Hugo Dias "Marduk".

Hugo Dias "Marduk".

Foi

 

Foi obra na escuridão,
na arte da verdade que nasceu,
as flores que sorriu,
para o norte que cresceu.

Foi corvo que para a morte,
no cântico da noite corveja,
desprezando a inimizade,
da antipatia que inveja.

Foi lobos que uivou,
sabendo que a noite voltava,
os desejos conscientes e inconscientes,
para o reino que nunca chegava.

Foi solitárias as árvores,
outono que as despia à ultima folha,
com o zumbido que se ouve,
nos passos da grande escolha.

Foi recolha na brava maré,
que calhou o desprezo,
ocultando a espada,
da sombra que a tanto prezo.

Foi inspiração naqueles momentos,
que a dança virou cantiga,
e o cântico virou em nada,
que se tornou numa coisa antiga.

Foi homem que chorou,
a tempestade que caiu,
quando as asas voava,
os seus sentimentos que se partiu.

Foi como uma jarra,
de barro mendigado,
fruto do que semeou,
quando recolheu já estragado.

Foi terra em que sentiu,
as passadas da tristeza,
e dor que bateu à porta,
de tudo que se despreza.

Foi crueldade que se congelou,
na neve que pariu,
a filha de todas as lágrimas,
pelo espírito que fugiu.

Foi longo o tempo,
para toda esta cura,
foi sem cirurgião que sarou,
esta cicatriz que tanto dura.

Foi na companhia dos pássaros,
que o dia voltou,
naquela dona da ansiedade,
que na madrugada muito alcançou.

Foi olhar que viu,
muito mais do impossível,
vindo no sentimento,
tornando se imprescindível.

Foi a saudade que gritava,
qualquer coisa que chamava,
era arco íris que do céu,
travessava e tanto brilhava.

Foi chuva que molhou,
a pele que tanto repisava,
a pérola de um nome,
de alguém que demasiado amava.

 


Autor : Hugo Dias 'Marduk'

 

 

 Convido a todos conhecerem mais obras do poeta de “Marduk” através do link:

 www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=312630

 

Fonte: Luso Poemas


 

Todos os direitos são reservados ao autor, conforme artigo (lei 9.610/98)

Poemas, crônicas e textos de diversos Autores.

Mulher suicídio na ponte de Niterói hoje, 11 de fevereiro de 2019

Foto apenas ilustrativa.       Hoje 11/02/2019 uma mulher jovem (entre 22 a 25 anos) a ponto de pular da ponte localizada no RJ, divisa de São Gonçalo e Niterói a polícia estava aí, bombeiros, psicólogos, mas ninguém se aproximava por medo de que ela saltasse, nisso um...

Rosa Céu

II EVENTO "IMAGEM QUE INSPIRA" Título: PINCELADAS DE BELEZA Autora: Rosa Céu País: PORTUGAL     PINCELADAS DE BELEZA   Não conto as vezes que olho a natureza! E no deslumbramento por tão belas cores Passo à branca tela, pinceladas de beleza… Fazendo esquecer demais minhas...

Karina Aldrighis

Como é escrever para Karina Aldrighis? "Escrever para mim é como o vicio em cigarro: se não escrevo, fico ansiosa, agitada, com insônia, notívaga, não consigo organizar as ideias, verdadeira confusão mental, enquanto não coloco “aquela” ideia no papel, enquanto não escrevo... Pode parecer exagero,...

Marcelo Kassab

Como é escrever para Marcelo Kassab? " Tu, escritor Da realidade extrais fantasia, semeias asas às emoções reprimidas. Das lágrimas que lavam as feridas mudas a vírgula, renasce a alegria. Pintas imensas obras de arte nas páginas que libertas das amarras. As tintas e cores com que...

Maria Iraci Leal – MIL

Poeta e Escritora.  Licenciatura Plena em Educação Artística.  Massoaterapeuta. de Tramandaí   Chorei sim, mas nunca desisti...   Chorei, sim, chorei muito, demais, hoje sei que nada tinha de especial aquela fase de vida! Mas foi necessário conhecer das ilusões o...

SILVIA (de Lourdes) ARAÚJO MOTTA

EDER MACHADO SILVA-Sargento PM// - Acróstico-biográfico Nº 6509// Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil -// E-Éder Machado Silva, Sargento PM, D-Desde 1992, ingressou na PMMG, E-E, com dezoito anos prestou Praça, R-Reconhecido Soldado em Téofilo Otoni; - M-Mudanças ocorreram; destacado para A-A sua...

Luís Corredoura

    Faço referência a este Poeta, que mesmo morando entre a DISTÂNCIA dos continentes, seus trabalhos consegue superar distância e encantar os amigos e leitores.     Convido a todos para conhecerem Luís Corredoura e alguns de seus trabalhos.    ...

Marize Rodrigues Ukwakusima.

Marize Rodrigues Ukwakusima mora em São Paulo, poetisa natural de Maceió.     O VERDADEIRO AMOR NÃO MORRE   Ela já amou tanto tanto  Que se perdeu  Quando seu amor a deixou   Atravessou imensos desertos  De pura solidão  Mergulhou em profundos abismos De...

Pedro Varino Ukwakusima

    Cooperador na empresa Gideões Missionários da Última Hora-GMUH     Estudou na instituição de ensino Universidade 11 de Novembro - Faculdade de Direito de Cabinda     Anterior: Cape Peninsula University of Technology...

Ukwakusima Jonas

SOBRE UKWAKUSIMA Nada sei a meu respeito... Nada preciso além de respeito... Nunca entre mil fui eleito... Isto basta...? Só a Existência pode Gerar Existência.     Natural de Namibe, mora atualmente em Luanda.   GERAÇÃO PARADOXAL Quem supostamente te iria defender,  Abre-te as...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>