Cuiabá.

Cuiabá.

   Cuiabá. “Fundada pelo bandeirante António Pires de Campos,

 

 Cuiabá origina-se do nome "Ikuiapá", que significa "lugar de flecha-arpão". Acredita-se que o local era frequentado pelos índios Bororo que pescavam com flecha-arpão na foz do rio Ikuiébo, afluente do Rio Cuiabá. Batizada de Arraial de Bom Jesus de Cuiabá, a capital do Mato Grosso foi explorada por bandeirantes que desbravaram o cerrado em busca de ouro. A notícia da descoberta atraiu povoadores brasileiros e estrangeiros e contribuiu para a formação de um pequeno arraial hoje localizado na Avenida Tenente-coronel Duarte, conhecida como Prainha. Cuiabá, é capital de Mato Grosso (Brasil), cujo município ocupa uma superfície de 12.790 Km2. Cuiabá é um dos muitos núcleos urbanos surgidos no século XVII, como sequência do movimento bandeirante. Os primeiros povoadores vindos de São Paulo, eram chefiados por Pascoal Moreira Cabral e Miguel Subtil, que, em 1719 fundaram o arraial de Cuiabá.

 A farta produção de ouro começou a esgotar-se, pelo que a cidade entrou em decadência. A partir de 1750, porém, Cuiabá tornou-se entreposto comercial e centro de abastecimento das regiões de Rosário, Diamantino e Livramento. O rio Cuiabá assegurava o acesso ao pantanal dinamizando esta região de criação bovina. Foi promovida a município em 1818 e em 1825 tornou-se capital provincial. Região próspera, em 1979 o desmembramento do Estado de Mato Grosso retirou a Cuiabá o controlo sobre a região mais desenvolvida do Sul do Estado. Cuiabá é, atualmente, o principal centro regional de Mato Grosso. Nela predominam as atividades do sector primário. A vida urbana assenta no comércio.


Os primeiros indícios de bandeirantes paulistas na região onde hoje fica cidade, datam de entre 1673 e 1682, quando da passagem de Manuel de Campos Bicudo pela região. Ele fundou o primeiro povoado da região, onde o rio Coxipó desagua no Cuiabá, batizado de São Gonçalo. Em 1718, chega ao local, já abandonado, a bandeira do sorocabano Pascoal Moreira Cabral. Em busca de indígenas, Moreira Cabral sobe pelo Coxipó, onde trava uma batalha, perdida, com os índios coxiponés.

 Com o ocorrido, voltam e, no caminho, encontram ouro. Deixam, então, a captura de índios para se dedicarem ao garimpo. Em 8 de abril de 1719, Pascoal assina a ata da fundação de Cuiabá no local conhecido como Forquilha, às margens do Coxipó, de forma a garantir os direitos pela descoberta à Capitania de São Paulo. A notícia da descoberta se espalha e a emigração para a região torna-se intensa. Em Outubro de 1722, índios escravos de Miguel Sutil, também bandeirante sorocabano, descobrem às margens do córrego da Prainha, grande quantidade de ouro, maior que a encontrada anteriormente na Forquilha. O afluxo de pessoas torna-se grande e até a população da Forquilha muda-se para perto desse novo achado. Em 1723, já está erguida a igreja matriz dedicada ao Senhor Bom Jesus de Cuiabá, onde hoje é a Basílica. Já em 1726, chega o capitão-general governador da Capitania de São Paulo, Rodrigo César de Menezes, como representante do Estado português na cobrança de imposto. Em 1º de Janeiro de 1727, Cuiabá é elevada à categoria de vila, com o nome de Vila Real do Senhor Bom Jesus de Cuiabá. Tem-se muito confundido a fundação do arraial da Forquilha por questões ideológicas. Estudos historiográficos há muito já traçam a diferença entre uma e outra fundação, alegando-se que 1° de Janeiro seria a data de elevação do arraial da Forquilha à categoria de vila, o que é um dissenso, pois não se pode fundar um município num lugar que só viria a ser descoberto anos depois. Porém, a data de 8 de Abril se firmou enquanto data do município, desejosa de ser a primeira do oeste brasileiro. Logo, contudo, as lavras mostraram-se menores que o esperado, o que acarretou um abandono de parte da população.

