Agradecimento.

Agradecimento.

 

 

        O dia 17 de dezembro de 2015 entrou para a história de nossa cidade, Liberdade.

        Ainda hipnotizado pelo sucesso do evento do lançamento da Antologia, eu não tinha imaginado a grandeza deste marco em nossas vidas, e tão pouco consegui me expressar em palavras certas meus agradecimentos.

        Em êxtase de alegria quero agradecer a cada conterrâneo que nos deu a honra de sua presença no lançamento.


        Em êxtase de alegria quero agradecer a Deus a oportunidade que Ele me deu de ser o padrinho deste projeto, e ver o quanto rica é essa nossa cidade culturalmente.

        Em êxtase de alegria quero abraçar todos os participantes da Antologia Liberdade dos Poetas, dizer que vi a alegria estampada no rosto de cada poeta e poetisa participante, e revelar que esta alegria foi contagiosa, creio que meu rosto não foi capaz de expressar a toda alegria que meu coração estava sentindo.

        Em êxtase de alegria, quero carinhosamente abraçar meus parceiros de projeto, que mesmo diante de uma crise federal que nosso município passa, estendeu seu apoio e abraçou a Antologia Liberdade dos Poetas, nos dando total apoio para o incentivo cultural de nossos jovens.           Recebam carinhosamente em nome de todos os Poetas e Poetisas da antologia nosso abraço poético:   

        Tenham certeza que vocês; meu amigo Prefeito Massilon Silva Maciel, minha amiga e Secretária Municipal de Educação Romélia Carla, e a Vereadora Maria Vanda Campos Alves “minha mãe,” que este sonho ainda seria apenas um sonho sem o apoio de vocês.

   

        Em êxtase de alegria quero agradecer a todos que atenciosamente ouviram minha narração sobre minha autobiografia intitulada crônica de João, que durou exatos vinte minutos, e levou muitas pessoas a se emocionarem, contagiando este amigo que chorava de alegria ao narrar e lembrar de sua história de vida.  


        Em êxtase de alegria, quero agradecer ao mastro da Orquestra Sinfônica de Liberdade e seus músicos que abrilhantaram o evento, mostrando que culturas são diversas e cabe em um mesmo espaço. Da mesma forma em êxtase de alegria, quero agradecer a Academia de Balé Darlene Baptista, que com a leveza das plumas sua bailarina demonstrou como é gracioso a magia do balé ao acompanhar os acordes da Orquestra Sinfônica.


        Em êxtase de alegria, quero agradecer a Loislene que com sua voz agraciou nossos ouvidos ao interpretar o tema do filme Titanic.

        Em êxtase de alegria, ainda quero agradecer carinhosamente a uma pessoa que me apoiou nos momentos difíceis que encontramos ao realizar o projeto, me acompanhando em todas viagens e avaliando cada passo da diagramação da nossa Antologia, incentivando e torcendo pelo sucesso da Antologia, a minha esposa Rosilene.


        Em êxtase de alegria recordo tão grandioso foi o lançamento da Antologia, eu queria que o tempo parasse naquele momento, para ficar eterno minha hipnose de alegria.

        A todos meu muito obrigado pela amizade, pelo presente, pela história que construímos e pelo carinho que recebi de todos.

        Que Deus nos dê sabedoria e humildade sempre, para que possamos continuar plantando esta semente e colhendo os frutos da descoberta de incríveis talentos.

        Em êxtase de alegria quero simplesmente dizer.

 

 

Obrigado.

               

 

 

Leandro Campos Alves.

17/12/2015.

 

Fotos Jornal Panorma.

 Karla Velásque.  

Poetas e seus Poemas da Antologia “Liberdade dos Poetas".

Índice da Antologia Liberdade dos Poetas.

Adriele Elaina de Carvalho Almeida........................................11 Alisson de Paula Costa..........................................................13 Ana Carolina Alves Giffoni......................................................15 Ana Claudia da...

Coração.

