Revista Literária Café com Letras 2016.

Revista Literária Café com Letras 2016.

Café - com - Letras

Revista Literária da Academia

de Teófilo Otoni

 

 

Nº 14 – DEZEMBRO/2016

Publicação anual

ISSN 2317-7985

 

 

ACADEMIA DE LETRAS DE TEÓFILO OTONI

Fundada em 20 de dezembro de 2002

Rua Manoel Dantas, 230, Grão Pará

39800-175 Teófilo Otoni – Minas Gerais

www.letrasto.com – Telefone: (33) 98401-2518

letrasto@hotmail.com / letrasto@yahoo.com.br

 

 

DIRETORIA EXECUTIVA

Presidente: Elisa Augusta de Andrade Farina

Vice-Presidente: Antônio Jorge de Lima Gomes

Secretário-Geral: Wilson Colares da Costa

Tesoureiro-Geral: Leuson Francisco da Cruz

Presidente Emérita: Amenaide Bandeira Rodrigues

 

 

CAFÉ-COM-LETRAS: REVISTA LITERÁRIA DA ACADEMIA

DE LETRAS DE TEÓFILO OTONI

Publicação anual

Produção editorial: Prof. Wilson Colares da Costa

Digitação adicional: Jair Jr.

Revisão: Daniel Aço

Capa: Camilo Antônio Lucas Silva

Montagem: Gráfica CARVALHO

Impressão: Gráfica CARVALHO

Os conceitos emitidos nos textos desta edição são de inteira responsabilidade

dos autores e não representam, necessariamente, a opinião da Academia de

Letras de Teófilo Otoni.

 

Ficha Catalográfica

Revista Literária Café-com-Letras – Ano 14 n.14

Teófilo Otoni: Academia de Letras de Teófilo Otoni, 2016.

Fundada em 2002

1.Literatura – Periódico. 2. Obras Literárias 1. Academia de Letras de

Teófilo Otoni

 

 

Guiomar Sant’Anna Murta

Gente nossa na literatura

 

 

Escritora e poetisa teófilo-otonense, Guiomar Sant’Anna Murta nasceu na casa mais próxima do rio Todos os Santos, que estava situada na Rua Padre Virgulino. É filha do casal

Mário Muricy Sant’Anna e Elfriades Coelho Sant’Anna. Aposentada como assistente social e professora universitária, a autora não se aposentou das literaturas escrita, falada e cantada, variando em muitas circunstâncias entre hinos, poemas, crônicas e discursos (assinados ou não) em meio ao gosto e ao ofício de escrever.

Cursou as primeiras séries no porão-escola da sua mãe, vivendo entre livros e revelando desde criança o gosto de escrever. Declamou a primeira poesia aos 11 anos e a

sua primeira publicação, em jornal da cidade, ocorreu na idade dos 14 anos. Não parou de escrever, desde o ginásio à universidade, em cadernos que colecionava em jornais estudantis e em revistas.

O seu primeiro livro, Deus na Intimidade, foi publicado em 1968, após o nascimento da sua quinta filha. E já publicou também: Patchuli (contos, 1974); Musmê (Para quem for criança, 1988); Conto Histórias de Vida (contos, 1988); É ou Ia (Para quem for criança, 1990); Velho Chico 500 Anos (crônica poética, em parceria com o seu irmão Nestor Sant’Anna, 2000); Maratiá (romance, 2002); Todos os Santos (crônicas, 2002); Novembro (poesias, 2013, edição para presente); ABC de Teófilo Otoni (literatura de cordel, 2013); Sem Pedestal (crônicas biográficas sobre Genésio de Melo Pereira, 2005); Sintonia Ponto Com (poesias, 2008) e Aluísio Pimenta Professor (biografia, 2013, projeto da professora Wanda Lacerda). Em 2016, em parceria com o seu filho Adelson Fernandes Murta Filho (Adelsin), Guiomar Sant’Anna Murta publicou a obra Histórias da Menina da Ponte. Integra o quadro dos convidados de honra da Academia de Letras de Teófilo Otoni.

 

 

Brasão e Pavilhão do Município

50 anos de criação: 1966 – 2016

Jubileu de Ouro

 

 

Descrição e simbologia

 

Representado por um escudo de origem francesa, primeiro estilo introduzido em Portugal, evoca, portanto, a raça latina colonizadora e formadora da nacionalidade brasileira.

