O Homem Está Nu

O Homem Está Nu

Bom dia leitores/escritores

Como era bom se a vida fosse assim, redondinha. Com pessoas cuidadosas e solidárias...

 

-Hoje não vou levantar.

A mulher fez-se de surda, ou ele não disse, só pensou, e ela caladinha foi para o banho, voltou, vestiu-se, tomou seu café, e saiu.

E Jamil ficou lá imóvel, e olhando para o nada. Dormiu, acordou, chorou até dormir novamente. Não pensava em nada, só dormia e acordava. Tinha uma vaga esperança de não despertar, mas despertava.

O telefone tocou, a campainha tocou. Ouvia-se o barulho lá fora e na cabeça de Jamil era puro silencio, estava tudo vazio. E quando Jamil lembrava, chorava.

E como quem estava cansado de ser, o Jamil agora era nada. E não havia dor ou culpa, arrependimento, ressentimento, nem calor, só o vazio. Ou podia ser cheio demais e por isso, é que estava a transbordar.

Sem pensar naquilo que sabe, no que viu, ou em tudo que tem e o que já construiu...Tudo vai desabando por enxurradas de lágrimas salgadas que encharcam seu olhar.

... E lá longe no infinito, o homem se deixou estar e não era sem roupas ou dinheiro, não era sem casa ou família era uma nudez de corpo. Uma sensação de total ausência.

 

Era o fim do dia quando a mulher voltou, olhou em volta e percebe que Jamil não levantou. Abriu a porta do quarto letamente e viu que Jamil dormia pesado agora.

Seu coração apertou-se a ver seu homem nesse estado de alma.Tornou a fechar a porta e foi para a cozinha, e enquanto preparava o jantar, pensava em tudo que se passara nos últimos dias.

O celular toca interrompendo seus pensamentos.

-Oi dona Ana. Está tudo bem sim, cheguei agora.

Ele ainda muito abatido, mas vai descansando. Acho que só precisa de tempo agora e muito carinho.

Foi uma tragédia horrível o incêndio e todos aqueles gritos, nem quero pensar. Os jornais só falam e falam...

A equipe fez o que pode, mas mesmo no hospital ainda tem gente morrendo por conta da fumaça tóxica.

Jamil desabou  de vez... Vida de bombeiro dona Ana, vida de bombeiro.

Tenho fé que vai melhorando aos poucos, caso contrário vou leva-lo ao hospital para avaliação e tratar. Hoje em dia a maior parte das pessoas pensa que sofrer é doença, e chorar não pode. Pode sim.

Jamil e a equipe serão homenageados pelo prefeito na próxima semana por bravura no exercício salvar vidas, porém ele lamenta as que não salva.

Te ligo para dar noticias sogra, fique tranquila que cuido bem dele. Beijos!

desligando o telefone ela vai no quarto chamar Jamil

-Boa noite preguiçoso!

Jamil abre os olhos e contempla a mulher...

-Fiz o picadinho que voce gosta, portanto espero que esteja com fome, porque eu estou faminta!

Quer ajuda para levantar?

Lentamente Jamil foi levantando e com a ajuda da mulher foram para o chuveiro.

-Amanhã é sábado. Vamos andar de bicicleta querido?

Sem resposta a mulher continua com um leve sorriso... -Quero passear no lago com voce, só nós dois como nos velhos tempos...

Lembra que foi voce que me ensinou a pedalar?

Ah Jamil querido, aprendi tanta coisa com voce! Meu amigo, meu amor amado.

O jantar transcorreu em silencio que só era quebrado com o barulho da louça e talheres.

Jamil queria falar, dizer qualquer coisa que fosse, mas as malditas palavras não saiam. Amava tanto aquela mulher que magoa-la seria como morrer mais um pedaço.

Ao som de Omar Akram ambos se recolheram para o quarto e Jamil se deita virado para o canto, e a mulher o enlaça como a protege-lo de sua própria solidão.

No meio da noite os gritos a acordam... Jamil sonhava com o incêndio e gritava com desespero...

-Acorde Jamil, é um sonho mal. Vou pegar água querido, fica calmo.

-Não era sonho, era tudo real meu Deus!

A mulher estacou ao ouvi-lo. Fazia exatamente sete dias que Jamil não pronunciava uma palavra sequer. Era a oportunidade que esperava para tira-lo do fundo do abismo.

-Vou trazer sua água...

