Paul Richard Ugo

Paul Richard Ugo

Por Shirley M. Cavalcante ( SMC)

 

Publicitário, redator e professor, desde criança criando roteiros de filmes imaginários, e depois roteiros de filmes de treinamento, publicidades em TV, textos para anúncios impressos e, em casa, criando histórias e colecionando ideias. Amante dos livros e filmes de mistério e de autores como Edgard Alan Poe, H.P. Lovecraft, Stephen King e Humberto de Campos, teve influência da série americana de Rod Serling - Twilight Zone, e das produções da inglesa Hammer Films além dos incríveis filmes de Hitchcock. Este é Paul Richard Ugo, contista de mistério que descreve, além da história, o ambiente onde as tramas acontecem fazendo com que cada lugar se transforme também em um personagem.

 

“A leitura pode ser feita com dois pontos de vista. O do simples entretenimento para quem gosta do estilo, e o da crítica ao comportamento humano.”

 

Boa Leitura!

 

Publicitário, professor e escritor Paul Richard Ugo, é um prazer contarmos com a sua participação no projeto Divulga Escritor, conte-nos um pouco sobre o seu livro Contos de Alguns Lugares.

Paul Richard Ugo - Comecei a escrever os Contos de Alguns Lugares como conteúdo de um blog de textos que tenho. Neste estilo, somei 13 contos que me pareceram interessantes para formarem um livro. Mas, acabei me entusiasmando pela opinião de algumas pessoas ligadas ao meio literário para as quais eu enviava pedindo opinião, e ao chegar ao vigésimo segundo conto, que me foi ditado pela intuição, dei por concluída a obra. Hoje o livro está seguindo um caminho muito bom, com críticas positivas por parte de leitores especializados no tema apesar de toda a dificuldade que tenho como escritor desconhecido e estreante. Em dezembro de 2015, três meses depois do lançamento, o livro entrou para a lista dos melhores livros de terror do ano de 2015, segundo o blog Biblioteca do Terror.

 

Em que momento pensou em escrever o seu livro “Contos de Alguns Lugares”?

Paul Richard Ugo - Sempre senti necessidade de escrever. Desde pequeno escrevia roteiros de filmes que nunca foram produzidos, de histórias que nunca viraram livros, até que profissionalmente esta bagagem acabou por me ajudar quando escrevi colunas para jornais, roteiros para filmes publicitários e textos para anúncios em mídia impressa. Mas o sobrenatural sempre me fascinou. Desde meus primeiros filmes em super-8 até as gravações de novelas de comédias de terror com amigos em fitas K-7 gravadas em toscos gravadores portáteis, que o tema terror me acompanha. Foi como um pote que foi enchendo até que decidi dividir minhas histórias com o público. Gosto de pesquisas e o livro me permitiu isso.

 

Como foi a construção dos contos que compõe o livro?

Paul Richard Ugo - Não posso negar que tenho forte influência daquilo que vi e ouvi quando criança. Havia um programa de rádio no Rio de Janeiro chamado “Eu Acredito no Incrível” que eu ouvia com a empregada doméstica que trabalhava em minha casa. Eram assustadores. Depois, não perdia nenhum filme da Hammer Films com Peter Cushing, Vincent Price, Bela Lugosi, Christopher Lee, dentre outros ícones da produtora. Depois disso, a série americana Twilight Zone, ainda na TV em preto e branco (depois houve um remake produzido por Steven Spielberg), me deixava sem dormir. Tive várias experiências sobrenaturais reais que uso em meus contos. Todos eles contêm elementos de experiências vivenciadas por mim sejam pelos lugares por onde passei ou por coisas que realmente aconteceram.

 

O livro tem seu diferencial, por ter em seu contexto acontecimentos bizarros e inexplicáveis em forma de contos, pode nos dar um breve exemplo de temas abordados na obra?

