José Celso da Cunha

José Celso da Cunha

José Celso da Cunha, mineiro de Caratinga, sempre foi um apaixonado pelas construções e sua história desde a infância. Graduou-se, em 1975, em Engenharia Civil pela Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais (EE-UFMG); em 1985 tornou-se doutor em Mecânica dos Solos/Estruturas pela École Centrale de Paris (ECP) e pelo Centre d’Études et des Recherches du Bâtiment et des Travaux Publics (CEBTP), Paris, França.

Foi professor na EE-UFMG de 1978 a 2004 das disciplinas de Estruturas de Concreto no curso de graduação em Engenharia Civil e no mestrado em Engenharia de Estruturas. Atualmente, é professor e pesquisador no Departamento de Engenharia Civil do CEFET-MG, no curso de Engenharia de Produção Civil e no mestrado em Engenharia Civil.

Profissional de engenharia, com várias obras especiais projetadas, pesquisador e orientador de trabalhos de pesquisa nas áreas de Estruturas de Concreto, Engenharia de Recuperação de Estruturas e História das Construções, possui inúmeros trabalhos publicados. É autor do livro Palace II – A implosão velada da engenharia (Autêntica, 1998). Foi homenageado, em 2002, no 44o Congresso Nacional do Concreto, com o Prêmio Luiz Alfredo Falcão Bauer, pelo IBRACON.

Foi membro da Comissão Nacional de Engenheiros, formada pelo COBRACON/CB-2 da ABNT, responsável pela revisão da Norma Brasileira de Projeto Estruturas de Concreto (NBR-6118), de 1993 a 2003. Atualmente, é membro de comissões destinadas a revisões normativas em comitês da ABNT, relativos aos aços destinados ao concreto estrutural.

Pesquisador e interessado pela história das construções desde a década de 1970, percorreu inúmeros sítios arqueológicos em vários países do mundo nos últimos 27 anos, buscando subsídios técnicos, gráficos e fotográficos para compor esta série de livros sobre o tema.

 

Livros:

 

 

A história das Construções – Do Panteão de Roma ao Panteão de Paris - Vol. 4

 

Os espanhóis não foram competentes para roubar a mais valiosa de todas as joias do Império Inca, pois não retiveram mais do que as toneladas de ouro e de prata que surrupiaram dos nativos em troca da malograda liberdade do inca Atahualpa. Ao não permitir que os invasores tomassem conhecimento da localização de Machu Picchu, os filhos do sol legaram ao mundo e à história das construções a maior de suas maravilhas, a sua verdadeira joia, que somente viria à tona no alvorecer do século XX, quando os homens começariam a se importar e a respeitar os verdadeiros tesouros arqueológicos que os povos sem escrita deixaram para nos comunicar de seus feitos no passado. Dessa maneira, observa-se que as construções dos povos pré-colombianos, das Américas do Sul e Central, iniciadas no Peru há mais de cinco mil anos, são a sua verdadeira escrita, que nos revela toda a sua história.”

Páginas: 480 • Formato: 17 x 24 cm • Acabamento: capa dura • ISBN: 9788582170397 • Código: 11030 • Área temática: Arquitetura | Artes • Autêntica Editora • Edição: 1 • Mês/Ano de publicação: 09/2012

 

A história das Construções - Das construções olmecas, no México, às revelações de Pompeia - Vol. 3

A grandiosa atenas – com seus conflitos, guerras e disputas de poder e de posses, desde os tempos mais antigos, amplificados com as querelas com os persas, de ciro a xerxes, as lutas e conquistas com seus irmãos mais próximos ou mesmo das colônias mais distantes em todo o mundo conhecido – soube, apesar disso, ou mesmo em consequência disso, re-ceber e legar para a humanidade um grande capítulo na história das construções. as construções gregas são uma expressão gloriosa da arte da arquitetura, dos seus arquitetos, engenheiros e construtores, que souberam, como ninguém, resumir conhecimentos de construção, de beleza, de anatomia humana e de animais em seus diversos relevos e esculturas, e que superaram obstácu-los que somente os grandes homens puderam transpor na história dessa arte.”

Páginas: 528 • Formato: 17 x 24 cm • Acabamento: capa dura • ISBN: 9788565381697 • Código: 10510 • Área temática: Arquitetura | Artes • Autêntica Editora • Edição: 1 • Mês/Ano de publicação: 08/2012

 

A história das Construções - Das grandes Pirâmides de Gisé ao templo de Medinet Habu - Vol. 2

 

A partir de agora, a humanidade poderia contar definitivamente com os benefícios alcançados pelas primeiras dinastias egípcias nos campos da arquitetura e da engenharia. O seu aperfeiçoamento resultaria nos avanços técnicos da construção em todo o mundo conhecido, da Península Ibérica até o Extremo Oriente, tanto para a satisfação de necessidades quanto como objetos destinados à contemplação hipnótica. Certamente, tais conhecimentos não atingiriam as civilizações – contemporâneas – de grandes construtores que habitavam isoladas o outro lado do mundo, entre as Cordilheiras dos Andes, onde o pássaro condor é o senhor dos ares e espreitava do alto, como o espírito dos faraós de Gisé, as maravilhas propiciadas pelas mãos dos homens cujas construções magníficas no plano terreno também buscavam tocar os céus.”

