Efigênia Coutinho.

Efigênia Coutinho.

 

                     Andando por sites e blogs de meus amigos literários, deparei-me com o trabalho desta escritora e poetisa, Efigênia Coutinho. 

                 Viajei em seus versos e poemas, admirei o seu trabalho feito com certeza com muito zelo e amor, com uma dedicação que só a maturidade nos presenteia, Efigênia nos brinda com seus poemas, alguns em parceria com outros autores, mas todos com uma profundidade erudita que nos encanta, por isso convido aos amigos e leitores a passear pelas palavras desta Poetisa.  

 

 

 

Mulher Mãe e Futura Avó - 2009 -Efigenia Coutinho e Eugénio de Sá.

 

M

 


Mulher Mãe e Futura Avó - 2009
Efigenia Coutinho

     Eu vou vendo na face da terra muitos animais errabundos, são aves, peixes, quadrúpedes. Vejo o bailado das andorinhas fenderem o céu atravessando o Oceano infinito. E vi o alcião nunca repousar as asas cansadas, suspensas sempre entre o azul do céu e o azul do grande mar.Sei também que os peixes passam dum a outro mar, e que as baleias viajam dum a outro pólo. Mas nenhuma espécie destas, vive uma vida como nós os seres humanos.
    
     Talvez eu tenha ânsia em procurar para minha vida, um sentido mais alegre, como se eu fosse um peixe, pois procuro mais a fonte que a terra, e onde ela esta se não se espelha na onda,  afigura-se que está morta toda a natureza humana. Procuro a água, amiga minha, ao pé das geleiras, onde gota a gota,estilando entre os granitos, vai beijando os macios musgos e miosótis azuis.
 
   Murmuram, ou antes balbuciavam aquela água palreira, como os sons duma criança que aprende a falar. Provei desta água, e achei-a doce como mel, continuei minha busca, desci da geleira pela encosta dos montes, e arroios, regatos e torrentes me encantavam as alegrias da água criança tornada menina.

      Bebi sedenta daquela água, e achei-a mais doce ainda. Os regatos e as torrentes desciam sempre,desciam todos, procurando no leito dos rios, não sei dizer o que, talvez o puro Amor, para o qual correm com ânsia fadigosa todas as criaturas vivas. Continuei a descer os rios, que correm um após outros com fúria crescente. Provei todas essas águas, e eram sempre adocicadas.

    A água criança havia-se tornado menina, e depois uma mulher, e um tempo depois uma MÃE. Todas essas águas são doces, porque são lágrimas espremidas dos olhos duma mulher Mãe, das que Amam e são Amadas, das que bendizem ao bom Deuspela vida vivida. E regatos palreiros, e torrentes ruidosas, e rios                      murmurantes desta vida, tem pouca água, visto como as alegrias duma Mãe que vai vendo a vida nascendo noutro ser, e o poder sublimado de Deus em ser Avó.

 

Balneário Camboriú - 2009


Efigênia
Poeta-Mãe-Avó
Eugénio de Sá
( resposta à poeta e amiga )

É ness' hídrica essência que te inspiras
No manancial que te energiza a vida
E te enche da poesia que respiras

Ah Poeta, Mãe, Avó, tu sabes bem
Que uma vida se gesta envolvida
Na água que protege e está pr'além

Da que uma fonte generosa dá
E nos mitiga a sede assim sorvida
Com a doçura própria de Yemanjá

E a tua prole ao partilhar-te os dias
Mostra-te quanto tu lhes és querida
Louvando as sedes que tu lhes sacias 

Portugal.






 

 

Postado por Efigênia Coutinho

 

 

 

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Marias... Efigênia Coutinho e Humberto - Poeta

 

 

 

Marias!...
Efigênia Coutinho

 

Maria! 
Maria menina, 
Transforma-se na surdina, 
Em Maria mãe, mulher... 
Desfolhando o bem-me-quer, 
Vai Maria, a amante, 
No seu dengo a deslumbrar, 
Regendo o seu instante 
Vai ao mundo encantar! 

