Um dia eu amei.

Um dia eu amei.

foto: mamanoel2010 uol

 

Um dia eu amei.

Ah! Amei profundamente,

meus sonhos, minha família, minha gente.

 

Amei o tempo, com se o amanhã não fosse existir mais.

Amei as pessoas como se todas fossem iguais.

Como se todas nos acolhessem em um abraço fraterno.

 

Ah!...

Como eu amei a vida.

 

O mundo parecia ser diferente.

As pessoas eram amáveis e sinceras.

O ar era puro e a natureza cantava e encantava nossos olhares.

 

Um dia eu amei.

Amei as palavras proferidas por todos.

Mesmo que elas fossem carregadas de repreensão.

 

O tempo passou,

e com ele talvez este amor puro.

As pessoas não são as mesmas,

o mundo não é mais o mesmo.

Minha vida não flutua nos sonhos,

não traz o cheiro da paz.

Não sinto o calor do amor.

 

Um dia eu amei imensamente,

e mal me lembro de seu gosto.

 

 

Ah! Se eu soubesse o que se perdeu,

talvez conseguisse plantar o amor novamente.

E ver as pessoas se abraçarem como se o hoje fosse único,

ouvir os pássaros cantarem a mesma melodia.

 

E sentir nos olhares das pessoas a sinceridade do amor.

Ver as casas dormirem de portas abertas e janelas semicerradas.

Ver o sorriso das crianças e seus tropeços nas ruas.

Ouvir serenatas de amor.

Mas o que é mesmo esta tal Serenata?

 

O tempo passou,

mas sei que um dia eu amei profundamente,

a vida, os amigos, o mundo sem diferenças e crenças.

Mas hoje tudo é lembrança,

tudo é saudade,

tudo é apenas...

Tudo, ou quem sabe?

O nada...

 

Um dia sinceramente amei,

ou acho que amei...

Não sei...

Pois o tempo passou e com ele o mundo já não é o mesmo.

 

Um dia acho que amei...

 

Leandro Campos Alves.

2015.

 

 
Número de páginas: 101 

Edição: 1(2016) 

Formato: Pocket 105x148 

Coloração: Preto e branco 

Acabamento: Brochura s/ orelha 

Tipo de papel: Offset 75g

 

 

 

 

 

 

 

 

www.clubedeautores.com.br/book/206358--Sonhos?topic=mensagens#.VwWSpPkrLIU

 

 Todos direitos estão reservados a autor  conforme artigo (Lei 9610/98).


 

Romances

Revelações.

        Meus amigos, este ano vou fazer diferente.          Vou abraçar a todos com meu segundo livro de bolso com lançamento para inicio de Fevereiro pelo Clube de Autores e Saraiva. Um livro com poemas e crônicas.  ...

Sonhos.

          Todos os direitos são reservados. Publicado de acordo com original registrado e averbado na biblioteca nacional.         Proibida a reprodução total ou parcial desta obra, de qualquer forma ou por...

Metáforas da Vida.

       Publicação, dia 18 de Fevereiro de 2015.             Este livro traz em seu contexto a metáfora da vida real.         Em minha adolescência ouvi de um professor a afirmação que eu deveria morar entre os...

O Lamento de José, por Leandro Campos Alves.

O Lamento de José, foi lançado em 27 de março de 2014.   Sua história conta a saga de:   Dois Irmãos... Um desabafo... Só um assassino! “O Lamento de José” traz a história de dois irmãos envolvidos em vários mistérios, mas com algo a mais em seu contexto. Este romance se diferencia de...

Instinto de Sobrevivência, por Leandro Campos Alves.

     Tenho imenso carinho por esta história, pois o romance Instinto de Sobrevivência foi e será meu divisor de águas, minha chave para a literatura brasileira. Lançado em 17 de setembro de 2013, o romance traz um pouco de minhas peripécias da juventude e de meus irmãos, e alguns...

Entrevistas Literárias.

Margot Weide

Autora brasileira morando há vinte e cinco anos na Alemanha é destaque na literatura contemporânea Nasci em São Paulo; morei e conheci quase todos os Estados brasileiros. Cursei a escola Técnica de Química Têxtil e me formei pela Universidade Santa Úrsula no Rio de Janeiro, trabalhando durante anos...

Palestrante Anibal Teixeira

Não Faça Birra Faça Economia com o autor e palestrante Anibal Teixeira     Anibal Teixeira é Economista, Empresário, Coach e Analista Comportamental.     Formação Acadêmica: International Professional & Self Coaching (IBC), Mapeamento de Perfil...

Índrea Facenda Falavigno

Cultura Indígena contemporânea é abordada em O Morro dos quatro cantos da autora Índrea Facenda Falavigno Índrea Facenda Falavigno, 30 anos, nasceu em Sarandi (RS), morou em Passo Fundo, Porto Alegre e Caxias do Sul, todas cidades do Rio Grande do Sul, e hoje vive em Florianópolis (SC), onde...

João Bezerra da Silva Neto

por Shirley M. Cavalcante (SMC)       João Bezerra da Silva Neto nasceu em Maraial, Zona da Mata Sul de Pernambuco. Filho de agricultores, ainda criança deixou os campos e veio morar na cidade. Do interior trouxe todas as tendências do caboclo simples e ouvidor de histórias...