  Cuiabá foi elevada à condição de cidade em 17 de Setembro de 1818, tornando-se a capital da então província de Mato Grosso em 28 de Agosto de 1835 (antes a capital era Vila Bela da Santíssima Trindade). Mas, mesmo a mudança da capital para o município não é suficiente para impulsionar o desenvolvimento. Com a Guerra do Paraguai, Mato Grosso é invadido. Várias cidades são atacadas, mas as batalhas não chegam à capital. A maior baixa se dá com uma epidemia de varíola trazida pelos soldados que retomaram dos paraguaios o município de Corumbá. Entre 1864 e 1870, o Pantanal abrigou um dos principais conflitos da América do Sul: a Guerra do Paraguai. 

De um lado, a Tríplice Aliança, formada por Uruguai, Argentina e Brasil, além do apoio da Inglaterra. Do outro, o Paraguai, liderado por Solano Lopez. Seus soldados invadiram o Mato Grosso e conquistaram várias cidades como Corumbá e Cáceres, provocando o êxodo dos fazendeiros e da população urbana para Cuiabá. Mesmo assim o poderio da Tríplice Aliança foi vitorioso, mas pouco sobrou das cidades e fazendas pantaneiras. O gado sobrevivente tornou-se disperso e selvagem. Terminada a guerra, os antigos povoadores retornavam a Cuiabá. Houve um grande afluxo de capital estrangeiro, a redivisão das grandes propriedades rurais e a reabertura da navegação fluvial do rio Paraguai até ao estuário do Prata, entre Buenos Aires (Argentina) e Montevidéu (Uruguai). Com a derrota do Paraguai, o Brasil ampliou seu território na região, incorporando cerca de 47.000km2 de terras pertencentes ao Paraguai. Parte dessa área conquistada integra o Pantanal mato-grossense. Metade dos cerca de 12 mil habitantes morre infetada. Somente após a Guerra do Paraguai e o retorno da navegação pelas bacias dos rios Paraguai, Cuiabá e Paraná é que o município se desenvolve economicamente. A economia esteve nesse período baseada na cana-de-açúcar e na extração de minério. Esse momento produtivo não duraria muito e o município volta a ficar estagnado, desta vez até 1930. A partir dessa data, o isolamento é quebrado com as ligações rodoviárias com Goiás e São Paulo e a aviação comercial. A explosão no crescimento se dá depois da década de 1950, com a transferência da Capital Federal e o programa de povoamento do interior do país. Nas décadas de 1970 e 1980, o município cresce muito, mas os serviços e a infra-estrutura não se expandem com a mesma rapidez.

  

O agro negócio se expande pelo estado e o município começa a se modernizar e industrializar. Depois de 1990, a taxa de crescimento populacional diminui, e o turismo começa a ser visto como fonte de renda. Com quase 530 mil habitantes, o município convive com o trânsito tumultuado, a violência crescente, a falta de saneamento básico e a desigualdade social. Cuiabá faz limite com os municípios de Chapada dos Guimarães, Campo Verde, Santo António do Leverger, Várzea Grande, Jangada e Acorizal. É um entroncamento rodoviário-aéreo-fluvial e o centro geodésico da América do Sul, nas coordenadas 15°35'56",80 de latitude sul e 56°06'05",55 de longitude oeste. Situado na atual praça Pascoal Moreira Cabral, foi determinado por Marechal Cândido Rondon, em 1909,

(o correto ponto do centro geodésico já foi contestado, mas cálculos feitos pelo Exército Brasileiro confirmaram as coordenadas do marco calculadas por Rondon). O município é cercado por três grandes ecossistemas: a amazónia, o cerrado e o pantanal; 

