Cuiabá.

Cuiabá.

   Cuiabá. “Fundada pelo bandeirante António Pires de Campos,

 

 Cuiabá origina-se do nome "Ikuiapá", que significa "lugar de flecha-arpão". Acredita-se que o local era frequentado pelos índios Bororo que pescavam com flecha-arpão na foz do rio Ikuiébo, afluente do Rio Cuiabá. Batizada de Arraial de Bom Jesus de Cuiabá, a capital do Mato Grosso foi explorada por bandeirantes que desbravaram o cerrado em busca de ouro. A notícia da descoberta atraiu povoadores brasileiros e estrangeiros e contribuiu para a formação de um pequeno arraial hoje localizado na Avenida Tenente-coronel Duarte, conhecida como Prainha. Cuiabá, é capital de Mato Grosso (Brasil), cujo município ocupa uma superfície de 12.790 Km2. Cuiabá é um dos muitos núcleos urbanos surgidos no século XVII, como sequência do movimento bandeirante. Os primeiros povoadores vindos de São Paulo, eram chefiados por Pascoal Moreira Cabral e Miguel Subtil, que, em 1719 fundaram o arraial de Cuiabá.

 A farta produção de ouro começou a esgotar-se, pelo que a cidade entrou em decadência. A partir de 1750, porém, Cuiabá tornou-se entreposto comercial e centro de abastecimento das regiões de Rosário, Diamantino e Livramento. O rio Cuiabá assegurava o acesso ao pantanal dinamizando esta região de criação bovina. Foi promovida a município em 1818 e em 1825 tornou-se capital provincial. Região próspera, em 1979 o desmembramento do Estado de Mato Grosso retirou a Cuiabá o controlo sobre a região mais desenvolvida do Sul do Estado. Cuiabá é, atualmente, o principal centro regional de Mato Grosso. Nela predominam as atividades do sector primário. A vida urbana assenta no comércio.


Os primeiros indícios de bandeirantes paulistas na região onde hoje fica cidade, datam de entre 1673 e 1682, quando da passagem de Manuel de Campos Bicudo pela região. Ele fundou o primeiro povoado da região, onde o rio Coxipó desagua no Cuiabá, batizado de São Gonçalo. Em 1718, chega ao local, já abandonado, a bandeira do sorocabano Pascoal Moreira Cabral. Em busca de indígenas, Moreira Cabral sobe pelo Coxipó, onde trava uma batalha, perdida, com os índios coxiponés.

 Com o ocorrido, voltam e, no caminho, encontram ouro. Deixam, então, a captura de índios para se dedicarem ao garimpo. Em 8 de abril de 1719, Pascoal assina a ata da fundação de Cuiabá no local conhecido como Forquilha, às margens do Coxipó, de forma a garantir os direitos pela descoberta à Capitania de São Paulo. A notícia da descoberta se espalha e a emigração para a região torna-se intensa. Em Outubro de 1722, índios escravos de Miguel Sutil, também bandeirante sorocabano, descobrem às margens do córrego da Prainha, grande quantidade de ouro, maior que a encontrada anteriormente na Forquilha. O afluxo de pessoas torna-se grande e até a população da Forquilha muda-se para perto desse novo achado. Em 1723, já está erguida a igreja matriz dedicada ao Senhor Bom Jesus de Cuiabá, onde hoje é a Basílica. Já em 1726, chega o capitão-general governador da Capitania de São Paulo, Rodrigo César de Menezes, como representante do Estado português na cobrança de imposto. Em 1º de Janeiro de 1727, Cuiabá é elevada à categoria de vila, com o nome de Vila Real do Senhor Bom Jesus de Cuiabá. Tem-se muito confundido a fundação do arraial da Forquilha por questões ideológicas. Estudos historiográficos há muito já traçam a diferença entre uma e outra fundação, alegando-se que 1° de Janeiro seria a data de elevação do arraial da Forquilha à categoria de vila, o que é um dissenso, pois não se pode fundar um município num lugar que só viria a ser descoberto anos depois. Porém, a data de 8 de Abril se firmou enquanto data do município, desejosa de ser a primeira do oeste brasileiro. Logo, contudo, as lavras mostraram-se menores que o esperado, o que acarretou um abandono de parte da população.