Simone Gannam

Lançamento do livro de Simone Gannam reúne familiares, amigos e amantes da literatura Por Gislene Vilela       No final de tarde desta última terça feira (15), estiveram reunidos no Alzira Park Hotel, familiares e amigos de Simone Gannam Lage Ribeiro no lançamento de...

Mirian Menezes de Oliveira

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)   Mestre em Semiótica, Tecnologias de Informação e Educação – UBC – Mogi das Cruzes – SP.  Membro da REBRA - REDE DE ESCRITORAS BRASILEIRAS, da AJEB – ASSOCIAÇÃO DE JORNALISTAS E ESCRITORAS DO BRASIL,  Embaixadora da DIVINE ACADÉMIE FRANÇAISE DES ARTS...

Sandra Boveto

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)   Sandra Boveto (1969) reside em Maringá, no norte do Paraná. É casada e mãe de um menino de oito anos. Graduada em Letras e Direito, pela Universidade Estadual de Maringá, exerce o cargo de auditor-fiscal da Receita Federal desde 2006. Sem abandonar sua...

Paul Richard Ugo

Por Shirley M. Cavalcante ( SMC)   Publicitário, redator e professor, desde criança criando roteiros de filmes imaginários, e depois roteiros de filmes de treinamento, publicidades em TV, textos para anúncios impressos e, em casa, criando histórias e colecionando ideias. Amante dos livros e...

Julio Carlos Alves

Seringueira Localizada em praça da cidade de Campinas é personagem principal de LUNA LINA.   Por Shirley M. Cavalcante (SMC)     Encontros e desencontros são contados e recontados  pelo autor Júlio Carlos Alves em reflexiva história sobre a vida.   O ambientalista Julio...

Carlos Arinto

Por Isidro Sousa   Carlos Arinto é o pseudónimo literário de Carlos Arinto, pessoa do sexo masculino. Arinto é uma casta de uvas, que serve para vinho, tendo a sua região demarcada em Bucelas e a maturidade do engarrafamento na Mealhada (em Portugal). Também existe como espumante. O autor que,...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Poemas, crônicas e textos de diversos Autores.

Valdeck Almeida de Jesus

A chegada de Michel Temer no Inferno   Batizado com esse nome É mesmo para temer, Pois parece aquele verbo Criado pra estremecer Todo mundo se amedronta Somente de ouvir dizer.   Ele foi para o inferno Buscar força pra mandar Acabou com o capeta Destruiu tudo por...

Ligia Beltrão

Nós Perfeição   Amo as tuas mãos delicadas Que tiram do meu corpo canções Nas noites pálidas e enluaradas Dentro de nós vibram as emoções   Meus olhos vagam num mar incerto Dos desejos que em meu corpo tremem De pensar em ti de mim tão perto Palavras tontas... Versos que...

Gisiéle Gargioni

        O que falar de um talento assim?         Sei que palavras talvez não seja suficiente para descrever uma poetisa plena, completa.         Me rendo aos poemas de Gisiéle Gargioni – “A princesa da serra...

Laércio Tadeu Januário

O mundo chamado Família.           Neste louco mundo chamado Vida, somos nela lançados através do amor de nossos pais, esta concepção é apenas o início.         Somos apresentados ao mundo através de uma tapa amigo do médico ou...

Memorias de Guerra- Trajetória de Vidas Vividas

        Como não abrir espaço para uma crônica de reflexão destas?         Como não pensar em vitoriosos e derrotados em guerras desumanas?         Como não pensar na vida?      ...

Deunice Maria Andrade.

A fé nos traz a paz, harmoniza nossos sentimentos, abastece nossas forças. Assim como a fé, as palavras, pensamentos e sentimento nobres rega nossa fé. Conheçam um pouco a poetisa que encanta e canta a vida. Leandro Campos Alves. Setembro de 2016.         Conheçam seus...

Miquiáine Laurenço

O que falar de poemas, sem conhecê-los? O que pensar da vida, sem vivê-la? O que imaginar da cultura, sem lê-la?           Cada dia admiro mais as pessoas e os talentos de cada amigo, descubro sonhos e pensamentos, viajo por versos, estrofes e romances.  ...

Hugo Dias "Marduk".

Foi   Foi obra na escuridão, na arte da verdade que nasceu, as flores que sorriu, para o norte que cresceu. Foi corvo que para a morte, no cântico da noite corveja, desprezando a inimizade, da antipatia que inveja. Foi lobos que uivou, sabendo que a noite voltava, os desejos conscientes e...

Neon - Luís Felipe

Mestre dos ladrões   Deguste o vinho, Mais caro que a vida de teu irmão Enquanto tuas bombas explodem em longínqua terra Surdez perante a sinfonia do desespero Leviatã, o simplório ladrão Não esconde o sangue em suas mãos Os que enxergam, mas não possuem visão Se põem a servir, festejar e...

Luciano Spagnol

POETA MINEIRO DO CERRADO Poeta do cerrado, simplista, mineiro de Araguari, fevereiro de 1958, mariano, formado em Fisioterapia pela UCP, Petrópolis, criado no Rio de Janeiro.   "Sou alma do cerrado, pé no chão, do Triângulo, do chapadão... Pão de queijo com café, fogão de lenha, das vilas...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>