Ibitipoca o paraíso mineiro das águas.

Ibitipoca o paraíso mineiro das águas.

Foto tirada por Deby 0209

 

        O que dizer de um paraíso tão perto do céu?

        Ainda não possuo tal resposta, mas com certeza logo a terei, pois passeando por sites sérios que avaliam lugares turísticos, conheci fotos e informações sobre o local que me levou a ter a sensação de estar em Ibitipoca.

        Com certeza Ibitipoca será a nossa próxima parada, e com certeza descobrirei o pedaço do paraíso na terra.

     Mas conheçam algumas reportagens, comentários e o trabalho do carioca Gustavo Riggo, que nos dá exatamente a dimensão desse paraíso chamado.

 

Conceição do Ibitipoca.

 

        O parque apresenta muito contato com a natureza, e mesmo no meio da natureza não perdemos alguns confortos, dentro do parque temos banheiro com chuveiro quente, e uma bela estrutura para receber bem os visitantes.

        Bom para quem gosta de caminhar e paisagens magníficas. Estrada boa para carros baixos.

        Com várias trilhas, de diversos níveis, além de suas águas límpidas porém de cor turva.

         Tem passeio para família toda.

        Lugar mágico! Para quem gosta de aventuras a caminhada à janela do céu é um desafio.

        Para quem vai com crianças o circuito das águas é ideal!

       Existem lugares que não são aconselhados para crianças, porém com guias preparados e uma sinalização adequada, isto não se torna um problema para o passeio da família.

         Bem cuidado, bem sinalizado, limpo, com restaurante excelente e um centro de visitantes com excelente atendimento, o parque encanta quem visita.

        O parque está situado a cerca de 5 km da vila de Ibitipoca em via calçada até o parque.

        Se você quiser conhecer o parque deve chegar cedo por dois motivos: as entradas são limitadas à um número restrito de 300 pessoas (dia de semana) e 800 pessoas (finais de semana) e se o dia estiver quente, as trilhas na pedra começam a ficar muito quente na parte da tarde...

        As trilhas são muito bem sinalizadas, com paradas em lugares bem bonitos de tirar o fôlego! O parque disponibiliza também de cantina e restaurante para você almoçar ou lanchar lá.

        O camping do parque é um local confortável e seguro. Nele também encontramos banheiros limpos com chuveiros quente, área coberta, churrasqueira e o restaurante Alpha Park.

        O Parque Estadual do Ibitipoca com sua natureza preservada, as trilhas são auto guiadas que levam a lugares especiais com um visual sensacional. Para quem gosta e aprecia caminhadas é bom colocar uma mochila nas costas, abastecer com água e um lanche leve, roupa de banho e colocar o pé nas trilhas que levam à “Janela do Céu”, “Pico do Peão” e ainda um circuito pelas águas.

        O legal é conhecer estes pontos turísticos indicados durante a semana, pois nos fins de semana o Parque tende a ficar mais cheio e chegar cedo para garantir a entrada e uma caminhada mais tranquila e sem muito sol.

        Como toda telefonia móvel de nosso país não é grande coisa, o parque é o lugar ideal para quem quer esquecer o mundo, pois celular lá não tem sinal.

 

 

Crítica e texto.

Leandro Campos Alves.

 

Localização:

 

        Localizada na zona da mata mineira, Conceição do Ibitipoca é distrito do município de Lima Duarte-MG, distante 3Km da portaria do Parque Estadual do Ibitipoca. 

       Alguns estudiosos da língua tupi descrevem a tradução do nome Ibitipoca como “casa de pedra”, pela existência das grutas que serviam de moradia aos índios. Outros estudos indicam a versão da “serra que estala” (ibiti= serra + poca = estala), referência aos trovões que são comuns na serra.
        Os primeiros relatos sobre a região datam de 1692, o “Monte do Ebitipoca” é citado no roteiro de viagem do Padre João Faria Fialho (bandeira de Taubaté). No século seguinte, a região atingiu mais de cinco mil moradores em decorrência da procura pelo ouro. Após a descoberta do mineral em abundância, na “Vila Rica”, o êxodo foi geral. Ficou apenas a população mais humilde que não tinha condição financeira para sair. Hoje, 300 anos depois, a vila é frequentada por turistas de todo o mundo e a população não ultrapassa dois mil habitantes.

