Um modo de ver a vida.

Um modo de ver a vida.

 

Com esses olhos fechados não vejo nada.

Com eles abertos também não...

Isso é a tristeza de quem não tem visão.

 

Mas eu não sou triste,

vejo tudo com essas mãos curiosas

nunca perdi a vaidade

sempre chamei atenção.

 

Na escola briguei com muitos valentões,

aqueles que não suportam ninguém.

Da turma era o mais inteligente,

desse jeito é bom ser diferente.

 

Em casa não tive tratamento especial,

aprendi que ser diferente é normal.

Isto nos tornam especiais,

imagine se todos fossem iguais.

 

Posso não ter a visão,

mas isso nunca foi problema!

Vejo melhor que muita gente.

 

Na verdade das palavras,

adoro cuidar de mim,

pois sou feliz assim.

 

“Não sou diferente,

Apenas mais independente”.

 

Júlio César Teixeira, nascido em Liberdade – MG, aos 17/10/1999, estudante do 3° ano da Escola Estadual Frei José Wulff, em Liberdade – MG, gosta de livros e poesias, sente na poesia uma forma de expressar seus sentimentos.

 

 

 

Todos direitos estão reservados a "Antologia Liberdade dos Poetas" e ao autor  conforme artigo (Lei 9610/98).
 

Poetas e seus Poemas da Antologia “Liberdade dos Poetas".

Amigo

  Quero um cavalo forte e corajoso, de belas pelagens, de olhar incomparável.   Veloz e charmoso, de coração gigante, e inteligência brilhante, um companheiro fiel.   Um amigo doce como o mel, a galopar pelas estradas da vida, onde sairei pelo mundo, a procura de amor...

A natureza.

        Lindas árvores, lindas flores, lindas borboletas de todas as cores. Lindo céu, lindo mar.   Lindo jardim que floriu, linda mata que cresceu, lindo sol que com seu calor aquece.   A chuva cai de mansinho, sobre a terra com carinho, umedece em cada...

A borboleta e a primavera

A borboleta está ansiosa, para a primavera chegar. Está cheia de esperança, para as lindas tardes alegrar.   A borboleta queria brincar, nas lindas flores do jardim. Ela logo vai se encantar, com aquele belo jasmim.   A borboleta viu a flor mais bonita, ela ficou muda quando chegou...

Sentimento de cão.

  Os cachorros têm muitas amizades, como vagabundo tem amor no coração. Quando me vejo nos seus olhos, me enche de emoção.   As suas vidas são boas, porque eles têm amor no coração. Como os confeitos cor de rosa, me enchem de inspiração.   Como mostram seu amor, tu me alegras o...

O artista e a onça.

  Batista é um artista que adora pintar. Pintou uma onça pintada, você não vai acreditar.   Foi escrever seu nome na pintura adorada. Como estava com fome, resolveu dar uma parada.   Para comer alguma coisa ele tinha que correr. Pois já era tarde e parecia que ia chover.   Como...
<< 9 | 10 | 11 | 12 | 13 >>

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!