Em campo azul, um sol nascente de ouro surgido entre montanhas verdes alude à exuberância da geografia local. No flanco direito, uma cabeça bovina; já no cantão direito da ponta, uma cornucópia com pedras preciosas e semipreciosas e, no flanco esquerdo, um ramo de cana e de cafeeiro folhado e frutado ao natural – figurando o conjunto das principais riquezas na pecuária, na mineração e na agricultura. Por timbre, uma coroa mural de ouro com três torres completas ao centro e duas meias torres nas extremidades forradas em vermelho e vazadas no mesmo esmalte, representando a municipalidade, isto é, a emancipação político-administrativa do município. Quanto às suas portas abertas, salienta a hospitalidade do povo teófilo-otonense na condição de município cosmopolita.

O escudo tem como suporte o listel em ouro de mote latino, em letras brancas: Civitas amoris fraterno. Ou seja: Cidade do amor fraterno. Retrata o ideário democrático de Theophilo Benedicto Ottoni e a data de 7 de setembro de 1853 se refere à fundação do núcleo de Filadélfia, que hoje é Teófilo Otoni.

Os símbolos do município, a bandeira e o brasão, foram instituídos pela lei municipal nº 1.067, de 2 de maio de 1966, de autoria do vereador Humberto Luiz Salustiano Costa. Como responsável pela elaboração da arte do brasão, registre-se o nome do artista plástico e estudioso de heráldica Marrippe Faul Abeilice.

 

 

 

1916 – 2016

Educadora e escritora

Centenário de nascimento

 

Sua infância livre e feliz na Fazenda Inveja, no município de Caraí/MG, onde nasceu em 30 de novembro de 1916, aliada à sua convivência com crianças quando educadora foram os grandes incentivos para a sua caminhada na literatura infantojuvenil. Destacou-se também por escrever poemas com ensinamentos para um viver melhor.

 

 

Sumário

Apresentação..............................................................................................................................08

Chuva de broto - Hilda Ottoni Porto Ramos..............................................................................09

Desabafo – Guiomar Sant’Anna Murta.................................................................................... 10

Bons tempos aqueles – Humberto Luiz Salustiano Costa. .......................................................11

Sustentabilidade – Lizia Porto ..................................................................................................12

Terra, reforma agrária, justiça social e meio ambiente na Constituição de 1988 –

José Carlos Pimenta...................................................................................................................13

Sustentabilidade: nosso compromisso maior – Wallace Gomes Moraes...................................15

Terra e sustentabilidade: Urbanismo e saneamento – Gilberto Ottoni Porto.............................17

Sustentabilidade: um desafio para a educação! – Ândrei Clauhs...............................................19

Sustentabilidade também no esporte – Arnaldo Pinto Junior.....................................................20

A natureza e o uso sustentável – Giatano Antonaccio................................................................21

Sinal de chuva – Amalri do Nascimento.....................................................................................22

O grito da terra – Therezinha Melo Urbano de Carvalho ......................................................... 23

Sustentabilidade e desenvolvimento – Adevaldo Rodrigues de Souza......................................25

A volta das andorinhas - Geraldo de Castro Pereira .................................................................26

Pobreza dimensional – Vânia Rodrigues Calmon .....................................................................27

Os povos da floresta – Marly Rondan Pinto...............................................................................28

Viagem ao futuro – Marlene Campos Vieira ............................................................................29

Tecnologia, ética e sustentabilidade – Gecernir Colen .............................................................30

Gota d’agua – Aristides Dornas Junior .....................................................................................32

Clamor da natureza – Oliveira Caruso.......................................................................................33

Água divina – Rosilene Alves Pereira Ferraz............................................................................34

Água: um bem finito e precioso – Eugênio Maria Gomes........................................................35

Socorro! – Antônio Francisco Cândido ....................................................................................36

Terra: planeta biogeograficamente (in) sustentável – Marcos Pereira Santos...........................37

Primavera – Maria de Fátima Ferreira da Silva ........................................................................39

Terra - seca – vida – broto – Marcos Coelho ............................................................................40

Efeitos colaterais do progresso – Marcos Miguel da Silva........................................................41

Terra e sustentabilidade – Egmon Schaper Filho ......................................................................43

Terra e sustentabilidade - Gladston Salles ............................................................................... 44

Poema verde – Salvador Araújo ...............................................................................................45

... E o rio chorou – Neri França Fornari Bocchese ...................................................................47

Ainda temos tempo para a natureza? – Rodrigo Couto.............................................................48

Este nosso arquibilionário planeta terra! – Odenir Ferro........................................................49

