António Corvo.

  António Corvo.

    Convido os amigos e leitores para conhecerem o trabalho do escritor António Corvo, através da Fan Page.

 

     Também faço meu convite para apreciá-la, curti-la, passear pelos sonhos, letras, pensamentos e poemas, deste vasto trabalho cultural através do link: www.facebook.com/ailhadocorvo.

 


        António Corvo formou-se em Comunicação Social (1995) e Letras (Português/Latim - 2008), tem Mestrado também em Letras (2008) e Doutorado em Literatura Comparada (2012). Foi em Comunicação Social que identificou-se com a produção textual e nunca mais se separou dela. Seus primeiros trabalhos foram ligados ao teatro, incluindo um primeiro lugar no Concurso Nacional de Textos Teatrais Inéditos, do MinC (2000). Cursou oficinas de roteiro para televisão e cinema e escreveu outras peças. Com o tempo e com o exercício constante da escrita, e com o background teórico adquirido na área de Letras, dedicou-se aos textos literários, experimentando a crônica, o conto e a poesia, de onde saíram algumas obras já publicadas. Paralelamente à sua produção, no mestrado, cuja dissertação foi publicada pela Eduff em 2009, Hermenêutica e Exemplaridade no Orto do Esposo, teve contato com a literatura medieval e, dando prosseguimento ao gênero no doutorado, escreveu seu primeiro romance como tese: O Romance do Horto, publicado em 2013 pela Annablume Literária e lançada na Bienal do Livro do Rio de Janeiro 2013, em stand próprio do autor. Durante sua carreira acadêmica, ainda teve outros textos, poesias, crônicas e redações, premiados em concursos e publicados em revistas científicas da área de Letras. Além da literatura medieval em prosa, António Corvo também tem trabalhos na área da poesia, como o livro Lepidopterophobia, publicado em 2013 pela editora Multifoco.
 

 

Quem sou insone?
Em quantas camas não adormeci
Esperando de sonhos que não tive
Um amante que me dome
E que domado pela fúria
Daquela que nunca dorme
Adormecesse ao meu lado
Cansado de luxúria

 

Quantas sou sem sono?
Tantos desejos ressono
Obscenidades ronrono...
Sou gata vira-lata
Que arranha o travesseiro
E o nome do parceiro
Com a voz entrecortada
Com medo do pesadelo
De perdê-lo
Num sonho qualquer
Que tenha acordada
Num sono qualquer
Em que me sonhe
Desnudada

 

Quantas sou à cama?
Com quantas de mim me deito?
Vejo-me a meu lado
Por baixo e por sobre mim
Delicioso e solitário festim
E nem assim
O cansaço me pacifica

 

Desperta reparo a chama
Da vela ao criado-mudo
Dançando em silêncio e penso:
Meu corpo de cera inflama
Derrete, resfria e seca...

 

Será que morri de amor?
Ou foi só a vela que sou
Aquela que se apagou?

António Corvo.

 

 Fonte: Fan Page Escritor António Corvo

Todos direitos estão reservados ao Fan Page a ilha do corvo e ao Escritor António Corvo, conforme artigo (Lei 9610/98).

 

 

Só as melhores "Fan Page" literárias.

Diário da Kary

INFORMAÇÕES DE CONTATO @diariodakar   goo.gl/oqsKmP   MAIS INFORMAÇÕES   Sobre Página dedicada aos amantes de leitura e da cultura geek.   categorias Livro   Matéria fornecida pela Fan Page:   Novo livro da Editora DCarlos ainda esse mês! Para Hoje Respire Autor: Raick...

Conexão Literatura

 Sobre   Sugerir edições INFORMAÇÕES DE CONTATO @conexaoliteratura Enviar...

Amor e Poesia.

        Como não se apaixonar pela alma da poesia, as palavras da poetisa nos encanta em seus versos, nos leva a viajar em seus sentimentos, simplesmente nos leva ao alfa da natureza humana transportando-nos para um mundo de sonhos.      ...

Leo Contos

           O que dizer de pessoas que são especiais?         Especiais pela alegria de vida, pela expressão simples usadas em seus relatos e textos, por não ter a vergonha de mostrar seus...

revistadeouro.com.br

       Convido aos amigos e leitores a conhecerem o blog literário que muito me chamou atenção, pela sua construção, conteúdo e respeito a autoria de suas publicações.         Um belo trabalho a ser divulgado e reconhecido.    ...

Sentimentos Em Palavras

    Está comunidade tem como objetivo principal compartilhar e oferecer poesias, textos e mensagens à todos que apreciam essa arte da escrita!   Declaração de autoria   Essa página tem como Autora Responsável Rosangela Bertoni com todos os seus direitos autorais...

Estante com livros doados.

        Divulgo agora um projeto que conheço e tenho imenso carinho.         Projeto que recebe o carinho de nossos confrades que amam expressar seus sonhos e sentimentos nas linhas de uma história.      ...

946-Poesia

     Mais uma página que tenho prazer em divulgar este trabalho literário que não leva a minha assinatura. Uma Fan Page muito bem trabalhada com textos bem elaborados e por trás de tudo, uma escritora que não conheço pessoalmente, mas que já sou fã de seus...

A Filha do Poeta Canta o Amor

    Convido os amigos para conhecerem o trabalho da escritora Edielane Lacerda da Cruz, seu talento fala por si, e sua Fan Page nos enriquece com a cultura de seus textos, e a divulgação de páginas de autores e poetas conhecidos por ela.     Com o coração aberto e a...

Alma Poetisa.

        Passo a apresentar uma poetisa que tenho acompanhado suas publicações e, carinhosamente venho encantando-me pelos seus poemas.         Sua essência posso descrever pelo meu poema “Poetas”, a pura alma...
1 | 2 | 3 >>