Senhor Bom Jesus do Livramento.

Senhor Bom Jesus do Livramento.

 

 

 

 

        Como podemos afirmar que existe apenas uma doutrina que nos dá as chaves do paraíso?

        Como podemos apontar erros nas doutrinas que não pertencemos e esquecer-se da balança da justiça? Apontamos os erros, mas esquecemos das qualidades.

        A fé é a única religião existente no mundo.

        A fé que temos na vida eterna.

        A fé no amor.

        A fé em Cristo.

        A fé em Deus.

 

        O homem por livre arbítrio divino tem a necessidade de achar seu lugar no mundo, o lugar que lhe dá a paz, que lhe mostra a paz.

        Por este motivo Jesus Cristo abriu o evangelho da salvação para todas as Nações, começando pelos seus apóstolos, que pertenciam a varias etnias. A única exigência que Jesus fez aos seus escolhidos para levar o evangelho aos quatro cantos do mundo, é abandonar tudo e segui-lo para com Ele aprender o Novo Evangelho.

        Instituiu os mandamentos em dois, amar a Deus sobre todas as coisas, e amar ao próximo como a si mesmo.

        As outras referências e doutrinas criadas no passar do tempo e gerações, foram apenas doutrinas para diferenciar religiões, e convicções pessoais de cada profeta. Digo profeta, pois cada religião que nasce em cima do evangelho, faz parte de um projeto maior, com único objetivo. “Rebanhar os filhos de Deus espalhados no mundo”.

        Todas as doutrinas estão na conformidade de um único corpo, o corpo da unidade em Deus.

        Como possuímos uma diversidade, exatamente esta diversidade humana, como poderá existir  apenas uma doutrina no mundo, se o próprio Messias escolheu etnias diferentes para transmitir o evangelho?  Assim sendo, o que seria dos filhos de Deus que não se encontram nela?

        Eles ficariam perdidos no mundo ou a mercê da condenação eterna?

        Deus é perfeito em sua onipotência, onipresença e em sua benevolência. Por isso mandou seu filho ao mundo para nos trazer seus ensinamentos e abrir o evangelho aos povos que não são de sua linhagem.

        Por isso não devemos apontar falhas ou erros doutrinais nas instituições religiosas, porém devemos aplaudi-las e reverenciá-las, por fazerem parte deste projeto maior da evangelização dos homens.

        Todos aqueles que forem ao Pai em nome de seu Filho, encontra o caminho da paz almejada.

 

        Nesta linha de pensamento Cristão, quero abraçar e reverenciar um dos maiores movimentos religiosos que conheço até hoje em nossa região.

        O movimento de fé.

        O movimento Cristão.

        O movimento da evangelização.

 

        Na zona da mata Mineira, exatamente a cento e quarenta quilômetros de Juiz de Fora, está localizada Liberdade, uma pequena cidade interiorana, com aproximadamente seis mil habitantes, que no mês de Setembro acolhe mais de sessenta mil romeiros, vindos de toda região do país.

foto Web

        Não são turistas, mas Romeiros que buscam o refortalecimento da fé diante daquele grandioso movimento religioso.

 

    O Jubileu do Senhor Bom Jesus do Livramento.

 

        Neste período do jubileu o ar de Liberdade muda, a fé invade e refortalece até mesmo os corações mais duros, não há como não afirmar que até mesmo fieis de outras doutrinas não absorve aquele movimento de fé Cristã.

 

        Para terem uma ideia do que é este movimento, vos trago um pouco da história do surgimento da imagem do Senhor Bom Jesus do Livramento.

 

        Os mais antigos anciãos do município nos contaram esta história, que seus pais lhes contaram e que por sua vez, os pais de seus pais lhes contaram, e assim por algumas gerações. Pois a imagem data com mais de duzentos anos.

 

        No inicio Liberdade ainda não tinha este nome, era conhecido por Livramento, um pequeno distrito ainda pertencente ao município de Baependi.

        Naquele período houve um grande incêndio que alastrou plantações e matas nativas inteiras, não deixando quase nada em pé.