Terra e sustentabilidade – José Moutinho dos Santos.............................................................51

A derradeira gota – Luciano José Schirmer de Oliveira ........................................................ 52

Ecossistema – Jorge Fregadolli ...............................................................................................53

Terra: suas dores, suas cores – Leandro Bertoldo Silva...........................................................54

A magnífica transformação na natureza – Márcio Barbosa dos Reis.......................................55

Minha vida não é um lixo – Jair Jr............................................................................................56

Renovação – Helena Selma Colen ...........................................................................................58

A vida: um quadrão à beira mar - Maria Luciene ....................................................................59

O clamor – Joel Djahjah ...........................................................................................................60

Santo trigo – Lucas Kind ..........................................................................................................61

O choro das águas – Leandro Campos Alves ...................................................62

Progresso e descesso de mãos dadas – Alfredo Nogueira Ferreira ..........................................63

Conscientizar é preciso – Lucivalter Almeida dos Santos ...................................................... 65

Ser-tão... Sertão... – Fátima Sampaio .......................................................................................66

Um bem em extinção – Margareth das Dores R.M. Gosta.......................................................67

Meio ambiente: uma realidade palpável... – Eloisa Antunes Maciel ......................................68

Tupã e Buriti – Sandra Helena Barroso ................................................................................. 69

Terra – Isaias Lemos Alves ....................................................................................................70

Terra, grande planeta – Francisco Martins Silva.....................................................................71

Na terra, muitos contrastes! – Ilda Maria Costa Brasil...........................................................72

Rio Doce, que não é mais doce – Antonia Aleixo Fernandes.................................................73

A revolta da natureza – Lenival Nunes de Andrade................................................................74

O planeta Terra pede socorro – Wilson Ribeiro .....................................................................75

Salvem o planeta – Isabel C.S. Vagas ....................................................................................77

Clamor da terra – Antonio Sérgio Torres Ferreira ..................................................................79

Sustentabilidade e vulnerabilidade – Marcos Antônio Nunes.................................................80

As três viúvas – Jader Moreira Rafael .....................................................................................82

Bioeducação para a construção de uma cultura sustentável – Priscilla dos Santos

Gomes ......................................................................................................................................87

É primavera – Marrippe Faul Abeilice.....................................................................................90

Devastação – Leuson Francisco da Cruz .................................................................................91

Palavras ao vento – João Batista Vieira de Souza ...................................................................92

Terra....terra! – José Geraldo Silva ........................................................................................ 94

Floresta é água: a importância da cobertura vegetal na produção de água na APA do

alto Mucuri – Antônio Jorge de Lima Gomes ........................................................................96

Uma visão histórica da sustentabilidade ambiental – Elisa Augusta de Andrade

Farina.....................................................................................................................................100

Vamos salvar o planeta, mas não tanto assim – Camilo Lucas............................................ 102

Sustenta habilidade – Ailton Ferraz ......................................................................................103

Projeto Velho Chico: 500 anos - Água e Vida - Guiomar Sant’Anna Murta e Nestor

Sant’Anna ..............................................................................................................................104

Prêmio Literário Gonzaga de Carvalho: classificação – crônicas e poesias..........................106

Academia de Letras: Histórico, patronos e quadro social......................................................114

 

 

Apresentação

 

Eu sou a terra, eu sou a vida.

Do meu barro primeiro veio o homem.

De mim veio a mulher e veio o amor.

Veio a árvore, veio a fonte.

Vem o fruto e vem a flor.

Canto da Terra

Cora Coralina (1889 – 1985)

Anualmente, a Academia de Letras de Teófilo Otoni publica a Café-com-Letras. Esse periódico é destinado à publicação de matérias de caráter literocultural e vem sendo editado regularmente desde a fundação da entidade, que ocorreu em dezembro de 2002. A partir da edição de número 5, em 2007, a revista passou a ser monotemática, ou seja, o Conselho Geral, a cada novo ano e após acolher diversas sugestões, aprova um tema para ser debatido e registrado em suas páginas – em prosa e verso. Assim, para a edição agora apresentada, a temática escolhida foi esta: Terra e Sustentabilidade. Naturalmente que os temas correlatos a essa questão também são aqui expostos.

Com relação a esse importante tema, vale outra vez citar a poetisa Cora Coralina e o seu belo poema Canto da Terra: “Eu sou a fonte original de toda vida / Sou o chão que se prende à tua casa / Sou a telha da coberta de teu lar / A mina constante de teu poço / Sou a espiga generosa de teu gado/ e certeza tranquila ao teu esforço”.

