Haroldo de Campos.

Haroldo de Campos.

    Haroldo Eurico Browne de Campos (São Paulo, 19 de agosto de 1929 — São Paulo, 16 de agosto de 2003) foi um poeta e tradutor brasileiro.

    Haroldo fez seus estudos secundários no Colégio São Bento, onde aprendeu os primeiros idiomas estrangeiros, como latim, inglês, espanhol e francês. Ingressou na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, no final da década de 1940, lançando seu primeiro livro, O Auto do Possesso, em 1949, quando participava do Clube de Poesia, ao lado de Décio Pignatari.

    Em 1952, Décio, Haroldo e seu irmão Augusto de Campos rompem com o Clube, por divergirem quanto ao conservadorismo    predominante entre os poetas, conhecidos como "Geração de 45". Fundam, então, o grupo Noigandres, passando a publicar poemas na revista do grupo, de mesmo título. Nos anos seguintes, defendeu as teses que levariam os três a inaugurar, em 1956, o movimento concretista, ao qual se manteve fiel até o ano de 1963, quando inaugura um trajeto particular, centrando suas atenções no projeto do livro-poema "Galáxias".

    Haroldo doutorou-se pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, sob orientação de Antônio Candido, tendo sido professor da PUC-SP, bem como na Universidade do Texas, em Austin.

    Haroldo dirigiu até o final de sua vida a coleção Signos da Editora Perspectiva. "Transcriou" em português poemas de autores como Homero, Dante, Mallarmé, Goethe, Mayakovski, além de textos bíblicos, como o Gênesis e o Eclesiastes. Publicou, ainda, numerosos ensaios de teoria literária, entre eles A Arte no Horizonte do Provável (1969). No teatro, suas obras foram interpretadas, com exclusividade, por três atores: Giulia Gam (1989, Cena da Origem, direção de Bia Lessa), Bete Coelho (1997, Graal: Retrato de um Fausto Quando Jovem, de Gerald Thomas) e Luiz Päetow (2015, Puzzle, de Felipe Hirsch).

        Faleceu em São Paulo, tendo publicado, pouco antes, sua transcrição em português da Ilíada, de Homero.

 

Obras:

Xadrez de Estrelas (1976)

Signância: Quase Céu (1979)

Campos, Haroldo de (1984). Galáxias. Acompanha CD no qual o poeta Haroldo de Campos grava 16 poemas do livro GALÁXIAS, acompanhado pela cítara de Alberto Marsicano - produzido por Arnaldo Antunes (São Paulo: Editora 34). p. 127. ISBN 8573263008.

A Educação dos Cinco Sentidos (1985)

Crisantempo (1998)

A Máquina do Mundo Repensada (2001)

Hagoromo de Zeami (2005) - publicação póstuma

 

Prêmios e homenagens: 

 

Sua biografia foi incluída na Enciclopédia Britânica em 1997.

Foi o ganhador do Prémio Octavio Paz de Poesía y Ensayo, no México, em 1999.

Nesse mesmo ano, as Universidades de Yale e de Oxford organizaram conferências sobre sua obra em comemoração de seus setenta anos.

Foi vencedor do prêmio Jabuti em 1991, 1993, 1994, 1999 e 2002.

 

Fonte: Wikipédia

Biografia de Haroldo Eurico Browne de Campos

Biografias de Escritores Brasileiros.

Príncipe Dom Alexandre da Silva Carvalho

Príncipe Dom Alexandre da Silva Camêlo Rurikovich Carvalho Chefe da Augustíssima e Soberana Casa Real e Imperial dos Godos de Oriente   Príncipe Dom Alexandre da Silva Camêlo Rurikovich Carvalho Chefe da Augustíssima e Soberana Casa Real e Imperial dos Godos de Oriente   Príncipe Dom...

Dom Iguaci Luiz de Gouveia Júnior

  Príncipe e Arquiduque da Gothia Duque do Castelo de Gotland Sua Alteza Real e Imperial Príncipe e Arquiduque da Gothia Sua Alteza Sereníssima Duque do Castelo de Gotland Nome de tratamento Dinástico Dominus Eurico Gouveia 1° Dom Iguaci Luiz de Gouveia Júnior Nome: Iguaci Luiz de Gouveia...

Thais Matarazzo

Empresária, jornalista, escritora e investigadora cultural, com ênfase na história do rádio e da música popular brasileira e lusa.  Integra a equipe do programa “Solo Tango”, na Rádio Trianon de São Paulo. Vem participando nos últimos anos de vários Congressos e Ciclos de Conferências no...

Adélia Prado.

Mineira de Divinópolis, Adélia Prado foi professora e escritora, formou-se em Filosofia em 1973 e acumulou vários prêmios ao longo de sua trajetória, entre os quais o Prêmio Jabuti de Literatura de 1978 da Câmara Brasileira do Livro com o livro "Coração Disparado", Prêmio ABL de Literatura...

‎Jose Armando Sousa Rodrigues de Sousa‎

LEANDRO SOU, CAXIENSE DA PRINCESA DO SERTÃO MARANHENSE (CAXIAS - MARANHÃO - BRASIL), ATENAS BRASILEIRA, MÃE DA BANDEIRA NACIONAL, MÃE DA CIDADE MARAVILHOSA DO RIO DE JANEIRO E MÃE DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS, CASADO, JORNALISTA, PROFESSOR, POETA E ESCRITOR...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>