Inácio José de Alvarenga Peixoto

Inácio José de Alvarenga Peixoto

        Inácio José de Alvarenga Peixoto (Rio de Janeiro, 1742 — Ambaca, Angola, 27 de Agosto 1792), foi um advogado e poeta luso-brasileiro. Foi detido e julgado por participar da Inconfidência Mineira, tendo sido condenado ao degredo perpétuo na África. A Alvarenga Peixoto é atribuída a autoria da inscrição latina na bandeira de Minas Gerais: Libertas quae sera tamen.

        

        Biografia.

        Nascido na cidade do Rio de Janeiro, era filho de Simão Alvarenga Braga e Ângela Micaela da Cunha. Estudou no Colégio dos Jesuítas do Rio de Janeiro, chamado Humberto de Souza Mello. Tendo se transferido para Portugal, onde obteve o Bacharelato, com louvor, em Direito na Universidade de Coimbra. Aí conheceu o poeta Basílio da Gama, de quem se tornou amigo.

        No Reino exerceu o cargo de juiz de fora na vila de Sintra. De volta ao Brasil, o de senador pela cidade de São João del-Rei, na capitania de Minas Gerais. Aí também exerceu o cargo de ouvidor da comarca de Rio das Mortes e desposou a poetisa Bárbara Heliodora Guilhermina da Silveira, com quem teve quatro filhos: Maria Ifigênia, José Eleutério, João Damasceno (que posteriormente mudara o nome para João Evangelista) e Tristão de Alvarenga.

        Participação na Inconfidência.

        Frequentava a então Vila Rica. Deixou a magistratura, ocupando-se da lavoura e mineração na região do sul de Minas Gerais, mais especificamente nas cidades de Campanha e São Gonçalo do Sapucaí, última cidade esta onde despendeu quase toda sua fortuna para a abertura de um canal de cerca de 30 quilômetros para abranger as melhores minas de ouro do arraial e fazer a lavagem das terras.

        Foi amigo dos poderosos da época e partilhava com os demais intelectuais de seu tempo idéias libertárias advindas do Iluminismo. Entre essas personalidades destacam-se os poetas Cláudio Manuel da Costa e Tomás Antônio Gonzaga (seu parente), o padre José da Silva e Oliveira Rolim, o militar Joaquim José da Silva Xavier (o "Tiradentes"), e Joaquim Silvério dos Reis, que delataria os conjurados.

        Condenação, degredo e morte.

        Pressionado por dívidas e impostos em atraso, acabou por se envolver na Inconfidência Mineira. Denunciado, detido (prisioneiro na Ilha das Cobras),  julgado e condenado, foi deportado para Angola, onde veio a falecer, pouco após sua chegada, vítima de uma febre tropical que à época assolava o local.

 

        Obras

        A sua diminuta obra inscreve-se entre a dos poetas do Arcadismo, e foi recolhida por Rodrigues Lapa. Apresenta alguns dos sonetos mais bem acabados do Arcadismo no Brasil. A temática amorosa foi uma das vertentes da sua poesia, em que também se observa uma postura crítica quanto à sociedade da época.

        A Dona Bárbara Heliodora, poesia

        A Maria Ifigênia, poesia

        Canto Genetlíaco, poesia, 1793

        Estela e Nize, poesia

        Eu Não Lastimo o Próximo Perigo, poesia

        Eu Vi a Linda Jônia, poesia

        Sonho Poético, poesia

        Traduziu para o português a peça teatral Mérope, de Scipione Maffei.

Nome completo

Inácio José de Alvarenga Peixoto

Nascimento

1742
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro,Brasil
 Portugal

Morte

27 de agosto de 1792 (50 anos)
Ambaca, Angola,  Portugal

Nacionalidade

 Português

 

Fonte:Wikipédia

Biografias de Escritores Brasileiros.

Gislaine Canales

Gislaine Canales nasceu em Herval - RS - BR, em 20/04/38. Divorciada. Quatro filhos. Sete netos. Uma bisneta. Delegada do Portal CEN - "Cá Estamos Nós", Presidente da UBT, União Brasileira de Trovadores, e Cônsul de Poetas Del Mundo em Balneário Camboriú /SC. Bacharel  em Pedagogia e...

Guiomar de Paiva

Guiomar de Paiva Brandão           Guiomar de Paiva Brandão é natural de Caxambu, reside em São Lourenço, Sul de Minas Gerais. Filha de José Capistrano de Paiva Filho e Maria de Lourdes Mendes Paiva é casada com Augusto Brandão e tem quatro filhos, Daniel,...

Augusto Barbosa Coura Neto

Augusto Barbosa Coura Neto, Membro Correspondente da Academia de Letras de Balneário Camboriú, é natural de Ponte Nova/MG, e casado com Mariza Matilde Martellet Coura. Engenheiro Florestal pela UFSM/RS e Pós-graduado em nível de Especialização pela UFSC/SC.  Trabalhou no Projeto RADAMBRASIL,...

Silvia Araújo Motta

SILVIA (de Lourdes) ARAÚJO MOTTA Email-Emeio atual: clubedalinguaport@gmail.com Sou a Silvia Professora, BEM FELIZ aposentada, violonista e escritora, pela vida apaixonada. Mensageira da Alegria, cativa da Arte e Cultura vivo a divulgar Poesia, Música e Literatura. O tempo mudou meus...