        No arraial da Vargem, numa devassidão coberta de fuligem de cinzas a única árvore virtuosa que salvou daquele incêndio, foi um pé de cedro, o cedro do milagre que ficou frondoso na devassidão de cinzas.  

        O cedro, o inicio da lenta, o inicio dos milagres a escolha.

        Assim começa a sua história:

 

        A origem da imagem encontra registro apenas em lendas contadas pelos habitantes da cidade, e do pedaço do tronco do cedro, que ainda enraizado na terra e na lenda, se tornou o altar mor da pequena capela que nasceu naquele descampado, tornando-se um vilarejo e receberia o nome de Vargem da Imagem.

        Segundo a lenda, apareceu no povoado, um velho peregrino disposto a fazer a imagem de Bom Jesus, satisfazendo o desejo dos moradores. 

        Esse peregrino solicitou apenas algumas ferramentas, um pedaço de madeira para talhar a imagem, e um compartimento fechado onde pudesse trabalhar sozinho. Ele trabalharia de portas fechadas e só abriria a porta para receber alimentação, pois aquele senhor metódico e sistemático só apresentaria a imagem depois de pronta.

        Entre os habitantes foi um presente aquela oferta, muitos não viam a hora de ter uma imagem que recordasse sua fé, para outros nem tanto, pois muitos não acreditaram que um senhor de idade tão avançada e com corpo franzino fosse capaz de tamanha façanha.

        Mas ao peregrino, os habitantes do vilarejo de Livramento resolveram dar a chance do feito, afinal ele tinha a idade de ancião, e provavelmente saberia o que estava falando.

        Com tudo arrumado e combinado, faltava a matéria-prima, uma madeira macia e fácil para talhar a imagem, foi então que todos lembraram do cedro milagroso, e nada mais que justo dar um final nobre à árvore.

        A madeira foi cortada e levada para um barracão que servia de paiol.  Ali aquele senhor foi condicionado ao lado das ferramentas e do tronco do cedro e foi posto uma cama para o descanso do peregrino.

        Os dias passaram e no inicio o peregrino recebia as atenções e as alimentações necessárias para sua sobrevivência. Mas quis o destino ou o poder de Deus, fazer com que todos esquecessem o peregrino escultor, deixando à mercê da sorte e da fome.

        Como um relâmpago de lembranças, aquela amnésia coletiva se perdeu e a lembrança do peregrino escultor voltou com toda força entre os moradores de Livramento.  Ocasionando uma comoção geral, sentimento de dó e preocupação entre os moradores.

        Sem perder mais tempo, os populares foram ao paiol que estava aquele senhor e começaram por ele chamar, sem obter nenhuma resposta, tudo lá dentro era silêncio.

        A presença da morte estava próxima, o cochicho “ele está morto, ele está morto”, tomou conta daquele pedaço de chão.

        Algumas pessoas que lá estavam resolveram olhar por entre as frestas do paiol, e se assustaram, pois era certo que aquele senhor não estava lá, porém no meio do paiol era visível a presença de um jovem senhor, seminu, com aproximadamente dois metros de altura.

        Todos pediam para ele abrir a porta, porém inerte aos pedidos, aquele jovem senhor não se movia um milímetro se quer.

        Talvez fosse uma reação movida pelo medo, o medo de estar no local que não lhe pertencia.

         Depois de muito chamar e não obter nenhuma resposta, ficando claro que não tinha nenhum indício da presença do velho peregrino, e ao contrário, era certo que ali acuado só estava àquele jovem senhor, os moradores do povoado resolveram arrombar a porta do paiol, pois ela estava trancada por dentro.

        Ao pôr a porta ao chão, o espanto e comoção foi geral entre os presentes, muitos choraram ao reconhecer aquele jovem que ali estava e outros se prostraram ao chão em oração. O milagre foi concebido em Livramento.

        Todos esperavam encontrar aquele idoso senhor ali morto, porém não tinha nem vestígio dele. As poucas ferramentas que ele solicitou para talhar uma imagem estavam no chão do paiol. E aquele jovem senhor, era o milagre em vida.

