Gisiéle Gargioni

Gisiéle Gargioni

        O que falar de um talento assim?

        Sei que palavras talvez não seja suficiente para descrever uma poetisa plena, completa.

        Me rendo aos poemas de Gisiéle Gargioni – “A princesa da serra Catarinense”, e convido a todos nossos leitores a conhecer alguns poemas de sua autoria e se deleitar em seus versos e sonhos.

Leandro Campos Alves

janeiro de 2017

 

 

 

VIDAS SECAS

 

Meu silêncio é tão normal 
A dor já não incomoda tanto 
Acostumei a engolir meu pranto 
Do mundo não espero nada

 

Palavras fúteis 
São tratadas como pérolas 
Vivem em castelos de areia 
Dividem o pecado que os condenam

 

A humanidade está atormentada 
Vidas secas 
Pessoas...
Amarguradas

Erguem muralhas 
Esquecem as pontes 
Secam as fontes
E o deserto na alma impera .

Gisiéle Gargioni- Mente Inquieta

 

Não Resta Mais Nada

Dei tudo de mim a você
O que eu considerava 
O mais valioso
Minha confiança.

 

Entreguei minha vida
O que mais protegi
E minhas lembranças
De tudo aquilo que sempre fugi.

 

Entreguei a você
Meus sonhos...
Meus medos... 
O meu sorriso.

 

Algo tão difícil para mim,
Mas dei tudo de mim
E aprendi
Neste instante aprendi, a confiar somente em mim.

 

E agora a tristeza no meu coração chora,
Pois levou consigo embora 
A esperança de acreditar 
Em um novo recomeço.

 

Gisiéle Gargioni - Mente Inquieta

 

 

REFLEXO

Nasci no caos 
Fruto da esperança 
Do desamor 
Fui gerada no silêncio
Lágrimas contidas 
Na submissão
Na dor.

 

Cheguei ao mundo 
Com uma missão 
Luz e trevas
Sem retroceder
Trouxe uma luz...clarinha
Como flor de jasmim 
Sem entender o porquê
Por que sou assim?

 

Sou o avesso do mundo 
A verdade ofuscada 
Olhe em meus olhos a dor 
Olhe o mundo, amor 
Nada além do seu reflexo em mim 
Resquícios do amor sem fim.

 

Gisiéle Gargioni- Mente Inquieta

 

 

QUISERA EU

 

Quisera eu ser astuta e bater asas
Encurtar caminhos longos 
Conhecer o alto das paisagens
Fazer voos e aterrissagens.

 

Sair sem rumo
Me perder no horizonte 
Atravessar o céu...
Virar miragem.

 

Pudera eu
Ser tudo isso...
E ver o mundo mais bonito.

 

Mente Inquieta– Gisiéle Gargioni

 

 

INQUIETUDE

 

Sim! Sou eu a fitar às horas
Ouvir os ponteiros do relógio
Observar o que ninguém vê.

É vero amigo...
O convencional não se aplica a nós. 
Somos realmente diferentes
E normal entre a multidão, no calor das manhãs.
A quem importa as infindáveis noites em claro?
As horas de completa solidão?
Onde os únicos companheiros 
São os papéis e a caneta.
Os sentimentos que brotam do nada
O silêncio que atormenta a alma...
E nos torna eternos “Poetas”.
Incompreendidos por muitos
Lidos por poucos
E de que importa?
Nada disso mudará quem sou
O que sinto
Minha natureza avessa.
Inquieta...
Incontrolável!
Somos estranhos entre muitos
Sim! Eu Sou Poeta.

 

Mente Inquieta– Gisiéle Gargioni

 

 


 

Fonte:

Poesias e Contos ''Princesa da Serra Catarinense"

Página destinada a disseminação da Poesia Contemporânea, Contos e Fotografias. Autoria de Gisiéle Gargioni.

Link: www.facebook.com/Poesias-e-Contos-Princesa-da-Serra-Catarinense-128316980902698/

 

Todos os direitos são reservados a autor, conforme artigo (lei 9.610/98)

 

Poemas, crônicas e textos de diversos Autores.

