Luciana Nobre

    Luciana Nobre

        A vida nos enche de surpresa e amigos surpreendentes, a Deus agradeço a oportunidade de ter em nossos meio amigos que nos brinda com uma imensidão de cultura, talentos e sentimentos.

        Um dia entrei no caminho literário pensando em expor alguns trabalhos, mas para minha imensa alegria muito mais aconteceu, pois sou um escritor iluminado por Deus por me conceder a dádiva para conhecer amigos escritores e poetas espalhados no País e no Mundo, que são verdadeiros achados.

        Convido os amigos a conhecerem esta poetisa amiga que em tão pouco tempo já começo admirar seus trabalhos.

        Deixo todos meus amigos com os trabalhos de Luciana Nobre.

 

                  Périplo poético

Com os versos, viajo a mundo paralelo 
Pois este, real, a mim nem sempre agrada...
Lá, há fascinantes bosques... sou a grã fada!
Se aqui me julgam, lá me pertence o martelo...

Me absolvo, de cada frustrado ideal
E concedo, à emoção, uma nova chance 
Tal se vez primeira fosse, e de revanche,
Experencio regozijos sem igual...

Périplo vivo... livre passaporte tenho
E assim o poder de transformar os finais tristes
De mortos sonhos, no que de mais belo existe

Quando retorno, renovada, aqui me empenho
Em recordar a purificante magia
Com que me alimenta a alma, a poesia...

 

                                           Luciana Nobre

 

                Bom dia, sol

A vida amanhecera vestida no gris
de um véu asfixiante e emudecedor...
pensei: hoje a madrugada dormir não quis
ou será que a luz do dia não acordou?

Procurei ao redor tatear algum canto
de pássaro qualquer, perdido viajor,
que me trouxesse notícias, e no entanto,
também as aves procuravam o albor...

Respirei profundo, na tentativa vã
de ter, no jardim, embriagado perfume... 
mirei o sol, e vi que em seu opaco lume

- nos raios solidários daquela manhã -
Sorria ao meu triste mundo, meio sem graça, 
Por vestir a densa mortalha da fumaça...

 

                                           Luciana Nobre

 

            O chamado

 

Se ouvires o chamado do amor,
Atende-o!
Ele chama, mas não insiste
Pois há muitas vozes
Clamando sua resposta...
Constantemente!

Se ouvires o chamado do amor,
Apressa-te!
Ele não se demora,
A menos que o atendas,
Ao que fica...
Suavemente!

Se ouvires o chamado do amor,
Esquece-te!
Ele é a própria coragem
A alimentar a certeza
De que não há o impossível...
Simplesmente!

Se ouvires o chamado do amor,
Responde:
Te espero, urgente e sem medo!
Vem!
Vou!
Eternamente!

 

                           Luciana Nobre

 

        Convido aos amigos e leitores a deleitarem com os trabalhos de Luciana Nobre em sua Fan Page; www.facebook.com/poemasdaluck.

 

Todos os direitos são reservados a autora Luciana Nobre conforme artigo (Lei 9610/98).

 

 

 

 

Poemas, crônicas e textos de diversos Autores.

Luciana Nobre

        A vida nos enche de surpresa e amigos surpreendentes, a Deus agradeço a oportunidade de ter em nossos meio amigos que nos brinda com uma imensidão de cultura, talentos e sentimentos.         Um dia entrei no...

Noeli de Carvalho

        Com carinho apresento os trabalhos dessa mulher de mil faces, poetisa, escritora, jornalista e mãe, que ungida pelo amor a literatura e pelas suas filhas, divulga a beleza poética nas linhas de seus...

Glória Salles

        Percorrendo os sonhos dos poemas de meus confrades, deparei-me com um trabalho que muito me chamou a atenção, com a sensibilidade poética que Deus agraciou-me como a tantos foram agraciados por esta mesma sensibilidade,...

Goretti Mello Fernandes.

  SOBRE GORETTI ‎. . . A transparência do meu coração É o maior valor que trago na vida. (Todo o meu sentir é sagrado) Cida Luz .     CITAÇÕES FAVORITAS Amor verdadeiro... É aquele que nada se cobra. e tudo se entrega. Não se implora. Se doa, se vive ... Porque o amor em sua...

Anuragi Mauricio Antonio Veloso Duarte.

    O coração do mundo Doces rusgas de namorados, destinos destilados em aguardentes, cadáveres de generais apodrecendo, turbas de pedintes, claves de sol no ar, quebras de mar na praia à noite, levas de ouriços,  um não sei quê de...

GuerreiraXue.

           Tenho o prazer de ter em nosso meio o trabalho desta escritora, que com o codinome forte e guerreiro, que ao mesmo tempo esconde sua sensibilidade poética e amiga, nos presenteia com alguns de seus trabalhos.   E para meu prazer e felicidade, ela...

Maria da Gloria.

  MINAS GERAIS   Minas Alegre Canta Conquista Praça repleta versos corais Surgem estrelas brilhos cronistas Missas e prendas velhos casais.   Jovens crianças até repentistas, Berço de Minas muitos florais Ouro e pedras, quiçá cabalista Vales...

Luis Eduardo Garcia Aguiar.

      PÁSSAROS   Da janela eu posso ver,  pelos dias a fio,  os pássaros coloridos,  da água a beber. Mergulham sua cauda no pote que deixei,  suas asas...

Maria Nicodemos de souza.

Poesia à Janela Nicodemos de Sousa.   Na distância dos continentes, Interagimos com amigos distantes, como se morassem ao nosso lado, orgulho em apresentar agora, dona Nicodemos a poetiza da ilha do fado. em versos e estrofes ela compõe suas...

Luciana Bianchini

           Alguns poetas constroem seus poemas, mas outros são os poemas que constroem os poetas. Porque o poeta traz seus sentimentos revelados em palavras que surgem de sua alma, e assim nascem os seus poemas, por...
<< 3 | 4 | 5 | 6 | 7 >>