Resenha: livro "O lamento de José", Leandro Campos Alves

Resenha: livro "O lamento de José", Leandro Campos Alves

Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é "O lamento de José", do escritor mineiro Leandro Campos Alves, publicado pelo Clube de Autores em 2014.

 
 
O Leandro nasceu na mesma cidade que eu, Liberdade, e me presenteou com um de seus                  livros em 2015. Eu li assim que recebi, só que acabei não postando a resenha na época, mas               hoje venho resenhar "O lamento de José".
 
O livro é pequeno, apenas 83 páginas, mas se torna especial ao misturar conto e poesia                       para contar a história de José, um homem que decide revelar o que fez no passado.
 
 "A verdade de um homem,
 conturbado pelo remorso,
 de suas atitudes impensadas,
 mas todas executadas,
 e muito bem elaboradas." (página 14)
 
José foi adotado por um casal que queria muito ter um filho, e que mesmo fazendo                 promessas para São José, não conseguia ser agraciado e então decidiu partir para                                         a adoção. Eis que, após a adoção, finalmente a mulher conseguiu engravidar,                                   trazendo para o casal uma grande felicidade: eles que queriam tanto um filho, agora                         teriam dois, mas o garoto José não gostou muito da ideia. Conforme os anos                                         foram passando, ele foi crescendo e sendo tomado pela inveja e pela maldade,                                                    se tornando uma pessoa capaz de atitudes cruéis com aqueles que mais deveria amar.
 
Nesse livro, o Leandro fez jus a fama que os mineiros tem: a história começa                               despretensiosa, com jeito de quem quer só contar um causo, e quando                                               percebemos, somos surpreendidos pelos personagens criados pelo autor, alguns                                      tão capazes de amar, outro (o protagonista), capaz de atitudes cruéis. É ficção,                                        mas vai saber se já não aconteceu por esse mundão afora!
 
Eu admiro demais quem consegue escrever poesias com sentido e com rimas,                                                 é um dom que eu gostaria de ter. O Leandro merece os parabéns por ter                                              conseguido contar uma história usando versos, deve ser algo bem trabalhoso!
 
 "Mas certo dia,
 a mágica foi refletida em seu olhar.
 Foi a vez então dela amar,
 e sentir o coração mais forte palpitar,
 por alguém,
 que morava longe de seu lar." (página 18)
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Sobre a parte visual, ressalto que foi uma publicação independente, que                                                       traz páginas brancas e boa diagramação, com letras, margens e espaçamento                                                 de bom tamanho.
 
Enfim, agradeço ao Leandro por me presentar com seu livro e desejo a ele todo o sucesso!            Espero que vocês tenham gostado da minha pequena resenha e de conhecer um                                  pouco do trabalho dele, se ainda não conheciam antes.
 
Para quem quiser, o livro pode ser adquirido no site do Clube de Autores                                                          no formato impresso e em e-book (onde também é possível ler um trecho da obra),                                      e no site da Saraiva em e-book.                                                                                                                                               O autor tem um site: www.escritor-leandro-campos-alves.com e também uma página no Facebook.
 
Até o próximo post!
 
 
Me acompanhem nas redes sociais:
 

A blogueira

A blogueira 
Maria, 24 anos, de uma cidadezinha mineira chamada Liberdade, blogueira desde 2010, estudante de Pedagogia. Apaixonada por livros, internet, música, céu azul e pela vida. "Então, eu acho que somos quem somos por várias razões. E talvez nunca conheçamos a maior parte delas." (As vantagens de ser invisível - Stephen Chbosky)
 
 

Colaboradora

Colaboradora
Anne, Porto Alegre - RS, professora de Ciências e Biologia e tradutora. Dona do blog literário "As Letras da Anne".
 
 

Colaborador

Colaborador 
Isaac Zedecc tem 15 anos e descobriu a leitura há 2 anos atrás, foi amor a primeira vista. Gosta de ouvir música, escrever besteiras, e principalmente atuar em trabalhos de escola entre outros. Eclético, não curte passar muito tempo dentro de um carro, mas tem o sonho de ser um mochileiro que escreve as suas viagens e fotografa maravilhas. Tenta equilibrar Drama com Suspense Policial e realidades alcançáveis. Dono do blog Arte de Ler e colaborador em 3 blogs.
 
 
 
 
 
 

 

Prêmios, artigos e homenagens.

O maior poema da literatura Portuguesa.

            A história da literatura portuguesa mundial poderá mudar este mês, já está em análise no Rank Brasil o reconhecimento do livro “O Viajante” como o maior poema épico da atualidade, com lançamento previsto para julho de 2017, ainda este mês,...

2ª Virada Cultural em Liberdade MG sucesso de público e artes.

        Parabéns aos amigos e organizadores.         A cultura só vem crescendo em Liberdade, o projeto “Virada Cultural” vem tomando força e credibilidade cultural na região, que neste ano mesmo diante de um frio propicio de nossa região,...

O Viajante

Foto ilustrativa - Kunsthalle de Hamburgo   Apresentação.    Poesia.       A poesia, ou texto lírico, é uma das sete artes tradicionais, pela qual a linguagem humana é utilizada com fins estéticos ou críticos, ou seja, ela retrata algo em que...

Antologia A Fênix Rediviva

Engenhos das palavras apresenta os classificados para a Antologia ¨A Fênix Rediviva” 2017.   “E a coisa mais divina Que há no mundo É viver cada segundo Como o nunca mais” Vinicius de Morais   Poetas: Alerto Augusto Bia Ana Paula Alves Ana Ramos Ângela Maria Gomes Pereira Antonio...

Jornal Panorama 41 anos

Lançamento da II Antologia Liberdade dos Poetas Trabalho que reúne poemas de alunos das escolas do município encantou a todos os presentes             A palavra “poesia” tem origem grega e significa “criação”. É a arte de escrever em versos. Com as...
<< 3 | 4 | 5 | 6 | 7 >>