Luciana Bianchini

Luciana Bianchini

 

         Alguns poetas constroem seus poemas, mas outros são os poemas que constroem os poetas. Porque o poeta traz seus sentimentos revelados em palavras que surgem de sua alma, e assim nascem os seus poemas, por inspiração.  Com o dom da sensibilidade feminina, apresento a Poetiza Luciana Bianchini, de Uberaba. 
 
 
 
*SEMEANDO AS FOLHAS*

A luminosidade do abranger,
infiltra como cintilante, a se
fartar do pequeno livro a
semear. 

Banhando-se da intensidade,
da própria vontade dos gritos
retumbantes.

Segue os discernimentos, que
se abilita a entender algo com
clareza.

O raciocínio vai monitorando,
cada página, cada vogal e
consoante no lugar devido.

Pensamentos, viram borboletas,
e vão dando a beleza e o
prosseguimento das poucas
folhas ilimitadas.

Sem que os parágrafos se esqueçam
das letras, sem que as letras se
esqueçam das folhas, sem que as
folhas esqueçam das margens
secas, no semeando a vida.


 
Luciana Bianchini

 

 

*SOBRAS DA MEMÓRIA*

Encostei-me no meu passado. Lembranças
obscuras, era a minha única cura. Quantos, 
dei-lhe sabedoria, hoje estudados e sábios.
Os que me desprezaram, estão por aí, jogados
nos botecos. Minha claridade, se perdeu na aurora. 
Eu era um rico senhor dos engenhos, homem
esperto na boemia. presente agonia. Perdi todos
os meus últimos vinténs. Me envolvi com lindas
mulheres, uma eu me apaixonei. Cadê aquela 
garota que eu fiz voar? Dei para ela o melhor,
não quis saber de mim, nunca mais à vi.
Muitas mulheres para a cama eu levei, tinha 
este compromisso, talvez tenha sido, o próprio
vilão da minha história tão sofrida. Vivo agora 
com as migalhas da estupidez, de uma vida 
parada, na languidez. Meus bens materiais, 
largados na escassez. Escrevi muitos poemas,
versos, contos e até pequenas anedotas chamada,
A Frota da Gaivota, quem sabe será meu último
espetáculo! Vivi nos palcos, teatros eu dirigi,
sem a ninguém confundir. Peças importantes,
para a época, muito redundantes. Tive um grande
precursor, José Wilker excelente ator! Foi o meu
inspirador, mais no peito, a forte dor e Deus assim o
levou. Fica agora o seu perfume que perdura.
Estou aqui, idade avançada, meu cigarro, e nas
mãos, o cinzeiro. Um filme passou na minha 
mente nesta trajetória. Aprendi com os erros,
mais tarde demais. Conheci, estudei, hoje sou
apenas, um conhecedor do tempo.

Luciana Bianchini

 Para conhecerem mais seus poemas, acessem sua página e boa leitura:

www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=152477

 

Todos direitos estão reservados a autor  conforme artigo (Lei 9610/98).


 

 

Poemas, crônicas e textos de diversos Autores.

Juliana Tozzini.

Algumas coisas transbordam dentro de mim outras, explodem Juliana Tozzini.   Que o meu corpo Seja o templo do seu amor Que cada desejo seu Encontre abrigo em mim E que cada noite Seja nossa cúmplice Nessa nossa viagem sem destino Juliana Tozzini.      ...

Poetisa Sandra Pires

ABRAÇA-ME Ontem foi noite de lua cheia intensa... Transformando em magia tanta felicidade. Nosso momento extremo exalando amor. na essência que me fez apaixonar. Levando contigo minha alma Abraça-me quero este amor que estou vivendo dure para sempre. Quero-te tanto, quanto tu me queres cada...

Tanea Fragoso.

        Quero apresentar o trabalho desta grande poetisa, que descreve os sentimentos e a sensibilidade feminina nas linhas de seus poemas. Conheça um pouco do trabalho da Escritora Tanea Fragoso, conforme as copla dos poemas de sua página.     Teu...

Roberto Ferrari.

Doce Paixão   Olhos de paixão Um sorriso convidativo Em uma fração de segundos Nossos corpos tremem por inteiro  Nossas almas se incendeiam O calor toma conta de nossos corpos Nossos corações denunciam É paixão... Desejo de estar junto Chama incontrolável  Que faz arder nosso...

Luma Jota

 Alma eterna!    Minha alma de mulher é eterna pois eterna eu sou Caminho com segurança poucas vezes tropeçando Cândida e receptiva a tudo no âmago do meu ser divino que brota a cada dia mais fé   Minha busca como mulher é eterna Dando um passo de cada vez Sem pressa para...

Fernanda Costa.

CONTIGO Natureza Contigo  Me envolvo! Contigo vivo Contigo sonho Contigo encontro  A Paz!  Contigo sinto amor! Contigo sinto-me Viva!... Contigo quero Renascer! Respirar-te Cada minuto Cada segundo!... Quero sentir-me Viva! Sentir o teu Abraço  Sem fim Fernanda...

Ismael Rocha.

Caminhante,lhe procurei... E já faz tempo. Muitas ruas,muitas luas muitas idas,tantas ilhas. Te encontrei no ser-tão de águas meus sonhos,minhas visões tão claras... Esbaldei-me em teu sorriso,em teu gemido em teu corpo vivo,quente,pulsante eis o infinito instante em que estás comigo. Dou-lhe meu...

João Fernandes Monteiro.

    Tenho o prazer e o carinho de trazer os pensamentos e poemas deste amigo, Fernando Realista, o poeta de Luanda para o mundo.     Todos os textos abaixo são de sua autoria, copiados da página pessoal e de algumas comunidades que temos em comum, protegidos...

Julio Cesar Franklin.

    Muitas vezes encontramos palavras e textos que mexem com nosso ego nos lugares que menos esperamos.     Hoje, mesmo atrasado, tive o prazer de ler este texto redigido por um amigo, pois a quase um mês recebi este poema de felicitações, e não vi em minha...

Adoração em Santidade por Fabiana Miranda.

        Quando nos falta o sentimento e a solidão toma conta de nós, deixando-nos no caminho da tristeza e da falta de esperança, Deus nos colhe em seus braços e nos carrega por caminhos entre espinhos e pedregulhos, porém em Seu caminho não existem atalhos,...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>