 Está próximo da Chapada dos Guimarães

 E ainda é considerado a porta de entrada da floresta amazónica. A vegetação predominante no município é o cerrado, desde suas variantes mais arbustivas até às matas mais densas à beira dos cursos de água. Cuiabá é abastecida pelo rio Cuiabá, afluente do Rio Paraguai e limite entre a capital e Várzea Grande. O município encontra-se no divisor de águas das bacias Amazónica e Platina e é banhado também pelos rios Coxipó-Açu, Pari, Mutuca, Claro, Coxipó, Aricá, Manso, São Lourenço, das Mortes, Cumbuca, Suspiro, Coluene, Jangada, Casca, Cachoeirinha e Aricazinho, além de córregos e ribeirões. O clima é tropical quente e húmido. As chuvas concentram-se de Setembro a Abril, enquanto que no resto do ano as massas de ar seco sobre o centro do Brasil inibem as formações chuvosas. Nesses meses são comuns a chegada de frentes frias vindas do sul do país, deixando o clima frio e húmido. Quando essas frentes se dissipam, o calor, associado à fumaça produzida pelas constantes queimadas nessa época, faz a humidade relativa do ar cair a níveis baixos, às vezes abaixo dos 15%, aumentando os casos de doenças respiratórias. A precipitação média anual é de 1.469,4 mm, com intensidade máxima em Janeiro, Fevereiro e Março. A temperatura máxima média chega a 34,1ºC, mas as máximas absolutas chegam a mais de 40ºC. A mínima média em Julho, o mês mais frio, é de 16,0ºC. O quadro geomorfológico do município é, em grande parte, representado pelo Planalto da Casca e pela Depressão Cuiabana. Predominam os relevos de baixa amplitude com altitudes que variam de 146 a 250 metros na área da própria cidade”.

 

Fonte: caestamonos.org

Foto Hotel Real de Cuiabá

O País e o Mundo.

Churrascaria Bistecão Gaúcho II.

      O paladar fala por si, o atendimento nos cativa, o que falar deste estabelecimento.    Conheço o restaurante Bistecão Gaúcho a mais de 20 anos, um local amplo, com estacionamento próprio, comidas a lacarte, self service, rodízio de carnes preparados e retirados...

Carnaval em Flor 2018.

    O carnaval mais esperado da região já está em pleno vapor. Para a realização do “Carnaval em Flor 2018 em Liberdade as administradoras e idealizadoras do projeto buscam arrecadar verbas através de mais trabalho e laser, demonstrando a todos o exemplo de como a união de pessoas...

Maria Cecilia Camargo

    Muitas vezes a leitura nos encanta pelo soar dos versos e desfecho dos textos e romances, mas como tal, um olhar sobre a sensibilidade feminina nos leva ao fascínio da hipnose, assim eu me refiro ao trabalho da artista curitibana Maria Cecilia Carmargo, que leva para suas...

Caxambu inspira a paz.

        Localizada no sul do Estado de Minas Gerais com acesso pelas rodovias BR267 e BR354, a cidade inspira paz e beleza, suas tardes de sábado na Praça Dezesseis de Setembro localizada no centro da cidade, a cultura e a boa música são constantes.   ...

História do RankBrasil

“Quem é recordista no Brasil está entre os melhores do mundo”, Luciano Cadari       Em 1997, o paranaense Luciano Cadari, que é natural de Altônia e atualmente reside em Curitiba, começou a colecionar informações relacionadas às potencialidades do Brasil em um tímido site,...

3º Seminário do Turismo do circuito Serras de Ibitipoca.

23 de novembro de 2017 Salão da Cachoeira do Sossego Rodovia BR-267, Km 167, s/n Perobas, Lima Duarte.   Programação: 13h – Credenciamento 13:45h – Abertura 14h – Palestra: “Políticas Pública do Turismo em Minas Gerais” – Gustavo Arrais (Secretário Adjunto de Turismo do Estado de Minas Gerais...

Cuiabá.

   Cuiabá. “Fundada pelo bandeirante António Pires de Campos,    Cuiabá origina-se do nome "Ikuiapá", que significa "lugar de flecha-arpão". Acredita-se que o local era frequentado pelos índios Bororo que pescavam com flecha-arpão na foz do rio Ikuiébo, afluente do Rio Cuiabá....

Festa de setembro em Liberdade.

        A imagem do Senhor Bom Jesus do Livramento é considerada uma das mais belas obras de arte sacra de todo o sul de Minas. Esculpida entre os anos de 1720 e 1750, a imagem mede, em seu conjunto, 1,90m. O grande destaque está no sangue que escorre das chagas de...

Alerta do Ministério Público Federal e da Polícia Federal

    Foto ilustrativa web.     Repasso uma informação importante a todos nossos leitores e amigos, pois tenho recebido muitos e-mail de intimação que inicialmente ditos serem da Policial Federal e do Ministério Público Federal, imaginei que pudesse ser fraude, entrei em...