Paul Richard Ugo - A leitura pode ser feita com dois pontos de vista. O do simples entretenimento para quem gosta do estilo, e o da crítica ao comportamento humano. Nos contos, pessoas normais relatam seus sofrimentos, suas fraquezas, suas taras, suas perversões, suas maldades, bondades. Sofrem discriminações, bulling, inveja, ganância, poder e vários contos se basearam em fatos acontecidos nos lugares apresentados. Passeio por várias cidades do Estado de Maryland, pelo Maine, por Nova York dos anos 80, pelos bairros de Lisboa de 1959, pela região do Azeitão, por Londres e pela Escócia. Sempre detalhando diversos fatos e curiosidades históricas e geográficas sobre cada lugar. O bizarro descrito em minhas histórias não é mais forte do que vemos todos os dias. Só intrigam o leitor pois as motivações são sobrenaturais.

 

Que tipo de textos gostas de ler?

Paul Richard Ugo - Gosto de curiosidades sobrenaturais, estudos dos mistérios da alma, do espírito, da relação entre o bem e o mal, dos monstros que habitam nossa fantasia e como eles acabam por se tornarem reais. Gosto de estudos místicos e religiosos, ufológicos, pesquisar sobre tudo à minha volta (o que já fez com que os mais próximos me chamem de Mister Google). Não me considero um intelectual pois estes formam conceitos. Me considero um estudioso com boa informação enciclopédica. Fui criado numa família de educadores, cercado de livros científicos, artísticos e de ciências naturais. Sou um curioso e me aprofundo nos temas que me agucem a curiosidade. Passei por algumas experiências místicas na infância que me levaram a estudar seus motivos e consequências. Em síntese, sou um ser em busca de explicações.

 

Onde podemos comprar o seu livro?  

Paul Richard Ugo - Meu livro está disponível na rede da Livraria da Travessa, onde foi o lançamento em outubro de 2015, para o livro físico. No site da editora Autografia, o leitor pode encontrar o livro físico e o formato e-book. Na Amazon, a versão e-book já está disponível. É só acessar os links a seguir:

Travessa

Amazon

Autografia
 

Quais os principais hobbies do escritor Paul Richard Ugo?

Paul Richard Ugo - Ler, pesquisar, pescar. Recentemente, encontrei um hobbie que tem me encantado e me levado aos tempos em que estudei teatro, que vivi em estúdios, e criei personagens. O meu canal no Youtube. É muito divertido fazer os vídeos que tenho postado e feito sozinho, sem ajuda de ninguém. Preparo meu cenário em casa mesmo, meu figurino, faço meu pequeno roteiro para não fugir do tema, edito, coloco trilhas, efeitos sonoros, visuais, etc. É muito divertido e me tira da realidade por uns instantes. Volto ao meu tempo de adolescente. E, sem dúvida nenhuma, o melhor hobbie é escrever. Às vezes os textos saem “a prima pena” tão prontos que até desconfio se não foram intuídos por algum escritor morto. Quem sabe? Quem quiser visitar o canal, é só acessar o link

https://www.youtube.com/channel/UCLYgRcOjRrgvDYC7m2zvGog

 

Como você vê a literatura no mercado publicitário?

Paul Richard Ugo - Não tenho acompanhado muito o mercado literário mas percebo que apesar da crise que vivemos, os novos meios permitiram um crescimento no número de escritores que encontram cada vez mais facilidades em editar suas obras. Vejo o fenômeno dos Vlogs e Blogs como um manancial usado por editoras para encontrar valores que sejam comercialmente interessantes. Já o mercado publicitário vive olhando para seu próprio umbigo como produtor de entretenimento literário, mas se alimenta cada vez mais destes expoentes escritores pois eles são a renovação das tendências, as vozes das tribos com hábitos muito próprios que acabam formando segmentos mercadológicos bem definidos e interessantes.

 

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor o escritor, publicitário e professor Paul Richard Ugo. Agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

Paul Richard Ugo - Não se limitem a ler os best sellers ou os escritores da moda. Busquem novos textos, novos caminhos literários. Não caiam nas armadilhas das editoras e de escritores que caminham nas sombras de sucessos muitas vezes de qualidade duvidosa, mas que acabam sendo consumidos com a sofreguidão da rápida obsolescência. Busquem textos que fiquem gravados em suas almas, que sejam mais profundos e que possam construir com seus pedacinhos de papel recheados de palavras, seres humanos mais ricos de informações, mais cheios de cultura, mais cheios de arte. Mesmo aqueles que falam sobre as mais mórbidas sombras que habitam nossas almas!

