Ana Paula Moraes.

Ana Paula Moraes.

        Quero apresentar o trabalho da poetisa Ana Paula Moraes, que nos presenteia com suas obras Sinfonia da Vida, e seu texto sobre os vinte anos de saudades do nosso Ayrton Senna.

 

Sinfonia da vida.

 


Viver é brincar de orquestrar a vida
Até o momento da partida
É se deixar levar pelo ritmo que tocar
Não permitir que o medo possa atrapalhar

Melodias e letras unidas ao seu dispor
Estamos livres para compor
São infinitas oportunidades
Muitas notas de possibilidades

Seguimos compondo nossa vida
E que ela seja mais alegre que sofrida
A cada dia surge um novo tom
Criar um som é mais que um dom

Gosto de melodias inusitadas
De composições apaixonadas
Cada nota vou sorvendo
Em cada acorde me envolvendo

Afinal a vida é uma grande sinfonia
Milhares de notas em perfeita harmonia
É possível dançar, tocar e cantar
E se preciso, vale improvisar.

 

 

Escrito por Ana Paula Moraes.

Meu amor por você...

 

 



Meu amor por você
É bonito de se ver
Reflete no meu olhar
Transforma deserto em mar
 
Meu amor por você
Não tem hora para acontecer
Passou do sonho à realidade
É a mais simples perfeita verdade
 
Meu amor por você 
É o que de mais belo devo ter
Não tem peso e nem medida
É tudo de bom que há na vida
 
Meu amor por você
Jamais parou de crescer
Criou asas ganhou os céus
Fez da minha vida - carrossel
Puro encanto - doce mel.

 

 

O eterno Ayrton Senna do Brasil.

 

 

        Não é fácil falar desse homem, do que ele significou para nós brasileiros, de como foi capaz de nos trazer alegria e afastar qualquer problema por alguns instantes nos dias de domingo...
        Quem viveu no período em que a Fórmula 1 era para nós, quase que como o futebol, sabe do que eu estou falando...
Senna era brilhante, tinha uma estrela na testa e vitória nos olhos, ele conseguia nos hipnotizar nas manhãs de domingo e o dia só começava depois que ele corria. E na maioria das vezes o domingo era ainda melhor quando ele ganhava, e a cada nova conquista, a cada nova vitória mais próximos ficávamos.
Senna tinha o dom de pintar nosso peito de verde e amarelo, mesmo com todos os problemas que o Brasil tinha há mais de 20 anos. Ele conseguia plantar em cada um de nós o orgulho em ser brasileiro. Vendo o orgulho refletido em seus olhos, no momento em que ele segurava a nossa bandeira brasileira, balançando efusivamente a cada nova conquista.
        E por alguns minutos a música que ecoava na TV nos tirava de órbita e arrepiava todo o corpo e chegava até a nossa alma...
        Quando chovia, a festa começava antes, pois a vitória era quase certa, ele pilotava com maestria na chuva, não tinha medo, não tinha limites, testava a si mesmo e a máquina a todo instante, ele se divertia, corria com prazer, fez diversas corridas inacreditáveis e históricas, encheu nosso peito de um patriotismo que era reflexo do dele, e fez por anos, com que os brasileiros acordassem mais cedo aos domingos para torcer, se alegrar e se emocionar e comemorar com ele... Ele trazia para o povo brasileiro uma esperança que não se pode explicar...
        Eu era um desses brasileiros, ainda sou, mas com menos brilho aos domingos, com menos emoção e menos comemorações.
        Lembro que no dia da última corrida, o Brasil ficou em silêncio quando ao invés de sair do carro esbravejando e furioso, como era de costume quando o carro não o obedecia, ou algo fora do planejado acontecia, mas ele não saiu. E aqueles segundos angustiantes onde eu  mal conseguia piscar ou respirar, pareciam infinitos... A esperança de vê-lo saindo do carro de fórmula 1, coisa que não acontecia, foi se minimizando... E não aconteceu!
        E muito se falava do estado dele, mas nada de concreto, nada definitivo, e Senna nos deu ali naquele momento, na hora da sua partida, a nossa última esperança...
        Mas, quando finalmente ele foi socorrido, vê-lo ali sem reação, foi algo tão angustiante que não se pode expressar, a sensação que algo estava muito errado tomou conta de cada um que assistia petrificado o rumo daquela corrida, quando a notícia de sua morte chegou, ninguém acreditou, caiu como uma bomba na casa de casa brasileiro, cada um sentiu como se tivesse perdido um parente próximo. A sensação de perda era enorme e parecia absurdo que aquilo estivesse realmente acontecendo. Heróis deveriam ser imortais... A reação era de negação. Parecia mentira...
        Confesso que fiquei chocada, arrasada e chorei... E ainda hoje, quando leio algo falando sobre ele, sobre quem ele foi e o que significou, mexe comigo e com minhas emoções, confesso que quando toca a música que tocava quando ele ganhava, ainda me arrepia e emociona,e sempre me remete a Senna, as suas conquistas e as nossas comemorações.
        E tenho a sensação que o tema musical de Ayrton Senna do Brasil deveria ser proibida de tocar com outros pilotos ou com outro sentido. A música de Senna, deveria ser só dele. Afinal é dele em nossos corações, nos corações de quem teve o prazer de vê-lo aos domingos.
        E quem não entende o luto que o Brasil ainda veste, mesmo após 20 anos, certamente não teve a satisfação de dividir com ele os domingos, e por algumas vezes, outros dias da semana... Portanto não poderá jamais entender o que ele representou e representa para nós brasileiros, um mito, um herói, mais que um ídolo, um marco.
        Alguém que mostrava em atitudes, que tinha prazer e orgulho em ser brasileiro, que nos passava essa vontade de ser patriota, esse orgulho e alegria que poucas vezes sentimos... Essa esperança que é possível ser vencedor, ser campeão e ter orgulho de ser brasileiro.