           Tu és divino e vermelho, No peito do ser humano. Coração que tens o amor, E também a dor.   Sentimentos com fartura, Sempre terei quando precisar. Tu ficas leve, Quando descobre que comigo pode contar.   Tão pequeno... Do tamanho de uma mão O...

Mãe

  Mãe palavra doce de falar, com muito carinho e dedicação, cuida de mim e de meus irmãos.   Ela é amiga, ela é guerreira, está sempre comigo quando preciso. Com amor sempre me ajuda, sem reclamar.   Mãe! Como é bom dizer! ... Se todos soubessem, não magoariam você, só lhe davam amor...

O tempo e a vida.

  Nascer, aprender andar, cair e se levantar, brincar e crescer.   Estudar, ter amigos, se apaixonar e namorar, se divertir e a juventude aproveitar.   Se formar, trabalhar, amar, se casar, uma família formar, e com ela viajar.   Os filhos criar, e envelhecer, os netos ver...

A vida.

  A vida é feita de momentos. Momentos bons e ruins, pois se não fosse esses momentos, não existiria vida.   Na vida passamos por dificuldades, que nos levam a desistir, mas a coragem e a confiança, permite-nos seguir.   O mundo pode acabar, todos morreram, mas só de parar e...

Velha saudade

  Eu deixaria a minha paz, só para estar contigo. Nem que fosse por um momento, eu correria esse perigo.   Aquilo era um amor, era tudo de verdade. Tinha o brilho nos olhos, mas acabou virando saudade.   Tudo era tão certo, um dia a gente jurou. Ficar junto para sempre, depois tudo...

As flores

  As flores são perfumosas Cada uma tem um cheirinho Margarida, azaleia ou rosa Todos gostam delas também os passarinhos.   Principalmente o beija-flor Que adora dar alguns beijinhos Mais isso não é amor É uma água que atrai passarinhos.   Água doce bem docinha Sabor não sei do...

A girafa e seu amigo.

    A girafa era muito baixa E estava procurando seu salto. Logo viu uma caixa Bem lá no alto.   Ela não conseguia pegar Então resolveu chamar Seu amigo elefante Para lhe ajudar.   Era uma caixa de jogo Jogo de dominó. A girafa e o elefante Resolveram então brincar.   A...

Brincar.

    Brincar é legal, faz a gente se divertir. Gosto é de futebol, tem como a gente sorrir.   Tem jogador, tem juiz, animador, e torcedor.   O jogador chuta “pro” gol, o juiz usa o cartão, o animador dá um grito, viva o meu timão!   É gol do Botafogo, ele é meu timão. Ele só...

O amor.

  Você gosta... Gosta tanto que não quer gostar. Você guarda... Guarda para depois poder lembrar.   O tempo passa, o objeto mola, e você já não é mais capaz nem de tocar.   Se à vida é boa, e tanto quanto perigosa. Você se guarda, se guarda para não se machucar.   O tempo...

O Olhar.

  Oh quanta dor me traz o amor. Sem você o meu céu é sem cor, minha vida é sem amor, meu coração só sente dor, sem ti meu amor.   À distância nos separou, mais o nosso amor não acabou, pois o nosso sonho de amor só começou, quando aqueles seus lindos olhos me avistou.   Meu coração...

Por onde andas?

  Menino das minhas poesias, garoto dos meus devaneios, por onde andas? Nessa noite de luar tão belo, a melancolia se faz presente. Nessas ruas tristes e quietas, vago com você na minha mente. Nessas noites de insônia, papel e caneta são minhas companhias. Com um copo de café em mãos, pego...

Natureza.

  Deu frutos meu pé de cereja, com a chuva que molhou o chão. Primavera chegou e a tristeza sorriu dentro de um coração.   O inverno partiu bem mais quente, e o verão fora tão frio. O mundo está tão diferente do que outrora se viu.   Retratos de um povo insolente, que fere a quem não...

O sentir.

