Marcio Campos, autor de livro sobre o Caso Eloá.

Marcio Campos, autor de livro sobre o Caso Eloá.

"Foi uma tremenda derrapada da imprensa", diz Marcio Campos, autor de livro sobre o Caso Eloá

 

Por Thaís Naldoni/Redação Portal IMPRENSA
 
 
 

Há quase dois meses - em 13/11 - começava um sequestro na cidade de Santo André, região metropolitana de São Paulo (SP), que dias depois terminaria com a morte da jovem Eloá Pimentel, de 15 anos, assassinada pelo ex-namorado, Lindemberg Alves, 22.

O caso, que seria mais um dos milhares crimes passionais que acontecem por ano no Brasil, tornou-se uma tragédia nacional e um case a ser estudado se levada em conta a desastrada participação da mídia, que insistiu em interferir na ação policial entrevistando, por vezes consecutivas, o seqüestrador.

Ainda sob o calor da polêmica, em meio a discussões acaloradas de Comissões da Câmara dos Deputados, e de um pedido da indenização do Ministério Público à Rede TV! (a primeira a entrevistar Lindemberg ao vivo), o jornalista Marcio Campos, da Band - que cobriu o caso pela emissora - assina o primeiro livro a ser publicado sobre o tema, através da Editora Landscape: "A tragédia de Eloá - Uma sucessão de erros", lançado nesta esta quarta-feira (10), na Livraria Saraiva, localizada no Shopping Morumbi, em São Paulo (SP).

De acordo com o jornalista, o livro - escrito em oito dias - não se propõe a analisar profundamente o caso, mas a levar informação a todos os que acompanharam o decorrer dos acontecimentos, para que haja a possibilidade de uma reflexão mais profunda da sociedade sobre o tema. Acompanhe a entrevista.


IMPRENSA - O seqüestro da Eloá Pimentel acabou há menos de dois meses. A história está viva ainda na cabeça da população. Não há o risco de que o projeto, e seus participantes - você e a editora - sejam considerados oportunistas?
Marcio Campos
 - Fui convidado pela Editora Landscape para escrever esse livro. Ninguém é ingênuo de achar que as empresas são somente idealistas. É claro todas têm programas idealistas, mas elas têm que pagar suas contas. Falando por mim, me sinto honrado em ter sido convidado para escrever esse livro. Há muitos jornalistas que têm livros na gaveta há anos e não conseguem publicar, não tem editora. No meu caso, fui convidado a escrever.

Se algum crítico, alguém me achar oportunista, vou classificar como hipocrisia, por que imagino que muita gente gostaria de ter recebido o convite que recebi. Acho que vai ter muito oportunista aproveitando o lançamento do livro para se promover em cima de críticas.

O fato é que, no Brasil, não existe a cultura dos livros publicados no calor dos acontecimentos. Nos Estados Unidos, por exemplo, isso é normal. Veja só o número de livros publicados sobre o Barack Obama, na época das eleições presidenciais.

IMPRENSA - Em quais circunstâncias aconteceu o convite da Editora? Você pensou em recusar?
Marcio -
  O diretor comercial da Editora entrou em contato comigo. Nós não nos conhecíamos. Ele me disse que havia acompanhado meu trabalho pela TV, que havia me visto passando informações sobre o Caso Eloá e que havia gostado do meu trabalho. Ele conseguiu falar comigo em um dia à tarde e me convidou para jantar naquele dia. Durante o jantar, ele me apresentou a proposta para escrever o livro.

IMPRENSA - Qual foi sua reação ao convite?
Campos -
 Pedi a ele um tempo para pensar no assunto, mas logo ele me disse que não tinha tempo para dar, já que se tratava de um projeto rápido. Então, fui para casa com a proposta na cabeça, conversei com minha esposa, que também é jornalista, e acabei decidindo por fazer. Em casa, sou o lado emocional, ela é o racional. Juntamos tudo, fizemos a média e, no final, a decisão foi essa.