A Academia de Letras de Teófilo Otoni coloca à disposição dos leitores uma rica

coletânea para se refletir sobre o significado e a importância da preservação da nossa casa

comum: a Terra.

Tenham uma boa leitura!

 

 

Prof. Wilson Colares da Costa

Secretário-Geral

Academia de Letras de Teófilo Otoni

 

10

 

O choro das águas

 

Leandro Campos Alves*

 

Nossas águas já não são tão puras,

elas se turvam em seu percurso estreito

implorando socorro, carinho e respeito,

em grande extensão de seu sensível leito.

 

Aquelas águas que brotam do seio materno,

que nascem escondidas por vários terrenos,

abraçadas ainda pela Mãe Natureza,

ali ainda expressam sua intocável pureza.

 

Léguas abaixo transformamos em lamento,

a vida daquela que dá-nos o nosso próprio sustento.

Ao abraçar nossas grandes cidades,

eis que nasce a sua primeira infelicidade.

 

Sem permissão, retenção nem compreensão,

invadimos e mudamos a sua composição,

lançando no seu leito grande poluição.

Retiramos de suas margens o abraço materno

das matas verdejantes que são tão ternas,

que deveriam ser intocáveis e conservadas eternas.

 

Em silêncio as águas descem o seu destino,

já não existem mais remansos majestosos.

O homem já impôs a destruição em seu caminho,

em suas correntezas agora ecoam sons estrondosos.

 

Bailam as ondas d’água nas barrancas nuas

daquela água morta, impura e turva

que desce constante para seu destino final,

à busca da foz do mar continental.

Ali ela chora como um menino inocente,

ao ver o descaso causado pela gente.

Deixando em seu rastro entulhos e poluentes,

essa é a triste realidade do mundo atualmente.

 

______________________________

* Escritor e poeta. Residente em Caxambu/MG e é membro correspondente da Academia de

Letras de Teófilo Otoni.

64

 

 

 

Academia de Letras de Teófilo Otoni

 

Resgatando a arte literária na cidade

 

Fundada oficialmente em 20 de dezembro de 2002, a Academia de Letras de Teófilo Otoni é composta por 30 membros titulares e efetivos, sendo que cada cadeira é desginada numericamente e tem um patrono imutável em homenagem a personalidades que tenham se notabilizado nas letras, nas ciências, nas artes, na política, na educação e/ou na imprensa.

Conta ainda com um quadro social de membros honorários, beneméritos, convidados de honra e membros correspondentes. A entidade tem por objetivos: congregar pessoas que se dediquem às atividades literárias e artísticas nas mais diversas formas de expressão, realizar estudos e pesquisas na área da literatura local e regional, promover e incentivar a cultura através da realização de conferências, exposições, concursos, cursos e outras atividades de natureza cultural, propagar o culto, o estudo e a exaltação e a divulgação da vida e da obra de personagens históricos e figuras literárias que ajudaram a construir a grandeza do município e da região. Também objetiva coletar, pesquisar, elaborar e divulgar estudos e informações de cunho cultural relacionados aos interesses da entidade, e, por fim, promover o aprimoramente da língua pátria nos seus aspectos científico, histórico e artístico.

A ALTO realiza em dezembro de cada ano a tradicional Noite do Café-com-Letras, com recital, lançamentos literários e o lançamento da revista Café-com-Letras, com os trabalhos dos acadêmicos e de convidados especiais, promovendo a entrega de premiações especiais.

Mantém a Biblioteca Dª Didinha, espaço para a difusão da cultura e incentivo ao hábito da leitura junto à comunidade, e o Núcleo de Documentação de Literatura Isaura Caminhas Fasciani – destinado ao resgate, à guarda e à conservação de livros, documentos (manuscritos e iconográficos) e demais objetos de valor histórico-cultural com referência à literatura no município de Teófilo Otoni e região do Vale do Mucuri.

Em parceria com a União Estudantil de Teófilo Otoni, a Academia de Letras de

Teófilo Otoni realiza atividades de estímulo à leitura e à escrita por meio da realização anual do Prêmio Literário Jovem Escritor: Troféu Cultural Profº Fábio Pereira, que é destinado aos alunos na faixa etária dos 14 aos 29 anos – matriculados na educação básica e superior.