Marias! 
Num lacre de emoção 
E a Inteligência usando, 
Com sua sagaz compleição, 
Suas marcas vão deixando. 
E em suaves melodias 
Numa impar magnificência, 
Transbordam as mães Marias 
Iluminando a existência, 

Marias? 
Menina? Mãe? Mulher? 
Companheira? Amiga? Amante? 
Apenas Maria. 
Que faz de cada instante, 
Obrando com sua destreza
Seu reino de mágica supremacia 
Para mostrar sua realeza, 
Que o universo reverencia! 


MENINA MARIA...
Humberto - Poeta

A ti, menina Maria,
que desperdiças teu dia
nos becos frios das ruas...
Quem te maltratou assim,
que tão cedo pôs um fim
nas vãs esperanças tuas?

Que é feito daqueles sonhos
de teres dias risonhos
com teu Príncipe Encantado?
Vai pra casa enquanto é tempo,
tira de ti o contratempo
de viver para o pecado!

És moça e sadia ainda,
mas já velha e não tão linda
verás da vida os poréns...
Não mais terás quem te afague,
nem alguém que por ti pague
a esmola de dez vinténs!

Foge dessa realidade,
sê honesta e te persuade
destes paternos conselhos:
co'um pouco de Deus e amor
jamais hás de ter pavor
de mirar-te em teus espelhos!

 

 

 

Postado por Efigênia Coutinho

 

 

 

sábado, 7 de junho de 2014

Vento Bailador Efigenia Coutinho & Luiz Poeta

 

 

 

 

Vento Bailador

Em todo amanhecer e anoitecer,
minha alma de corpo presente,
sente passar um vento bailador
trazendo em suas asas
um terno amor...

Na alegria entrelaço
meus pensamentos ao som
da dança entre ás estrelas.
E tão visível é meu sorriso,
tão claros meus devaneios.
que ao meu riso me sorris
adivinhando-me por inteiro.

Ah! vento bailador,
nenhum teve igual encantamento
como o teu .Com ervada flecha
certeira e falaz, me cravou
peito,deixando todo seu amor.

Esta magia me pertence,
dentro d`alma deixei que
se aninhasse.
Trazendo  tua voz,
desenhando barulhos de ramos,
e bendizendo para o tempo
os momentos em que nos amamos!

 

Efigênia  Coutinho (Mallemont)
 Camboriú, 2000 Outubro 

 

      

    ASAS DE PASSARINHO 
Luiz Poeta ( sbacem - rj ) -
Luiz Gilberto de Barros
às 12 h e 36 min do Rio de Janeiro,
Brasil, especialmente para minha
eterna irmã de lirismo e sentimentos
Efigênia Coutinho.

Quando no vento tu voas
Com asas de passarinho,
O amor te mostra um caminho
Dentro da tua alma boa.

E o faz com tanto carinho,
Que uma palavra ressoa
Sutil e logo povoa
Teu peito... devagarzinho.

Teu corpo sensorializa
O frio desse momento
E todo o teu sentimento
Se solta em tua pele lisa...

E logo, no teu olhar,
Um ilustre passarinho
Mostra que há um novo ninho
Onde os sonhos vem pousar.

Então, o amor avisa
Que a tua solidão
Sumiu do teu coração
Num simples sopro de brisa.

 

 

Postado por Efigênia Coutinho

 

 

 

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Frenesi Efigenia Coutinho & António Zumaia.

