Maria Cecilia Camargo

Maria Cecilia Camargo

    Muitas vezes a leitura nos encanta pelo soar dos versos e desfecho dos textos e romances, mas como tal, um olhar sobre a sensibilidade feminina nos leva ao fascínio da hipnose, assim eu me refiro ao trabalho da artista curitibana Maria Cecilia Carmargo, que leva para suas criações o encanto das cores, demonstrando toda sua dádiva.  Simplesmente me maravilho com seu trabalho.

    Para nossos leitores que apreciam a arte, convido a conhecerem mais o trabalho da artista plástica Maria Cecilia Camargo em seu site Artes Visuais Maria Cecilia e descobriram o encanto de suas telas.

 

Leandro Campos Alves

Novembro de 2017

 

Vamos Conhecer mais sobre esta grande Artista.

 

. Formada em Design de Interiores pela Faculdade Cândido Mendes (2002).

. Pela Universidad Nacional Autónoma de México – UNAM cursou “Ser más creativos” com Guadalupe Vadillo (2014).

. Recebe da artista plástica Silvia Cadaval orientação artística e acompanhamento de projetos.

. Na Escola de Artes Visuais do Parque Lage/RJ cursou:

. “Imagem do desenho aos outros meios” com Carli Portella (2001-2002);

. “Modelo Vivo” com Gianguido Bonfanti (2001-2002);

. “Cores” com José Maria Dias da Cruz (2005);

. “Desenho contemporâneo” com Orlando Mollica (2006-2007).

. No Museu de Arte Moderna/RJ cursou “Desenho livre” com Aluísio Carvão (1978-1979).

. Na Faculdade Cândido Mendes/RJ cursou “História da Arte” com Cristina Sá (2001) e “Desenho livre” com Marcos Chaves (2001).

. No Solar do Rosário em Curitiba/PR cursou “Desenho de figura humana: rosto e maõs” com Lélia Brown (2003-2004).

. No Museu Alfredo Andersen em Curitiba/PR cursou “Desenho e tintas naturais” com Viviane Zeni (2003).

. Também em Curitiba/PR cursou “Desenho, composição e cores” com Flávia Brandi (2003-2004).

. Já na cidade de Cascavel/PR cursou “Desenhando com o lado direito do cérebro” com Giovana Britto Correia (1995).

. Cursou Design de Moda no SEBRAE – RJ (1981-1982).

. Catálogo Online de Arte da Nossa Galeria de Arte Nossa Galeria de Arte, São João de Meriti/RJ

 

Referência Catalográfica

Possui obras em acervos públicos e institucionais.

 

Obras em acervo

 

. Exposição “Sou Assim” – Espaço Cultural CEDIM Heloneida Studart, Rio de Janeiro/RJ

. Exposição “Retalhos d´Alma”, Centro Cultural do Clube de Engenharia, Rio de Janeiro/RJ

. Exposição “Domingo no Parque” Espaço Cultural do Clube Militar, Rio de Janeiro/RJ

. Exposição “Pedaços de Mim”, Galeria de Arte Sala Djanira – Espaço Cultural CEPERJ, Rio de Janeiro/RJ

. Exposição virtual “Colcha de Retalhos” – Nossa Galeria de Arte, São João de Meriti/RJ

. Exposição virtual “Domingo no Parque” – Nossa Galeria de Arte, São João de Meriti/RJ

 

Exposições individuais

 

. Exposição virtual “Artistas do Catálogo 2014” – Nossa Galeria de Arte, São João de Meriti/RJ

. Exposição virtual “Percursos” – Nossa Galeria de Arte, São João de Meriti/RJ

. Exposição virtual “Artistas do Catálogo 2013” – Nossa Galeria de Arte, São João de Meriti/RJ

. Talentos da Maturidade – 12ª. Edição – SP

. Talentos da Maturidade – 11ª. Edição – SP

. Coletiva da Associação Profissional dos Artistas Plásticos do Paraná – Galeria da APAP/PR – Sala Osmar Chromiec – Curitiba/PR

1ª. Mostra de Artes Show Móveis – Show Móveis & Porto Belo – Curitiba/PR

 

Portfólio

    A curitibana Maria Cecilia Carmargo demonstrou cedo sua veia artística. Ainda criança frequentou a Escola de Arte da Biblioteca Pública de Curitiba onde prosseguiu seus estudos.

    Na década de 70, mudou-se para o Rio de Janeiro onde cursou desenho de moda e formou-se em Design de Interiores na Faculdade Cândido Mendes.