        Aquele vulto inerte aos pedidos feitos anteriormente para abrir a porta, era o presente de Deus ao povoado de Livramento. Pois se tratava da Imagem com tamanho natural de Jesus Cristo em seu flagelo, a imagem da recordação, a imagem da fé, o milagre entre os homens.

 

Foto Senhor Bom Jesus do Livramento: Arquivo Famíliar

       

         Seus detalhes talhados na imagem surpreenderam a todos, e surpreende até aos dias de hoje.

        A imagem é o tamanho da perfeição, e muito perguntam até hoje como pode um idoso talhar um tronco com mais de duzentos quilos com tamanha originalidade, levando em consideração que suas ferramentas eram arcaicas e ultrapassadas, e o mistério maior, como o velho escultor pintou a imagem com as cores naturais humanas, se não tinha este material com ele, além de cada gota de sangue ser formado por um pequeno rubi.

        Toda esta riqueza de detalhes, o sumiço do velho escultor, além da porta que estava cerrada por dentro, foi dando a origem ao mistério, origem da história.

        E até hoje corre a lenda pela região, que o escultor da imagem só poderia ser o carpinteiro José, pai de Jesus Cristo.

        Como se tantas histórias não fossem suficientes para dar base ao mistério da imagem,  algumas pessoas maliciosas e sem respeito a fé, furtaram algumas pedras de rubi, porém no lugar que o rubi foi surrupiado ao invés de ficar a marca da madeira raspada como em qualquer obra de arte, no local da retirada da pedra se criou uma pequena crosta, como se o ferimento se regenerasse cobrindo com a cicatrização comum aos homens.

        E mesmo hoje com a evolução da ciência, se descobriram que a imagem não poderia durar tanto tempo assim sem se romper, pois pela posição de seus pés, que se encontram esculpida na posição de contra passo, o ponto de gravidade da imagem não possui um vértice sólido, deixando assim todo o peso da imagem em uma superfície menor que oitenta centímetros quadrados.

        Este é o mistério da fé, a lenda da imagem, o folclore, ou a história do milagre de Deus naquele vilarejo.

        Hoje a cidade mudou o nome por convenções políticas da emancipação, recebendo assim o nome de Liberdade em homenagem à praça da liberdade da Capital Mineira, pedido feito pelo governador da época.

        Porém leva na imagem sua origem matriarcal e, no povoado da Vargem da Imagem as raízes da fé.

        Esta história foi percorrendo gerações e territórios, os milagres pela fé humana a Cristo foram surgindo aos milhares, e aproximadamente duzentos anos após o feito, a fé daquela cidade fica inabalada.

        Como dizer que apenas uma religião nos leva ao reino dos céus, diante deste movimento de fé?

        Convido a todos a conhecerem a Liberdade e participarem da grandiosa festa do Jubileu do Senhor Bom Jesus do Livramento, que acontece todos os anos no dia quatorze de setembro.

foto web.

 

Leandro Campos Alves.

Fotos web e arquivo pessoal.

 

O País e o Mundo.

Tragédia em Pedrógão.

        Simplesmente não tenho palavras para falar neste momento sobre a tragédia que passam meus amigos em Portugal, alguns amigos moram na região que está em chamas e por eles eu oro, e também peço a Deus o conforto aos familiares e a toda população que estão no meio...

Zé Fumaça Dionísio

        Aos amigos leitores, peço licença e abro espaço carinhosamente na Literatura para apresentar este talento de Minas. Um grande intérprete que nos leva à felicidade de saber, que boas músicas como as interpretadas por Raul, Zé Geraldo, Ventania entre outros,...

Safra recorde 2017.

        Não sabia que o governo Brasileiro tinha o poder divino de Deus? ...         O Brasil anuncia safra recorde em 2017, e nosso presidente anuncia que é resultado de seu governo.         2013 – 2014 –...

Benfeitor Luís Antônio Caldas Hermida Marques.

