Pétalas de Outono.

Pétalas de Outono.

 

Ao ver-te.

Meu peito sucumbiu à paixão.

Ao falar-te.

Aumentou o palpitar deste pobre coração.

 

Seu cheiro suave abraçou-me,

Você carinhosamente envolveu-me.

Senti  por ti o desejo aumentar minha emoção.

Minha vida então a pus em suas mãos.

 

Perpetuei-te e admirei-te.

Com zelo a ti entreguei-me.

E ao amor então cedemo-nos.

 

Se mil vidas eu tivesse,

Mil vidas eu te daria.

E você novamente eu amaria.

 

Como as raras pétalas de Outono.

O amor que se perpetua hoje é raro.

Leandro Campos Alves.

Registrado no EDA.

14/10/2104.

 

 
Número de páginas: 103 

Edição: 1(2015) 

Formato: A5 148x210 

Coloração: Preto e branco 

Acabamento: Brochura c/ orelha 

Tipo de papel: Offset 90g
 

Meus Poemas.

Imagem de Maria.

A luz que irradia, no ventre materno. Anuncia em Maria, Seu Filho eterno.   Que seu manto de paz, abençoe as mulheres. Que a vida nos traz, na euforia das dores.   Dores de parto, dores de amor. Dores sem Fardo, dores sem dor.   O verdadeiro ato, da expressão de amor. O...

Acróstico Jesus Cristo.

Acróstico Jesus Cristo.   J – Juro a ti senhor meu Deus, E – esperar nos conselhos Seus, S – sabedoria e discernimento, U – unção e conhecimento; S – Sois a salvação a qualquer momento.   C – Com joelhos prostrados, R – rogo a Tua paz aos desesperados, I – inquieto pelos seus pecados, S –...

Acróstico Caxambu.

C – Curvo a sua majestade, A – augusta cidade, X – xodó das Gerais, A – amor dos maiorais, M – menina das hidrominerais, B – belas são suas fontes naturais, U – únicas, vulcânicas e medicinais.   Acróstico Caxambu Leandro Campos Alves. Biografia  

Referência Masculina.

A soberania absoluta, se faz com homens de fé. Que tem por trás da labuta, a figura de uma grande mulher.   Parabéns a todas as mulheres por fazerem parte de nossa história. 08 de março, dia internacional da mulher.   Poema: Referência Masculina Leandro Campos Alves. Março...

Feliz 2019.

Neste ano que se inicia, em nome do Nosso Senhor. Desejo-te paz e alegria, saúde, sabedoria e amor.       Leandro Campos Alves 2018
<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>