 

 

 

 

Frenesi
Efigênia Coutinho 

 

 

Quando os teus olhos, fitei,
Mundos de desejos e loucura...
Senti bater descompassado 
Meu coração, em infinda formosura.
Todo o meu ser, entreguei
Num total frenesi afogueado...
Uma explosão de orbes 
Entre o céu a terra, cegou-me
Com tanta sedução, aos astros elevou-me! 
Há! Que esplendor, sublime fulgor!
Templos, altares, louvor...
Mundos de sentimentos e magias
Que belas Ilusões divinais. Sinfonias!
Celestes aromas vertem do corpo.
Neste altar dos deuses
Meu destino será mais belo. 
Num conto de fadas me encanto...
Dourado sonho canto.
Ainda te tenho pelas noites minhas
Nas cinco pontas duma estrela brilhante,
São teus raios ainda a iluminar meu estro!
E neste supremo instante,
Em poema, este arrebatamento eu selo!

 

Balneário Camboriú

 

 

Frenesim

António Zumaia

Estoril – Portugal

 

Ajoelhado à frente desse altar,

clamando por ti ó sacerdotisa…

Em doce amplexo eu quero rezar,

neste divino amor… que se eterniza.

 

Confundo o céu na luz desse olhar;

Em doce prece oferece os seios,

que esse belo coração vão zelar,

nos sentimentos, a causa de enleios.

 

Vem deusa… no âmago do poema;

Mostra ao homem o terrível dilema:

Que apenas a poesia nos une.

 

Mas bem temível é essa verdade,

que arrebata aos céus e dá a saudade…

A tua ausência e do teu perfume.

 

Soneto de louvor ao belo poema da poetisa Efigénia Coutinho.

 

Estoril – Portugal

 

Postado por Efigênia Coutinho

 

 

 

domingo, 1 de junho de 2014

Amor Etéreo Ernane Gusmão e Efigenia Coutinho

 

 

 

 

AMOR ETÉREO
 Ernane Gusmão

Falar assim de longe,sem te ver
sentindo alguma coisa tão amada
é quanto ver o sol alvorescer
mal raia,doce e fresca,a madrugada.

E quando amanhesce,a lufada
de versos e poemas vou beber.
É como o peregrino a sua aguada
vai ledo,muito cedo,conhecer.

Matar a sede,sem beber a água,
como perdão,sem olvidar a mágoa
é algo que o poeta sempre faz.

Porque na vida,a gente ama e sente
e se conhece só de "tão somente"...
e mesmo na distância se compraz!...

Ernane Gusmão-190308 entre 16 e 17horas


REFÉM 
Efigênia Coutinho

Os sonhos narraremos com flores,
Refém fiquei de teus versos!
Mas muito contará por manhãs
rosadas, derramando fulgores.

E lá no etéreo manto do amor,
ao amor contido nos teus versos, 
enfeitiçados pela aurora refulgente
diremos tudo o que sentimos de poentes, 

Sem ter o coração magoado;
beijo do meu beijo dourado
teus lábios, mesmo que ausentes,

vamos, poeta, namorar as flores!
Olhar etéreo de estrelejados amores!
enlaçando casualmente a nossa afeição!

 

Postado por Efigênia Coutinho

 

 

 

Rosa e Mulher - Efigenia Coutinho e ZéFerro

 

 

 

 

ROSA E MULHER
Efigênia Coutinho

Quando cantas a rosa e a mulher,
Ambas se encantam do teu canto.
Divino canto para meu encanto,
Astro luminoso,água,ar,terra,fogo!

Mesmo adiando este encanto
Seja dia ou noite  não tardam  
ternura, decisões arrebatam
ao quarto, induzindo ao fato!

Poesia também é promessa... 
Estalam e quebram portas fechadas,
fervilhando teus passos,
onde o corpo se larga lasso!...

Desabrochando, a Mulher e a rosa,
dançam teus olhos na boca airosa,
tecendo tardes fugidamente...
O ar e o calor são incandescentes!

Balneário Camboriú

 

                      Para conhecer melhor o trabalho desta grande Escritora, acessem: efigeniacoutinho-duetos.blogspot.com.br/ Boa  viajem literária a todos amigos leitores.