Festival Nacional de Corais em Caxambu MG.

        A administração 2017/2020 de Caxambu a cada dia nos surpreende, o envolvimento do Prefeito Diogo Curi e o Vice Luiz Henrique com a transparência administrativa, o apoio à cultura, e ao desenvolvimento da cidade em prol da população é nítida.  ...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Notícias Diversas.

Redação de Estudante Carioca Vence Concurso da UNESCO

BRASILEIRA GANHA CONCURSO MUNDIAL DE REDAÇÃO       Clarice Zeitel Vianna Silva, 26 anos, estudante de direito, dançarina do Caldeirão do Huck.     VENCE CONCURSO MUNDIAL DE REDAÇÃO.     Imperdível para amantes da língua portuguesa, e...

ANTOLOGIA DE HISTÓRIAS EM QUADROS (HQ) PLURALIS

  ANTOLOGIA DE HISTÓRIAS EM QUADROS (HQ) PLURALIS   Estão abertas as inscrições para a Antologia PLURALIS,  edição especial para lançamento na 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo 2018.  REGULAMENTO O tema é livre. Dela poderão...

Finalistas do XXVI Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos

    A Comissão Julgadora do XXVI Concurso Nacional de Poesias Augustos dos Anjos informa os títulos das poesias finalistas e os pseudônimos dos autores. As obras serão apresentadas no dia da premiação que será realizada a 10 de novembro de 2017, no Museu Espaço dos Anjos, quando...

Concurso Nacional Novos Poetas. Prêmio Poetize 2018.

    Estão abertas as inscrições para o Concurso Nacional Novos Poetas, Prêmio Poetize 2018.     Podem participar do concurso todos os brasileiros natos ou naturalizados, maiores de 16 anos.     Cada candidato pode inscrever-se com até dois poemas de sua...

RESULTADO 27º CONCURSO LITERÁRIO INTERNACIONAL DE POESIAS, CONTOS E CRÔNICAS

  Patrono da Academia: Condorcet Aranha Autora homenageada: Cida Camargo   Parabéns aos autores classificados!   Poesia Internacional Vencedores 1º lugar: Ernesto Errecar - Jilguero - Argentina 2º lugar: Teresa Diaz Sánchez - Redención - Uruguay 3º...

V Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza

(inscrições de 11 de setembro 2017 até a cota do livro estiver preenchida - 80 autores)   Realização dos sites: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net;http://marceloescritor2.blogspot.com e faceboook.com/psfronteiras    Apoio: Academia Cabista de Letras, Artes e...

Prêmio Off Flip de Literatura 2018.

Prêmio Off Flip abre inscrições (prêmios somam 25 mil reais para conto, poesia e literatura infantojuvenil)           Estão abertas até 8 de novembro de 2017 as inscrições para o Prêmio Off Flip de Literatura, que oferecerá aos vencedores 25 mil reais, além de...

Bienal Internacional do Livro de Pernambuco.

Consolidada como um dos principais eventos literários do Nordeste brasileiro, a Bienal Internacional do Livro de Pernambuco se torna a Bienal das oportunidades. A próxima já tem data marcada, e será de 6 a 15 de outubro de 2017.   Enquanto o Sudeste do Brasil está superlotado com grandes...

Inscrições aberta para participação na Antologia Sobrevivi ao Aborto.

A Bortolini Editora, tem o prazer de convidá-lo(a) a se integrar de forma anônima no livro: Sobrevivi ao aborto. Será uma honra tê-lo(a) como participante. Nosso objetivo é com os diversos depoimentos e situações diversas amenizar o sofrimento da perda.  A Bortolini Editora, tem o prazer de...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Só as melhores "Fan Page" literárias.

Diário da Kary

INFORMAÇÕES DE CONTATO @diariodakar   goo.gl/oqsKmP   MAIS INFORMAÇÕES   Sobre Página dedicada aos amantes de leitura e da cultura geek.   categorias Livro   Matéria fornecida pela Fan Page:   Novo livro da Editora DCarlos ainda esse mês! Para Hoje Respire Autor: Raick...