Outorga anualmente o Prêmio Academia de Letras de Teófilo Otoni: Troféu Isaura Caminhas Fasciani, com o objetivo de reconhecer iniciativas de pessoas físicas e jurídicas na área literocultural, quer como promotores, incentivadores ou agentes de produção do conhecimento com ações voltadas especificamente para Teófilo Otoni e municípios do Vale do Mucuri. O prêmio é distribuído nas seguintes modalidades: conjunto da obra literária, produção técnico-científica e intelectual (dissertação, ensaio, artigo científico, jornalístico ou monografia), expressiva atividade elevadora da cultura teófilo-otonense (pessoas físicas, jurídicas e/ou veículos de comunicação social), livro do ano (por obra poética ou em prosa lançada no decorrer do ano), pessoas jurídicas incentivadoras ou promotoras da arte e da cultura no município e escritor ou personalidade do ano.

Outrossim, concede a cada ano A Medalha de Mérito Cultural Dª Didinha, sendo

destinado a homenagear pessoas físicas e jurídicas que tenham se destacado na criação e na promoção literocultural por meio de atividades literárias, culturais, artísticas, religiosas e de pesquisas em favor do desenvolvimento da pessoa humana e da sociedade teófilo-otonense ou pelo estabelecimento de políticas e projetos para o desenvolvimento da educação, do ensino e do civismo nesse município e na região do Vale do Mucuri.

A Academia de Letras de Teófilo Otoni também realiza anualmente o Prêmio

Literário Gonzaga de Carvalho, o qual é realizado nas categorias poesia e crônica. De temática livre, a premiação é especificamente destinada aos membros correspondentes. De mais a mais, outorga, em parceria com o Instituto Histórico e Geográfico do Mucuri, a cada ano, a Medalha Conselheiro João da Matta Machado, que tem como finalidade homenagear pessoas naturais com idade igual ou superior a 70 anos que se tenham dedicado ao desenvolvimento cultural, econômico, social, desportivo, cívico, educacional, científico e/ou religioso na cidade de Teófilo Otoni e região do Vale do Mucuri.

 

Patrono Oficial

Prof. Celso Ferreira da Cunha

 

Patronesse: Prêmio Academia de Letras

Isaura Caminhas Fasciani

 

Patronesse: Biblioteca

e da Medalha de Mérito Cultural

Hilda Ottoni Porto Ramos - DªDidinha

 

Patrono: Publicações Especiais

Albert Schirmer

 

Patrono: Convidados de Honra

Monsenhor Otaviano José de Magalhães

 

Patrono: Membros Correspondentes

Luiz de Almeida Cruz

 

Patrono: Membros Honorários

Serafim Ângelo da Silva Pereira

 

Patrono: Membros Beneméritos

Horácio Rodrigues Antunes

 

Patrono: Prêmio Jovem Escritor

Fábio Antônio da Silva Pereira

 

 

Quadro social

 

Membros Titulares

 

Amenaide Bandeira Rodrigues

Antonio Jorge de Lima Gomes

Antônio Sérgio Torres Ferreira

Eder Machado Silva

Elisa Augusta de Andrade Farina

Gecernir Colen

Hilda Ottoni Porto Ramos

Jader Moreira Rafael

Jair Duarte Pêgo Junior

João Batista Vieira de Souza

José Carlos Pimenta

José Geraldo Silva

José Salvador Pereira Araújo

Leônidas Conceição Barroso

Leuson Francisco da Cruz

Lizia Maria Porto Ramos

Llewellyn Davies Antonio Medina

Márcio Barbosa dos Reis

Marcos Miguel da Silva

Maria Laura Pereira da Silva Couy

Marlene Campos Vieira

Neuza Ferreira Sena

Olegário Alfredo da Silva

Raquel Melo Urbano de Carvalho

Sandra Helena Barroso

Sérgio Abrahão Aspahan

Therezinha Melo Urbano de Carvalho

Wilson Colares da Costa

Wilson Ribeiro

 

Convidados de Honra

 

Dom Aloísio Jorge Pena Vitral

Gilson de Castro Pires

Guiomar Sant’Anna Murta

Hilda Ottoni Porto Ramos

Isaura Caminhas Fasciani - In memoriam

Lais Ottoni Barbosa Ferreira - In memoriam

Luiz Gonzaga Soares Leal

Maria Eny Leal Fernandes da Silva

Maria Laura Pereira da Silva Couy

Neusa Guedes Carneiro

Nilmário Miranda

Suzana Maria Rêgo

 

 

Membros Honorários

 

Gervásio Barbosa Horta

Humberto Luiz Salustiano Costa

Ivan Claret Marques Fonseca – In memoriam

Jeferson Botelho Pereira

Oldack de Miranda

Padre Lisa Geovanni Battista

Padre Piero Tibaldi

Sebastião José Lobo

Wilson Pires Neves

 

 

Membros Beneméritos

 

Arnaldo Gomes Pinto Júnior

Detsi Gazzinelli Jr.