Mais calmo Jamil desata:

-Aquilo ficou um inferno. E não havia água que fizesse parar de queimar, o cheiro era de morte por toda a parte. Meu Deus! Todas aquelas pessoas em desespero... Por um momento, mesmo estando lá tentando tirar aqueles escombros freneticamente, resgatando corpos meio mortos meio vivos eu pensava em desistir sabe fazer de conta que não aconteceu, correr para minha casa e ficar quietinho no meu canto, confortar-me no meu egoísmo.

Agora me lembro de tudo e foi muito absurdo, não existe treinamento que nos prepare para um cenário daqueles.

Depois meu pensamento mudava. "Não, tudo vai acabar logo, estou aqui para fazer isso, tenho que fazer rápido."

Sinto-me agora sem valor, por não ter morrido também. Tantos jovens que justamente quando começavam a vida se perderam, parece-me que tudo é tão sem sentido.

Emocionada com o relato do marido a mulher retruca:

-Nem diga isso, por favor! Voce acha que se tivesse morrido no incêndio faria sentido? Quem iria liderar a equipe com tanta competência? Foi muito triste ver tantos mortos, mas se voce tivesse salvado uma vítima que seja, ainda assim voce já merecia viver.

Voce ajudou as pessoas que podia e foram muitas, fez o máximo que é permitido a um ser humano, voce sabe e todos os que o conhecem entendem isso também. Não somos de ir a igreja, mas iremos nos juntar as todas as famílias que estiveram envolvidas nesta tragédia no domingo próximo. Temos fé a ponto de  creditarmos, nós dois, que o amor é a única opção que salva,  e mais ou menos que isso, não existe.

Ai Jamil  meu amor... Eles estão sofrendo muito por suas perdas, precisam de todo apoio possível agora.

-Está certo meu amor, mas morreram porque não as salvamos, compreende! Como vou encara-las? O que nos move ao salvar alguns e outros não?

-Ai aiii... Que confusão! A pergunta está mal colocada aqui.

Voce e os outros arriscaram suas vidas salvando outras vidas. Ninguém os prepara para cenas tão trágicas como estas. É preciso consenso e conscientização coletiva. Ninguém salva o mundo sozinho. Digamos que sempre vão precisar de mais cooperados. Campanhas de prevenção, fiscalização, etc. etc.

Jamil contemplou sua mulher como se a visse pela primeira vez em anos e abraçou-a dizendo calmamente.

-Coisa boa que tenho voce.

E os dois tornaram a dormir, e pela primeira vez em muitos dias o sono foi reparador.
GuerreiraXue/Hilda Milk
 

                                              

 

"Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de dizer.
Fala: parece que mente...
Cala: parece esquecer..."

Fernando Pessoa

https://www.facebook.com/GuerreiraXue
https://escritoressemfronteiras2.blogspot.com.br/

Artigos da Escritora Hilda dos Santos Milk.

Hilda dos Santos Milk/ Guerreira Xue

        Hilda dos Santos Milk/GuerreiraXue, nascida aos 24/08 em Rosário do Sul, no estado do RS.         Atualmente residente em São Paulo desde 1987.         Trabalhou em diversas atividades, sendo vendedora...

O Ogro e a Tecelã.

              Apresento-vos o livro infanto juvenil O O gro e a tecelã.             O livro fala sobre um garoto de...
1 | 2 | 3 >>

Caminhos do vento!

LUZES E SOMBRAS

Entre as luzes e as sombras Ando em busca de meus caminhos Entre o meio fio e a rua A floresta e a montanha Por entre flores e espinhos Ora sob a luz da lua Entre carros e gentes Permeio por aves e cobras Ora sob a luz do sol Vou tramando... E tecendo a vida feito um linho São tantos erros e poucos...

Os Fantasmas

Hoje eles, os fantasmas,  vieram me visitar E ao recordar fizeram-me rir,  e fizeram-me chorar. Em meio a tantas lembranças  vieram os ciganos. que na beira do arroio vinham  todo verão acampar. E na casa do passado  ouvia-se o bando cantar com suas grandes...

A Palavra Poderosa

O poder da palavra vai além Da bala de metralhadora, Ela grita mais alto Que a bomba. Explode e não mata. A palavra pode te ferir Magoar, mentir, Ou falar a verdade. É uma questão A entender e refletir. A palavra pode te levantar Para seguir adiante Ou mesmo te derrubar. A palavra não tem idade Ou...

