Fernando Pessoa.

Fernando Pessoa.

Biografia de Fernando Pessoa:

Este não é Brasileiro, mas é um grande escritor pela qual é merecida a referência.

 

Fernando Pessoa (1888-1935) foi poeta português, um dos mais importantes poetas da língua portuguesa. "Mensagem" foi um dos poucos livros de poesias publicado em vida. Fernando Pessoa ocupou diversas profissões, foi editor, astrólogo, publicitário, jornalista, empresário, crítico literário e crítico político.

 

Fernando Pessoa (1888-1935) nasceu em Lisboa, Portugal, no dia 13 de junho de 1888. Ficou órfão de pai aos 5 anos de idade. Seu padastro era o comandante João Miguel Rosa, que foi nomeado cônsul de Portugal em Durban, na África do Sul. Acompanhando a família na África, Fernando recebeu educação inglesa. Estudou em colégio de freiras e na Durban High School.

 

Em 1901 escreveu seus primeiros poemas em inglês. Em 1902 a família voltou para Lisboa. Em 1903 Fernando Pessoa retornou sozinho para a África do Sul, onde submeteu-se a uma seleção para a Universidade do Cabo da Boa Esperança. Em 1905 de volta à Lisboa, matriculou-se na Faculdade de Letras, onde cursou Filosofia. Em 1907 abandonou o curso. Em 1912 estreou como crítico literário.

 

Fernando Pessoa foi vários poetas ao mesmo tempo. Tendo sido "plural" como se definiu, criou vários poetas, que conviviam nele. Cada um tem sua biografia e traços diferentes de personalidade. Os poetas não são pseudônimos e sim heterônimos, isto é indivíduos diferentes, cada qual com seu mundo próprio, representando o que angustiava ou encantava seu autor.

 

Criou entre outros heterônimos, Alberto Caeiro da Silva, Álvaro de Campos, Ricardo Reis e Bernardo Soares. Caeiro é considerado naturalista e cético; Reis é um classicista, enquanto Campos tem um estilo associado ao do poeta norte-americano Walt Whitman.

 

Em 1915, liderou um grupo de intelectuais, entre eles Mário de Sá Carneiro e Almada Negreiros. Fundou a revista Orfeu, onde publicou poemas que escandalizaram a sociedade conservadora da época. Os poemas "Ode Triunfal" e "Opiário", escritos por "Álvaro de Campos", causaram reações violentas contra a revista. Fernando Pessoa foi chamado de louco.

 

Fernando Pessoa mostrou muito pouco de seu trabalho em vida. Em 1934 candidatou-se com a obra "Mensagem", um dos poucos livros publicados em vida, ao prêmio de poesia do Secretariado Nacional de Informações de Lisboa, sua obra ficou em segundo lugar.

 

Fernando António Nogueira Pessoa morreu em Lisboa, Portugal, no dia 30 de novembro de 1935.

 

Obras Publicadas em Vida

35 Sonnets, 1918

Antinous, 1918

English Poems, I, II e III, 1921

Mensagem, 1934

 

Obras Póstumas

Poesias de Fernando Pessoa, 1942

Poesias de Álvaro de Campos, 1944

A Nova Poesia Portuguesa, 1944

Poesias de Alberto Caeiro, 1946

Odes de Ricardo Reis, 1946

Poemas Dramáticos, 1952

Poesias Inéditas I e II, 1955 e 1956

Textos Filosóficos, 2 v, 1968

Novas Poesias Inéditas, 1973

Poemas Ingleses Publicados por Fernando Pessoa, 1974

Cartas de Amor de Fernando Pessoa, 1978

Sobre Portugal, 1979

Textos de Crítica e de Intervenção, 1980

Carta de Fernando Pessoa a João Gaspar Simões, 1982

Cartas de Fernando Pessoa a Armando Cortes Rodrigues, 1985

Obra Poética de Fernando Pessoa, 1986

O Guardador de Rebanhos de Alberto Caeiro, 1986

Primeiro Fausto, 1986

 

 

 

Informações biográficas de Fernando Pessoa:

Data do Nascimento: 13/06/1888

Data da Morte: 30/11/1935

 

Morreu aos: 47 anos

 

Fonte: revista de ouro - www.revistadeouro.com.br/2016/03/biografia-de-fernando-pessoa.html?spref=fb

 

Biografias de Escritores Brasileiros.

Autobiografia de Geraldo D'Almeida Alves

    Nasci em Goiana, município distante sessenta quilômetros do Recife (PE), no dia 29 de fevereiro de 1964. De família humilde, não tive regalias na infância.     Minha família: meu pai, minha mãe e nove filhos. Eu fui o sexto a nascer. Duas irmãs nasceram...

Thais Matarazzo

Empresária, jornalista, escritora e investigadora cultural, com ênfase na história do rádio e da música popular brasileira e lusa.  Integra a equipe do programa “Solo Tango”, na Rádio Trianon de São Paulo. Vem participando nos últimos anos de vários Congressos e Ciclos de Conferências no...

Adélia Prado.

Mineira de Divinópolis, Adélia Prado foi professora e escritora, formou-se em Filosofia em 1973 e acumulou vários prêmios ao longo de sua trajetória, entre os quais o Prêmio Jabuti de Literatura de 1978 da Câmara Brasileira do Livro com o livro "Coração Disparado", Prêmio ABL de Literatura...

‎Jose Armando Sousa Rodrigues de Sousa‎

LEANDRO SOU, CAXIENSE DA PRINCESA DO SERTÃO MARANHENSE (CAXIAS - MARANHÃO - BRASIL), ATENAS BRASILEIRA, MÃE DA BANDEIRA NACIONAL, MÃE DA CIDADE MARAVILHOSA DO RIO DE JANEIRO E MÃE DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS, CASADO, JORNALISTA, PROFESSOR, POETA E ESCRITOR...

Fábio Fabrício Fabretti

    É de Maringá, no Paraná. Reside no Rio de Janeiro. Formado em Letras, especializou-se em Literatura. Professor de Literatura, Redação e Língua Portuguesa. Participou de antologias e coletâneas. Colaborou com diversas mídias. É autor de livros lançados no Brasil e na Europa, como...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>