 

Divulgação  
Capa do livro
IMPRENSA - A Editora estabeleceu um prazo determinado para a entrega da obra?
Campos -
 Estabeleceu sim. Depois de ter aceito o convite, tinha cerca de oito dias para entregar todo o texto para que fosse viável à editora o lançamento ainda neste ano. O fato é que eu não podia tirar licença da Band para escrever porque o projeto era sigiloso. Uma das exigências da editora foi que eu trabalhasse no mais absoluto sigilo. Até por questão de espionagem. Outra empresa poderia abraçar a idéia com outro autor. Então não deixei de trabalhar, continuei na minha rotina normal, mas em qualquer horário livre, estava escrevendo, pesquisando. A única coisa que fiz, foi pedir para que minha esposa viajasse com minha filha (ela tem apenas quatro anos), para que eu tivesse as noites livres para trabalhar. Então, tive quatro noites consecutivas para trabalhar em casa.

 

IMPRENSA - Você nem chegou a tentar uma dispensa da Band?
Campos -
 Nem pedi porque teria que explicar o motivo da licença. Ao dizer que estaria escrevendo um livro, teria que dizer qual, aí não conseguiria manter o sigilo pretendido. Então, usava qualquer brecha para escrever, pesquisar, assistir as matérias das demais emissoras e redigir os textos.

IMPRENSA - Como você fez para assistir as matérias e as entradas ao vivo das demais emissoras? Arquivos, YouTube?
Campos -
 Acabei assistindo todas as emissoras usando uma ferramenta da própria Band, que permite acessar a programação das emissoras, até simultaneamente, na data e horário que escolhermos. Aí, assisti tudo o que todos os canais passaram. Essa ferramenta foi fundamental para o meu trabalho.

IMPRENSA - O livro não se propõe a analisar o caso, dado o pouco tempo que se teve para escrever e também pelo fato de o caso ainda não ter acabado...
Campos -
 O livro se propõe a ser uma ferramenta que leve informação, que mostre exatamente tudo o que aconteceu no seqüestro. Trata-se de uma ferramenta para discussão, para análise, já que, na minha opinião, todos deveriam refletir bastante sobre o caso, tanto as famílias, quanto os órgãos de segurança pública e, claro, a imprensa. As redações precisam discutir, as faculdades precisam discutir. Os pais devem refletir a convivência e o diálogo com os filhos adolescentes.

 

Divulgação
Marcio Campos, da Band
IMPRENSA - Você disse que no livro não fez nenhum juízo de valor. Mas, como jornalista, como você avalia o trabalho da imprensa no Caso Eloá, mais precisamente o fato de a mídia ter entrevistado o seqüestrador?
Campos -
 Acho que foi um erro enorme. No caso da entrevista, a primeira, falava-se em furo. Não vejo isso como um furo, mas como uma tremenda derrapada da imprensa. Nesse caso, a mídia ultrapassou os limites. Durante uma crise, ninguém deve interferir, muito menos a imprensa. Nós, na Band, tínhamos os dois telefones, mas não ligamos. O próprio Coronel responsável pelo caso classificou a entrevista como um "desserviço", já que havia um acordo com Lindemberg em que ele se entregaria logo após o almoço do dia 15/11. Depois das entrevistas, ele recuou e manteve Eloá refém.

 

É o reflexo na concorrência desenfreada que se vê na mídia brasileira, que vem gerando prejuízos aos cidadãos.

IMPRENSA - O que, na sua opinião, fez do Caso Eloá, um namoro mal resolvido, se transformar em uma tragédia de alcance nacional?
Campos -
 Acho que a incompetência em administrar uma crise faz com que ela se torne cada vez maior. Isso em qualquer crise. Juntou-se uma série de fatores à incompetência de diversos agentes da gestão da crise, por isso o caso cresceu tanto.


Serviço
A tragédia de Eloá - Uma sucessão de erros
Autor: Marcio Campos
EditoraLandscape
Páginas:112
Preço: R$ 21,90

 

Fonte: Portal Imprensa, Por Thaís Naldoni/Redação Portal IMPRENSA

Link:portalimprensa.com.br/noticias/entrevista+da+semana/22569/foi+uma+tremenda+derrapada+da+imprensa+diz+marcio+campos+autor+de+livro+sobre+o+caso+eloa

 

Entrevistas Literárias.