  Cuiabá foi elevada à condição de cidade em 17 de Setembro de 1818, tornando-se a capital da então província de Mato Grosso em 28 de Agosto de 1835 (antes a capital era Vila Bela da Santíssima Trindade). Mas, mesmo a mudança da capital para o município não é suficiente para impulsionar o desenvolvimento. Com a Guerra do Paraguai, Mato Grosso é invadido. Várias cidades são atacadas, mas as batalhas não chegam à capital. A maior baixa se dá com uma epidemia de varíola trazida pelos soldados que retomaram dos paraguaios o município de Corumbá. Entre 1864 e 1870, o Pantanal abrigou um dos principais conflitos da América do Sul: a Guerra do Paraguai. 

De um lado, a Tríplice Aliança, formada por Uruguai, Argentina e Brasil, além do apoio da Inglaterra. Do outro, o Paraguai, liderado por Solano Lopez. Seus soldados invadiram o Mato Grosso e conquistaram várias cidades como Corumbá e Cáceres, provocando o êxodo dos fazendeiros e da população urbana para Cuiabá. Mesmo assim o poderio da Tríplice Aliança foi vitorioso, mas pouco sobrou das cidades e fazendas pantaneiras. O gado sobrevivente tornou-se disperso e selvagem. Terminada a guerra, os antigos povoadores retornavam a Cuiabá. Houve um grande afluxo de capital estrangeiro, a redivisão das grandes propriedades rurais e a reabertura da navegação fluvial do rio Paraguai até ao estuário do Prata, entre Buenos Aires (Argentina) e Montevidéu (Uruguai). Com a derrota do Paraguai, o Brasil ampliou seu território na região, incorporando cerca de 47.000km2 de terras pertencentes ao Paraguai. Parte dessa área conquistada integra o Pantanal mato-grossense. Metade dos cerca de 12 mil habitantes morre infetada. Somente após a Guerra do Paraguai e o retorno da navegação pelas bacias dos rios Paraguai, Cuiabá e Paraná é que o município se desenvolve economicamente. A economia esteve nesse período baseada na cana-de-açúcar e na extração de minério. Esse momento produtivo não duraria muito e o município volta a ficar estagnado, desta vez até 1930. A partir dessa data, o isolamento é quebrado com as ligações rodoviárias com Goiás e São Paulo e a aviação comercial. A explosão no crescimento se dá depois da década de 1950, com a transferência da Capital Federal e o programa de povoamento do interior do país. Nas décadas de 1970 e 1980, o município cresce muito, mas os serviços e a infra-estrutura não se expandem com a mesma rapidez.

  

O agro negócio se expande pelo estado e o município começa a se modernizar e industrializar. Depois de 1990, a taxa de crescimento populacional diminui, e o turismo começa a ser visto como fonte de renda. Com quase 530 mil habitantes, o município convive com o trânsito tumultuado, a violência crescente, a falta de saneamento básico e a desigualdade social. Cuiabá faz limite com os municípios de Chapada dos Guimarães, Campo Verde, Santo António do Leverger, Várzea Grande, Jangada e Acorizal. É um entroncamento rodoviário-aéreo-fluvial e o centro geodésico da América do Sul, nas coordenadas 15°35'56",80 de latitude sul e 56°06'05",55 de longitude oeste. Situado na atual praça Pascoal Moreira Cabral, foi determinado por Marechal Cândido Rondon, em 1909,

(o correto ponto do centro geodésico já foi contestado, mas cálculos feitos pelo Exército Brasileiro confirmaram as coordenadas do marco calculadas por Rondon). O município é cercado por três grandes ecossistemas: a amazónia, o cerrado e o pantanal; 