Gilberto Ottoni Porto

João Carlos da Cunha Mello

Maria José Haueisen Freire

Theomar Sampaio Paraguassu

 

 

Membros Correspondentes

 

Adão Alves de Oliveira Filho – Uberlândia/MG

Adão Wons – Cotiporã/RS

Adevaldo Rodrigues de Souza – Belo Horizonte/MG

Águida Pereira Martins Silva de Almeida – Caratinga/MG

Alberto Slomp – Araraquara/SP

Alcione Sortica – Porto Alegre/RS

Alda das Dores Alves Barbosa – Unaí/MG

Alexandra Vieira de Almeida – Rio de Janeiro/RJ

Alexandre Cezar da Silva – Ocara/CE

Alfredo Nogueira Ferreira – Florianópolis/SC

Almir Fernandes de Souza – Nanuque/MG

Altamir Freitas Braga – Rio de Janeiro/RJ

Ândrei Clauhs – Brasília/DF

Angélica Maria Villela Rebello Santos – Taubaté/SP

Antonia Aleixo Fernandes – São Paulo/SP

Antônio Francisco Cândido – Congonhal/MG

Arahilda Gomes Alves – Uberaba/MG

Aristides Dornas Junior – Moeda/MG

Aristides Leo Pardo - União da Vitória/PR

Aurineide Alencar de Freitas de Oliveira – Dourados/MS

Benvinda da Conceição de Melo Lopo – Lisboa/Portugal

Bruno Resende Ramos – Teixeiras/MG

Camilo Antonio Lucas Silva – Caratinga/MG

Carlos Henrique Pereira Maia – Niterói/RJ

Carlos Lúcio Gontijo – Santo Antonio do Monte/MG

Carmem Lúcia Hussein – São Paulo/SP

Carmem Terezinha Rodrigues Moraes – Porto Alegre/RS

Cecília Maria Rodrigues de Souza – Manaus/AM

Celso Gonzaga Porto – Cachoeirinha/RS

Charlene dos Santos França – Rio de Janeiro/RJ

Cícero Barbosa Teixeira – Inhapi/AL

Cláudio de Almeida – São Paulo/SP

Cláudio de Almeida Hermínio– Belo Horizonte/MG

Clevane Pessoa de Araújo Lopes – Belo Horizonte/MG

Cosme Custódio da Silva – Salvador/BA

Daniel Antunes Júnior – Belo Horizonte/MG

Danielli Rodrigues – Paraná/PR

Darlan Alberto Tupinabá Araújo Padilha – São Paulo/SP

Décio de Moura Mallmith – Porto Alegre/RS

Dilercy Aragão Adler – São Luiz/MA

Edilson Nascimento Leão - Urandi/BA

Elba Gomes de Andrade – Paranaguá/PR

Eliane Silvestre da Costa – Brasília/DF

Elizabeth Abreu Caldeira Brito – Goiânia/GO

Elmo Notélio – Frei Inocêncio/MG

Eloisa Antunes Maciel – São Martinho da Serra/RS

Else Dorotéia Lopes – Nova Lima/MG

Emadilson de Jesus Santos – Itabuna/BA

Emerson Maciel Santos – Laranjeiras/SE

Erika Lourenço Jurandy – Rio de Janeiro/RJ

Eugênio Maria Gomes – Caratinga/MG

Fátima Cristina Sampaio Luiz – Belo Horizonte/MG

Fernando Catelan – Mogi das Cruzes/SP

Fernando da Matta Machado – Rio de Janeiro/RJ

Flávia Assaife Campos Almeida – Rio de Janeiro/RJ

Flaviana Tavares Vieira – Diamantina/MG

Flávio Sátiro Fernandes – João Pessoa/PB

Francisco Alves Bezerra – São Bernardo do Campo/SP

Francisco de Assis Dantas – João Pessoa/PB

Francisco José da Silva – Bom Jesus do Galho/MG

Francisco Martins Silva – Uruçui/PI

Francisco Soriano de Souza Nunes – Rio de Janeiro/RJ

Geraldo de Castro Pereira – Vila Velha/MG

Geraldo José Sant’Anna – São José do Rio Preto/SP

Gessimar Gomes de Oliveira – Montes Claros/MG

Gilmar da Silva Cabral – Rio de Janeiro/RJ

Gilmar Ferraz da Silva – Teixeira de Freitas/BA

