Casa Da Poesia Do Leandro.

Casa Da Poesia Do Leandro.

        Convido meus amigos leitores a passearem pelos poemas deste grande poeta, o xará Leandro Amador, de Avanca, Aveiro, Portugal.

 

        Conheçam Leandro Amador de acordo com suas próprias palavras.

 

        Sou uma pessoa vulgar, humilde, mas não vou dizer que sou igual a todas as outras, porque todos nós temos sempre algo que nos destaca em relação aos demais... Tenho algo que por vezes as pessoas me julgam um herói, mas quanto a mim sou uma pessoa que luta para ser o que é, ou ter o que tenho...

 

        Sua Fan Page é uma página poética onde exponho ruídos, cores e vivencias. Usufruam dela, usem e abusem, mas tudo tem direitos de autor!

        Neste cantinho irei publicar pensamentos, devaneios e poesia... Principalmente com a assinatura do meu "EU". 

        Espero que gostes de percorrer os corredores e olhar para as telas literárias.

 

        Conheçam um pouco de seu trabalho, conforme Copla de sua página: pt-br.facebook.com/CasaDaPoesiaDoLeandro

 

AVEIRO, ROTEIRO POETICO 

Aveiro és minha cidade,
Embora não tenhas sido minha maternidade,
E essa foi a estimada Murtosa,
Que tal como tu abraça a nossa ria tão formosa!

Chamam-te de Veneza de Portugal,
Cidade do meu encanto,
Na tua ria desfila o vaidoso moliceiro,
Com o seu exclusivo encanto…
E com suas vistosas pinturas sem igual.

És minha doce cidade…
Também és a minha princesa,
Com uma apreciável beleza,
E em ti encontro a paz e a serenidade.

Acolhes a ria que tem teu nome,
E que em ti entranha seus canais.
Foste pão que matou tanta fome…
Aos marnotos, pescadores e outros mais.

Tens o Fórum Aveiro,
Um centro comercial a céu aberto,
Foi ele assim um dos pioneiros,
E que teve o seu sucesso e deu certo…
Nesta cidade de salinas, marnotos e moliceiros.

Aveiro, orgulha-te das tuas nobres maravilhas,
Das tuas artes e decoração,
Deslumbra-te dos inúmeros turistas que fascinas,
A fotografar a nossa férrea estação!

Não podemos esquecer-nos de salientar,
As tuas modernas construções,
Dignas de se admirar,
Que emitam as proas das tuas típicas embarcações!

Tens tudo isto e muito mais…
Para ser visto e tão apreciado, 
Com um breve passeio pela ria e seus canais…
Com certeza que sairás deslumbrado!

 

Leandro Amado

 

TUA ENTRADA EM MIM

Um dia entraste pela minha janela,
Vinhas ferida.
De mim jamais te quiseste afastar,
Achaste que minha casa era singela,
E nela quiseste habitar
E fazer parte da minha vida.
Neste amor sem barreiras
Sem fim e sem fronteiras!

 

Leandro Amador

 

 

INVEJA E IPOCRISIA 

Tens traçado no teu rosto 
A inveja e a hipocrisia
Manifestadas nos teus movimentos
Nos escritos dos teus lamentos
Que já não me causam desgosto.
Hoje cuidas desse monstro
Que te assombra da realidade
E que não te deixa ver o sol dos dias 
Porque não aceitas a quotidiana verdade!
Não aceitas os sucessos dos outros
E por isso são amargos na tua existência
Mas como te falta uma dose de modéstia 
Tu é que te achas saudável no mundo dos loucos.
É pena quereres viver assim nesse trio
Da inveja, falsidade e egoísmo
E continuares nesse teu gélido frio
E no teu precioso egocentrismo!

 

Leandro Amador

 

 

SAUDADES DE MÃE

Ai, esta saudade que doe,
Como uma chaga aberta.
Chaga que não fecha 
De tal trauma que um dia foi.
Quando soube da tua partida.
Sem nada eu prever,
Questionei a inimiga vida!
Porque foste sem nada me dizeres
Ou não o te deixaram fazer?
Agora vivo esta negra distância
Com saudade transbordante
Que enche a minha alma vazia
Que me tornou uma pessoa fria
Nesta Vida que não me teve piedade.
Mãe, quando eu deixar esta vida dura,
E quando alguém me levar
Até uma qualquer sepultura
Corre e vem-me buscar
Para eu de novo te poder beijar…

 

Leandro Amador

 

PEDRA DA VIDA

Sou uma pedra da vida…
Desprendida,
Na montanha da vida, 
E com a erosão do tempo me faz soltar…
Rebolar…
Apanhar determinada forma,
Da chuva e do vento que me contorna.

