Sandra Mello - flor

   Sandra  Mello - flor

        Convido a todos os amigos e leitores a viajarem pelos versos de Sandra Mello-flor.

 

Me queres amiga eu serei amiga
Mas naquela hora tu não querias
Tu me querias de um outro jeito
Eu entendi como boa amiga
O teu querer em teus devaneios
Nunca te esqueça que eu sou flor madura
Que com tempo já desabrochei
Tu querias volúpia eu te dei volúpia
Queria um sonho eu te dei o sonho
De falar desejo de falar no mar 
Caminhar na areia da lua cheia 
De muitas estrelas de fogosos beijos
E eu sabia o que tu querias
Da necessidade tua daquele momento
Nas altas horas de uma madrugada
Tu ali carente de amor paixão
Eu dei teu sonho de puro desejo
Um sonho lindo de louca paixão
Nunca te esqueça que um bom amigo
Sabe ver entre as entrelinhas
Sabe calar e sabe escutar
Ou te dizer o que queres ouvir
Eu poderia não falar-te nada
Mas era teu sonho um belo sonho
Tua fantasia que voava longe
Eu te ajudei a viver momentos
Te dei teu sonho de uma paixão
Que tu precisava na tua madrugada
Da tua insônia de fogo desejo



SANDRA MELLO-FLOR

Fonte: Pensador

https://pensador.uol.com.br/autor/sandra_mello_flor/

 

A VIDA


No decorrer do tempo
Da minha vida aprendi
A acertar e a errar 
Aprendi com meus erros
Que me deram à experiência
Olhar a vida com meu coração
E muitas vezes não enxergar
E muitas vezes enxergar
Aprendi que tudo tem dois lados
Tudo tem vários ângulos
Aprendi a ver o mais belo deles
Os tortos e os feios estes
Aprendi a conviver e não enxergar
E deixar a vida levá-los
Aprendi a amar sem cobrar nada
Amar pelo simples querer amar
Aprendi que amor não se compra
Não se vende ganha se de graça
Aprendi que amores vêm e vão
Aprendi que dói, mas passa.
Aprendi a lutar sem brigar
Sem desistir dos meus sonhos
Aprendi a renunciar por amor
Aprendi a esquecer e pedir perdão
Aprendi dizer obrigado tu me faz bem
Aprendi a chorar de alegria
Aprendi a chorar de tristeza
E me recompor no outro dia
Aprendi dizer eu te amo
Aprendi a agradecer a vida 
Pois ela é bela muito bela
Aprendi que estou aprendendo

 

Sandra mello-flor

 

MELHORES INTENÇÕES

Desculpam-me, mas não tenho as melhores intenções contigo:
Tão pouco pretendo ser educado muito menos recatado
Vou te seduzir e detalhadamente percorrer teu corpo
Beijar tua boca, escandalosamente, apaixonadamente...
Vou te apertar, te deixar colado junto ao meu coração,
E no calor do meu corpo num provocante desejo
Sem nenhuma timidez, vou murmurar baixinho o meu amor por ti...
Vou te arrepiar, vou te deixar suado, enlouquecido!
E não vou te deixar partir, nem tentas...

 

Sandra Mello-flor.

Fonte: Comunidade Poetas Amigos

https://orkut.google.com/c3093889-tf477a8e9b4201953.html

 

        Sandra Azevedo Mello - flor Socióloga-escritora Natural do estado do Rio Grande do Sul, cidade de Caçapava do Sul. Escrevo desde os meus 12 anos de idade. Montei uma peça de teatro em POA nos meados de 68 Meu gosto pela poesia imensa chamou a atenção Da poetisa Ruti Telles da qual fui aluna. 
Tive a honra de conhecer Mario Quintana Matava aula para vê-lo na Praça da Alfândega em POA E ele me deu apelido ‘Flor” Tenho um livro de produção independente intitulado A flor e o Beija-flor datado de 2003 Segunda edição 2006 Trabalho para divulgação da cultura Literária. 

 

Fonte: Site de Poesia

https://sitedepoesias.com/poetas/sandra+mello-flor

 

         A todos os amigos obrigados pela visita e fiquem com Deus.

Todos os direitos são reservados a autora Sandra Mello Flor conforme artigo (Lei 9610/98).

Escritores Convidados.

Ana Sampaio

    Ana Luiza Sampaio, reside em Belo Horizonte/MG, Brasil. Graduanda em Serviço Social e Filosofia. Certificado de “Amigos da Paz, das Artes, da Poesia e da Vida” – realização da Embaixada da Paz – CUEP, Rede Catitu, Alô Vida e Centro Cultural Lagoa do Nado, 2013 – Belo...

ALMIR ZARFEG

        Poeta e jornalista. Preside a Academia Teixeirense de Letras (ATL). É autor de mais de 20 livros entre os gêneros: poemas, crônicas, contos, novela, infantojuvenil e reportagem.Integra diversas instituições literárias dentro e fora do país. Iniciou-se na...

ALEXANDRA MAGALHÃES ZEINER

    Alexandra Magalhães Zeiner é mãe, aprendiz das letras, curadora, tradutora, professora, acima de tudo uma sonhadora. Nascida em Fortaleza, hoje cidadã do mundo, residiu em vários países quando trabalhava como pesquisadora. Desde 2012 foi adotada pela Alemanha. Tem cinco livros...

ALDIRENE MÁXIMO

Antologista, biblioterapeuta, blogueira, cronista, escritora, narradora de histórias, palestrante, poeta, professora, psicopedagoga e revisora de textos.   LIBERTADOR Libertador: Que liberta a dor:  O Amor!   PAZ Ouvindo mais  Falando menos...  Aprendendo...

ADILSON QUEVEDO

Adilson Luiz Quevedo, ficcionista, mestre em filosofia pela UFMG, trabalhou no Palácio das Artes, Biblioteca Estadual de Minas Gerais e Cine Belas Artes. Atuou na Diretoria de Ações Culturais da UFMG e no projeto Filosofia na Praça. Em 2015 publicou um livro de contos intitulado A volta ao mundo...

Isa Ma da Silva

        Maria Aparecida da Silva, nascida em Barra Mansa, RJ, no dia 21-08-51, empresária de moda e beleza, aposentada!         Estudou no Grupo escolar Henrique Zamith e Barão de Aiuruoca, divorciada, três filhos e três netos.  ...

Poeta Marcos Horto

        A Fan Page do Poeta Marcos Horto é um sucesso de visualizações, com mais de 14.000 curtidas, seu trabalho encanta com seus banners e poemas, que encantam os olhos e o coração.         O Poeta também tem seus trabalhos divulgados no...

Mariano Valverde Ruiz

        Los versos acortan distancias, continén y conocimientos, nos muestra la cultura de otros idiomas, simplemente belissiomo el trabajo de este poeta que acabo de conocer sus textos y biografía.         Enhorabuena al poeta Mariano...

Altieres Rocha

        Meu amigo Altieres, me curvo em referência aos seus versos, a coragem de expor para ajudar o próximo, a sabedoria lírica dos versos, o mostrar da paixão desnuda de uma alma pura, a superação em pessoa e versos.         Parabéns...

Isaías Medina López

        Hoje a literatura não tem mais fronteiras, idiomas e separação de gêneros.         Território é a representação dos limites geográficos de nações, porém o talento literário rompe estas barreiras e nos presenteiam com amizades de...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>