          O mundo não tem limites, é vergonhoso ver a existência de pessoas que não promovem o bem, e denigre quem o faz.         Nesta semana o face do benfeitor Luís Antônio Caldas Hermida, foi “Rackeado” de uma forma infame, e...

Censura democrática? Ou Ditadura em cordeiro?

        Nesta semana o poder político nos mostra a sua face cruel novamente, pois na calada da ignorância e do medo dos movimentos populares, a classe política de nosso país mandou retirar do ar o vídeo que a igreja protege os menos favorecidos do nosso país, falando...

Débora Artes.

        A você meu amigo lojista, floristas ou noivas que estão organizando o sonho de sua vida, venho apresentar uma artesã que muito me chamou a atenção pelo seus trabalhos.          A perfeição das flores chega ao extremo de...

Tainã Falcão interpreta Elis Regina.

        Caxambu nos revela a cada dia a Cidade da Cultura, do laser, das descobertas.         Neste sábado 12 de maio de 2017, estava andando pelo centro de Caxambu, quando uma voz suave me chamou atenção, acompanhei os acordes e tive o...

1ª Feira de Gado e 6º Leilão de Gado Em Geral.

        Oportunidade de grandes negócios acontecerá no Recinto de Eventos Fabrícia Andrade Leilões em Liberdade Minas Gerais.         Você amigo pecuarista não pode ficar fora deste grande evento Regional, nos dias 25 – 26 e 27 de maio de...

Hotel e Restaurante Lagos da Mantiqueira

        O que falar de Paz?         Como achá-la?         É incrível termos um lugar assim tão perto, um lugar onde as pessoas nós atende com muito carinho e respeito, além de encontrarmos no meio do silêncio...

Liberdade ROCK RACER 2017

        Nossa cidade natal estará em festa nos dias 29 e 30 de Julho de 2017; cultura, esporte radical e encontro dos amantes em duas rodas.         O "Point" do encontro da emoção, alegria e boa música acontecerá em Liberdade nas Minas...

Palestras RenovaMata 2017

        Caxambu está com novos projetos e grandes apoios, e para sacramentar esta mudança social, política e de conscientização de nossos bens naturais, convido aos amigos a participarem deste grande projeto que tenho imenso carinho e a certeza de seu sucesso total,...

O que são palíndromos.

PALÍNDROMO ???           Uma geometria com letras e palavras           PALÍNDROMOS - são frases ou textos que lidos de trás para frente, ficam iguais.           Exemplos: SALTA O ATLAS...

Projeto Esperança - Clara Luz

        Deus é aquele que planta sua semente de caridade nas pessoas, independentemente de sua idade, nacionalidade, raça ou crença.         As pessoas dotadas com este dom, são impares, marcantes e reconhecidas na rua na sua maneira de...

Arquidiocese divulga nota sobre a Reforma da Previdência

Arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de Montes Claros, Dom José Alberto Moura divulga nota para que os padres leiam nas Igrejas nas Missas deste final de semana sobre a Reforma da Previdência. NOTA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA Caros Padres: Estamos vivendo momentos difíceis em nosso país, com...
<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Divulga Escritor-Revista Literária da Lusofonia.

Revista Literária da Lusofonia n.13

Divulga Escritor Revista Literária da Lusofonia - Ano III - N. 13 - abr/mai 2015   Acesse gratuitamente Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia. Edição abr/ mai 2015 ISSN 2358-0119           Agradecemos a todos que estão participando,...

Feliciana Um Olhar no Infinito

  Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia especial UBE - União Brasileira de Escritores - Literatura Pernambucana Acesse gratuitamente Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia. Edição fev/mar 2015 ISSN 2358-0119       Agradecemos a todos que estão...

Luiz Valério O Artesão das Palavras

Acesse gratuitamente Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia. Edição dez 2014 / jan 2015 ISSN 2358-0119   Agradecemos a todos que estão participando, lendo, curtindo e compartilhando com os amigos esta maravilhosa obra Literária!   Quem desejar conhecer a nossa...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>