 

 

 

Todos os direitos são reservados a autora Efigênia Coutinho conforme artigo (Lei 9610/98).



 

Poemas, crônicas e textos de diversos Autores.

Vinícius Reis

    O texto é ótimo, porém com um nível cultural de verbetes e uma singularidade muito expressiva, posso afirmar que a compreensão só dará aos leitores elevados de cultura, por sua complexidade na estrutura.     Mas esta minha humilde opinião não é negativa, e sim,...

Vanessa Sant'Anna da Silva.

        Convido a todos os amigos a conhecerem esta escritora que aqui apresento, pois quando iniciei minhas publicações, ela foi a primeira a me presentear com a sua saudação e o apoio literário. Tenho pela escritora Vanessa Sant'Anna da Silva, um imenso...

A Promessa

        Um rapaz de Cascavel - PR comprou uma moto mas não tinha habilitação, passeando com sua moto pela BR 277 vendo uma blitz da PRF de longe, não tendo como voltar ele desceu da moto e foi empurrando. Passando pela blitz o policial o chamou mas ele já foi logo...

Tanea Fragoso.

        Quero apresentar o trabalho desta grande poetisa, que descreve os sentimentos e a sensibilidade feminina nas linhas de seus poemas. Conheça um pouco do trabalho da Escritora Tanea Fragoso, conforme as copla dos poemas de sua página.     Teu...

Roberto Ferrari.

Doce Paixão   Olhos de paixão Um sorriso convidativo Em uma fração de segundos Nossos corpos tremem por inteiro  Nossas almas se incendeiam O calor toma conta de nossos corpos Nossos corações denunciam É paixão... Desejo de estar junto Chama incontrolável  Que faz arder nosso...

Adoração em Santidade por Fabiana Miranda.

        Quando nos falta o sentimento e a solidão toma conta de nós, deixando-nos no caminho da tristeza e da falta de esperança, Deus nos colhe em seus braços e nos carrega por caminhos entre espinhos e pedregulhos, porém em Seu caminho não existem atalhos,...

Sueli Teresinha do Rocio Schulka.

       Pelo caminho literário encontramos poetas e poetisas, escritores da vida e de sonhos, e com este carinho quero apresentar a poetisa Sueli  Schulka.   É natural de Curitiba (PR), onde vive e trabalha . Poetisa e Ativista Cultural. Graduou-se em...

Poetisa Sandra Pires

ABRAÇA-ME Ontem foi noite de lua cheia intensa... Transformando em magia tanta felicidade. Nosso momento extremo exalando amor. na essência que me fez apaixonar. Levando contigo minha alma Abraça-me quero este amor que estou vivendo dure para sempre. Quero-te tanto, quanto tu me queres cada...

Lúcia Helena.

        Uma obra, uma história, um destino decorrido de sonhos ou da experiência da vida?         Pelo caminho literário encontramos poetas e poetisas, escritores da vida e de sonhos, e com este carinho quero apresentar...

EDU LAZARO.

        Eduardo Brancaglioni Marquetti Lazaro conhecido por Edu Lazaro entre os amigos e o meio literário, é morador da grande São Paulo.         Estudante de Psicologia na Anhanguera Educacional; Eduardo encontrou em...

José Fernando.

                Convido aos leitores amigos a conhecerem o trabalho do Poeta Jose Fernando Pinto, um poeta que nos traz a sabedoria e romantismo em seus...

Poeta Hei de Ser, André Anlub.

Poeta Hei de Ser       Um dia me perguntaram o por quê? Por que ser? Por que fazer? Por que ter tanto trabalho, para ser um poeta e escritor? A resposta é muito simples. Trata-se simplesmente de amor. Amor às rimas. Amor às...

Sainz José del Río.