Escrito por Ana Paula Moraes.

 

Viver não é existir...

 



De que adianta fingir
Seus desejos reprimir
Se entristecer, se ferir
E ainda assim sorrir
Viver não é apenas existir...

Sorrir com vontade de chorar
Se esforçar para lágrimas evitar 
Encobrir os problemas para não enxergar
Tapar o sol com a peneira
Sentr-se mal por bobeira
Participar de uma vida sem estar inteira
É se conformar em ler
Quando deveria se decidir por escrever
É preciso atitude para a situação reverter
Não basta querer
Reflita, isso não é viver

Se algo já morreu dentro de você
Pra que esperar?
Porquê não, a página virar?
Medo de sobreviver?
De ser mais forte que pensa ser?
De se arrepender ou de se surpreender?
Pode ser apenas medo de ser feliz?
De degustar a vida como sempre quis
Você é quem diz...

O tempo é muito curto para se acomodar
Para empatar a felicidade de chegar
Aceitar a tristeza por covardia
Quando poderia ser definida por alegria
Para buscar da sociedade simpatia...
Qual a finalidade?
Bom é ser feliz de verdade
Estar de bem com seu interior
Que importa a definição dos outros de pudor?
Aceitar convenções - É calar corações
É um preço muito alto a se pagar
Calar, quase sempre significa se machucar
Dê uma chance para a felicidade te encontrar
Viver uma vida sem você
Desculpe! Mas, isso não é viver.
 
Escrito por Ana Paula Moraes.

 

        Convido a todos a conhecerem mais de seus trabalhos através de seu blog, “poemas, poesias e pensamentos.” Link: paulamlima.blogspot.com.br/, a todos nossos amigos nós desejamos boa leitura e fiquem com Deus.

Textos acima faz parte do Blog “Poemas, poesias e pensamentos.”

 

Todos direitos estão reservados ao Blog e, a Escritora Ana Paula Moraes, conforme artigo (Lei 9610/98).

Poemas, crônicas e textos de diversos Autores.

Vinícius Reis

    O texto é ótimo, porém com um nível cultural de verbetes e uma singularidade muito expressiva, posso afirmar que a compreensão só dará aos leitores elevados de cultura, por sua complexidade na estrutura.     Mas esta minha humilde opinião não é negativa, e sim,...

A Promessa

        Um rapaz de Cascavel - PR comprou uma moto mas não tinha habilitação, passeando com sua moto pela BR 277 vendo uma blitz da PRF de longe, não tendo como voltar ele desceu da moto e foi empurrando. Passando pela blitz o policial o chamou mas ele já foi logo...

Valdeck Almeida de Jesus

A chegada de Michel Temer no Inferno   Batizado com esse nome É mesmo para temer, Pois parece aquele verbo Criado pra estremecer Todo mundo se amedronta Somente de ouvir dizer.   Ele foi para o inferno Buscar força pra mandar Acabou com o capeta Destruiu tudo por...

Ligia Beltrão

Nós Perfeição   Amo as tuas mãos delicadas Que tiram do meu corpo canções Nas noites pálidas e enluaradas Dentro de nós vibram as emoções   Meus olhos vagam num mar incerto Dos desejos que em meu corpo tremem De pensar em ti de mim tão perto Palavras tontas... Versos que...