 

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Contato: divulga@divulgaescritor.com

Imagem de divulgação da entrevista

 


 

Fonte: Divulga Escritor

Conheça o maior projeto NACIONAL de apoio a nossa literatura em:

www.divulgaescritor.com/



 

Entrevistas Literárias.

Vanessa Cruz de Araújo

Em 'As Seis Terras Sagradas- A Saga de Hadizat' da autora Vanessa Cruz de Araújo 'Naish é Revelada' Por Shirley M. Cavalcante (SMC)         Vanessa Cruz de Araújo nasceu no Recife (PE) em 1981. Aos doze anos de idade apreciava criar e contar histórias para as amigas,...

MADHU MARETIORE

    Nasci poeta e vou morrer de amor pelos sargaços tristes.       Dizem que sou de Bom Jesus do Itabapoana, Estado do Rio. Eu digo que vivo em Estado de Graça. Dizem que trabalhei por uma eternidade no Banco do Brasil. Eu digo que atualmente adoro um banco de...

Margot Weide

Autora brasileira morando há vinte e cinco anos na Alemanha é destaque na literatura contemporânea Nasci em São Paulo; morei e conheci quase todos os Estados brasileiros. Cursei a escola Técnica de Química Têxtil e me formei pela Universidade Santa Úrsula no Rio de Janeiro, trabalhando durante anos...

Palestrante Anibal Teixeira

Não Faça Birra Faça Economia com o autor e palestrante Anibal Teixeira     Anibal Teixeira é Economista, Empresário, Coach e Analista Comportamental.     Formação Acadêmica: International Professional & Self Coaching (IBC), Mapeamento de Perfil...

Índrea Facenda Falavigno

Cultura Indígena contemporânea é abordada em O Morro dos quatro cantos da autora Índrea Facenda Falavigno Índrea Facenda Falavigno, 30 anos, nasceu em Sarandi (RS), morou em Passo Fundo, Porto Alegre e Caxias do Sul, todas cidades do Rio Grande do Sul, e hoje vive em Florianópolis (SC), onde...

João Bezerra da Silva Neto

por Shirley M. Cavalcante (SMC)       João Bezerra da Silva Neto nasceu em Maraial, Zona da Mata Sul de Pernambuco. Filho de agricultores, ainda criança deixou os campos e veio morar na cidade. Do interior trouxe todas as tendências do caboclo simples e ouvidor de histórias...

Simone Gannam

Lançamento do livro de Simone Gannam reúne familiares, amigos e amantes da literatura Por Gislene Vilela       No final de tarde desta última terça feira (15), estiveram reunidos no Alzira Park Hotel, familiares e amigos de Simone Gannam Lage Ribeiro no lançamento de...

Mirian Menezes de Oliveira

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)   Mestre em Semiótica, Tecnologias de Informação e Educação – UBC – Mogi das Cruzes – SP.  Membro da REBRA - REDE DE ESCRITORAS BRASILEIRAS, da AJEB – ASSOCIAÇÃO DE JORNALISTAS E ESCRITORAS DO BRASIL,  Embaixadora da DIVINE ACADÉMIE FRANÇAISE DES ARTS...

Sandra Boveto

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)   Sandra Boveto (1969) reside em Maringá, no norte do Paraná. É casada e mãe de um menino de oito anos. Graduada em Letras e Direito, pela Universidade Estadual de Maringá, exerce o cargo de auditor-fiscal da Receita Federal desde 2006. Sem abandonar sua...

Paul Richard Ugo

Por Shirley M. Cavalcante ( SMC)   Publicitário, redator e professor, desde criança criando roteiros de filmes imaginários, e depois roteiros de filmes de treinamento, publicidades em TV, textos para anúncios impressos e, em casa, criando histórias e colecionando ideias. Amante dos livros e...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Escritores Convidados.

Isaías Medina López

        Hoje a literatura não tem mais fronteiras, idiomas e separação de gêneros.         Território é a representação dos limites geográficos de nações, porém o talento literário rompe estas barreiras e nos presenteiam com amizades de...

Kátia Storch Moutinho

        Mineira de Teófilo Otoni-MG, radicada em Vitória - ES desde 1981; neste tempo, um hiato, onde foi cursar Design Gráfico na UEMG, em Belo Horizonte.         Empreendedora por natureza e acima de tudo, alguém que ama...

