Um modo de ver a vida.

Um modo de ver a vida.

 

Com esses olhos fechados não vejo nada.

Com eles abertos também não...

Isso é a tristeza de quem não tem visão.

 

Mas eu não sou triste,

vejo tudo com essas mãos curiosas

nunca perdi a vaidade

sempre chamei atenção.

 

Na escola briguei com muitos valentões,

aqueles que não suportam ninguém.

Da turma era o mais inteligente,

desse jeito é bom ser diferente.

 

Em casa não tive tratamento especial,

aprendi que ser diferente é normal.

Isto nos tornam especiais,

imagine se todos fossem iguais.

 

Posso não ter a visão,

mas isso nunca foi problema!

Vejo melhor que muita gente.

 

Na verdade das palavras,

adoro cuidar de mim,

pois sou feliz assim.

 

“Não sou diferente,

Apenas mais independente”.

 

Júlio César Teixeira, nascido em Liberdade – MG, aos 17/10/1999, estudante do 3° ano da Escola Estadual Frei José Wulff, em Liberdade – MG, gosta de livros e poesias, sente na poesia uma forma de expressar seus sentimentos.

 

 

 

Todos direitos estão reservados a "Antologia Liberdade dos Poetas" e ao autor  conforme artigo (Lei 9610/98).
 

Poetas e seus Poemas da Antologia “Liberdade dos Poetas".

Uma flor.

  Olho na janela vejo uma flor, tão bonita que vi o seu amor. Vejo uma menina perto dela, passando numa passarela.   Que coisa tão bela, vou levar para colocar na janela, fico triste, porque não mais irei vê-la.   Saio da janela, vou passear na rua. Vejo a lua, lembro-me da flor, que...

Os sinos de minha terra.

  Quando nasci, assim disse minha mãe: Escute, menino. Escute o doce badalar dos sinos de setembro. Escute-os para nunca esquecê-los para que te lembres de casa quando for outubro, quando for novembro. Eu escutei-os, e de casa me lembro enquanto ainda carrego minha vela. Nessa vida de muitos...

Ser bailarino.

  Ser bailarino, é mostrar ao mundo o jeito, mais simples para ser feliz.   Deixar seus movimentos falar por você, com o gesto mais singelo com meu pé paralelo, e invés de reclamar da vida, da um salto e fala que sabe voar.   O mundo de hoje mostra a crueldade, mais eu mostro a...

A vida

    Pelos caminhos da vida, muitas pessoas irão encontrar. Umas te farão feliz, outras apenas chorar.   Espero que dessas lágrimas, muitas alegrias possam nascer. Porque nesta vida, temos que aprender a conviver.   Temos que deixar, as coisas ruins para lá. E pensarmos...

A corrida para a escola de manhã.

    Dormir cedo para não demorar acordar, tomar banho para se limpar, arrumar os cadernos e tomar café, e depois os dentes escovar.   Pegar a mochila e chegar cedo, para um lugar pegar, abra o caderno e pegue o lápis, que a aula vai começar.   A professora já chegou. Preste...
<< 2 | 3 | 4 | 5 | 6 >>