Gisiéle Gargioni

        O que falar de um talento assim?         Sei que palavras talvez não seja suficiente para descrever uma poetisa plena, completa.         Me rendo aos poemas de Gisiéle Gargioni – “A princesa da serra...

Laércio Tadeu Januário

O mundo chamado Família.           Neste louco mundo chamado Vida, somos nela lançados através do amor de nossos pais, esta concepção é apenas o início.         Somos apresentados ao mundo através de uma tapa amigo do médico ou...

Memorias de Guerra- Trajetória de Vidas Vividas

        Como não abrir espaço para uma crônica de reflexão destas?         Como não pensar em vitoriosos e derrotados em guerras desumanas?         Como não pensar na vida?      ...

Deunice Maria Andrade.

A fé nos traz a paz, harmoniza nossos sentimentos, abastece nossas forças. Assim como a fé, as palavras, pensamentos e sentimento nobres rega nossa fé. Conheçam um pouco a poetisa que encanta e canta a vida. Leandro Campos Alves. Setembro de 2016.         Conheçam seus...

Miquiáine Laurenço

O que falar de poemas, sem conhecê-los? O que pensar da vida, sem vivê-la? O que imaginar da cultura, sem lê-la?           Cada dia admiro mais as pessoas e os talentos de cada amigo, descubro sonhos e pensamentos, viajo por versos, estrofes e romances.  ...

Hugo Dias "Marduk".

Foi   Foi obra na escuridão, na arte da verdade que nasceu, as flores que sorriu, para o norte que cresceu. Foi corvo que para a morte, no cântico da noite corveja, desprezando a inimizade, da antipatia que inveja. Foi lobos que uivou, sabendo que a noite voltava, os desejos conscientes e...

Neon - Luís Felipe

Mestre dos ladrões   Deguste o vinho, Mais caro que a vida de teu irmão Enquanto tuas bombas explodem em longínqua terra Surdez perante a sinfonia do desespero Leviatã, o simplório ladrão Não esconde o sangue em suas mãos Os que enxergam, mas não possuem visão Se põem a servir, festejar e...

Luciano Spagnol

POETA MINEIRO DO CERRADO Poeta do cerrado, simplista, mineiro de Araguari, fevereiro de 1958, mariano, formado em Fisioterapia pela UCP, Petrópolis, criado no Rio de Janeiro.   "Sou alma do cerrado, pé no chão, do Triângulo, do chapadão... Pão de queijo com café, fogão de lenha, das vilas...

Ione Kadlec

  Ione Kadlec   Graduada em Letras e Pós-graduada em Psicopedagogia na Educação. Autora do livro O Enigma dos Guardiões, Editora Biblioteca 24 horas.  O livro, literatura Fantástica, nasceu com o intuito de por, no papel, ideias da filha única. E, assim, neste encontro de...

Ricardo Cunha Costa

CALOROSA Abraça-me! Abre os braços aos abraços Há tanto que esperando te envolver. Deixa-me, ao te tocar, enternecer Porquanto me reténs os olhos baços. Para o bem ou não, toma-me em teus braços, Sob pena de jamais acontecer... E, entregues à alegria, ousemos ser Apenas dois ladeando breves...

Sainz José del Río.

Luis Alberto de Cuenca escrever uma introdução para as obras completas de esse poeta santanderino. É chamar o seguinte. JOSEPH RIO Sainz é hoje, a partir de sua estátua no Sardinero Santander, um poeta esquecido. leitura obrigatória nas escolas e faculdades transformaram a...

Mahe Leandro.

O que seria do mundo sem as poetas? O que seria da história sem seus construtores? O que seria dos sentimentos sem a beleza da vida escritas em versos? O que seria da literatura sem os romancistas?   A vida seria vazia. A história faltaria partes. O versos não teriam sentidos. A literatura...

Cristiane Vilarinho.

        Cristiane Vilarinho é carioca, escritora e professora e roteirista. Cursando Letras e Literatura, é Professora em formação de professores no ensino fundamental. Curso de roteirista. Participou de oficinas literárias. Atualmente trabalha, única...

EDU LAZARO.

        Eduardo Brancaglioni Marquetti Lazaro conhecido por Edu Lazaro entre os amigos e o meio literário, é morador da grande São Paulo.         Estudante de Psicologia na Anhanguera Educacional; Eduardo encontrou em...

Fátima Pereira.