Fonte: Ibitipoca Turismo.

Link:www.ibitipoca.tur.br/vila/

 

Foto tirada por PaulinhaS2

 

 

Vejam alguns comentário de visitantes.

 

Raquel B

        Parque organizado, com uma maquete ótima na sede que dá uma ideia das trilhas muito boa. O tempo todo o parque apresenta sinalização e nos locais mais perigosos há proteção. Fica cheio então vale à pena chegar cedo, ir preparado com água e snacks. Levar casaco, roupas leves, protetor solar e chapéu - as trilhas em sua maioria são abertas. Vi diversos pássaros lindos!! Vale a visita.

Visitou em agosto de 2015

 

Anna Luiza Santiago.

        O Parque é maravilhoso. Fiz a trilha da Janela do Céu e foi extremamente cansativo, mas o visual compensa muito. As trilhas são muito bem sinalizadas e há alguns guias no caminho.

 

Demarco Fonseca

        O parque é muito bem estruturado. Boa sinalização, acesso, informações etc. São 3 tipos e níveis de roteiro: Circuito das águas, Pico do Peão e Janela do Céu. Fiz somente dois circuitos: o das águas e da Janela do Céu.

O Circuito das águas é o mais fácil e com mais cachoeiras. Tem algo em torno de 6.5km. Ótimo pra ir com criança porque as trilhas são bem fáceis e você não fica tão distante da entrada do parque. Já o da Janela do Céu, não aconselho quem não tenha um bom preparo físico. São aproximadamente 16km de trilhas (ida e volta) e no início você fica aproximadamente uma hora subindo (sim, só subida rs). Após isso, o percurso é quase todo plano, com raras subidas. O visual da janela do céu é um dos mais incríveis que já vi em terras brasileiras. Logo abaixo tem outra cachoeira que é fantástica também.
Dica muito importante: chegue cedo ao parque. A quantidade de pessoas dentro do parque é limitada e do lado de fora forma-se rapidamente uma fila enorme de carros, o que faz você estacionar bem longe e encarar uma subida generosa antes mesmo de entrar. Dentro do parque tem uma lanchonete, logo na entrada. Leve bastante água, protetor solar e comida suficiente pra encarar as várias horas de trilha.

 

 

Ângelo Carvalho

De Belo Horizonte

        O parque possui estacionamento com vagas limitadas. Logo, é preciso chegar mais cedo para poder parar o carro dentro da área do parque, o que economizará aproximadamente 1 Km de caminhada. Na sede, junto do camping e estacionamento há restaurante self-service, sendo que o preço é por pessoa. As trilhas estão repletas de placas de forma que o visitante saiba a distância e tempo de caminhada. Importante levar calçados e roupas confortáveis. Há trilhas com variadas distâncias.

Visitou em julho de 2015

 

Adriana Alves Drica

São João Nepomuceno, MG

        De perder o fôlego! Tanto com a beleza de cada cantinho, como também com a caminhada: subidas e mais subidas, descidas e mais descidas, pedras e mais pedras! Leve lanterna para entrar nas grutas e roupa de banho para dar um mergulho.

Visitou em julho de 2015

 

 

Deby-0209

Rio de Janeiro. 

        O lugar é um verdadeiro sonho. 17 km de caminhada, onde em nenhum momento tive vontade de desistir. A janela do Céu, cachoeirinha, lago dos espelhos, prainha.... Todos os locais são lindos. Muito bem sinalizada. É possível escolher qual caminho seguir em certo ponto. Vale levar água e algo para comer assim como protetor solar, pois trata-se de uma trilha aberta.

 

 

Avelino Filho

Juiz de Fora, MG

        Conheço Ibitipoca desde a adolescência, mais precisamente desde 1995. Assim, pude acompanhar um pouco da evolução da estrutura do "arraial" de Conceição e do Parque.