Gladston Passos Salles – Rio de Janeiro/RJ

Gleidston César Rodrigues Dias – Lagoa da Confusão/TO

Helena Selma Colen – Ladainha/MG

Helenice Maria Reis Rocha – Belo Horizonte/MG

Hélio Pedro Souza – Natal/RN

Hélio Pereira dos Santos – Contagem/MG

Ieda Cunha Cavalheiro – Porto Alegre/RS

Ilda Maria Costa Brasil – Porto Alegre/RS

Irineu Barone Costa – Belo Horizonte/MG

Isabel Cristina Silva Vargas – Pelotas/RS

Isadora Cristiana Alves da Silva – Capoeiras/PE

Ivete Flores Catta Preta Ramos – Belo Horizonte/MG

Ivonette Santiago de Almeida – Brasília/DF

Jacqueline Bulos Aisenman – Genebra/Suiça

Jane Guilherme da Silva Rossi – Guarulhos/SP

Janeuce Maciel Cordeiro – Turmalina/MG

Jean Albuquerque – Nova Viçosa/BA

Jelvisson dos Santos Nascimento – Salvador/BA

Jéssica Milato da Costa – Araras/SP

João Carlos de Oliveira Tórtora – Petrópolis/RJ

João de Souza Neres – Mata Verde/MG

João Marques de Oliveira Neto – Osasco/SP

João Santos Gomes – Medeiros Neto/BA

Johnathan Felipe Bertsch – Jaguará/SC

Joilson Maia dos Santos – Una/BA

Jorge Fregadolli – Maringá/PR

Jorge Henrique Vieira Santos – Nossa Senhora da Glória/SE

José Amalri do Nascimento – Rio de Janeiro/RJ

José Anchieta Antunes de Souza – Gravatá PE

José Aparecido Araújo – São Paulo/SP

José Celso da Cunha – Belo Horizonte/MG

José Feldaman – Maringá/PR

José Geraldo Tavares – In memoriam

José Moutinho dos Santos – Belo Horizonte/MG

José Rodrigues Arruda – Serrinha/RM

José William Bezerra e Silva – Fortaleza/CE

Juarez Silva Dantas – Belo Horizonte/MG

Júlio César Bridon dos Santos – Gaspar/SC

Jussara Santo Pimenta – Porto Velho/RO

Kátia Storch Moutinho – Vitória/ES

Leandro Bertoldo da Silva – Padre Paraíso/MG

Leandro Campos Alves – Caxambú/MG

Leda Barboza Mendes de Oliveira – Pedra Azul/MG

Lenival Nunes de Andrade – Catolé do Rocha /PB

Lígia Maria dos Reis Matos – Caratinga/MG

Lilian de Sousa Farias – Aracaju/SE

Lindalva Silva Quintino dos Santos – Belo Horizonte/MG

Lucas Menck – In memoriam

Lúcia Helena Pereira – Natal/RN

Luciana Tannus de Andrade – Aracaju/SE

Luciano José Schirmer de Oliveira – Ladainha/MG

Luciene Barros Lima – Salvador/BA

Lucilene Ianino Lima Peçanha – Belo Horizonte/MG

Lucivalter Almeida dos Santos – Nazaré/BA

Luiz Gonzaga Marcelino – In memoriam

Luiz Paulo Lírio de Araújo – In memoriam

Magali Maria de Araújo Barroso – Belo Horizonte/MG

Mamede Gilford de Meneses – Itapipoca/CE

Marcelo Allgayer Canto – Cachoeirinha/RS

Marcelo de Oliveira Souza – Salvador/BA

Márcia de Jesus Souza – Ribeirão das Neves/MG

Márcia Devincenzi Reis Terra – Águas Claras/DF

Marco Aurélio de Freitas Lisboa – Belo Horizonte/MG

Marcos Coelho Cardoso – Dourados/MS

Marcos Pereira dos Santos – Ponta Grossa/PR

Marcus Vinícius Bertolini Rios – Iúna/ES

Margareth das Dores Rafael Moreira Costa – Itambacuri/MG

Maria Aparecida Araújo Moreira Alves – Guarulhos/SP

Maria Cristina Carone Murta – Belo Horizonte/MG

Maria da Conceição Rodrigues Moreira – Belo Horizonte/MG

Maria da Glória Oliveira Brandão Marques – Itabuna/BA