Vanessa Cruz de Araújo

Em 'As Seis Terras Sagradas- A Saga de Hadizat' da autora Vanessa Cruz de Araújo 'Naish é Revelada' Por Shirley M. Cavalcante (SMC)         Vanessa Cruz de Araújo nasceu no Recife (PE) em 1981. Aos doze anos de idade apreciava criar e contar histórias para as amigas,...

MADHU MARETIORE

    Nasci poeta e vou morrer de amor pelos sargaços tristes.       Dizem que sou de Bom Jesus do Itabapoana, Estado do Rio. Eu digo que vivo em Estado de Graça. Dizem que trabalhei por uma eternidade no Banco do Brasil. Eu digo que atualmente adoro um banco de...

Margot Weide

Autora brasileira morando há vinte e cinco anos na Alemanha é destaque na literatura contemporânea Nasci em São Paulo; morei e conheci quase todos os Estados brasileiros. Cursei a escola Técnica de Química Têxtil e me formei pela Universidade Santa Úrsula no Rio de Janeiro, trabalhando durante anos...

Palestrante Anibal Teixeira

Não Faça Birra Faça Economia com o autor e palestrante Anibal Teixeira     Anibal Teixeira é Economista, Empresário, Coach e Analista Comportamental.     Formação Acadêmica: International Professional & Self Coaching (IBC), Mapeamento de Perfil...

Índrea Facenda Falavigno

Cultura Indígena contemporânea é abordada em O Morro dos quatro cantos da autora Índrea Facenda Falavigno Índrea Facenda Falavigno, 30 anos, nasceu em Sarandi (RS), morou em Passo Fundo, Porto Alegre e Caxias do Sul, todas cidades do Rio Grande do Sul, e hoje vive em Florianópolis (SC), onde...

João Bezerra da Silva Neto

por Shirley M. Cavalcante (SMC)       João Bezerra da Silva Neto nasceu em Maraial, Zona da Mata Sul de Pernambuco. Filho de agricultores, ainda criança deixou os campos e veio morar na cidade. Do interior trouxe todas as tendências do caboclo simples e ouvidor de histórias...

Simone Gannam

Lançamento do livro de Simone Gannam reúne familiares, amigos e amantes da literatura Por Gislene Vilela       No final de tarde desta última terça feira (15), estiveram reunidos no Alzira Park Hotel, familiares e amigos de Simone Gannam Lage Ribeiro no lançamento de...

Mirian Menezes de Oliveira

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)   Mestre em Semiótica, Tecnologias de Informação e Educação – UBC – Mogi das Cruzes – SP.  Membro da REBRA - REDE DE ESCRITORAS BRASILEIRAS, da AJEB – ASSOCIAÇÃO DE JORNALISTAS E ESCRITORAS DO BRASIL,  Embaixadora da DIVINE ACADÉMIE FRANÇAISE DES ARTS...

Sandra Boveto

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)   Sandra Boveto (1969) reside em Maringá, no norte do Paraná. É casada e mãe de um menino de oito anos. Graduada em Letras e Direito, pela Universidade Estadual de Maringá, exerce o cargo de auditor-fiscal da Receita Federal desde 2006. Sem abandonar sua...

Paul Richard Ugo

Por Shirley M. Cavalcante ( SMC)   Publicitário, redator e professor, desde criança criando roteiros de filmes imaginários, e depois roteiros de filmes de treinamento, publicidades em TV, textos para anúncios impressos e, em casa, criando histórias e colecionando ideias. Amante dos livros e...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Lançamento de Livros.

Espero você voltar Série Os Covericks

Sinopse     Hella tem 27 anos, é bióloga e vive uma vida tranquila com seu filho Tay de 7 anos, mas antes não era bem assim. Max, o pai de Tay é tenente da força aérea brasileira, pilota aviões de caça e praticamente abandonou os dois para se dedicar a profissão. Assim que Hella...