        O acesso a Conceição e, consequentemente, ao Parque era uma quase aventura quando comecei a frequentar Ibitipoca. Hoje em dia as estradas estão bem mais "suaves". Apesar da estrada que liga o município de Lima Duarte (MG) ao Arraial ser ainda de terra, é bem tranquilo percorrê-la, até "carros 1.000" e os mais baixos sobem a serra. Há pontos do trecho, os que eram os mais problemáticos, que foram até mesmo calçados. Do Arraial até a entrada do Parque o caminho é todo calçado, belíssimo por sinal.

        Há uma boa concorrência de bem estruturados Campings e Pousadas, o que garante preços acessíveis e boa qualidade de serviços em questão de opções de hospedagem; encontra-se do rústico ao mais sofisticado.

        A atração de Ibitipoca é o Parque Estadual, o visual inigualável da natureza. O Parque tem belas cachoeiras que são "razoavelmente" seguras para os "banhos". Para se conhecer e curtir o que a natureza lhe "oferece" em Ibitipoca é indispensável ter disposição para as caminhadas pelas trilhas.

        O "clima" de paz e "real" a sensação de se desligar da rotina "imperam" em Ibitipoca. Noto, sempre que vou, uma "sintonia" no comportamento dos visitantes. Não encontro ninguém querendo promover badernas, carros com som alto, gritaria... Enfim, quem vai a Ibitipoca vai para ter paz, descanso e contemplar.

Visitou em janeiro de 2015

 

Macrina Elizia

Valença, RJ

        La é lugar maravilhoso para caminhada e banho de cachoeira, a água tem cor de coca cola e costuma estar bem fria, paga para entrar no parque

 

 

Bruna

Juiz de Fora, MG

        O Parque de Ibitipoca oferece várias opções para os turistas passarem o dia. Ir à janela do céu é uma opção muito boa e vale muito a pena: ao todo levei 6h para subir e descer mas contando com a parada na janela e paradas ao longo do percurso para fotos e lanche. Vá com roupas leves, tênis confortável e de preferência novo, pois em alguns lugares o piso é escorregadio, leve também um casaco fino, pois por mais que seu corpo esquente em alguns pontos, em outros, como no ponto da cruz o vento é intenso e pede um casaco. Quando eu subi fui de biquini por baixo da roupa para tentar mergulhar na janela do céu que é uma cachoeira. Não consegui mergulhar em si, mas entrei na cachoeira pra ver a vista e tirar fotos. Leve também água e um lanchinho leve! Sem dúvida é uma jornada que recompensa com as lindas vistas o tempo todo.

        Pra quem não quiser ou achar que aguenta subir a Janela a opção é passar o dia no parque e fazer o circuito das águas, visitas as cachoeiras, também é bacana! Leve um lanche pra fazer um “piquenique”.

        Passeio recomendado pra quem gosta de aventura, mas pra quem também não está acostumado.

        Uma dica: vá cedo pro parque pois eles tem um limite de 800 visitantes por ida. No dia que eu fui por exemplo, chegamos por volta das 8h (o parque abre as 7h) e não conseguimos parar o carro dentro do parque.

        O valor da entrada é R$ 20,00 e tem meia entrada também! Vale a pena!

Visitou em junho de 2015

 

 

Pedro H Cardoso

Rio de Janeiro, RJ

        Parque Maravilhoso!!! O Parque é muito bem sinalizado e dispensa guia. O Centro de informações ao visitantes oferece um maquete do parque com informações de todos os pontos principais e sobre os animais e vegetação que ali estão. As trilhas consistem de diferentes níveis de dificuldade. Sendo a mais longa a Janela do Céu. Ponto mais buscado do parque. O caminho até você passa por várias grutas, cavernas e cachoeiras. A vegetação muda ao longo do percurso. É possível ver muitas flores, porém quase não vi animais. Adorei conhecer também a Gruta da Cruz, Gruta dos Três Arcos e Gruta dos Moreiras. Leve muita água, comida, capa de chuva, lanterna e roupa de banho.


Foto JuLourenço.

