Vigésima segunda Revista Literária da Lusofonia - Divulga Escritor.

Vigésima segunda Revista Literária da Lusofonia - Divulga Escritor.

        Comemorando três anos de vida literária, a biografia de nosso trabalho está nas páginas 81 e 82 da revista literária que mais cresce no Brasil e nos países da lusofonia.

        Agradeço a Deus, a todos os amigos, aos críticos literários e os leitores que acreditam em meu trabalho.

        Através deste artigo publicado na revista Divulga Escritor, Número 22 – ano 2016, os leitores do mundo que falam nosso idioma estão tendo o prazer e a oportunidade de conhecerem a revista que leva o maior intercâmbio cultural de nosso idioma.

 

Divulga Escritor: Unindo você ao Mundo através da Literatura


        Apresentando conteúdo personalizado a Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia se torna referência literária para leitores, Editores, escritores e professores do Mercado Literário.

        Agradecemos a todos que estão participando, lendo, curtindo e compartilhando com os amigos esta maravilhosa obra Literária!

Contato editorial:
smccomunicacao@hotmail.com

 

Revista : issuu.com/smc5/docs/divulga_escritor_revista_literaria_

 

Artigo:

 

        Leandro Campos Alves é natural da cidade mineira de Liberdade, nasceu em 02 de julho de 1972.

        Portador de uma deficiência conhecida por Dislexia, um transtorno genético de linguagem que, estima-se acometer até 17% da população do mundo, pois os disléxicos tem dificuldade de aprender a ler e a escrever porque confundem os sons de algumas letras, ele tratou de vencer estes obstáculos.

        Membro da Academia de Letras de Teófilo Otoni, AMOR VINCIT OMNIA.

        Cronista, Colunista Literário, Poeta e Escritor Romancista que despontou na Literatura Brasileira em 2013.

        Publicou em 09/2013 a o romance “Instinto de Sobrevivência” pelo Clube de Autores e o E-book pela Editora Saraiva; participou da Antologia “Além do Olhar” pela Editora Sucesso em 01/2014; em 27 de fevereiro de 2014 publicou a nova forma literária de redigir romances,     “O Lamento de José” pelo Clube de Autores e o E-book pela Editora Saraiva; em outubro de 2014 participou da Antologia “Nasce um Poeta” pela Editora SAMPA; em fevereiro de 2015 publicou seu primeiro livro de poemas e crônicas, “Metáforas da Vida” pela editora Clube de Autores e E-book pela Editora Saraiva; em 30 de outubro de 2015 organizou sua primeira “Antologia Liberdade dos Poetas” pelo Clube de Autores e Publique Saraiva; participou de seu primeiro trabalhado pela Academia de Letras Teófilo Otoni em novembro de 2015 com o poema Paz, na “Revista Literária Café-com-Letras”; em março de 2016 publicou seu primeiro livro de bolso com poemas, contos e crônicas, “ Sonhos” pelo Clube de Autores e Publique Saraiva; em Junho de 2016 participou da Antologia “Poesias Sem Fronteiras” pela Editora Sucesso; em Julho de 2016 participou da Antologia Poetas Fazendo Arte “Nas Gerais” pela editora Delicatta.

        Foi jurado da segunda amostra de Raízes de poesias em Aiuruoca MG em 12/2013.

        Têm em seu currículo várias entrevistas, entre elas, a do Divulga Escritor, Conexão Portal PB, Pensando Fora da Caixa, elaboradas pela Jornalista Shirley M. Cavalcante, de João Pessoa Paraíba, reeditada na edição especial de natal de 2013, Revista Literária da Lusofonia - Divulga Escritor, e divulgada em Portugal.

        Em abril de 2014, participou da edição especial comemorativo de um ano da Revista Literária da Lusofonia - Divulga Escritor, com artigo sobre o romance Lamento de José.

        Participou de uma nova reportagem para Revista Gota D’água, Edição 10 de Janeiro 2014. Revista circulante para os funcionários da Companhia de Saneamento do Estado de Minas Gerais.

        Em setembro de 2014, participou da entrevista feita pela Escritora Roberta Kelly, para o portal Literatura entre Amigos, São Paulo Capital.

        Em Junho de 2014 até o início de 2016 participou como Colunista do projeto Divulga Escritor, de João Pessoa Paraíba.

        Teve seus trabalhos reconhecidos através dos agradecimentos nos livros “Manuseio de Amar Você”, publicado em 2014 pela escritora Luciana Biachini em Uberaba MG - E no livro da escritora Antonia Albuquerque em seu trabalho “A Alma de Antonia” Publicado em 2015 pela editora ¨Biblioteca 24horas” na cidade do Rio de Janeiro, RJ.

        Artigos no Jornal Correio do Papagaio edição 894 de outubro de 2015, novo artigo com uma página no mesmo jornal edição 903 de 31 de dezembro de 2015, e destaque na página inicial.

        Artigo no Jornal Panorama edição 1180 em 18 de dezembro de 2015, de uma página e destaque na página inicial, sobre o lançamento da Antologia Liberdade dos Poetas.