Maria de Lourdes Schenini Rossi Machado – Porto Alegre/RS

Maria Francisca dos Santos Lacerda – Vila Velha/ES

Maria Helena Sleutjes – Juiz de Fora/MG

Maria Iris Siqueira Mendes – Belo Horizonte/MG

Maria José Alves Coelho – In Memoriam

Maria Luciene da Silva – Fortaleza/CE

Maria Luciene da Silva, Fortaleza-CE

Maria Norma Lopes de Macedo – Turmalina/MG

Maria Telma Barbosa de Lima – São Paulo/SP

Mariana da Silva Ferreira – Santa Luzia/MG

Marilene Pereira Godinho Soares – Caratinga/MG

Marilina Baccarat de Almeida Leão – Londrina/PR

Marise Fátima Andreatta – Dourados/MS

Marlene Bernardo Cerviglieri – Ribeirão Preto/SP

Marly Rondam Pinto – São Paulo/SP

Marrippe Faul Abeilice – Belo Horizonte/MG

Márson Alquati – Nova Roma do Sul/RS

Maurício Antônio Veloso Duarte – São Gonçalo/RJ

Mauro Marques de Carvalho – In memoriam

Mônica Yvonne Rosemberg – São Paulo/SP

Nelci Veiga Mello – Campo Mourão/PR

Neri França Fornari Bocchese – Pato Branco/PR

Norma Disney Soares de Freitas – Fortaleza/CE

Nylton Gomes Batista – Cachoeira do Campos/MG

Odenir Ferro – Rio Claro/SP

Odyla Pinto de Paiva – Rio de Janeiro/RJ

Ormuz Barbalho Simonetti – Natal/RN

Paulo André Gazzinelli – Belo Horizonte/MG

Paulo Cesar de Almeida – Andrelândia/MG

Paulo Dias Neme – São Paulo/SP

Paulo Murilo Carneiro Valença – Recife/PE

Paulo Roberto de Oliveira Caruso – Rio de Janeiro/RJ

Regina Batista Magalhães Silva – Bebedouro/SP

Renata Rimet Ramos Silva – Salvador/BA

Roberto de Piratininga Ferrari – Carapicuiba/SP

Roberto Gonçalves Enedino – Nanuque – MG

Roberto Prado Barbosa Junior – São Vicente/SP

Rodrigo Marinho Starling – Belo Horizonte/MG

Rogério Ferreira de Araújo – São Gonçalo/RJ

Rogessi de Araújo Mendes – Recife/PE

Rosilene Alves Pereira Ferraz – Padre Paraíso – MG

Rossana Monteiro Cruz – Aracajú/SE

Rossidê Rodrigues Machado – São Vicente/SP

Rozelene Furtado de Lima – Teresópolis/RJ

Sandra Avelino da Silva – São Paulo/SP

Sandra Ramalho de Oliveira – Caratinga/MG

Sérgio Rodrigues Piranguense – Belo Horizonte/MG

Stefany Nayara Santanna Alves – Guarulhos/SP

Tais Martins – Curitiba/PR

Teresa Cristina Carvalho Mércuri Azevedo – Campinas/SP

Umbelina Linhares Pimenta Frota Bastos – Inhumas/GO

Valdeck Almeida de Jesus – Salvador/BA

Valdivino Pereira Ferreira – Turmalina/MG

Valéria Victorino Valle – Anápolis/GO

Valilya Mannathal Hamza – Rio de Janeiro/RJ

Valter Bitencourt Júnior – Salvador/BA

Vânia Rodrigues Calmon – Vila Velha/ES

Vanina Miranda da Cruz – Salvador/BA

Varenka de Fátima Araújo Garrido – Salvado/BA

Vilson Barbosa Costa – Belo Horizonte/MG

Wallace Gomes Moraes – Itambacuri/MG

Walter Teófilo Rocha Garrocho – In memoriam

Weder Ferreira da Silva – Rio de Janeiro/RJ

Wenderson Cardoso – Contagem/MG

Wilson de Oliveira Jasa – São Paulo/SP

Yara Regina Franco – Araraquara/SP

Zenir Izaguirre Carvalho – São Jerônimo/RS

 

Voluntários da Secretaria Geral

Eduardo Amorim Silva

Egmon Schaper Filho

Última atualização do Quadro Social: 05/11/2016