Domingas Alvim

    Domingas Alvim, escritora desde os cinco anos de idade – data em que escreveu seu primeiro poema. Até agora, tem 3 livros publicados (Poços dos Desejos; Do Deserto; Viver é meu Vício).      Sempre foi seduzida pela palavra. Lida, escrita, desenhada, rabiscada....

Thaís Souza

    Nasceu na cidade de Campos dos Goytacazes-RJ, em 16 de agosto de 1990.     Estudou da 1ª á 4ª série do ensino fundamental.     Cursou Informática Básica, Design Gráfico, Web Design, e na atualidade cursa Gestão...

Silvania Marques Kaminski

    Silvania Kaminski é o nome literário de Silvania T. Marques Kaminski, nascida no dia 15 de abril de 1968, na cidade de Planalto, RS onde reside até hoje. Casada com Carlos Kaminski, com quem teve um casal de filhos: o Ícaro e a Karin Gabriéli.     Descobriu a...

Leandro Martins de Jesus

  Nasceu em Itapetinga – Ba, em 1980. Graduado em Pedagogia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB, casado, é funcionário público estadual.  Na área de Teologia, concluiu o Curso de Teologia para Leigos do Vicariato São João da Arquidiocese de Vitória da...

Ronaldo Frigini

   Acadêmico da 01ª Cadeira da Academia de Letras de São João da Boa Vista        Juiz de Direito. Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Faculdade de Direito da Fundação de Ensino Octávio Bastos, UniFeob, de São João da Boa Vista, exerceu a Advocacia...

Emerson Maciel Santos

Presidente da Academia Laranjeirense de Letras. Editor da Brasil Casual Editora. Colunista de Cultura do Jornal A Voz dos Municípios. Membro vitalício da associação Internacional dos escritores e artistas - IWA, que é a maior associação literária do mundo. Tem pouco mais de 1.310...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Meus Poemas.

Acróstico Jesus Cristo.

J – Juro a ti senhor meu Deus, E – esperar nos concelhos Seus, S – sabedoria e discernimento, U – unção e conhecimento; S – Sois a salvação a qualquer momento.   C – Com joelhos prostrados, R – rogo a Tua paz aos desesperados, I – inquieto pelos seus pecados, S – suplico a eles o Seu perdão, T...

Oração de súplicas à Nação.

Peço a Deus compreensão, para ver tudo diferente. Peço a Deus mais compaixão, para não julgar nossa gente.   Peço a Deus misericórdia, pelos erros da História, pela morte da memória, de Jesus em oratória.   Peço a Deus clemência, pela falta de prudência, ao esquecer a existência, de Sua...

A maior riqueza de um homem é ser pobre.

    A maior riqueza de um homem é ser pobre. Nela encontramos...   Saudade, amizade, liberdade, sobriedade, humildade, unidade, reciprocidade, fidelidade.   Que mesmo diante da dificuldade, e da necessidade. Achamos nela a hombridade, para sorrir de felicidade.   Enquanto a...

Carnaval em Flor.

Ser livre é viver a alegria, sorrir, pular e entrar na folia. Ter o coração aberto, e o corpo desnudo, ou até mesmo coberto.   Ser livre é viver, dançar e encantar. Criar, trabalhar e ser popular, amando quem no caminho encontrar, deixando a tristeza em outro lugar.   Ser belo é fazer o...

A morte.

A morte que amedronta, vem marcando, ferindo e sangrando. Levando aos que ela encontra, ou, aos que a Deus encanta.   Dói a prematuridade, de uma flor em plena mocidade, ser lançada a história, e acolhido pela eternidade.   Sangra o peito de toda cidade, ao receber a notícia, desta imensa...

Amigo Eterno

Hoje a matemática ficou órfã, perdeu sua operação de multiplicação. Multiplicar conhecimentos, a lealdade e o discernimento.   Multiplicar a verdade, a palavra amiga, o laço de amizade, a voz da autoridade.   Multiplicar o amor pelo ensino, a gana do saber. Nos preparando para o...

Trem de Minas.

Lembro-me daquele tempo, que era uma criança. E minha mãe pelas mãos me conduzia, para ir visitar a minha outra tia, que também se chamava Maria.   Primeiro trajeto da viagem era feito, numa estradinha cheia de curvas, e nos assentos de uma perua, cada passageiro ajeitava-se ao seu...

Pessoas.

Tem gente que se acha grande. Tem gente que se acha justo. Tem gente que se acha gente.   Mas nem toda grandeza traz segurança, nem toda justiça é perfeita, nem todo achar nos faz ser gente.   A vida é feita de atos. A gente é feito pelo amor, e o amor... É feito de respeito.   A...

Soneto Tempo

O tempo abranda a dor, cura o corte, cicatriza as lembranças, acalenta a morte, nos enche de esperanças.   O tempo abranda o passado, cura a ferida, apaga o que era errado, harmoniza o presente da vida.   O tempo é o único remédio, que abranda a desilusão, e faz renascer uma nova...

Declarações.

  Se um dia eu amei... Se um dia te conquistei... Digo a ti amor eterno, que minhas declarações são simples palavras, e não mostram o tamanho de meu sentimento.   Como frases jogadas ao vento, elas percorrem espaços, territórios e sonhos. Voam nas asas das promessas, mesmo assim, não...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>