Conexão Literatura

 Sobre   Sugerir edições INFORMAÇÕES DE CONTATO @conexaoliteratura Enviar...

Amor e Poesia.

        Como não se apaixonar pela alma da poesia, as palavras da poetisa nos encanta em seus versos, nos leva a viajar em seus sentimentos, simplesmente nos leva ao alfa da natureza humana transportando-nos para um mundo de sonhos.      ...

Leo Contos

           O que dizer de pessoas que são especiais?         Especiais pela alegria de vida, pela expressão simples usadas em seus relatos e textos, por não ter a vergonha de mostrar seus...

revistadeouro.com.br

       Convido aos amigos e leitores a conhecerem o blog literário que muito me chamou atenção, pela sua construção, conteúdo e respeito a autoria de suas publicações.         Um belo trabalho a ser divulgado e reconhecido.    ...

Sentimentos Em Palavras

    Está comunidade tem como objetivo principal compartilhar e oferecer poesias, textos e mensagens à todos que apreciam essa arte da escrita!   Declaração de autoria   Essa página tem como Autora Responsável Rosangela Bertoni com todos os seus direitos autorais...

Estante com livros doados.

        Divulgo agora um projeto que conheço e tenho imenso carinho.         Projeto que recebe o carinho de nossos confrades que amam expressar seus sonhos e sentimentos nas linhas de uma história.      ...

946-Poesia

     Mais uma página que tenho prazer em divulgar este trabalho literário que não leva a minha assinatura. Uma Fan Page muito bem trabalhada com textos bem elaborados e por trás de tudo, uma escritora que não conheço pessoalmente, mas que já sou fã de seus...

A Filha do Poeta Canta o Amor

    Convido os amigos para conhecerem o trabalho da escritora Edielane Lacerda da Cruz, seu talento fala por si, e sua Fan Page nos enriquece com a cultura de seus textos, e a divulgação de páginas de autores e poetas conhecidos por ela.     Com o coração aberto e a...

Alma Poetisa.

        Passo a apresentar uma poetisa que tenho acompanhado suas publicações e, carinhosamente venho encantando-me pelos seus poemas.         Sua essência posso descrever pelo meu poema “Poetas”, a pura alma...
1 | 2 | 3 >>

Entrevistas Literárias.

Vanessa Cruz de Araújo

Em 'As Seis Terras Sagradas- A Saga de Hadizat' da autora Vanessa Cruz de Araújo 'Naish é Revelada' Por Shirley M. Cavalcante (SMC)         Vanessa Cruz de Araújo nasceu no Recife (PE) em 1981. Aos doze anos de idade apreciava criar e contar histórias para as amigas,...

MADHU MARETIORE

    Nasci poeta e vou morrer de amor pelos sargaços tristes.       Dizem que sou de Bom Jesus do Itabapoana, Estado do Rio. Eu digo que vivo em Estado de Graça. Dizem que trabalhei por uma eternidade no Banco do Brasil. Eu digo que atualmente adoro um banco de...

Margot Weide

Autora brasileira morando há vinte e cinco anos na Alemanha é destaque na literatura contemporânea Nasci em São Paulo; morei e conheci quase todos os Estados brasileiros. Cursei a escola Técnica de Química Têxtil e me formei pela Universidade Santa Úrsula no Rio de Janeiro, trabalhando durante anos...

Palestrante Anibal Teixeira

Não Faça Birra Faça Economia com o autor e palestrante Anibal Teixeira     Anibal Teixeira é Economista, Empresário, Coach e Analista Comportamental.     Formação Acadêmica: International Professional & Self Coaching (IBC), Mapeamento de Perfil...

Índrea Facenda Falavigno

Cultura Indígena contemporânea é abordada em O Morro dos quatro cantos da autora Índrea Facenda Falavigno Índrea Facenda Falavigno, 30 anos, nasceu em Sarandi (RS), morou em Passo Fundo, Porto Alegre e Caxias do Sul, todas cidades do Rio Grande do Sul, e hoje vive em Florianópolis (SC), onde...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Frases de Botecos.

Frases de Botecos.

          Neste espaço deixarei algumas frases criativas colhidas nos botecos da vida em que passei.         Frases que trazem consigo a filosofia do ludibriante teor entre a razão e o equilíbrio do álcool, porém...