Sou uma pedra da vida…
Desgasta, polida,
Nestes tempos frios e cinzentos,
Em época dura de Betão.
Betão que gelam e isolam os puros sentimentos,
E nos deixam numa interna escuridão,
Sempre a espera de novos e tranquilos tempos.

Sou uma pedra da vida!

 

Leandro Amador

 

PORQUÊ

Hoje acordei em jeito de sombra,
Olhar fúnebre,
E numa vertigem,
Questionei minha origem,
Perguntei-me quem sou!
E para onde vou?
Fiquei na dúvida da resposta,
Para a minha dúvida.
E permaneci com a minha sombra posta,
No chão da minha vida.

Eis que surge uma nova questão,
E mais um porquê!
Porquê que vivemos num mundo cão?
Num mundo de invejas?
Num mundo de falsidades?
Onde os pecadores refugiam-se nas igrejas,
E juram o nome do sagrado Deus,
E dizem caminhar nos trilhos da verdade

Porquê, mas porquê tantos se julgam donos do mundo,
Porquê tantas corridas…
Porquê tanto egoísmo,
Se esta vida é uma viagem 
Uma breve passagem,
E já estamos no término dos dias.

 

Leandro Amador

 

        Convidamos a todos os amigos leitores para conhecerem mais de seu trabalho através de sua Fã Page e de seu Blog, a cessem  pt-br.facebook.com/CasaDaPoesiaDoLeandro ou www.aminhavidaeisto-ldpa.blogspot.com.br/, e boa leitura a todos.

 

Agradecemos a sua visita e fiquem com Deus.

Escritores Convidados.

Ana Sampaio

    Ana Luiza Sampaio, reside em Belo Horizonte/MG, Brasil. Graduanda em Serviço Social e Filosofia. Certificado de “Amigos da Paz, das Artes, da Poesia e da Vida” – realização da Embaixada da Paz – CUEP, Rede Catitu, Alô Vida e Centro Cultural Lagoa do Nado, 2013 – Belo...

ALMIR ZARFEG

        Poeta e jornalista. Preside a Academia Teixeirense de Letras (ATL). É autor de mais de 20 livros entre os gêneros: poemas, crônicas, contos, novela, infantojuvenil e reportagem.Integra diversas instituições literárias dentro e fora do país. Iniciou-se na...

ALEXANDRA MAGALHÃES ZEINER

    Alexandra Magalhães Zeiner é mãe, aprendiz das letras, curadora, tradutora, professora, acima de tudo uma sonhadora. Nascida em Fortaleza, hoje cidadã do mundo, residiu em vários países quando trabalhava como pesquisadora. Desde 2012 foi adotada pela Alemanha. Tem cinco livros...

ALDIRENE MÁXIMO

Antologista, biblioterapeuta, blogueira, cronista, escritora, narradora de histórias, palestrante, poeta, professora, psicopedagoga e revisora de textos.   LIBERTADOR Libertador: Que liberta a dor:  O Amor!   PAZ Ouvindo mais  Falando menos...  Aprendendo...

ADILSON QUEVEDO

Adilson Luiz Quevedo, ficcionista, mestre em filosofia pela UFMG, trabalhou no Palácio das Artes, Biblioteca Estadual de Minas Gerais e Cine Belas Artes. Atuou na Diretoria de Ações Culturais da UFMG e no projeto Filosofia na Praça. Em 2015 publicou um livro de contos intitulado A volta ao mundo...

Isa Ma da Silva

        Maria Aparecida da Silva, nascida em Barra Mansa, RJ, no dia 21-08-51, empresária de moda e beleza, aposentada!         Estudou no Grupo escolar Henrique Zamith e Barão de Aiuruoca, divorciada, três filhos e três netos.  ...

Poeta Marcos Horto

        A Fan Page do Poeta Marcos Horto é um sucesso de visualizações, com mais de 14.000 curtidas, seu trabalho encanta com seus banners e poemas, que encantam os olhos e o coração.         O Poeta também tem seus trabalhos divulgados no...

Mariano Valverde Ruiz

        Los versos acortan distancias, continén y conocimientos, nos muestra la cultura de otros idiomas, simplemente belissiomo el trabajo de este poeta que acabo de conocer sus textos y biografía.         Enhorabuena al poeta Mariano...

Altieres Rocha

        Meu amigo Altieres, me curvo em referência aos seus versos, a coragem de expor para ajudar o próximo, a sabedoria lírica dos versos, o mostrar da paixão desnuda de uma alma pura, a superação em pessoa e versos.         Parabéns...

Isaías Medina López

        Hoje a literatura não tem mais fronteiras, idiomas e separação de gêneros.         Território é a representação dos limites geográficos de nações, porém o talento literário rompe estas barreiras e nos presenteiam com amizades de...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>