Luis Alberto de Cuenca escrever uma introdução para as obras completas de esse poeta santanderino. É chamar o seguinte. JOSEPH RIO Sainz é hoje, a partir de sua estátua no Sardinero Santander, um poeta esquecido. leitura obrigatória nas escolas e faculdades transformaram a...

Alan Almeida.

Os sentimentos nos faz viajar, sonhar, crescer e refletir. Também traz-nos a utopia dos poetas, a beleza lírica de vossos versos. Um dia em minha cidade natal, no meio de uma festa o destino me presenteou ao apresentar-me um jovem conterrâneo, que na sua realidade e sonhos, descreve seus...

Goretti Mello Fernandes.

  SOBRE GORETTI ‎. . . A transparência do meu coração É o maior valor que trago na vida. (Todo o meu sentir é sagrado) Cida Luz .     CITAÇÕES FAVORITAS Amor verdadeiro... É aquele que nada se cobra. e tudo se entrega. Não se implora. Se doa, se vive ... Porque o amor em sua...

Neon - Luís Felipe

Mestre dos ladrões   Deguste o vinho, Mais caro que a vida de teu irmão Enquanto tuas bombas explodem em longínqua terra Surdez perante a sinfonia do desespero Leviatã, o simplório ladrão Não esconde o sangue em suas mãos Os que enxergam, mas não possuem visão Se põem a servir, festejar e...

Hugo Dias "Marduk".

Foi   Foi obra na escuridão, na arte da verdade que nasceu, as flores que sorriu, para o norte que cresceu. Foi corvo que para a morte, no cântico da noite corveja, desprezando a inimizade, da antipatia que inveja. Foi lobos que uivou, sabendo que a noite voltava, os desejos conscientes e...

Eliane Campos.

          Na maioria das vezes, um garimpeiro tem lapidar a pedra bruta para transformá-la na mais bela joia, retirando de suas formas e cores o seu brilho mais reluzente, como este trabalho árduo da labuta do carimbo, nós trabalhadores...

Maria Nicodemos de souza.

Poesia à Janela Nicodemos de Sousa.   Na distância dos continentes, Interagimos com amigos distantes, como se morassem ao nosso lado, orgulho em apresentar agora, dona Nicodemos a poetiza da ilha do fado. em versos e estrofes ela compõe suas...

Valdeck Almeida de Jesus

A chegada de Michel Temer no Inferno   Batizado com esse nome É mesmo para temer, Pois parece aquele verbo Criado pra estremecer Todo mundo se amedronta Somente de ouvir dizer.   Ele foi para o inferno Buscar força pra mandar Acabou com o capeta Destruiu tudo por...

Mahe Leandro.

O que seria do mundo sem as poetas? O que seria da história sem seus construtores? O que seria dos sentimentos sem a beleza da vida escritas em versos? O que seria da literatura sem os romancistas?   A vida seria vazia. A história faltaria partes. O versos não teriam sentidos. A literatura...

Maria de Lourdes Castelo Branco.

        Quero carinhosamente apresentar alguns trabalhos que tive o prazer em conhecer, a literatura nos revela amigos, sonhos, poetas e boêmios, que se desnudam em seus versos para mostrar-nos seus sentimentos.         Conheçam o trabalho...

Luciano Spagnol

POETA MINEIRO DO CERRADO Poeta do cerrado, simplista, mineiro de Araguari, fevereiro de 1958, mariano, formado em Fisioterapia pela UCP, Petrópolis, criado no Rio de Janeiro.   "Sou alma do cerrado, pé no chão, do Triângulo, do chapadão... Pão de queijo com café, fogão de lenha, das vilas...

Efigênia Coutinho.

                       Andando por sites e blogs de meus amigos literários, deparei-me com o trabalho desta escritora e poetisa, Efigênia Coutinho.       ...

Fátima Pereira.

        Sonhos, sentimentos, a sensibilidade feminina nos versos do poema, poesias cheias de sentimentos puros que revelam a alma feminina.         Convido todos leitores a conhecerem o trabalho da Poetisa Fátima...