 Está próximo da Chapada dos Guimarães

 E ainda é considerado a porta de entrada da floresta amazónica. A vegetação predominante no município é o cerrado, desde suas variantes mais arbustivas até às matas mais densas à beira dos cursos de água. Cuiabá é abastecida pelo rio Cuiabá, afluente do Rio Paraguai e limite entre a capital e Várzea Grande. O município encontra-se no divisor de águas das bacias Amazónica e Platina e é banhado também pelos rios Coxipó-Açu, Pari, Mutuca, Claro, Coxipó, Aricá, Manso, São Lourenço, das Mortes, Cumbuca, Suspiro, Coluene, Jangada, Casca, Cachoeirinha e Aricazinho, além de córregos e ribeirões. O clima é tropical quente e húmido. As chuvas concentram-se de Setembro a Abril, enquanto que no resto do ano as massas de ar seco sobre o centro do Brasil inibem as formações chuvosas. Nesses meses são comuns a chegada de frentes frias vindas do sul do país, deixando o clima frio e húmido. Quando essas frentes se dissipam, o calor, associado à fumaça produzida pelas constantes queimadas nessa época, faz a humidade relativa do ar cair a níveis baixos, às vezes abaixo dos 15%, aumentando os casos de doenças respiratórias. A precipitação média anual é de 1.469,4 mm, com intensidade máxima em Janeiro, Fevereiro e Março. A temperatura máxima média chega a 34,1ºC, mas as máximas absolutas chegam a mais de 40ºC. A mínima média em Julho, o mês mais frio, é de 16,0ºC. O quadro geomorfológico do município é, em grande parte, representado pelo Planalto da Casca e pela Depressão Cuiabana. Predominam os relevos de baixa amplitude com altitudes que variam de 146 a 250 metros na área da própria cidade”.

 

Fonte: caestamonos.org

Foto Hotel Real de Cuiabá

O País e o Mundo.

Bolsonáro perde a eleição pela declaração do vice Mourão.

Quem não sabe fazer política, que não fale nada, o silêncio seria a melhor política. A eleição hoje, dia 27 de setembro de 2018 foi definida por um pronunciamento infeliz do Vice de Bolsonaro! É certo que de hoje para o dia 28 as pesquisas do Petistas subiram em escala surpreendente. Parabéns PT...

Jubileu do Senhor Bom Jesus do Livramento

Jubileu do Senhor Bom Jesus em Liberdade MG.         Encantado, simplesmente maravilhoso.          Parabéns ao talento que só aqueles que Deus abençoa tem. Que Deus esteja sempre no caminho deste jovem e de sua família.  ...

Os Pereirinhas.

        O sucesso pode vir e ir.         Pode ter um auge e ficar ali, quietinho na nossa lembrança.         Porém o talento nunca se perde no tempo.         Um sucesso é para...

Restaurante e Lanchonete Delicias Caipira.

    Em uma viagem a Poços de Caldas neste mês de março de 2018, fiquei muito satisfeito pela surpresa agradável que tive ao buscar um local para almoçar.     Na avenida principal da cidade que nos leva ao acesso das rodovias 381, ou para as cidades de Pouso alegre,...

Fiorella Lanchonete Restaurante e Pizzaria

    Fiquei muito satisfeito ao notar que os clientes podem ver o preparo dos alimentos, pois o forno a lenha fica no salão principal, e mesmo sendo a lenha a perfeição dos fornos não deixa nenhuma fumaça no ambiente.     O pizzaiolo natural da terra das pizzas no...

Meteoro de Cheliabinsk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.     O Meteoro de Cheliabinsk foi um meteoroide que adentrou a atmosfera terrestre sobre a Rússia em 15 de fevereiro de 2013, transformando-se em uma bola-de-fogo que cruzou os...

2a Jornada Mística Meditativa e de autoconhecimentos.

Será um profundo encontro de 3 dias em São Thomé das Letras, Minas Gerais. São Thomé fica 360 kms da cidade de Guarulhos. Retiro com diversas vivências e grande oportunidade de conhecer e sentir a cidade através das pedras energéticas. São Thomé das Letras é considerada por místicos como um dos...

Estação de Augusto Pestana Liberdade Minas Gerais

  E. F. Oeste de Minas (1915-1931) Rede Mineira de Viação (1931-1965) V. F. Centro-Oeste (1965-1975)  RFFSA (1975-1996)   AUGUSTO PESTANA  Município de Liberdade, MG Linha-Tronco - km 180,942...

Motoristas deverão fazer exames e prova para renovar CNH

Um país de Invenções.         Vamos enriquecer as Auto Escolas?         Um país de extremos, um país do absurdo.         A nova resolução da Resolução 726 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), não passa...

