Isa Colli

Isa Colli

        Leitura na primeira infância muda vida de escritora

        Isa Colli, escritora ítalo-brasileira radicada em Bruxelas, nasceu numa pequena cidade do litoral sul do Espírito Santo.


        Foi criada no interior por pais agricultores familiares, simples e de pouco estudo, mas que sempre valorizaram a educação e incentivaram o hábito da leitura entre os filhos. Ela foi alfabetizada aos cinco anos.

        Isa conta que suas lembranças da infância são maravilhosas, e que todas elas envolvem a presença e cuidado constantes do pai e da mãe, que trabalhavam muito na roça, mas davam muita atenção aos filhos, e reservavam tempo para as brincadeiras e para a leitura.

        “Havia limites e nós sabíamos quem, de forma muito amorosa e firme, mandava. Mas ainda me lembro dos meus pais chegando da roça. Quando meu pai acabava de tratar das criações, andava conosco de bicicleta no amplo terreiro da casa. Depois nos dava banho enquanto minha mãe fazia a comida. De banho tomado e barriga cheia, chegava o momento que para mim era o mais esperado do dia, que era ouvir as histórias contadas pela minha mãe antes que dormíssemos”.

        Segundo a escritora, seu pai comprava várias cartilhas, que a mãe lia. Mas ela também inventava histórias encantadoras, fazia versos e trovas e tocava sua gaita. “ Esses momentos mudaram minha vida. A partir daí me apaixonei pela leitura”.

        A paixão pela escrita veio mais tarde, aos 12 anos, quando ganhou um diário da mãe e passou a rascunhar nele seus primeiros textos. É por isso que Isa Colli acredita firmemente que ler para uma criança é decisivo para as escolhas que ela fará no futuro.

        “A leitura abre a mente e amplia os horizontes. Quando isso é feito na primeira infância, tudo acontece de uma forma muito mais natural e prazerosa. E é essa geração de leitores que poderá transformar o mundo através do conhecimento. Tenho absoluta convicção disso”.

        Isa Colli lançará mais três títulos ainda no primeiro semestre de 2017. 




A Fazendinha em Dezembro


        A escritora ítalo-brasileira Isa Colli, radicada em Bruxelas, lançará em dezembro o livro “A Fazendinha”. É seu sétimo livro infantil. 

        A Fazendinha conta a história de Felícia, uma menininha muito esperta, que ama as plantas e os animais. Em uma emocionante viagem à Fazenda do Senhor Zicão, diversão e aprendizado caminham juntos quando essa garotinha curiosa e seus amiguinhos experimentam as maravilhas da vida no campo. Tudo é novidade para essas crianças da cidade grande. Para completar, ganham de presente uma verdadeira aula sobre alimentos “Bio” e passam a compreender a necessidade de se manter em harmonia com a natureza.

        No livro anterior, O Pirulito das Abelhas, lançado na Feira do Livro de Portugal em abril, a imaginação é estimulada através de uma viagem ao mundo da fantasia, com abordagem do empreendedorismo e incentivo às parcerias e união, para o alcance dos melhores resultados, da importância do trabalho em equipe, de competitividade e dos riscos da concorrência desleal, além do valor do respeito.



Dedicação exclusiva


        Embora se aventurasse de forma despretensiosa pela escrita desde a infância, foi uma doença grave, quando pensou que poderia ter a vida abreviada por um câncer, que a levou a acreditar na incerta carreira de “operária da escrita”. Ela teve que licenciar-se e passou a dedicar-se em tempo integral à escrita. 

        Como também sobre de artrite e fibromialgia, a escritora não pode escrever por muito tempo. Então seus livros são gravados e transcritos e digitados pelo filho ou pelo marido.

        “Hoje cuido carinhosamente das palavras. Escolhi escrever por acreditar e defender que as mudanças tão necessárias ao nosso país passam pela leitura e pela Educação de qualidade. Escrever é um processo de libertação da criatividade e dos sentidos”.



O Pirulito das Abelhas


        A escritora ítalo-brasileira Isa Colli lançou O Pirulito das Abelhas, o seu sexto livro infantil, na Feira do Livro de Portugal e em várias Feiras da Europa. No Brasil, ele foi lançado na Feira Internacional do Livro de São Paulo em setembro. O Pirulito das Abelhas é uma fábula que estimula a imaginação através de uma viagem ao mundo da fantasia, com abordagem do empreendedorismo e incentivo às parcerias e união, para o alcance dos melhores resultados. Tudo de forma lúdica e linguagem envolventes.



        Relançamento


    Isa Colli relançará os livros A Lagoa Grinalda, O Príncipe, A Fada Malena, As Aventuras da Nuvem Floquinho, A Árvore Dourada e Um Amor, Um Verão e o Milagre da Vida. Esse último com novo título: Uma Segunda Chance.

 

Site Oficial

IsaColli.com - link: isacolli.com/

 

 

Fonte: E-mail em arquivo da assessora ao site

O crédito da foto da autora é de Márcia Leal

 

Biografias de Escritores Brasileiros.

Rosa Lia Dinelli

        Natural do estado do Amazonas, Município de Maués. É filha de Octávio Monteiro Dinelli e Orsina Michiles Dinelli. Casada e estabelecida em Pernambuco desde o ano de 1958. Mãe de Myrtes, Learsi e Ludmila, que lhe deram sete netos: Saulo, Karina, Priscila,...

Luiz Carlos Dias

        Poeta, compositor, declamador e produtor cultural, é filiado à União Brasileira de Escritores–UBE, à Associação Brasileira de         Música e Artes–ABRAMUS e membro voluntário da Seção Braille da Biblioteca Pública do Estado...

Edvaldo Rosa

Edvaldo Rosa, 51 anos, casado, cinco filhos, vários sonhos, um especial: A literatura!   Comecei a publicar minhas poesias em jornais e revistas de circulação interna nas empresas que trabalhei destacando-se: - Jornal HZS ( hospital Zona sul) em 1983 n° 02, 03 - NV (Noticias Villares) em...

Haroldo de Campos.

    Haroldo Eurico Browne de Campos (São Paulo, 19 de agosto de 1929 — São Paulo, 16 de agosto de 2003) foi um poeta e tradutor brasileiro.     Haroldo fez seus estudos secundários no Colégio São Bento, onde...

Ferreira Gullar

        Ferreira Gullar nasceu em São Luís, em 10 de setembro de 1930, com o nome de José Ribamar Ferreira. É um dos onze filhos do casal Newton Ferreira e Alzira Ribeiro Goulart.         Sobre o pseudônimo, o...
<< 7 | 8 | 9 | 10 | 11 >>