Lucia Helena Huback

        Nossos pensamentos é a inspiração de nossas letras e poemas, a vida é o instrumento de nossos caminhos que nos unem em amizade.         Mesmo que a distância esteja entre amigos, nossos sonhos, nossas paixões e o amor pelas rímas,...

Ismael Rocha.

Caminhante,lhe procurei... E já faz tempo. Muitas ruas,muitas luas muitas idas,tantas ilhas. Te encontrei no ser-tão de águas meus sonhos,minhas visões tão claras... Esbaldei-me em teu sorriso,em teu gemido em teu corpo vivo,quente,pulsante eis o infinito instante em que estás comigo. Dou-lhe meu...

Luisa Brás Pacheco

Poemas Poemas são mais que palavras Rimas, versos ou quadras cantadas Poesia é livre, mesmo acorrentada Tece teias nas inquietas madrugadas Embala sonhos quando acordada No sol que desponta no horizonte Na água que brota da fonte No cheiro a terra molhada No vento que sopra no monte E nas...

Deunice Maria Andrade.

A fé nos traz a paz, harmoniza nossos sentimentos, abastece nossas forças. Assim como a fé, as palavras, pensamentos e sentimento nobres rega nossa fé. Conheçam um pouco a poetisa que encanta e canta a vida. Leandro Campos Alves. Setembro de 2016.         Conheçam seus...

PÉ NO CHÃO de André Dassunpção.

 “PÉ NO CHÃO"    Uma criança sem família,  uma criança de rua.   "Sonhei que era rei do mundo”, com o dom de tudo mudar, sentado em meu trono de pedra,  olhando o tempo passar, meu castelo era florido meus tapetes verdes campos,  meu reino um grande mar, eu era...

Miquiáine Laurenço

O que falar de poemas, sem conhecê-los? O que pensar da vida, sem vivê-la? O que imaginar da cultura, sem lê-la?           Cada dia admiro mais as pessoas e os talentos de cada amigo, descubro sonhos e pensamentos, viajo por versos, estrofes e romances.  ...

Noeli de Carvalho

        Com carinho apresento os trabalhos dessa mulher de mil faces, poetisa, escritora, jornalista e mãe, que ungida pelo amor a literatura e pelas suas filhas, divulga a beleza poética nas linhas de seus...

Maria da Gloria.

  MINAS GERAIS   Minas Alegre Canta Conquista Praça repleta versos corais Surgem estrelas brilhos cronistas Missas e prendas velhos casais.   Jovens crianças até repentistas, Berço de Minas muitos florais Ouro e pedras, quiçá cabalista Vales...

Luma Jota

 Alma eterna!    Minha alma de mulher é eterna pois eterna eu sou Caminho com segurança poucas vezes tropeçando Cândida e receptiva a tudo no âmago do meu ser divino que brota a cada dia mais fé   Minha busca como mulher é eterna Dando um passo de cada vez Sem pressa para...

Luciana Nobre

        A vida nos enche de surpresa e amigos surpreendentes, a Deus agradeço a oportunidade de ter em nossos meio amigos que nos brinda com uma imensidão de cultura, talentos e sentimentos.         Um dia entrei no...

João Fernandes Monteiro.

    Tenho o prazer e o carinho de trazer os pensamentos e poemas deste amigo, Fernando Realista, o poeta de Luanda para o mundo.     Todos os textos abaixo são de sua autoria, copiados da página pessoal e de algumas comunidades que temos em comum, protegidos...

Celamar Maione.

           De braços dados e mãos unidas, nosso alfabeto se constrói. Constrói  e forma sonhos e textos, sentimentos e desabafos.          Para isso nos serve a diagramação das letras, compondo-se em comunicação,...

Priscila Magalhães Palmeira.