        Publicação da Crônica sobre a fundação da Rádio Comunitária de Liberdade, na edição 923 de 26 de maio de 2016, no jornal Correio do Papagaio.

        Em abril de 2016 a escritora Paulista Luciana Biachini fez menção de agradecimento em seu livro “Versos sem Destino”, publicado pela editora Clube de Autores.

        Em Junho de 2016 foi finalista do XII Concurso Literário Poesias sem Fronteiras, pela Editora Celeiro de Escritores.

        Colaborador de várias comunidades literárias no país e em países latino americanos.

        Escritor do Clube dos Autores desde 2013, em 2014 firmou contrato com a Editora publique/Saraiva.

 

 

Site Oficial: http://escritor-leandro-campos-alves.com     

Revistas publicitárias e jornais.

O Viajante

Foto ilustrativa - Kunsthalle de Hamburgo   Apresentação.    Poesia.       A poesia, ou texto lírico, é uma das sete artes tradicionais, pela qual a linguagem humana é utilizada com fins estéticos ou críticos, ou seja, ela retrata algo em que...

Antologia A Fênix Rediviva

Engenhos das palavras apresenta os classificados para a Antologia ¨A Fênix Rediviva” 2017.   “E a coisa mais divina Que há no mundo É viver cada segundo Como o nunca mais” Vinicius de Morais   Poetas: Alerto Augusto Bia Ana Paula Alves Ana Ramos Ângela Maria Gomes Pereira Antonio...

Jornal Panorama 41 anos

Lançamento da II Antologia Liberdade dos Poetas Trabalho que reúne poemas de alunos das escolas do município encantou a todos os presentes             A palavra “poesia” tem origem grega e significa “criação”. É a arte de escrever em versos. Com as...

Placa de agradecimento.

        Uma noite memorável que nunca sairá de nossas lembranças           Ainda flutuando em nuvens, com a alegria estampada no rosto e na alma de poeta, quero carinhosamente agradecer a todos os envolvidos no lançamento da II...

Revista XXV CONCURSO NACIONAL DE POESIAS AUGUSTO DOS ANJOS

  SUMÁRIO Poesias Premiadas ........................................................................................................ 1 1º lugar – Poesia ........................................................................................................... 1 O ASSOALHO DO VELHO...

Finalista do XXV concurso de poesias Augusto dos Anjos

Poema “Roda da Vida” Interprete Fabrício Manca de Souza  Finalista do XXV concurso de poesias Augusto dos Anjos – Pela Academia de Letras de Leopoldina – Novembro de 2016. Autoria Leandro Campos Alves . Roda da Vida. A vida nos ensina, cuida, castiga e reprime. Ama, revolta e...

I Prêmio Literário Gonzaga de Carvalho.

        Eu nunca pensei em expor um de meus trabalhos em um concurso entre acadêmicos, não sabia o que poderia esperar e se estava à altura de meus confrades.         Este ano, recebi o convite da Academia para participar do prêmio...

Vigésima segunda Revista Literária da Lusofonia - Divulga Escritor.

        Comemorando três anos de vida literária, a biografia de nosso trabalho está nas páginas 81 e 82 da revista literária que mais cresce no Brasil e nos países da lusofonia.         Agradeço a Deus, a todos os amigos, aos críticos...

Liberdade Noticias - Jornal Correio do Papagaio.

Fundação da Rádio Comunitária Liberdade FM Artigo do escritor Leandro Campos Alves Foto: Reprodução/ April Johnson CC A rádio que recebeu o nome em homenagem a nossa cidade, “Liberdade”, tem sua origem e fundação uma história que poucas pessoas sabem de verdade, ou, quase ninguém,...

1.000.000 de visualizações

        Quero agradecer a Deus e a todos os amigos por mais esta vitória, a superação de 1.000.000 de visualizações de minha página em dois anos e meio de vida literária.         Recebam todos meu carinho e meu muito...

Resenha: livro "O lamento de José", Leandro Campos Alves

Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é "O lamento de José", do escritor mineiro Leandro Campos Alves, publicado pelo Clube de Autores em 2014.     O Leandro nasceu na mesma cidade que eu, Liberdade, e me presenteou com um de seus    ...
1 | 2 >>

Crônicas de Leandro Campos Alves.

Senhor Digué.

        Um dia, quando adolescente, eu estava sentado no banquinho de madeira dentro de uma mercearia, cujo o proprietário era pai de um grande amigo, quando percebi entrar uma criança meio ressabiada com olhar desconfiado e todo acanhado, olhando na direção do dono...

Ciúmes...

Foto web           A vida é mesmo cheia de sentimentos, obstáculos, raivas e falta de compreensão.     Sou Paulo e casei-me muito cedo, mas tinha certeza do que queria, pois maturidade nunca me faltou, mas minha impetuosidade sempre esteve comigo, em...

Curiosidades de Liberdade Minas Gerais.

        A crônica que passo a contar, é uma daquelas que todos pensam que só acontece em histórias fictícias das mentes brilhantes de grandes escritores.         Mas a realidade muitas vezes se confunde com as histórias e romances, pois na...

Fundação da Rádio Comunitária Liberdade FM.