Vacina anti-câncer RINS E PELE

    Infelizmente muitos sites em busca de cliques, faz da angustia das pessoas uma forma de sobrevivência.     Vi muitos amigos pularem de alegria com a notícia da descoberta de uma Vacina anti-câncer RINS E PELE pelos médicos do     Renomado Hospital...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Notícias Diversas.

resultado de concurso literário 2018 de Barra Mansa

Fundação Cultura Barra Mansa divulga resultado de concurso literário 2018 Publicado: Terça, 16 de Outubro de 2018, 20h15    Selecionados serão homenageados em cerimônia solene na Biblioteca Municipal Adelaide Franco A Prefeitura Municipal de Barra Mansa, por meio da Fundação Cultura...

MINISTÉRIO LANÇA 1° PRÊMIO LITERÁRIO DA PESSOA IDOSA

O Ministério dos Direitos Humanos (MDH), por meio da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, promove o 1º Prêmio Literário da Pessoa Idosa do MDH.   Inédito no âmbito da Administração Pública Federal, será um concurso de crônicas, com a proposta de incentivar a...

Finalista 26º Concurso Literário da Academia de Letras de São João da Boa Vista

26º Concurso Literário - 2018 A Academia de Letras de São João da Boa Vista divulga o resultado do 26º Concurso Literário - 2018. Nos poucos casos em que houve empate, todos os candidatos serão premiados.    POESIA ✏️Até 12 anos  1º Maria Fernanda Paulino de Lima  2º Leticia...

Finalistas do XXVII Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos

A Secretaria Municipal de Cultura de Leopoldina, divulgou nesta segunda-feira, 12 de novembro, os títulos das poesias finalistas e os pseudônimos dos autores escolhidos pela Comissão Julgadora do XXVII Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos. As obras serão apresentadas no dia da...

V CONCURSO NACIONAL DE POESIA ACADÊMICO GABRIEL FERREIRA LEITE

ACADEMIA ITAJUBENSE DE LETRAS Fundada em 15 de agosto de 1964 Patrimônio Cultural, Material e Imaterial de Itajubá       V CONCURSO NACIONAL DE POESIA ACADÊMICO GABRIEL FERREIRA LEITE, IMORTAL DA ACADEMIA ITAJUBENSE DE LETRAS   REGULAMENTO   01 – TEMA: SONHOS E POESIA. 02 –...

Antologia Poética CEM POEMAS, CEM MIL SONHOS

Adesão GRATUITA até 10/11 - Escritores, poetas, literatos... Façam parte deste registro histórico! Antologia Poética "CEM POEMAS, CEM MIL SONHOS" - Homenagem aos 50 anos da Passeata do Cem Mil: maior manifestação popular contra a Ditadura Militar no país" (...) CONTEXTO A Passeata dos...

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO Nº 231/2016

  CONCEDE O TÍTULO DE CIDADÃO BENEMÉRITO DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO A HILÁRIO SILVA NETO   Autor(es): VEREADOR PROF. CÉLIO LUPPARELLI A CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO   D E C R E T A :   Art. 1º Fica concedido o título de Cidadão Benemérito do...

Escritoras Premiadas no Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura de 2017

“Membro Fantasma”, vencedor na categoria Jovem Escritor, relata a trajetória de Diana, uma brasileira que está em Assunção (Paraguai) à procura de relatos sobre a ditadura de Stroessner a fim de escrever uma ficção. Nesse percurso, histórias ouvidas e lembranças familiares revelam-se e...

PRÊMIO GOVERNO DE MINAS GERAIS DE LITERATURA 2017 | MULHERES MOSTRAM A FORÇA DE SUA PRODUÇÃO

Conceição Evaristo é a grande vencedora do Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura de 2017 Mineira venceu na categoria conjunto da obra e é a primeira escritora negra a receber o prêmio desde que ele foi criado em 2007; de forma inédita, o edital consagra as mulheres em todas as categorias,...

FLACX 1ª Feira Literária anual em Caxambu.

A FLACX é um projeto de incentivo a leitura desenvolvido e realizado pela Associação Multidisciplinar de Arte e Cultura – AMAC   Procuramos envolver toda a comunidade, a fim de fomentar ainda mais este potencial cultural da região, trazendo a participação tanto de autores e artistas...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Só as melhores "Fan Page" literárias.