 

Comentários Fonte: Tripadvisor

Link: www.tripadvisor.com.br/Attraction_Review-g2333153-d2492477-Reviews-Parque_Estadual_do_Ibitipoca-Lima_Duarte_State_of_Minas_Gerais.html

 

CONTATOS


Parque Estadual do Ibitipoca

Telefone: (32) 3281 1101 
e-mail: peibitipoca@meioambiente.mg.gov.br
site: http://www.ief.mg.gov.br

Circuito Turístico Serras de Ibitipoca

Marcio Lucinda - (32) 8418 0494
Daniella Côrtes - (32) 8485 5897
Felipe: (32) 8463 4607
e-mail: circuitoserrasdeibitipoca@yahoo.com.br
site: http://www.circuitoserrasdeibitipoca.com.br


Site ibitipoca.tur.br:
e-mail: webmasters@ibitipoca.tur.br

Webmaster e Webdesigner: 
Leonardo Costa 
(Jornalista e Geógrafo) 
e-mail: leo@ibitipoca.tur.br 



 

 

O vídeo abaixo é de autoria de Gustavo Riggo com Nadyni Teixeira.

www.youtube.com/watch?v=pvNQ2NyBMrA

O País e o Mundo.

Padre Desaparecido em Cachoeira Paulista SP.

        Padre Lázaro está desaparecido desde 09/12/2017, e foi visto pela última vez entrando em um carro ao final da missa de Santa Cabeça em Cachoeira Paulista/ SP.         Quem tiver alguma informação favor ligar para (12)...

III Amostra Cultural Espanhola.

Vai acontecer no calçadão de Caxambu dia 02 de dezembro de 2017  às 10 horas da manhã, a III Amostra Cultural Espanhola. Vai ter comidas típicas e artesanatos para venda. A Loja Valentina Modas irá participar deste evento com desfile das roupas da loja. Contamos com vocês!! Venham nos...

Churrascaria Bistecão Gaúcho II.

      O paladar fala por si, o atendimento nos cativa, o que falar deste estabelecimento.    Conheço o restaurante Bistecão Gaúcho a mais de 20 anos, um local amplo, com estacionamento próprio, comidas a lacarte, self service, rodízio de carnes preparados e retirados...

Carnaval em Flor 2018.

    O carnaval mais esperado da região já está em pleno vapor. Para a realização do “Carnaval em Flor 2018 em Liberdade as administradoras e idealizadoras do projeto buscam arrecadar verbas através de mais trabalho e laser, demonstrando a todos o exemplo de como a união de pessoas...

Maria Cecilia Camargo

    Muitas vezes a leitura nos encanta pelo soar dos versos e desfecho dos textos e romances, mas como tal, um olhar sobre a sensibilidade feminina nos leva ao fascínio da hipnose, assim eu me refiro ao trabalho da artista curitibana Maria Cecilia Carmargo, que leva para suas...

Caxambu inspira a paz.

        Localizada no sul do Estado de Minas Gerais com acesso pelas rodovias BR267 e BR354, a cidade inspira paz e beleza, suas tardes de sábado na Praça Dezesseis de Setembro localizada no centro da cidade, a cultura e a boa música são constantes.   ...

História do RankBrasil

“Quem é recordista no Brasil está entre os melhores do mundo”, Luciano Cadari       Em 1997, o paranaense Luciano Cadari, que é natural de Altônia e atualmente reside em Curitiba, começou a colecionar informações relacionadas às potencialidades do Brasil em um tímido site,...

3º Seminário do Turismo do circuito Serras de Ibitipoca.

23 de novembro de 2017 Salão da Cachoeira do Sossego Rodovia BR-267, Km 167, s/n Perobas, Lima Duarte.   Programação: 13h – Credenciamento 13:45h – Abertura 14h – Palestra: “Políticas Pública do Turismo em Minas Gerais” – Gustavo Arrais (Secretário Adjunto de Turismo do Estado de Minas Gerais...

Cuiabá.

   Cuiabá. “Fundada pelo bandeirante António Pires de Campos,    Cuiabá origina-se do nome "Ikuiapá", que significa "lugar de flecha-arpão". Acredita-se que o local era frequentado pelos índios Bororo que pescavam com flecha-arpão na foz do rio Ikuiébo, afluente do Rio Cuiabá....

Festa de setembro em Liberdade.

        A imagem do Senhor Bom Jesus do Livramento é considerada uma das mais belas obras de arte sacra de todo o sul de Minas. Esculpida entre os anos de 1720 e 1750, a imagem mede, em seu conjunto, 1,90m. O grande destaque está no sangue que escorre das chagas de...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>