Páginas: 376 • Formato: 17 x 24 cm • Acabamento: capa dura • ISBN: 9788575264379 • Código: 10422 • Área temática: Arquitetura | Artes • Autêntica Editora • Edição: 1 • Mês/Ano de publicação: 10/2009

 

A história das Construções - Da pedra lascada às Pirâmides de Dahchur - Vol. 1

 

De qualquer forma, essas obras, ainda que rudimentares, foram construídas seguindo uma localização precisa, previamente definida para o seu assentamento, a julgar pelo ordenamento das pedras e a disposição paralela ou circular com boa precisão topográfica de seus elementos. O que realmente conta é que elas ainda estão entre nós e nos permitem indagar sobre suas origens e seus propósitos, mesmo que nunca venhamos a desvendar a sua verdadeira função. Talvez seja apenas para nos enviar a todos, moradores do futuro, uma mensagem, para além dos tempos, mostrando-nos que nossos ancestrais existiram um dia na face da Terra. Como aquela mensagem enviada pela NASA ao espaço pelas naves americanas Pioneer, que ainda navegam entre as estrelas em busca de vida, para dizer que moramos na Terra e comungamos também do mesmo universo.”

Páginas: 288 • Formato: 17 x 24 cm • Acabamento: capa dura • ISBN: 9788575264362 • Código: 10421 • Área temática: Arquitetura | Artes • Autêntica Editora • Edição: 1 • Mês/Ano de publicação: 10/2009

 

Palace II - A implosão velada da engenharia

 

José Celso da Cunha é um engenheiro especializado em recuperação de estruturas e compartilha neste livro o que vivenciou no episódio do desabamento do edifício Palace II, ocorrido no dia 22 de fevereiro de 1998, domingo de Carnaval. Seguindo a ordem cronológica dos fatos, ele nos transforma em espectadores privilegiados, relatando a experiência que viveu desde o momento em que soube do acidente.

Páginas: 224 • Formato: 14,0 x 21,0 cm • ISBN: 9788586583216 • Código: 23 • Área temática: Arquitetura | Artes • Autêntica Editora • Edição: 1 • Mês/Ano de publicação: 06/2007

 

Fonte: Grupo Autentica

grupoautentica.com.br/autentica/autor/jose-celso-da-cunha/668

 

Biografias de Escritores Brasileiros.

Príncipe Dom Alexandre da Silva Carvalho

Príncipe Dom Alexandre da Silva Camêlo Rurikovich Carvalho Chefe da Augustíssima e Soberana Casa Real e Imperial dos Godos de Oriente   Príncipe Dom Alexandre da Silva Camêlo Rurikovich Carvalho Chefe da Augustíssima e Soberana Casa Real e Imperial dos Godos de Oriente   Príncipe Dom...

Dom Iguaci Luiz de Gouveia Júnior

  Príncipe e Arquiduque da Gothia Duque do Castelo de Gotland Sua Alteza Real e Imperial Príncipe e Arquiduque da Gothia Sua Alteza Sereníssima Duque do Castelo de Gotland Nome de tratamento Dinástico Dominus Eurico Gouveia 1° Dom Iguaci Luiz de Gouveia Júnior Nome: Iguaci Luiz de Gouveia...

Thais Matarazzo

Empresária, jornalista, escritora e investigadora cultural, com ênfase na história do rádio e da música popular brasileira e lusa.  Integra a equipe do programa “Solo Tango”, na Rádio Trianon de São Paulo. Vem participando nos últimos anos de vários Congressos e Ciclos de Conferências no...

Adélia Prado.

Mineira de Divinópolis, Adélia Prado foi professora e escritora, formou-se em Filosofia em 1973 e acumulou vários prêmios ao longo de sua trajetória, entre os quais o Prêmio Jabuti de Literatura de 1978 da Câmara Brasileira do Livro com o livro "Coração Disparado", Prêmio ABL de Literatura...

‎Jose Armando Sousa Rodrigues de Sousa‎

LEANDRO SOU, CAXIENSE DA PRINCESA DO SERTÃO MARANHENSE (CAXIAS - MARANHÃO - BRASIL), ATENAS BRASILEIRA, MÃE DA BANDEIRA NACIONAL, MÃE DA CIDADE MARAVILHOSA DO RIO DE JANEIRO E MÃE DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS, CASADO, JORNALISTA, PROFESSOR, POETA E ESCRITOR...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>