Princesa de Nada

O dia estava bonito E ela sentada na areia Construindo seu castelo Sonhando Sabe-se lá com o que Não vê o mar Não olha o horizonte Está como que encantada Carrega dentro de si A ilusão de amar E nela, está sendo amada Querida e desejada Tanto que nem percebe a chuva Que vem forte e rápida E a maré...

A Mascarada

Desde menina, ela era linda. Muito vaidosa, e admirada. Sua mãe dizia preocupada Não se gabe disso Porque a beleza de fora  o tempo leva Se quiser um dia ser amada Terá de ser capaz de mostrar O que poucos vão ver O que há dentro de você Porque isto Só a morte pode levar. O tempo passou, A...

TEMPO DE REDENÇÃO

Ela sabia que era culpada de sua cegueira. Embora tivesse sido julgada e absolvida, ainda era culpada. Ela levou-o para casa, cuidou de suas feridas que logo cicatrizaram, mas a visão, essa não foi recuperada. E não havia dia que ela não pensasse: “sou culpada!”. Mas a vida tem destas surpresas, e...

TRISTE LAMENTO

Olhai o trigo nos campos, meu filho Com ele alimente a alma, e aos seus Não criei o mundo para que seja destruído e sim nutrido por tudo que vos conforte o coração Não mate por ganância o seu igual porque isso não te fará único Poderoso ou imortal Reparta o seu pão pois do trigo virá muito...

Sonhos Rotos não Cabem Mais

  Alguns homens carregam o mundo com a leveza de uma pena. Outros são arrastados por enxurradas sem nada de seu à acrescentar. Além do que antes foi dito daquilo que um dia por outro alguém foi sonhado e em seus antigos pergaminhos já descrito existem novos sonhos que podem e devem ser...

Na Hora da Fome

No mundo redondo e perfeito O relógio vira na hora certa, Todos livres de preconceito E o tempo, uma porta aberta. A natureza produz o sustento O homem cuida da cria... A fera a espera do advento E o sol nasce todo dia O céu e a terra se misturam O cão e gata andam juntos O leão e a zebra...

Escolhas

 Para Onde Ir O homem encontra a mulher  no meio do caminho e pergunta -Para onde você vai? A mulher olha então para um lado, e vê Uma criança abandonada chorando, Olha para outro lado Há uma guerra em curso, Em outro, uma festa começando A mulher então...

Andejo

Ando no vento A balançar os cabelos Sinto a água da chuva A bater no meu rosto O chão deslizar sob meus pés Percebo o cheiro das arvores O barulho frenético dos carros Escuto as batidas de meu coração E hoje pareço mais viva  Do que jamais fui. Ando no vento A...

Intermitências

Intermitências   Intermitência é tudo  e um pedaço,  o que existe  e o que não,  o que vai e volta.   O relógio que rompe  e liberta o tempo,  o ruído do silêncio,  o nada que espera,  o tudo que já se foi.   A...

Eu Me Lembro

Eu me lembro Quando éramos crianças Que andávamos pelas pontes Corríamos atrás do trem E escalávamos os montes   E os pássaros sobrevoavam Pela volta toda do atol Subindo paras as nuvens Bebíamos da mesma fonte Seguíamos o caminho do sol   Eu me lembro Todos...

O Príncipe e a Escrava

Tudo a favor de nada Tudo vem vai tudo que dói alivia tudo que é noite vira dia e tudo que é tudo vira nada Ela era a bela princesa De uma grande nação Ele era o principe de outra E ambos não conheciam a servidão Um dia veio a guerra E com ela também a escravidão De moça...

Viagem

Pela fresta da janela Percebo um raio de luar Escuto o silêncio da floresta E o pensamento  Começa a viajar... Nem sei direito para onde vai,  Mas vai voar.   Eu que achava já,  Ser a dona de mim  Quase não consigo controlar, Esta avalanche de...
1 | 2 | 3 >>

Artigos Literários por Hilda dos Santos Milk.

O Amor de Além Mar

  Ao entrar em casa, Lindolfo é recebido com festa pelo cão tic-tac, que só sossega depois de ganhar sua ração diária. Ambos tinham uma vida em comum bem rotineira que começava cedo com uma caminhada matutina pela praia, uma parada para no café do Manuel, para o desjejum e passar os...

