Paz.

Paz.

foto pixabay dominio publico

 

Paz...

Tão almejada paz...

Como podemos encontrar tal sentimento,

que buscamos a todo o momento,

e guardo em meu pensamento?

 

Sois sublime e virtuosa,

mãe de todos os outros sentimentos,

conjunto completo e inerente,

dá-nos prazeres nobres,

sois êxtase,

e nos traz conforto fundamental,

de sua face matriarcal.

 

Paz....

Funde em nossa mente sua lividez,

retirando de nossa face a rigidez,

expressa no olhar hilariante da cólera,

ríspido e conturbado,

do homem desesperado.

 

Paz...

Sois mãe de todos os sentimentos,

soberana e altiva.

Tu és o seio acolhedor,

de seus filhos e filhas,

acolhes a tranquilidade e o amor,

com serenidade e amizade,

transforma o ódio em cumplicidade.

 

 

Paz...

Protetora,

provedora.

Proteges tuas crias,

pois se feres o amor,

prova logo a sua dor.

Na fuga da tranquilidade,

mostra-nos a sua hostilidade.

No perder do prazer,

traz-nos o mal querer.

Oh! Paz impávida da guerra de meu nascer!

Encontra em  ti o meu bem querer.

 

Leandro Campos Alves.

2015.

 

 
Número de páginas: 101 

Edição: 1(2016) 

Formato: Pocket 105x148 

Coloração: Preto e branco 

Acabamento: Brochura s/ orelha 

Tipo de papel: Offset 75g

 

 

 

 

 

 

 

 

www.clubedeautores.com.br/book/206358--Sonhos?topic=mensagens#.VwWSpPkrLIU

 

 Todos direitos estão reservados a autor  conforme artigo (Lei 9610/98).

 

Meus Poemas.

Torre de Babel, por Leandro Campos Alves.

Torre de Babel.       O vento é o nosso polinizador de vidas, o responsável por levar a vida, dar a vida, conduzir a vida.   E com o seu veludo e delicado aconchego, ele leva sementes e pedalas aos quatro cantos do mundo.    E hoje como vento, lembro-me dos...

As Mãos que Afagam, por Leandro Campos Alves.

As Mãos que Afagam.     São minhas aquelas mãos. As mãos que afagam o seu sono, que segura e protege seu tombo.   São minhas aquelas mãos. As mãos que apoiam seu caminho, que acalenta seu coração, que te dá o porto...

Peteca do Destino.

foto pixabay dominio publico         Peteca do Destino.         Quando te ganhei, esposei em meus lábios o sorriso. E da surpresa da vida, então chorei.   Alegria em ter-lhe em minhas mãos, logo o seu feltro abriu. O aroma de sua juventude exalou-se pelo...

Celeiro de Minas, por Leandro Campos Alves.

Celeiro de Minas.   Cravada no seio de Minas, entre as montanhas da Mantiqueira, fica minha pequena cidade, com toda sua diversidade.   Mesmo trazendo neste livro, a minha filosofia interior, não posso deixar de mencionar, o celeiro de cultura, que flora na minha pequena cidade, isso...

Louco Carrossel, por Leandro Campos Alves.

Louco Carrossel.     A vida é como um carrossel. Louco carrossel.   Com o nosso nascimento adquirimos direito ao seu passe. Embarcamos neste brinquedo com o nosso primeiro choro. E na roda da vida,                    ...

Resposta Divina, por Leandro Campos Alves.

Resposta Divina.           O nosso caminho é penoso e distante, nosso corpo sente dor e cansaço, e ao longe enxergamos nosso destino e seguimos viagem. Muitas vezes, olhamos para o horizonte de nossas vidas e clamamos ajuda a...

Minha Prece ao Senhor, por Leandro Campos Alves.

          Algumas vezes na vida, olhamos para o que temos a ganhar no futuro, e o que ganhamos no passado, porém esquecemos-nos de olhar para cima ou para dentro de nossos sentimentos, e ver quem realmente é nosso...

Menção de Despedida, por Leandro Campos Alves.

            Minha homenagem a poetiza.             Leticia de Barros 1972 a 2014            Menção de Despedida.    Hoje a perda bate a porta. Perda dolorosa. Perda nobre. Que dói e vai deixar muita...

Tempo, por Leandro Campos Alves.

   TEMPO.    Gostaria de ter o poder sobre o tempo, tempo saudoso, tempo virtuoso,  mas cruelmente maldoso.  Ah passado distante da vida real,  presente indiscreto,  e futuro incerto.  Juventude perdida,  num laço...

Vida, por Leandro Campos Alves.

Vida.   Não sei se vivo a vida, ou se é ela que vive em mim, sendo apenas minha grande amiga, ou quem sabe outrora, minha própria inimiga.   Sou instrumento de seus desejos, que sendo ela moleca, e sorrateira, algumas vezes se faz de zombeteira.   Acordo em minutos e...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Poemas, crônicas e textos de diversos Autores.

GuerreiraXue.

           Tenho o prazer de ter em nosso meio o trabalho desta escritora, que com o codinome forte e guerreiro, que ao mesmo tempo esconde sua sensibilidade poética e amiga, nos presenteia com alguns de seus trabalhos.   E para meu prazer e felicidade, ela...

Alan Almeida.

Os sentimentos nos faz viajar, sonhar, crescer e refletir. Também traz-nos a utopia dos poetas, a beleza lírica de vossos versos. Um dia em minha cidade natal, no meio de uma festa o destino me presenteou ao apresentar-me um jovem conterrâneo, que na sua realidade e sonhos, descreve seus...

Mahe Leandro.