        Sonhos, sentimentos, a sensibilidade feminina nos versos do poema, poesias cheias de sentimentos puros que revelam a alma feminina.         Convido todos leitores a conhecerem o trabalho da Poetisa Fátima...

Maria de Lourdes Castelo Branco.

        Quero carinhosamente apresentar alguns trabalhos que tive o prazer em conhecer, a literatura nos revela amigos, sonhos, poetas e boêmios, que se desnudam em seus versos para mostrar-nos seus sentimentos.         Conheçam o trabalho...

Sueli Teresinha do Rocio Schulka.

       Pelo caminho literário encontramos poetas e poetisas, escritores da vida e de sonhos, e com este carinho quero apresentar a poetisa Sueli  Schulka.   É natural de Curitiba (PR), onde vive e trabalha . Poetisa e Ativista Cultural. Graduou-se em...

José Fernando.

                Convido aos leitores amigos a conhecerem o trabalho do Poeta Jose Fernando Pinto, um poeta que nos traz a sabedoria e romantismo em seus...

Geraldo Aguiar.

          Convido aos leitores amigos a conhecerem o trabalho do Poeta Geraldo Aguiar, um poeta que nos traz a sabedoria e romantismo em seus versos.   C A V A L G A D A   Seus cabelos negros seu olhar vadio de menina boba Seu sorriso tolo Suas...

Lucia Helena Huback

        Nossos pensamentos é a inspiração de nossas letras e poemas, a vida é o instrumento de nossos caminhos que nos unem em amizade.         Mesmo que a distância esteja entre amigos, nossos sonhos, nossas paixões e o amor pelas rímas,...

Lúcia Helena.

        Uma obra, uma história, um destino decorrido de sonhos ou da experiência da vida?         Pelo caminho literário encontramos poetas e poetisas, escritores da vida e de sonhos, e com este carinho quero apresentar...

Luciana Nobre

        A vida nos enche de surpresa e amigos surpreendentes, a Deus agradeço a oportunidade de ter em nossos meio amigos que nos brinda com uma imensidão de cultura, talentos e sentimentos.         Um dia entrei no...

Noeli de Carvalho

        Com carinho apresento os trabalhos dessa mulher de mil faces, poetisa, escritora, jornalista e mãe, que ungida pelo amor a literatura e pelas suas filhas, divulga a beleza poética nas linhas de seus...

Glória Salles

        Percorrendo os sonhos dos poemas de meus confrades, deparei-me com um trabalho que muito me chamou a atenção, com a sensibilidade poética que Deus agraciou-me como a tantos foram agraciados por esta mesma sensibilidade,...

Goretti Mello Fernandes.

  SOBRE GORETTI ‎. . . A transparência do meu coração É o maior valor que trago na vida. (Todo o meu sentir é sagrado) Cida Luz .     CITAÇÕES FAVORITAS Amor verdadeiro... É aquele que nada se cobra. e tudo se entrega. Não se implora. Se doa, se vive ... Porque o amor em sua...

Anuragi Mauricio Antonio Veloso Duarte.

    O coração do mundo Doces rusgas de namorados, destinos destilados em aguardentes, cadáveres de generais apodrecendo, turbas de pedintes, claves de sol no ar, quebras de mar na praia à noite, levas de ouriços,  um não sei quê de...

GuerreiraXue.

           Tenho o prazer de ter em nosso meio o trabalho desta escritora, que com o codinome forte e guerreiro, que ao mesmo tempo esconde sua sensibilidade poética e amiga, nos presenteia com alguns de seus trabalhos.   E para meu prazer e felicidade, ela...

Maria da Gloria.

  MINAS GERAIS   Minas Alegre Canta Conquista Praça repleta versos corais Surgem estrelas brilhos cronistas Missas e prendas velhos casais.   Jovens crianças até repentistas, Berço de Minas muitos florais Ouro e pedras, quiçá cabalista Vales...

Luis Eduardo Garcia Aguiar.

      PÁSSAROS   Da janela eu posso ver,  pelos dias a fio,  os pássaros coloridos,  da água a beber. Mergulham sua cauda no pote que deixei,  suas asas...

Maria Nicodemos de souza.

Poesia à Janela Nicodemos de Sousa.   Na distância dos continentes, Interagimos com amigos distantes, como se morassem ao nosso lado, orgulho em apresentar agora, dona Nicodemos a poetiza da ilha do fado. em versos e estrofes ela compõe suas...

Luciana Bianchini

           Alguns poetas constroem seus poemas, mas outros são os poemas que constroem os poetas. Porque o poeta traz seus sentimentos revelados em palavras que surgem de sua alma, e assim nascem os seus poemas, por...