Vinícius Reis

    O texto é ótimo, porém com um nível cultural de verbetes e uma singularidade muito expressiva, posso afirmar que a compreensão só dará aos leitores elevados de cultura, por sua complexidade na estrutura.     Mas esta minha humilde opinião não é negativa, e sim,...

A Promessa

        Um rapaz de Cascavel - PR comprou uma moto mas não tinha habilitação, passeando com sua moto pela BR 277 vendo uma blitz da PRF de longe, não tendo como voltar ele desceu da moto e foi empurrando. Passando pela blitz o policial o chamou mas ele já foi logo...

Valdeck Almeida de Jesus

A chegada de Michel Temer no Inferno   Batizado com esse nome É mesmo para temer, Pois parece aquele verbo Criado pra estremecer Todo mundo se amedronta Somente de ouvir dizer.   Ele foi para o inferno Buscar força pra mandar Acabou com o capeta Destruiu tudo por...

Ligia Beltrão

Nós Perfeição   Amo as tuas mãos delicadas Que tiram do meu corpo canções Nas noites pálidas e enluaradas Dentro de nós vibram as emoções   Meus olhos vagam num mar incerto Dos desejos que em meu corpo tremem De pensar em ti de mim tão perto Palavras tontas... Versos que...

Gisiéle Gargioni

        O que falar de um talento assim?         Sei que palavras talvez não seja suficiente para descrever uma poetisa plena, completa.         Me rendo aos poemas de Gisiéle Gargioni – “A princesa da serra...

Laércio Tadeu Januário

O mundo chamado Família.           Neste louco mundo chamado Vida, somos nela lançados através do amor de nossos pais, esta concepção é apenas o início.         Somos apresentados ao mundo através de uma tapa amigo do médico ou...

Memorias de Guerra- Trajetória de Vidas Vividas

        Como não abrir espaço para uma crônica de reflexão destas?         Como não pensar em vitoriosos e derrotados em guerras desumanas?         Como não pensar na vida?      ...

Deunice Maria Andrade.

A fé nos traz a paz, harmoniza nossos sentimentos, abastece nossas forças. Assim como a fé, as palavras, pensamentos e sentimento nobres rega nossa fé. Conheçam um pouco a poetisa que encanta e canta a vida. Leandro Campos Alves. Setembro de 2016.         Conheçam seus...

Miquiáine Laurenço

O que falar de poemas, sem conhecê-los? O que pensar da vida, sem vivê-la? O que imaginar da cultura, sem lê-la?           Cada dia admiro mais as pessoas e os talentos de cada amigo, descubro sonhos e pensamentos, viajo por versos, estrofes e romances.  ...

Hugo Dias "Marduk".

Foi   Foi obra na escuridão, na arte da verdade que nasceu, as flores que sorriu, para o norte que cresceu. Foi corvo que para a morte, no cântico da noite corveja, desprezando a inimizade, da antipatia que inveja. Foi lobos que uivou, sabendo que a noite voltava, os desejos conscientes e...

Neon - Luís Felipe

Mestre dos ladrões   Deguste o vinho, Mais caro que a vida de teu irmão Enquanto tuas bombas explodem em longínqua terra Surdez perante a sinfonia do desespero Leviatã, o simplório ladrão Não esconde o sangue em suas mãos Os que enxergam, mas não possuem visão Se põem a servir, festejar e...

Luciano Spagnol

POETA MINEIRO DO CERRADO Poeta do cerrado, simplista, mineiro de Araguari, fevereiro de 1958, mariano, formado em Fisioterapia pela UCP, Petrópolis, criado no Rio de Janeiro.   "Sou alma do cerrado, pé no chão, do Triângulo, do chapadão... Pão de queijo com café, fogão de lenha, das vilas...

Ione Kadlec

  Ione Kadlec   Graduada em Letras e Pós-graduada em Psicopedagogia na Educação. Autora do livro O Enigma dos Guardiões, Editora Biblioteca 24 horas.  O livro, literatura Fantástica, nasceu com o intuito de por, no papel, ideias da filha única. E, assim, neste encontro de...