O que seria do mundo sem as poetas? O que seria da história sem seus construtores? O que seria dos sentimentos sem a beleza da vida escritas em versos? O que seria da literatura sem os romancistas?   A vida seria vazia. A história faltaria partes. O versos não teriam sentidos. A literatura...

Ismael Rocha.

Caminhante,lhe procurei... E já faz tempo. Muitas ruas,muitas luas muitas idas,tantas ilhas. Te encontrei no ser-tão de águas meus sonhos,minhas visões tão claras... Esbaldei-me em teu sorriso,em teu gemido em teu corpo vivo,quente,pulsante eis o infinito instante em que estás comigo. Dou-lhe meu...

Lurdinha Silva.

Luz que ilumina a vida, Um brilho sincero de amizade, Relato a alma poética oculta na história, De uma amiga que sente a utopia dos boêmios, Instintivamente se esconde na simplicidade de seu sorriso, Neste momento a luz se faz, Historicamente sua alma poética se revela. Abrilhantemos seu trabalho,...

Fernanda Costa.

CONTIGO Natureza Contigo  Me envolvo! Contigo vivo Contigo sonho Contigo encontro  A Paz!  Contigo sinto amor! Contigo sinto-me Viva!... Contigo quero Renascer! Respirar-te Cada minuto Cada segundo!... Quero sentir-me Viva! Sentir o teu Abraço  Sem fim Fernanda...

Luma Jota

 Alma eterna!    Minha alma de mulher é eterna pois eterna eu sou Caminho com segurança poucas vezes tropeçando Cândida e receptiva a tudo no âmago do meu ser divino que brota a cada dia mais fé   Minha busca como mulher é eterna Dando um passo de cada vez Sem pressa para...

Celamar Maione.

           De braços dados e mãos unidas, nosso alfabeto se constrói. Constrói  e forma sonhos e textos, sentimentos e desabafos.          Para isso nos serve a diagramação das letras, compondo-se em comunicação,...

Fátima Pereira.

        Sonhos, sentimentos, a sensibilidade feminina nos versos do poema, poesias cheias de sentimentos puros que revelam a alma feminina.         Convido todos leitores a conhecerem o trabalho da Poetisa Fátima...

Poetisa Sandra Pires

ABRAÇA-ME Ontem foi noite de lua cheia intensa... Transformando em magia tanta felicidade. Nosso momento extremo exalando amor. na essência que me fez apaixonar. Levando contigo minha alma Abraça-me quero este amor que estou vivendo dure para sempre. Quero-te tanto, quanto tu me queres cada...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Revistas publicitárias e jornais.

O Viajante

Foto ilustrativa - Kunsthalle de Hamburgo   Apresentação.    Poesia.       A poesia, ou texto lírico, é uma das sete artes tradicionais, pela qual a linguagem humana é utilizada com fins estéticos ou críticos, ou seja, ela retrata algo em que...

Antologia A Fênix Rediviva

Engenhos das palavras apresenta os classificados para a Antologia ¨A Fênix Rediviva” 2017.   “E a coisa mais divina Que há no mundo É viver cada segundo Como o nunca mais” Vinicius de Morais   Poetas: Alerto Augusto Bia Ana Paula Alves Ana Ramos Ângela Maria Gomes Pereira Antonio...

Jornal Panorama 41 anos

Lançamento da II Antologia Liberdade dos Poetas Trabalho que reúne poemas de alunos das escolas do município encantou a todos os presentes             A palavra “poesia” tem origem grega e significa “criação”. É a arte de escrever em versos. Com as...

Placa de agradecimento.

        Uma noite memorável que nunca sairá de nossas lembranças           Ainda flutuando em nuvens, com a alegria estampada no rosto e na alma de poeta, quero carinhosamente agradecer a todos os envolvidos no lançamento da II...

Revista XXV CONCURSO NACIONAL DE POESIAS AUGUSTO DOS ANJOS

  SUMÁRIO Poesias Premiadas ........................................................................................................ 1 1º lugar – Poesia ........................................................................................................... 1 O ASSOALHO DO VELHO...

Finalista do XXV concurso de poesias Augusto dos Anjos

Poema “Roda da Vida” Interprete Fabrício Manca de Souza  Finalista do XXV concurso de poesias Augusto dos Anjos – Pela Academia de Letras de Leopoldina – Novembro de 2016. Autoria Leandro Campos Alves . Roda da Vida. A vida nos ensina, cuida, castiga e reprime. Ama, revolta e...

I Prêmio Literário Gonzaga de Carvalho.

        Eu nunca pensei em expor um de meus trabalhos em um concurso entre acadêmicos, não sabia o que poderia esperar e se estava à altura de meus confrades.         Este ano, recebi o convite da Academia para participar do prêmio...

Vigésima segunda Revista Literária da Lusofonia - Divulga Escritor.

        Comemorando três anos de vida literária, a biografia de nosso trabalho está nas páginas 81 e 82 da revista literária que mais cresce no Brasil e nos países da lusofonia.         Agradeço a Deus, a todos os amigos, aos críticos...

Liberdade Noticias - Jornal Correio do Papagaio.

Fundação da Rádio Comunitária Liberdade FM Artigo do escritor Leandro Campos Alves Foto: Reprodução/ April Johnson CC A rádio que recebeu o nome em homenagem a nossa cidade, “Liberdade”, tem sua origem e fundação uma história que poucas pessoas sabem de verdade, ou, quase ninguém,...

1.000.000 de visualizações

        Quero agradecer a Deus e a todos os amigos por mais esta vitória, a superação de 1.000.000 de visualizações de minha página em dois anos e meio de vida literária.         Recebam todos meu carinho e meu muito...
1 | 2 >>