Diário da Kary

INFORMAÇÕES DE CONTATO @diariodakar   goo.gl/oqsKmP   MAIS INFORMAÇÕES   Sobre Página dedicada aos amantes de leitura e da cultura geek.   categorias Livro   Matéria fornecida pela Fan Page:   Novo livro da Editora DCarlos ainda esse mês! Para Hoje Respire Autor: Raick...

Conexão Literatura

 Sobre   Sugerir edições INFORMAÇÕES DE CONTATO @conexaoliteratura Enviar...

Amor e Poesia.

        Como não se apaixonar pela alma da poesia, as palavras da poetisa nos encanta em seus versos, nos leva a viajar em seus sentimentos, simplesmente nos leva ao alfa da natureza humana transportando-nos para um mundo de sonhos.      ...

Leo Contos

           O que dizer de pessoas que são especiais?         Especiais pela alegria de vida, pela expressão simples usadas em seus relatos e textos, por não ter a vergonha de mostrar seus...

revistadeouro.com.br

       Convido aos amigos e leitores a conhecerem o blog literário que muito me chamou atenção, pela sua construção, conteúdo e respeito a autoria de suas publicações.         Um belo trabalho a ser divulgado e reconhecido.    ...

Sentimentos Em Palavras

    Está comunidade tem como objetivo principal compartilhar e oferecer poesias, textos e mensagens à todos que apreciam essa arte da escrita!   Declaração de autoria   Essa página tem como Autora Responsável Rosangela Bertoni com todos os seus direitos autorais...

Estante com livros doados.

        Divulgo agora um projeto que conheço e tenho imenso carinho.         Projeto que recebe o carinho de nossos confrades que amam expressar seus sonhos e sentimentos nas linhas de uma história.      ...

946-Poesia

     Mais uma página que tenho prazer em divulgar este trabalho literário que não leva a minha assinatura. Uma Fan Page muito bem trabalhada com textos bem elaborados e por trás de tudo, uma escritora que não conheço pessoalmente, mas que já sou fã de seus...

A Filha do Poeta Canta o Amor

    Convido os amigos para conhecerem o trabalho da escritora Edielane Lacerda da Cruz, seu talento fala por si, e sua Fan Page nos enriquece com a cultura de seus textos, e a divulgação de páginas de autores e poetas conhecidos por ela.     Com o coração aberto e a...

Alma Poetisa.

        Passo a apresentar uma poetisa que tenho acompanhado suas publicações e, carinhosamente venho encantando-me pelos seus poemas.         Sua essência posso descrever pelo meu poema “Poetas”, a pura alma...
1 | 2 | 3 >>

Entrevistas Literárias.

Nara Vidal

Por Selmo Vasconcellos   Nara Vidal é mineira de Guarani. Formada em Letras pela UFRJ, é Mestre em Artes pela London Met University. Mora na Europa há 14 anos. É autora de infantis, juvenis e seu primeiro adulto, “Lugar Comum” (Editora Pasavento), já em reimpressão, foi lançado em...

Dinovaldo Gilioli

Por Selmo Vasconcellos   Dinovaldo Gilioli — nasceu em Leópolis/PR, 1957, morou em Curitiba e reside há mais de 30 anos em Florianópolis – SC. Formado em Ciências Contábeis, com especialização em Realidade Brasileira e pós graduação em Dinâmica dos Grupos. Quando diretor do Sindicato...

Christiane de Murville

A francesa e brasileira Christiane de Murville apresenta 'Até Quando?'   Por Shirley M. Cavalcante (SMC) Graduada, mestre e doutora em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo, com especialização em psicodrama e orientação profissional, Christiane Isabelle Couve de Murville...

George Ornellas

Romance policial 'Amores e crimes' será lançado no Rio de Janeiro   Por Shirley M. Cavalcante (SMC) George Ornellas é Professor de Educação Física, Geógrafo, Historiador e Escritor. Romântico e aventureiro, nasceu no Rio de Janeiro, escreveu seu primeiro romance há mais de vinte anos,...

Jéssica Figueiredo

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)   Nome: Jéssica Figueiredo                       Cidade: Recife - PE        País: Brasil   Quais livros estarão...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>