        A rádio que recebeu o nome em homenagem a nossa cidade, “Liberdade”, tem sua origem e fundação uma história que poucas pessoas sabem de verdade, ou, quase ninguém, porque os fundadores da rádio são poucos que estão entre nós, infelizmente.  ...

“A vida do João”

        “Tudo deu início em meados do ano de mil novecentos e setenta e um, num pequeno vilarejo onde composta de poucas ruas ainda de terra batida, mas que os moradores se cumprimentavam respeitosamente como compadres. Neste período como se a magia do amor tomasse...

Fundação do Time Ferrugem.

        Vamos falar um pouco da história de Liberdade MG.         Natural de Liberdade, até meus vinte e dois anos residi na cidade e neste período fui eletricista, trabalhei como servente de pedreiro, mas meu primeiro emprego com carteira...

Direitos Autorais o Grande Julgamento.

          Chamo-me José Pedro, escrevo pequenos pensamentos por mero prazer. São textos com uma construção quase única.  São poucos os poetas e os escritores que conseguem a façanha de redigir romance em versos. Alguns chamam esta construção de...

Algodão doce.

          Com não falar em algodão doce, sem citar aniversários, crianças e alegria.         Mas para quem acha que esta guloseima é um doce apenas de criança, se engana, pois há alguns anos atrás, eu fui com um...

Nomes de Bebês.

Crônica Nomes para Bebês.           A vida é muito engraçada mesmo.         Quando nascemos, nossos pais procuram o melhor nome para nos dar, esta é a primeira marca que ganhamos no...

O Capelo.

              A vida de disléxico é engraçada mesmo, não é tão problemática como todos pensam.        Temos algumas limitações, mas que com muito bom humor se tornam piadas, ficando eternizada na memória de nossos...
1 | 2 | 3 >>

Meus Poemas.

Noites eternas.

O silêncio da noite na cidade não será mais o mesmo. As ruas não terão na madrugada o sons de seus passos solitários. A noite não trovoará a voz da sua amizade. O cambaleio do solitário sonhador não terá mais sua maestria.   Nossas noites ficarão mais frias, as lembranças serão saudades, E as...

Fogão a Lenha.

Foto arquivo pessoal Gisele C. de Souza   Lembro claramente, daquele fogão de lenha. vermelho reluzente, com chapa negra e bem quente. Sua fumaça sai calmamente, pela chaminé que ficava a sua frente.   Construído sobre o chão liso, verde era a cor daquele piso.   Em pé ao seu...

Despedida.

Sonhei com a morte, acordei para vida. Vi sonhos morrerem com tempo, mas vi o tempo ressurgir em mim.   Com pensamento sempre no futuro, esqueci de viver o presente. Passei a sonhar com o passado, e a vida? Simplesmente passava.   Vi amigos partirem, vi a morte de perto, e...

Somos Chapecoenses.

    Comoção mundial, Harmonia de orações no dialeto dos anjos; A saudade que marcou e marcará eternamente a história. Pessoas e profissionais a busca de seus sonhos, agora são saudades. Esta tragédia deixou não só a marca da dor, Com certeza deixou heróis, marcou nações,...

Oração de Súplicas.

Senhor meu Deus, Pai da sabedoria e da onipotência. Aquele que sombreia seus filhos, com retidão, graças e benevolência.   Sois a razão da vida e da morte, sois a fonte da saúde e do amor. Sois o juiz dos juízes, sois o onipresente sentenciador.   A ti Pai eterno, prostro meus joelhos em...

Desilusão Contextual.

Hoje não sinto mais prazer, perdi minha inocência, minha crença, minha própria consciência.   Crer nas pessoas cegamente é errado, mas quem poderia ver que em um Homem, existiria sonhos e esperança, e a inocência pura de criança?   Pena que tardio aprendi, vi minha vida sendo...

Oração da partida.

Pai nosso que estais no mundo, Pai de sabedoria, mansidão e salvação. Não deixe o medo me corroer, a sombra do mal me cobrir. A sua luz de minha alma sumir.   Pai da salvação, meu Sagrado Coração, leve suas bênçãos a quem necessita, neste momento de nossas vidas.   Pai da benevolência, da...

Mãe.

Porto seguro de minha vida, o espelho de retidão, fonte de minha inspiração.   Se é fato que a inspiração vem por Deus, o caminho pelos amigos, a palavra pela educação, e o amor pela família, então a família vem pela imagem de uma mãe. Mãe verdadeira e conselheira, amiga e heroína,  mesmo...

Tributo à paixão.

Desde já, Quero felicidades te desejar. Também quero te dar, Meu abraço carinhoso, E meu beijo bem ardente. Este beijo não em seu rosto. Mas de um jeito diferente, Como dois adolescentes. E não como o beijo de um homem ausente. O beijo de um amor eterno, Que lhe tira a razão e te...

Minha História.

Se meus olhos um dia não verem mais a luz. Se minha pele não transmitir mais o meu calor. Se meu olfato não sentir mais o cheiro das manhãs. Se um dia a luz ausentar-se de meu caminho. Se minhas pronúncias se calarem para o mundo.   Hei de deixar minha história escrita em recordações. E a...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>