Escritoras Premiadas no Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura de 2017

 Escritoras Premiadas no Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura de 2017

“Membro Fantasma”, vencedor na categoria Jovem Escritor, relata a trajetória de Diana, uma brasileira que está em Assunção (Paraguai) à procura de relatos sobre a ditadura de Stroessner a fim de escrever uma ficção. Nesse percurso, histórias ouvidas e lembranças familiares revelam-se e embaralham-se na imaginação da personagem. A narrativa pretende dialogar com o gênero reportagem, estabelecendo um jogo entre o romance de ficção e não-ficção. A autora Sara Pinheiro é dramaturga e atriz. Graduada em Letras pela UFMG, e em Teatro pelo Centro de Formação Artística e Tecnológica (Cefart) da Fundação Clóvis Salgado e pela École Philippe Gaulier (França). Em Belo Horizonte, foi integrante da Cia. do Chá, e colaboradora do grupo de teatro de bonecos Pigmalião Escultura que Mexe. Ao lado de Vinícius Souza, foi idealizadora da mostra Janela de Dramaturgia, que teve suas três primeiras edições publicadas em coletânea pela editora Perspectiva/ SP. Como dramaturga, seus últimos trabalhos foram “Cine Splendid” (Coprodução entre Brasil e Paraguai pelo Programa Iberescena), “O Berro” (U.V.A Conexões artísticas), “Noturno” (grupo Teatro Invertido), e “S/TÍTULO, Óleo sobre tela” (Cia. do Chá).

 

"Mobiliário para uma fuga em março", vencedor na categoria Romance é um "romance-poema", na definição da autora, que parte dos objetos de uma casa para construir a arquitetura (cheia de fendas) de uma família. A autora Marana Borges, nascida em 1984, em São Paulo, é jornalista formada pela Universidade de São Paulo e mestre em Teoria da Literatura pela Universidade de Lisboa. Colaborou com diversos veículos de comunicação e foi correspondente em Portugal. Seu trabalho artístico abrange a poesia, a narrativa e a música popular. Em 2010 ficou em primeiro lugar no programa de bolsas de criação literária da Fundação Biblioteca Nacional. Também foi finalista do Prêmio Nacional Sesc de Literatura em 2015 e 2016. A escritora participou da antologia de contos "De tudo fica um pouco" (Dublinense, 2011). Seu livro de poemas "Breve ensaio sobre a morada" deve ser publicado em 2018.

 

 “Fabulário”, premiado na categoria de Poesia, divide-se em três partes: “Museu mínimo”, que consiste em uma tentativa de apropriação poética de diferentes linguagens, como a do cinema ou a dos sonhos; “Microcosmo”, na qual os poemas se inspiram em gêneros textuais diversos (carta e notícia, por exemplo); e “Fabulário”, seção homônima ao livro, em que os poemas contam pequenas histórias. Ao longo da obra, vários sujeitos líricos se manifestam, constituindo um mosaico de personagens que, de certa forma, revelam aspectos da subjetividade da autora. A autora Ana Claudia Costa dos Santos nasceu em 1984, em Porto Alegre (RS), onde mora e trabalha como revisora de textos. É mestre em Estudos Literários Aplicados pela UFRGS e graduada em Jornalismo pela mesma instituição. Tem textos publicados em antologias nas revistas Bravo!, Cult e Ficções e no jornal Rascunho. Foi contemplada, em 2008, com a Bolsa Funarte de Estímulo à Criação Artística, na categoria Criação Literária. “O que Faltava ao Peixe”, livro de contos resultante do projeto premiado, foi lançado em 2011 pela Libretos, com edição financiada pelo Fumproarte. Em 2017 estreou na poesia com a coletânea Móbile (Editora Patuá).

 

Fontehttps://www.cultura.mg.gov.br

www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/4607-conceicao-evaristo-e-a-grande-vencedora-do-premio-governo-de-minas-gerais-de-literatura-de-2017

Notícias Diversas.

Semana da Cultura Caiçara de Santos

CELEBRANDO A CULTURA CAIÇARA     A Semana da Cultura Caiçara de Santos, lei 2920/2013, em sua 6ª edição, prevê uma ampla programação voltada à cultura caiçara, suas atividades envolvem música, dança, teatro, literatura, contação de histórias, artes visuais, artes plásticas,...

Evento em Portugal celebra os 20 anos de Batuque na Caixa.

    Dando inicio à agenda de comemorações de 20 anos do projeto londrinense, o batuque na caixa foi homenageado na cidade de Olhão/Portugal por intelectuais, músicos, poetas e empresários.       O evento chamado "Noite de cultura brasileira" foi no dia 26 de...

Nasci para consagrar-me às letras e às ciências

"Nasci para consagrar-me às letras e às ciências ".   “O imperador comentou em seu diário pessoal em 1862. Ele sempre teve prazer em ler e encontrou nos livros um refúgio para a sua posição. Sua habilidade para relembrar trechos que havia lido no passado era notável. Os interesses de Pedro II...

Flipoços 2019

Festival Literário de Poços de Caldas       O Festival Literário de Poços de Caldas, Flipoços, consolidado como um dos mais importantes festivais de literatura do Brasil, tem como missão principal oportunizar a todos acesso facilitado ao mundo dos livros e contato com os...

O PRÊMIO SESC DE LITERATURA 2019

EDITAL PRÊMIO SESC DE LITERATURA 2019    I – APRESENTAÇÃO O PRÊMIO SESC DE LITERATURA é promovido pelo Sesc – Serviço Social do Comércio, e objetiva premiar obras inéditas nas categorias CONTO e ROMANCE, destinadas ao público adulto, escritas em língua portuguesa, por autores brasileiros...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>