, estudante do Escola Municipal Professor José Estevão, em Liberdade – MG.

 

.

 

Todos direitos estão reservados a "Antologia Liberdade dos Poetas" e a autora  conforme artigo (Lei 9610/98).
 

Poetas e seus Poemas da Antologia “Liberdade dos Poetas".

Índice da Antologia Liberdade dos Poetas.

Adriele Elaina de Carvalho Almeida........................................11 Alisson de Paula Costa..........................................................13 Ana Carolina Alves Giffoni......................................................15 Ana Claudia da...

Coração.

           Tu és divino e vermelho, No peito do ser humano. Coração que tens o amor, E também a dor.   Sentimentos com fartura, Sempre terei quando precisar. Tu ficas leve, Quando descobre que comigo pode contar.   Tão pequeno... Do tamanho de uma mão O...

Mãe

  Mãe palavra doce de falar, com muito carinho e dedicação, cuida de mim e de meus irmãos.   Ela é amiga, ela é guerreira, está sempre comigo quando preciso. Com amor sempre me ajuda, sem reclamar.   Mãe! Como é bom dizer! ... Se todos soubessem, não magoariam você, só lhe davam amor...

O tempo e a vida.

  Nascer, aprender andar, cair e se levantar, brincar e crescer.   Estudar, ter amigos, se apaixonar e namorar, se divertir e a juventude aproveitar.   Se formar, trabalhar, amar, se casar, uma família formar, e com ela viajar.   Os filhos criar, e envelhecer, os netos ver...

A vida.

  A vida é feita de momentos. Momentos bons e ruins, pois se não fosse esses momentos, não existiria vida.   Na vida passamos por dificuldades, que nos levam a desistir, mas a coragem e a confiança, permite-nos seguir.   O mundo pode acabar, todos morreram, mas só de parar e...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>