Gravatá Dea G. Coirolo Antunes

        Nasci no Uruguai, fiquei lá até meus 38 anos. Em 1984 vim para o Brasil como correspondente extrangeira do Jornal El Telegráfo de Paysandu Uruguay. Viajei por outros continentes. Sou prof. de Biologia. Curto poetas como Lorca, Neruda, Miguel, Hernandes; Manuel...

Suely Ribella

  Advogada, Escritora, Poeta Acadêmica Imortal, Membro Nacional Vitalício da Academia de Letras do Brasil-ALB; Membro da Associação Internacional de Poetas; Membro do Movimiento Poetas Del Mundo;   SONHADORES   E nos perdemos  em nossas vidas,  por onde andamos...  E...

Daniel Denani

        Daniel Denani (1987) nasceu e cresceu na cidade de São Paulo, no distrito de Pirituba, zona norte. Iniciou sua carreira como escritor aos 14 anos de idade, quando participou mais com estudos na área poética do que obras e trabalhos propriamente ditos, e foi...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Poemas, crônicas e textos de diversos Autores.

Vinícius Reis

    O texto é ótimo, porém com um nível cultural de verbetes e uma singularidade muito expressiva, posso afirmar que a compreensão só dará aos leitores elevados de cultura, por sua complexidade na estrutura.     Mas esta minha humilde opinião não é negativa, e sim,...

A Promessa

        Um rapaz de Cascavel - PR comprou uma moto mas não tinha habilitação, passeando com sua moto pela BR 277 vendo uma blitz da PRF de longe, não tendo como voltar ele desceu da moto e foi empurrando. Passando pela blitz o policial o chamou mas ele já foi logo...

Valdeck Almeida de Jesus

A chegada de Michel Temer no Inferno   Batizado com esse nome É mesmo para temer, Pois parece aquele verbo Criado pra estremecer Todo mundo se amedronta Somente de ouvir dizer.   Ele foi para o inferno Buscar força pra mandar Acabou com o capeta Destruiu tudo por...

Ligia Beltrão

Nós Perfeição   Amo as tuas mãos delicadas Que tiram do meu corpo canções Nas noites pálidas e enluaradas Dentro de nós vibram as emoções   Meus olhos vagam num mar incerto Dos desejos que em meu corpo tremem De pensar em ti de mim tão perto Palavras tontas... Versos que...

Gisiéle Gargioni

        O que falar de um talento assim?         Sei que palavras talvez não seja suficiente para descrever uma poetisa plena, completa.         Me rendo aos poemas de Gisiéle Gargioni – “A princesa da serra...

Laércio Tadeu Januário

O mundo chamado Família.           Neste louco mundo chamado Vida, somos nela lançados através do amor de nossos pais, esta concepção é apenas o início.         Somos apresentados ao mundo através de uma tapa amigo do médico ou...

Memorias de Guerra- Trajetória de Vidas Vividas

        Como não abrir espaço para uma crônica de reflexão destas?         Como não pensar em vitoriosos e derrotados em guerras desumanas?         Como não pensar na vida?      ...

Deunice Maria Andrade.

A fé nos traz a paz, harmoniza nossos sentimentos, abastece nossas forças. Assim como a fé, as palavras, pensamentos e sentimento nobres rega nossa fé. Conheçam um pouco a poetisa que encanta e canta a vida. Leandro Campos Alves. Setembro de 2016.         Conheçam seus...

Miquiáine Laurenço

O que falar de poemas, sem conhecê-los? O que pensar da vida, sem vivê-la? O que imaginar da cultura, sem lê-la?           Cada dia admiro mais as pessoas e os talentos de cada amigo, descubro sonhos e pensamentos, viajo por versos, estrofes e romances.  ...

Hugo Dias "Marduk".

Foi   Foi obra na escuridão, na arte da verdade que nasceu, as flores que sorriu, para o norte que cresceu. Foi corvo que para a morte, no cântico da noite corveja, desprezando a inimizade, da antipatia que inveja. Foi lobos que uivou, sabendo que a noite voltava, os desejos conscientes e...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>