O Inferno é verde

O Inferno é verde

Impactante e revelador apresentamos o romance 'O Inferno é verde' do autor R.D. Silveira

Impactante e revelador apresentamos o romance 'O Inferno é verde' do autor R.D. Silveira
O inferno é verde na Amazônia colombiana, brasileira, da droga, dos conluios e da safadeza da corrupção. Será que a vida precisa ser passada num inferno para que a sociedade possa melhorar, ou será que é preciso investigar as gangues modernas com ramificações no mundo inteiro?

A aclamação da critica sobre “O Inferno é Verde” leva em conta a narrativa sobre o narcotráfico, a guerrilha, as organizações multinacionais do crime e a realidade contemporânea de um Brasil que inclui a operação Lava-jato comandada pelo juiz Sergio Moro. Em momentos singulares o texto que espreita até os extremismos de Donald Trump, revela um cenário de amor improvável. Amaru, índia Baniwa e Nolan, agente especial, protagonizam um romance que une a selvagem nua a banhar-se nas águas amazônicas, a um  investigador acostumado a combater o crime com drones e robôs virtuais.

O Inferno Verde Livro capaA trama dividida entre a Floresta Amazônica, Curitiba e o litoral paranaense, é protagonizada pela 3-i, fictícia agência internacional de inteligência com integrantes de diversos países. Uma megaoperação chamada Green Hell investiga um império de drogas bem no meio da Floresta Amazônica. À frente da operação está o psicólogo Nelson Moore, um homem analítico e que aplica a terapia cognitiva para entender adversários e amigos.

“... R. D. Silveira – consegue não somente fazer com que nos importemos com os personagens, como gerar uma reflexão pertinente sobre a sociedade, tudo embalado por uma narrativa nervosa, daquelas em que o leitor não consegue baixar o livro, algo que somente os bons romances são capazes de fazer. Com uma narrativa que poderia facilmente ser transportada para a tela do cinema ou da TV, “O Inferno é Verde” é uma das obras paranaenses mais interessantes do ano e que não deixa a desejar a nenhum bestseller por aí”.

Rodrigo de Lorenzi Oliveira.

Jornalista.

“... Posso afirmar a qualidade do livro, , pois o autor consegue relacionar os diversos episódios com a realidade da situação brasileira e, de certa forma, do mundo, vivida nos tempos atuais de segunda metade da segunda década do terceiro milênio, em que a tecnologia impera. Isso paralelo ao acirramento do tráfico de drogas e de influências em que o ganho de muito dinheiro é muitíssimo mais importante do que são os valores da vida humana”

Roque Aloisio Weschenfelder,

Crítico literário.
 

Onde comprar:

Livraria Garcia

https://www.livrariagarcia.com.br/O-Inferno-e-verde

Livraria Cultura

 

 

Formato 14x21 | Numero de Paginas 220 | ISBN 978-85-5512-319-1
 

Sinopse:


‘‘Atlântica é o nome da floresta separada da outra, chamada Amazônica. Há milhões de anos, elas eram uma só. Numa e noutra, o traficante procurado é um caçador de homens. São duas as razões: vingar-se e proteger ele. Um tinha de morrer, o outro tinha de viver.’’ ‘‘Querido, você é diferente porque é psicólogo.
No salão, rememorou os adoráveis lábios arqueados da companheira e prestou atenção na conversa do lado.
- Você assistiu ao jogo do Atlético?
- Esse Donald Trump é maluco!’’
Nolan se sentiu na outra floresta, a Amazônica. A imagem no meio da mata, o rosto parecendo real. Mudando de lugar, virando os olhos, Amaru o seguia. Tinha desejo de beijar-lhe a boca, contar segredos, mas quando seus olhos encontravam os olhos se protegendo do sol, neles via sulcos, gotas a escorrer. Sim, ali, na Mata Atlântica, ele pensava na India. Se aquilo era uma miragem, a realidade era sua busca por Blanco, o provocador daquelas lágrimas. Ele o acharia!