Era uma vez no México

Ao perguntar-se o que é a vida, e qual a finalidade da mesma, não saberíamos responder de pronto, mas uma coisa é certa; ora a vida é cheia, ora a vida é vazia, e ora a vida é pelo meio.  Sem sentir nada, é que ninguém passa. Talvez até esqueça o sentimento, mas duvido quem não sofreu ou...

Ana na Terra Sem Lei

Sabe aqueles dias comuns, feito por gente comum? Pois é, era num destes dias quando Ana estava voltando do trabalho para casa. “Que vou fazer para a janta? Ainda tenho que passar no mercado. Droga”! Enquanto espera o farol abrir pega no celular, e liga para casa. -Oi filha,...

Amar uns aos outros

  Ai ai... Queria entender como pode um "ser", ser capaz de fazer mal à seu próximo, e como uma suspeita pode provocar atos tresloucados de crueldade sem qualquer direito à redenção! Nossa sociedade está doente, e com ela vamos ficando também. Como queremos um mundo melhor, no meio...

Rogélio Casado/ Por Guerreira Xue

Ola escritores/leitores,   quero fazer um desabafo agora, porque as vezes é necessário sair do mundo e olhar dentro de nós, tentar perceber o quanto aprendemos até aqui e do quanto voces, os outros, nos ensinam. Existem tantas pessoas a nossa volta que nos enriquecem muito, e de tal...

Numa Praça Tiradentes Qualquer (Abril)

  Numa Praça Tiradentes Qualquer (Abril) _Era um dia de Abril qualquer, e ele não queria mais que liberdade. _Como, não mais que liberdade? Se a liberdade, é tudo que se quer. Dizia um: _ Ele só pensava nos desafortunados, liderando os chamados inconfidentes, e não achava justo...

Quando Sou Feliz

Tem  alguns anos e eu vi um documentário na televisão que  falava na existência de um homem feliz, de que se tinha notícia claro. Era em uma cidadezinha lá nos confins do Rio Grande Do Sul e o mesmo filme mostrava um senhorzinho de chapéu de palha debaixo do sol quente, tocando uma...

O Defensor

    Ola leitores/escritores. " Escrever amenidades é um desafio, pois nunca se sabe se agrada ou não. De qualquer forma não resisto a um lugar comum, desde que diga qualquer coisa. Bom dia"!   Em encontros e partilhas por vezes involuntariamente é claro, acabamos por...

A Fonte dos Desejos

Ola boa tarde leitores/escritores. "Alguns sentimentos chegam ao coração quase sem querer e se instalam de maneira quase que imperceptível e quando se percebe, é amor. Não esse amor de estações que chega de repente e logo se vai para dar lugar a outro, mas algo que chegou manso, firme, com...

Poetas Lusófonos Contemporâneos

Bom dia amigos (as) Participo-vos aqui o lançamento do livro ANTOLOGIA de Poetas Lusófonos Contemporâneos – Vol I “Perdidamente”, obra que será, segundo os responsáveis, editada anualmente e da qual, orgulhosamente, tomo parte nessa estreia. Lamento não estar presente, pois a distancia e...

A Neta do Mercador

Ola leitores/escritores A maior vergonha do mundo é a fome, pois é dela que nascem os escravos.   O pedaço mais impressionante de nossa história moderna foi o movimento que surgiu em função da abolição da escravidão no mundo entre o século  XVIII e XIX na Inglaterra. E como tal,...

Marialva

Ola leitores/ escritores Ler é tão bom, e conhecer as pessoas também!     Irritada, com o frio, e sem muita alternativa Joana ia ter que encarar uma viagem de 18 horas dentro de um coletivo que seguia de São Paulo para o Rosário Do Sul. Então munida de muita roupa e um livro do Saramago,...

Diferenças Do Olhar/ I'm seeing you

Bom dia leitores/escritores   Às vezes chorar era a única saída que Sofia encontrava para aliviar suas dores. Isso era como se as lágrimas pudessem lavar suas feridas da alma. -Claro que o amor existe menina, mas tu és cega, e os cegos nunca são amados. Então reze para nunca se...

O Amor Tem Dessas Coisas

Ola  leitores/escritores     Geni e Gustavo estão para se casar no dia seguinte, e mal se aguentavam de tanto nervoso. A cerimonia simples será no civil em casa de amigos, e seguida de uma oração, pois o espiritismo não acredita em dogmas, sacramentos ou adoração de...
<< 1 | 2 | 3 | 4 >>