        Eu estava pensando em meus projetos e em minha vida literária e, tudo que Deus está me proporcionando neste caminho, quando resolvi viajar pelos sonhos e poemas de meus confrades. Como faço todos os dias eu estava lendo alguns artigos, textos e poemas...

Lurdinha Silva.

Luz que ilumina a vida, Um brilho sincero de amizade, Relato a alma poética oculta na história, De uma amiga que sente a utopia dos boêmios, Instintivamente se esconde na simplicidade de seu sorriso, Neste momento a luz se faz, Historicamente sua alma poética se revela. Abrilhantemos seu trabalho,...

Cristiane Vilarinho.

        Cristiane Vilarinho é carioca, escritora e professora e roteirista. Cursando Letras e Literatura, é Professora em formação de professores no ensino fundamental. Curso de roteirista. Participou de oficinas literárias. Atualmente trabalha, única...

Leonia Teixeira

SOBRE LEONIA     Um ser humano como qualquer outro: Com erros e acertos, qualidades e defeitos, que ama a vida, os filhos, a família...Apaixonada por música, poema e poesia, que tem como hobby escrever e que pensa assim: "Ninguém é maior nem menor do que eu, somos da mesma...

Juliana Tozzini.

Algumas coisas transbordam dentro de mim outras, explodem _________ Juliana Tozzini.     Que o meu corpo Seja o templo do seu amor Que cada desejo seu Encontre abrigo em mim E que cada noite Seja nossa cúmplice Nessa nossa viagem sem...

GuerreiraXue.

           Tenho o prazer de ter em nosso meio o trabalho desta escritora, que com o codinome forte e guerreiro, que ao mesmo tempo esconde sua sensibilidade poética e amiga, nos presenteia com alguns de seus trabalhos.   E para meu prazer e felicidade, ela...

Gisiéle Gargioni

        O que falar de um talento assim?         Sei que palavras talvez não seja suficiente para descrever uma poetisa plena, completa.         Me rendo aos poemas de Gisiéle Gargioni – “A princesa da serra...

Ligia Beltrão

Nós Perfeição   Amo as tuas mãos delicadas Que tiram do meu corpo canções Nas noites pálidas e enluaradas Dentro de nós vibram as emoções   Meus olhos vagam num mar incerto Dos desejos que em meu corpo tremem De pensar em ti de mim tão perto Palavras tontas... Versos que...

Glória Salles

        Percorrendo os sonhos dos poemas de meus confrades, deparei-me com um trabalho que muito me chamou a atenção, com a sensibilidade poética que Deus agraciou-me como a tantos foram agraciados por esta mesma sensibilidade,...

Fernanda Costa.

CONTIGO Natureza Contigo  Me envolvo! Contigo vivo Contigo sonho Contigo encontro  A Paz!  Contigo sinto amor! Contigo sinto-me Viva!... Contigo quero Renascer! Respirar-te Cada minuto Cada segundo!... Quero sentir-me Viva! Sentir o teu Abraço  Sem fim Fernanda...

Ione Kadlec

  Ione Kadlec   Graduada em Letras e Pós-graduada em Psicopedagogia na Educação. Autora do livro O Enigma dos Guardiões, Editora Biblioteca 24 horas.  O livro, literatura Fantástica, nasceu com o intuito de por, no papel, ideias da filha única. E, assim, neste encontro de...

Ricardo Cunha Costa

CALOROSA Abraça-me! Abre os braços aos abraços Há tanto que esperando te envolver. Deixa-me, ao te tocar, enternecer Porquanto me reténs os olhos baços. Para o bem ou não, toma-me em teus braços, Sob pena de jamais acontecer... E, entregues à alegria, ousemos ser Apenas dois ladeando breves...

Laércio Tadeu Januário

O mundo chamado Família.           Neste louco mundo chamado Vida, somos nela lançados através do amor de nossos pais, esta concepção é apenas o início.         Somos apresentados ao mundo através de uma tapa amigo do médico ou...
1 | 2 >>