Poesias em Sonetos.

Poesias em Sonetos.

        Encanto e versos, sentimentos transcritos em estrofes, simplesmente o Talento nato dos grandes literários, convido a todos a conhecerem um pouco do trabalho do Poeta “Paulo Braga Silveira Junior” através de seus poemas “Pensamento em Você”, “Também Culpados”, “Nua Lua” e “Queimadas”.

 

 

 

" PENSAMENTO EM VOCÊ "

 

Meu pensamento sai na madrugada

perambulando à toa pela rua

e, displicentemente, beija a lua

no céu tingindo a noite, prateada!...

 

         Das forças deste amor compactua

         a chama do desejo à luz doada...

         A insônia a tudo vê e ali, calada,

         inveja que a paixão não seja sua.

 

O beijo abraça a prata ardentemente

fundindo-se a vontade, o sonho e a mente,

nessa união do instante, aqui e agora!....

 

         Na boca o gosto intenso da saudade

         aguarda outro luar com ansiedade

         pois tudo em mim, a lua, inda namora!!...

 

©Paulo Braga Silveira Junior – Fevereiro/2017

 

 

 

" TAMBÉM CULPADOS "

 

Se os olhos forem bons, eis a verdade,

o corpo todo, em luz de áurea radiante

também se mostrará, de tom brilhante,

a par do bem maior que ao peito invade!...

 

         Se vês no teu irmão o mal triunfante

         e não tens compaixão nem caridade

         te fazes dele igual, na realidade,

         por mais que o ego teu de ti se encante.

 

Que odeie o coração todo o pecado

mas seja, o pecador, por nós amado

e estenda-se o perdão a quem caído

 

         pois como o tal também nos chafurdamos

         no lamaçal dos vícios e matamos

         a quem nos fez, da culpa, um redimido!...

 

©Paulo Braga Silveira Junior – Fevereiro/2017

 

 

" NUA LUA "

 

Só vens a mim na noite e, enamorada,

clareias meu viver e o meu caminho

se como fosse a luz o teu carinho

que estendes-me no breu da minha estrada!...

 

         Se cheia de poesia, em ti me aninho

         a contemplar-te a face iluminada;

         se minguas no teu sono em mim, cansada,

         te oferto o meu calor pra ser teu ninho.

 

Crescente, uma vez mais o céu comprova

que és dama inda pro amor, tão pura e nova,

de fases a fazer-se a face tua...

 

         Tu és a paz que encontro ao fim do dia;

         um sonho de ternura e de alegria...

         Na madrugada em mim és, tu, a lua!...       

 

 

 

©Paulo Braga Silveira Junior – Fevereiro/2017

 

 

" QUEIMADA "

 

Queimada... O chão fenece enegrecido

e a terra faz-se um leito em dor e morte;

quem dela sobrevive, à própria sorte

se vê mercê, ferido e embrutecido.

 

         Palavras marcam n’alma em fundo corte

         e queimam, como o campo se atingido

         por línguas que, do fogo enfurecido,

         lhe dão destino certo, rumo e norte:

 

é só destruição ao fim de tudo!...

Entristecido o céu se prostra mudo

e chove pra apagar tanta incerteza...

 

         O campo se renova... volta à vida...

         Mas, da palavra insana proferida

         o que renasce é fel, mágoa e tristeza!!...

        

 

 

©Paulo Braga Silveira Junior – Fevereiro/2017

 

 

        Aos amigos e leitores que queiram andar pelos versos do poeta, eu deixo a seguir o link do blog POESIA EM SONETOS "Porque Poesia é! Poesia não se faz." Para nos deleitar com os trabalhos do poeta.

poesiaemsonetos.blogspot.com.br/

     Os trabalhos acima são de autoria de “Paulo Braga Silveira Junior” e do Blog “Poesia em Sonetos”.

 

Fonte: Blog Poesia em Sonetos.

 

Todos os direitos são reservados ao autor e ao blog, conforme artigo (lei 9.610/98)

 

Só os melhores “Sites e Blogs Literários”.

Camões Instituto da Cooperação e da Língua Portugal

    Parceiros são aqueles que não veem o horizonte como distância a ser rompida, parceiros da cultura são projetos sérios, firmes, que abraçam a nossa língua mãe.     Convido aos amigos a conhecerem a missão do “Camões Instituto da Cooperação e da Língua...

Instituto Camões-Literatura Portuguesa.

Vamos conhecer um pouco desta riqueza cultural através do artigo abaixo do Portal “Centro Virtual Camões”.   Contemporâneos   Como determinar critérios para definir o que é do nosso tempo? Aceitar o que coexiste connosco? Mas connosco, quem, de entre nós, uma vez que as...

Castelo Literário.

        Convido a todos a conhecerem o trabalho do blog Castelo Literário.  Com Cristiane Vilarino, Maria Luíza, Suely Sette e Vólia Loureiro.         O exemplo da cultura e de belos trabalhos, abaixo teremos um aperitivo com o texto...

Recuerdos Escritos

        La literatura no tiene fronteras terrestres, el idioma, los sueños.         Somos portadores de la palabra, la expresión del amor.         Los poetas y los autores reconocen conocen y admiran las obras...

Anhumpice.

SOBRE O PROJETO Anhum-Picê é um projeto cultural cujo nome deriva de duas entidades do folclore Tupi-Guarani; Anhum é reconhecido como o deus da música e da melodia, responsável por trazer ao povo indígena o sagrado Toré, instrumento capaz de invocar os deuses, enquanto Picê é reconhecida a deusa...

Literaleitura.

      Quem somos?     Responsável   Raquel Cavasini     Olá pessoal, eu sou a Raquel, tenho 28 anos e assino minhas postagens como Quel.     Sou...

Disse o Anjo de Luz.

        ISMAEL DE ALMEIDA é cirurgião dentista, prestes a aposentar.         Sua maior benção que teve no mundo foi nascer num lar de mãe espírita e pai teosofista, cujo amor e sabedoria foram um farol da sua existência.  ...

Livros & Citações.

        Gostaríamos de convidar a todos para conhecerem o site Livros & Citações, e lerem os artigos de Gabrielle Pires Alves.          A jovem com o olhar Crítico e Literário nos informa sobre lançamentos, traduções, adaptações...

Palavras que Flutuam.

   Dói-me a voz   Dói-me a voz   Oiço a voz da terra E lembro os que já não estão Oiço de coração Os...

absínto blogspot.

  "Absinto" é uma bebida destilada feito da erva Artemisia absinthium. Anis, funcho e por vezes outras ervas compõem a bebida. Ela foi criada e utilizada primeiramente como remédio pelo Dr. Pierre Ordinaire, médico francês que vivia em Couvet na Suíça por volta de 1792.É também conhecido...
<< 1 | 2 | 3 >>