Ricardo Cunha Costa

CALOROSA Abraça-me! Abre os braços aos abraços Há tanto que esperando te envolver. Deixa-me, ao te tocar, enternecer Porquanto me reténs os olhos baços. Para o bem ou não, toma-me em teus braços, Sob pena de jamais acontecer... E, entregues à alegria, ousemos ser Apenas dois ladeando breves...

Sainz José del Río.

Luis Alberto de Cuenca escrever uma introdução para as obras completas de esse poeta santanderino. É chamar o seguinte. JOSEPH RIO Sainz é hoje, a partir de sua estátua no Sardinero Santander, um poeta esquecido. leitura obrigatória nas escolas e faculdades transformaram a...

Mahe Leandro.

O que seria do mundo sem as poetas? O que seria da história sem seus construtores? O que seria dos sentimentos sem a beleza da vida escritas em versos? O que seria da literatura sem os romancistas?   A vida seria vazia. A história faltaria partes. O versos não teriam sentidos. A literatura...

Cristiane Vilarinho.

        Cristiane Vilarinho é carioca, escritora e professora e roteirista. Cursando Letras e Literatura, é Professora em formação de professores no ensino fundamental. Curso de roteirista. Participou de oficinas literárias. Atualmente trabalha, única...

EDU LAZARO.

        Eduardo Brancaglioni Marquetti Lazaro conhecido por Edu Lazaro entre os amigos e o meio literário, é morador da grande São Paulo.         Estudante de Psicologia na Anhanguera Educacional; Eduardo encontrou em...

Fátima Pereira.

        Sonhos, sentimentos, a sensibilidade feminina nos versos do poema, poesias cheias de sentimentos puros que revelam a alma feminina.         Convido todos leitores a conhecerem o trabalho da Poetisa Fátima...

Maria de Lourdes Castelo Branco.

        Quero carinhosamente apresentar alguns trabalhos que tive o prazer em conhecer, a literatura nos revela amigos, sonhos, poetas e boêmios, que se desnudam em seus versos para mostrar-nos seus sentimentos.         Conheçam o trabalho...
1 | 2 | 3 >>

Escritores Convidados.

Isaías Medina López

        Hoje a literatura não tem mais fronteiras, idiomas e separação de gêneros.         Território é a representação dos limites geográficos de nações, porém o talento literário rompe estas barreiras e nos presenteiam com amizades de...

Kátia Storch Moutinho

        Mineira de Teófilo Otoni-MG, radicada em Vitória - ES desde 1981; neste tempo, um hiato, onde foi cursar Design Gráfico na UEMG, em Belo Horizonte.         Empreendedora por natureza e acima de tudo, alguém que ama...

Gravatá Dea G. Coirolo Antunes

        Nasci no Uruguai, fiquei lá até meus 38 anos. Em 1984 vim para o Brasil como correspondente extrangeira do Jornal El Telegráfo de Paysandu Uruguay. Viajei por outros continentes. Sou prof. de Biologia. Curto poetas como Lorca, Neruda, Miguel, Hernandes; Manuel...

Suely Ribella

  Advogada, Escritora, Poeta Acadêmica Imortal, Membro Nacional Vitalício da Academia de Letras do Brasil-ALB; Membro da Associação Internacional de Poetas; Membro do Movimiento Poetas Del Mundo;   SONHADORES   E nos perdemos  em nossas vidas,  por onde andamos...  E...

Daniel Denani

        Daniel Denani (1987) nasceu e cresceu na cidade de São Paulo, no distrito de Pirituba, zona norte. Iniciou sua carreira como escritor aos 14 anos de idade, quando participou mais com estudos na área poética do que obras e trabalhos propriamente ditos, e foi...

Anuragi Mauricio Antonio Veloso Duarte

    O coração do mundo Doces rusgas de namorados, destinos destilados em aguardentes, cadáveres de generais apodrecendo, turbas de pedintes, claves de sol no ar, quebras de mar na praia à noite, levas de ouriços,  um não sei quê de...

José Alberto Sá.

        Existem aqueles escritores que caminham e lutam para conquistar seu lugar ao sol, mas também existem os mestres, pessoas iluminadas pelo dom divino da expressão, pela força das palavras e pelo carisma, que constroem seu nome sobre a dádiva  de...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>