Biografia:


R. D. SILVEIRA marca sua vida pela Psicologia, o Rádio e a Televisão. Psicólogo, professor e jornalista, dirigiu veículos de comunicação, recebeu prêmios e criou projetos de educação a distância. É um avaliador de pessoas que trata pacientes, escreve artigos e ensina. Aclamado, ‘‘O Inferno é Verde” provoca uma indagação: entre crimes, paixão, sexo e Lava-Jato, o que incita mais a leitura frenética da trama? “É apenas um romance, mas o título é uma metáfora”, diz o autor em palestras. A dor e a esperança se misturam. O inferno pode não ter dor, o verde pode não ser esperança. Usando o nome do livro, R. D. Silveira mostra que é no modo de pensar das pessoas sobre as coisas que as cercam que encontramos o Bem-Estar. “O Inferno é Verde” do romance é um entretenimento, O “Inferno é Verde” do título é um modo de ser feliz.

Lançamento de Livros.

Lançamento da Antologia Poética “CEM POEMAS, CEM MIL SONHOS

Homenagem aos 50 anos da Passeata dos Cem Mil: maior manifestação popular contra a Ditadura Militar no país”       A PASSEATA DOS CEM MIL foi uma manifestação popular contra a Ditadura Militar no Brasil. Organizada pelo movimento estudantil,...

Azul Instantâneo

    O Livro “Azul Instantâneo” do autor Pedro Vale com arte e design gráfico de Hernando Urrutia pode se dizer que é uma obra instigante e apaixonante.     É muito difícil avaliar obras de outros escritores, pessoalmente não é meu forte, pois sei o tamanho do desafio...

Amor Infinito

    Você conhece o livro AMOR INFINITO? Não?     Ele conta histórias de amor, vividas em três épocas diferentes do tempo.     Começa no longínquo ano de 2327, onde Yara e seu namorado Felipe descobrem que a joia que ela tem como herança de família, na...

Além do Cordão de Prata, Labirinto dos Sonhos

por Patrícia Fernandez (Autor)   Além do Cordão de Prata, Labirinto dos Sonhos, não é um simples dicionário de sonhos que tem significados e sim experiências extremamente reais, projeções e vivências além do limite de nossa consciência, que vem desde a infância. A tendência que tenho...

Deixando para trás - Uma história de esperança e futuro para uma criança refugiada

o livro infantojuvenil “Deixando para trás - Uma história de esperança e futuro para uma criança refugiada” na Livraria Martins Fontes Paulista a partir das 16h. O livro será lançado pela Franco Editora e tem autoria de Ana Dantas e ilustrações de Vanessa Alexandre. A livraria fica na Av. Paulista,...

MÃE PRETA de Celeste Cortez

E começa assim: I Moçambique — Chimoio, Vila Pery: Apesar da dor que sentia no peito, que mal me deixava respirar, não poderia parar. O sol que, quando deixara a casa do Simião, parecia uma enorme bola de fogo amarelo-avermelhada, tinha já desaparecido para os lados da Serra do Vumba. Vezes...

Lançamentos da Semana

Semanalmente, a Autografia lança novos títulos, que ficam disponíveis na loja da editora, entre outros canais de venda. Alguns desses lançamentos contam com eventos com a presença dos autores. Confira aqui as novidades desta semana: O Rei Amoroso – Michelle Magalhães  “O livro...

O Unicórnio do Sul e outras lendas poéticas.

capa de Luiza Maciel Nogueira (livro em preparo) sabedoria vovô, pode me dizer onde o diabo perdeu as botas? — nem que a vaca tussa! vovó, por que sofrer que só cego em porta de igreja? — menino, tu tá na idade de ser mais faceiro que ganso em taipa de açude! me diz me conta é no cafundó...

Bárbara: Existiam duas paixões em sua vida.

Kindle por Cari Ramalho (Autor)     Veterinária e filha de um zoólogo e ambientalista, amar os animais e a natureza estava registrado no meu DNA. Propostas de trabalho não me fizeram abandonar o meu pai e o Santuário, que era a nossa casa, ali faria a diferença,...

POEMAS AMOR INFINDÁVEL

        Um livro de poemas de amor e fala de vida, com a singeleza dá inspiração. Escrevendo assim: poemas românticos e poemas de luz. O livro: POEMAS AMOR INFINDÁVEL. ESCRITAS VÁRIAS PARA OS SEUS MOMENTOS DE LEITURA.       Quem desejar o livro é só...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>