Omi Nios A Guerra da Recriação

Sinopse     Desde os primórdios as guerras sempre estiveram presentes no universo, e pela oitava vez o conflito se expandiu para além de fronteiras, promovido por tiranos que tem em mente uma única filosofia: extinção.     Enquanto morte, desespero e sangue recaem...

Pra Hoje Respire

Novo livro da Editora DCarlos ainda esse mês! Novembro de 2017 Autor: Raick Tavares     Sinopse:       Maurício Mayrink é professor universitário, viúvo há sete anos, pai de Emanuela, uma menina mimada que mora com Elvira sua avó paterna.  ...

O Inferno é verde

Impactante e revelador apresentamos o romance 'O Inferno é verde' do autor R.D. Silveira Impactante e revelador apresentamos o romance 'O Inferno é verde' do autor R.D. Silveira O inferno é verde na Amazônia colombiana, brasileira, da droga, dos conluios e da safadeza da corrupção. Será que a vida...

Lançamento do Livro Idílios, autor Zé de Alencar.

Lançamento do Livro Idílios, autor Zé de Alencar será no dia 25 de novembro de 2017, no Shopping Leste Aricanduva. Livrarias Curitiba – Shopping Leste Aricanduva Avenida Aricanduva , 5555 Cep 03930-110 São Paulo Capital. Organizadora: Fabiana Oliveira - Fotógrafa

Princesinha Amora A Magia das Estrelas

por Marga Spalla Gonsales   Sinopse     Amora é uma princesinha solitária, que encontra a magia nas estrelas e aprende o valor de uma amizade sem preconceitos.     Princesinha Amora é um livro interativo, onde a ilustração fica por conta da criança, aguçando...

Amor que Transforma.

Por: Lu Alckmin   SINOPSE         Como superar a maior dor do mundo Um acidente de helicóptero transformou-se em comoção nacional. Um jovem piloto de avião, morre, juntamente com outros profissionais. Este jovem era Thomas, filho do governador de SP Geraldo...

Cacos do Tempo

        Após o lançamento e sucesso do seu livro Plenilúnio - com contos e crônicas de fácil leitura, apresentados na edição do maior evento livreiro-artístico da América Latina, a 62a Feira do Livro de Porto Alegre (RS) - o Escritor Alcione...

Camaradas e Santos: Notas Sobre Catolicismo Popular e Suas Representações Simbólicas

     O lançamento da obra do nosso autor José Wellington de Souza realizado na UFJF - Anfiteatro do ICH, em 16 de agosto, das 17h30 às 20h.   Sinopse:         Camaradas e santos: notas sobre catolicismo popular e suas representações simbólicas é um...

Reerguida

        Sinopse         Elvira foi espancada até a morte por Pedro, seu cônjuge.         Fora de seu corpo, ela percebe a impossibilidade de proteger seus filhos do homem violento que um dia amou.  ...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

O País e o Mundo.

Churrascaria Bistecão Gaúcho II.

      O paladar fala por si, o atendimento nos cativa, o que falar deste estabelecimento.    Conheço o restaurante Bistecão Gaúcho a mais de 20 anos, um local amplo, com estacionamento próprio, comidas a lacarte, self service, rodízio de carnes preparados e retirados...

Carnaval em Flor 2018.

    O carnaval mais esperado da região já está em pleno vapor. Para a realização do “Carnaval em Flor 2018 em Liberdade as administradoras e idealizadoras do projeto buscam arrecadar verbas através de mais trabalho e laser, demonstrando a todos o exemplo de como a união de pessoas...

Maria Cecilia Camargo

    Muitas vezes a leitura nos encanta pelo soar dos versos e desfecho dos textos e romances, mas como tal, um olhar sobre a sensibilidade feminina nos leva ao fascínio da hipnose, assim eu me refiro ao trabalho da artista curitibana Maria Cecilia Carmargo, que leva para suas...

Caxambu inspira a paz.

        Localizada no sul do Estado de Minas Gerais com acesso pelas rodovias BR267 e BR354, a cidade inspira paz e beleza, suas tardes de sábado na Praça Dezesseis de Setembro localizada no centro da cidade, a cultura e a boa música são constantes.   ...