    Com a mudança para a Capital Fluminense seu trabalho passou por um processo de amadurecimento, pois teve a oportunidade de ter aulas na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, referência nacional na formação de artistas contemporâneos. O contato com o renomado corpo docente da instituição a fez refletir sobre seu processo criativo, resultando em um grande salto qualitativo em sua produção.

    Outra influência importante para o desenvolvimento do seu trabalho foi o artista paraense Aluísio Carvão, seu professor no Museu de Arte Moderna do Rio.

    Apesar de trabalhar com diversas técnicas artísticas, como colagem, pintura e fotografia, tem predileção pelo desenho, tanto que, ao se definir, diz ser “filha do lápis e do papel”.

    Fascinada pela figura humana, especializou-se neste tipo de representação, frequentando inúmeros cursos de desenho com modelos vivos para aprimorar sua técnica, e buscando referências em museus e galerias de Londres, onde passa temporadas dedicadas ao estudo de arte.

    Texto de Valéria Duarte. Consultora de Arte, Especialista em Estudos de Museus pela USP e Mestre em História da Arte pela USP.

 

 

Maria Cecilia Camargo

    Identifico-me com o terror, certamente, sentido por muitos. Percebo que há um grande conflito e agitação até que o quadro se defina mentalmente. Depois disto, desenho com as cores, materializando o que está esboçado na mente e, por vezes, em um estudo prévio. Por mais que eu use recursos virtuais facilitadores, hoje facilmente acessíveis, por maior que sejam as influências externas, o processo criativo vem do meu interior. Mesmo que o modelo seja fielmente representado, coloco no personagem o que está dentro de mim. Como a maioria dos retratos são mulheres, defino que "entre tantas, sou uma". Cada uma ficará eternamente inacabada. O mistério estará no que virá a acontecer até que eu continue viva.

    Quando me perguntam sobre o meu processo criativo, lembro de Edward Hopper. Ele tinha em seu atelier, uma tela em branco, para lembrá-lo do terror que sentia neste momento. Significava a angústia diante do desejo de ser inédito. Diante do que teria que ser criado a partir do inexistente.

    Isto é uma ligeira pincelada. Parece impossível ter um processo criador definido. Ele é evolutivo, depende da época, da técnica que se usa. Mostrando em linhas gerais, sempre começa com a reflexão, com o terror, com o medo, com a dúvida. Depois vem a parte mais louca que é a liberação. É como se eu abrisse as asas e fosse voar.

 

Fonte: artesvisuaismariacecilia.com/aquarela

Biografia de Maria Cecilia Camargo

O País e o Mundo.

RESTAURO DA CASA BARBOSA - LIBERDADE MG.

FOTO DA COLEÇÃO DE JCARLOS SILVÉRIO   Casa Barbosa            A Casa Barbosa hoje encontra-se em processo de Restauro devido à formação do Instituto Casa Barbosa - ICAB que em boa hora se constituiu pela Lideranças de Francisco Mendes, Maria do Carmo...

Policiais de Tangara da Serra.

        Um porteiro que estava com os documentos da motocicleta vencidos, em Tangará da Serra, a 242 de Cuiabá, pediu à polícia que não apreendessem o veículo dele, porque precisava do mesmo para levar a mulher dele ao hospital três vezes por semana para...

Wild Basket

        O estudante do 4 período de Bacharelado do Sistema de Informação, IFET, Campos Juiz de Fora, Braian Anderson criou o jogo Wild Basket que está viralizando no Google Play.          O jovem natural de Baependi cidade situada ao...

Jhoninho Motos e Minas Moto

    Aos amigos que amam viajar sobre duas rodas, unindo a liberdade de conhecer novas regiões com a paixão da aventura, o Sul de Minas é o lugar ideal para seu passeio, em especial indico a Cidade Hidromineral de Caxambu.     Aqui você encontrará o que há de melhor...

Restaurante e Pizzaria do Gordo em Liberdade MG

O lugar ideal para passarmos bons momentos e fazer aquela refeição!!!     Agora em novo endereço, com ambiente amplo e confortável.     Em especial eu ressalvo o atendimento personalizado do proprietário, que a anos trabalha com apoio dos filhos e esposa, transformando...

CAXAMBUENSE É CONSAGRADA COM TRÊS TÍTULOS DE BELEZA EM APENAS SEIS MESES

A jovem caxambuense Taynã Lima, aos 17 anos, já demonstra toda a sua beleza. Nos últimos cinco meses, a jovem participou de três concursos de beleza e foi eleita em todos.  Taynã foi eleita Miss Turismo no mês de junho em Caxambu, em novembro foi eleita em Baependi Miss Sul de Minas, e no dia...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>