Poeta Hei de Ser, André Anlub.

Poeta Hei de Ser       Um dia me perguntaram o por quê? Por que ser? Por que fazer? Por que ter tanto trabalho, para ser um poeta e escritor? A resposta é muito simples. Trata-se simplesmente de amor. Amor às rimas. Amor às...

Eliane Campos.

          Na maioria das vezes, um garimpeiro tem lapidar a pedra bruta para transformá-la na mais bela joia, retirando de suas formas e cores o seu brilho mais reluzente, como este trabalho árduo da labuta do carimbo, nós trabalhadores...

Efigênia Coutinho.

                       Andando por sites e blogs de meus amigos literários, deparei-me com o trabalho desta escritora e poetisa, Efigênia Coutinho.       ...

Lurdinha Silva.

Luz que ilumina a vida, Um brilho sincero de amizade, Relato a alma poética oculta na história, De uma amiga que sente a utopia dos boêmios, Instintivamente se esconde na simplicidade de seu sorriso, Neste momento a luz se faz, Historicamente sua alma poética se revela. Abrilhantemos seu trabalho,...

PÉ NO CHÃO de André Dassunpção.

 “PÉ NO CHÃO"    Uma criança sem família,  uma criança de rua.   "Sonhei que era rei do mundo”, com o dom de tudo mudar, sentado em meu trono de pedra,  olhando o tempo passar, meu castelo era florido meus tapetes verdes campos,  meu reino um grande mar, eu era...

Alan Almeida.

Os sentimentos nos faz viajar, sonhar, crescer e refletir. Também traz-nos a utopia dos poetas, a beleza lírica de vossos versos. Um dia em minha cidade natal, no meio de uma festa o destino me presenteou ao apresentar-me um jovem conterrâneo, que na sua realidade e sonhos, descreve seus...

Priscila Magalhães Palmeira.

        Eu estava pensando em meus projetos e em minha vida literária e, tudo que Deus está me proporcionando neste caminho, quando resolvi viajar pelos sonhos e poemas de meus confrades. Como faço todos os dias eu estava lendo alguns artigos, textos e poemas...

Celamar Maione.

           De braços dados e mãos unidas, nosso alfabeto se constrói. Constrói  e forma sonhos e textos, sentimentos e desabafos.          Para isso nos serve a diagramação das letras, compondo-se em comunicação,...

Ana Paula Moraes.

        Quero apresentar o trabalho da poetisa Ana Paula Moraes, que nos presenteia com suas obras Sinfonia da Vida, e seu texto sobre os vinte anos de saudades do nosso Ayrton Senna.   Sinfonia da vida.   Viver é brincar de orquestrar a vida Até...

Vanessa Sant'Anna da Silva.

        Convido a todos os amigos a conhecerem esta escritora que aqui apresento, pois quando iniciei minhas publicações, ela foi a primeira a me presentear com a sua saudação e o apoio literário. Tenho pela escritora Vanessa Sant'Anna da Silva, um imenso...

Eduardo Galhós.

        La vie est pleine de surprises qui fait pour une action, l'apprentissage de nouvelles connaissances. Ami que même dans un autre continent est présent.             Rêves, d'utopies, la reconnaissance et le respect, ces adjectifs sont...

Adoração em Santidade por Fabiana Miranda.

        Quando nos falta o sentimento e a solidão toma conta de nós, deixando-nos no caminho da tristeza e da falta de esperança, Deus nos colhe em seus braços e nos carrega por caminhos entre espinhos e pedregulhos, porém em Seu caminho não existem atalhos,...

Julio Cesar Franklin.

    Muitas vezes encontramos palavras e textos que mexem com nosso ego nos lugares que menos esperamos.     Hoje, mesmo atrasado, tive o prazer de ler este texto redigido por um amigo, pois a quase um mês recebi este poema de felicitações, e não vi em minha...

João Fernandes Monteiro.

    Tenho o prazer e o carinho de trazer os pensamentos e poemas deste amigo, Fernando Realista, o poeta de Luanda para o mundo.     Todos os textos abaixo são de sua autoria, copiados da página pessoal e de algumas comunidades que temos em comum, protegidos...

Ismael Rocha.

Caminhante,lhe procurei... E já faz tempo. Muitas ruas,muitas luas muitas idas,tantas ilhas. Te encontrei no ser-tão de águas meus sonhos,minhas visões tão claras... Esbaldei-me em teu sorriso,em teu gemido em teu corpo vivo,quente,pulsante eis o infinito instante em que estás comigo. Dou-lhe meu...
1 | 2 >>