História do RankBrasil

“Quem é recordista no Brasil está entre os melhores do mundo”, Luciano Cadari       Em 1997, o paranaense Luciano Cadari, que é natural de Altônia e atualmente reside em Curitiba, começou a colecionar informações relacionadas às potencialidades do Brasil em um tímido site,...

3º Seminário do Turismo do circuito Serras de Ibitipoca.

23 de novembro de 2017 Salão da Cachoeira do Sossego Rodovia BR-267, Km 167, s/n Perobas, Lima Duarte.   Programação: 13h – Credenciamento 13:45h – Abertura 14h – Palestra: “Políticas Pública do Turismo em Minas Gerais” – Gustavo Arrais (Secretário Adjunto de Turismo do Estado de Minas Gerais...

Cuiabá.

   Cuiabá. “Fundada pelo bandeirante António Pires de Campos,    Cuiabá origina-se do nome "Ikuiapá", que significa "lugar de flecha-arpão". Acredita-se que o local era frequentado pelos índios Bororo que pescavam com flecha-arpão na foz do rio Ikuiébo, afluente do Rio Cuiabá....

Festa de setembro em Liberdade.

        A imagem do Senhor Bom Jesus do Livramento é considerada uma das mais belas obras de arte sacra de todo o sul de Minas. Esculpida entre os anos de 1720 e 1750, a imagem mede, em seu conjunto, 1,90m. O grande destaque está no sangue que escorre das chagas de...

Alerta do Ministério Público Federal e da Polícia Federal

    Foto ilustrativa web.     Repasso uma informação importante a todos nossos leitores e amigos, pois tenho recebido muitos e-mail de intimação que inicialmente ditos serem da Policial Federal e do Ministério Público Federal, imaginei que pudesse ser fraude, entrei em...

Festival Nacional de Corais em Caxambu MG.

        A administração 2017/2020 de Caxambu a cada dia nos surpreende, o envolvimento do Prefeito Diogo Curi e o Vice Luiz Henrique com a transparência administrativa, o apoio à cultura, e ao desenvolvimento da cidade em prol da população é nítida.  ...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Artigos por Luis Eduardo Garcia Aguiar.

JUAREIZ CORREYA

  Nasceu em Palmares, região Mata Sul do Estado de Pernambuco, Poeta, contista e editor. Diretor editorial da Panamerica Nordestal Editora, do Recife (PE), e assessor da Companhia Editora de Pernambuco – CEPE. Foi colunista de arte do Diário do Grande ABC (Santo André, SP), de 1970...

Felipe Júnior.

Felipe Júnior - por Eduardo Garcia.   Felipe Júnior é Poeta declamador e cordelista nascido em Patos, na Paraíba, e embriagado das vertentes poéticas de São José do Egito-PE. Traz na sua bagagem a poesia viva, engraçada, saudosa, própria da sua terra e dos grandes poetas já...

Rosa Lia Dinelli

  Natural do estado do Amazonas, Município de Maués. É filha de Octávio Monteiro Dinelli e Orsina Michiles Dinelli. Casada e estabelecida em Pernambuco desde o ano de 1958. Mãe de Myrtes, Learsi e Ludmila, que lhe deram sete netos: Saulo, Karina, Priscila, Vanessa, Yasmine, Daniel e...

Austro Costa.

          Austriclínio Ferreira Quirino, o poeta e jornalista nasceu no dia 9 de maio de 1899, na cidade de Limoeiro, em Pernambuco. Sem pai e abandonado pela mãe, foi criado por um tio. Publicou seu primeiro poema em 1913, “O Empata”, em Limoeiro.  ...

Maria das Dores Andrade.

        Maria das Dores Andrade, nascida em 29/02/1976 na cidade de Olinda / PE. Ela é a mãe de Claudio Rodrigo Barros Tiago e Ricardo Barros, escritora, pesquisadora, poetisa. Formou-se em Literatura na Universidade Federal de Pernambuco, atualmente é pós-graduada em...
1 | 2 | 3 >>