  Tem certas coisas que só a gente entende, surge do nada e fica para sempre, Não tem rumo nem lógica e ninguém compreende.   Mas você sabe que há, porque vem da sua mente. Você tenta costurar, mas nem forma uma corrente.   E por mais que você tente, você não sabe o saber, confusa e...

Que saudade.

  Às vezes quando vou deitar, me pego a pensar, porque a vida é tão cruel? E logo passo tudo para o papel.   Lembro-me da minha vozinha, Guerreira, por quem tenho enorme admiração Que se foi... Mas me deixou uma lição.   Que independente de meus problemas, à Deus devo sempre...

Uma flor.

  Olho na janela vejo uma flor, tão bonita que vi o seu amor. Vejo uma menina perto dela, passando numa passarela.   Que coisa tão bela, vou levar para colocar na janela, fico triste, porque não mais irei vê-la.   Saio da janela, vou passear na rua. Vejo a lua, lembro-me da flor, que...

Os sinos de minha terra.

  Quando nasci, assim disse minha mãe: Escute, menino. Escute o doce badalar dos sinos de setembro. Escute-os para nunca esquecê-los para que te lembres de casa quando for outubro, quando for novembro. Eu escutei-os, e de casa me lembro enquanto ainda carrego minha vela. Nessa vida de muitos...

Ser bailarino.

  Ser bailarino, é mostrar ao mundo o jeito, mais simples para ser feliz.   Deixar seus movimentos falar por você, com o gesto mais singelo com meu pé paralelo, e invés de reclamar da vida, da um salto e fala que sabe voar.   O mundo de hoje mostra a crueldade, mais eu mostro a...

A vida

    Pelos caminhos da vida, muitas pessoas irão encontrar. Umas te farão feliz, outras apenas chorar.   Espero que dessas lágrimas, muitas alegrias possam nascer. Porque nesta vida, temos que aprender a conviver.   Temos que deixar, as coisas ruins para lá. E pensarmos...

A corrida para a escola de manhã.

    Dormir cedo para não demorar acordar, tomar banho para se limpar, arrumar os cadernos e tomar café, e depois os dentes escovar.   Pegar a mochila e chegar cedo, para um lugar pegar, abra o caderno e pegue o lápis, que a aula vai começar.   A professora já chegou. Preste...

Era primavera.

  Era primavera. As abelhas colhiam o mel, os pássaros alegres estavam Voando pelo céu.   As flores brotando no chão, como um grãozinho de feijão. As crianças tomavam soverte as árvores estavam floridas que pareciam até enfeites.   E o chão cheio de margaridas. O sol brilhava e a...

O gato furacão

  Eu tenho um gato brincalhão, que só come da minha mão. Trato bem dele para ficar grande e fortão, e também bonitão.   Todo dia vem bem de mansinho, arrastando pelo chão. Escorrega de “vagarinho”, e vai parar no meu colchão.   Esse é o meu gato, que mora no meu coração. Todos os...

Adolescência

  Já vou crescendo de doze a dezesseis. Já vou vendo a barba crescendo só de uma vez.   Espinhas aparecem. Barba cresce. O desespero cresce. Meu corpo se estremece.   Como amendoim, como chocolate. Dando-se um fim lá vai a puberdade.   A paixão começa, sinto euforia. Tudo parece...

Primavera

  A primavera é cheia de flores, contornando os jardins com suas cores.   As folhas vão renovando todo jardim vai florescendo, e tudo vai embelezando.   A primavera com sol radiante, ilumina todo mundo com sua beleza elegante.   Primavera, primavera... Brisa leve, trazendo-nos...

As drogas.

  Me destruíram... Vão destruir você também! Me roubaram... E me fizeram refém!   Ela te deixa alucinado, não diga que não avisei. Você vai ficar viciado, eu sei por que já usei.   Se precisar conversar, venha me procurar. Irei te encontrar, e desse vicio te libertar.   Dessa...

Ser bailarina.

  Ser bailarina é ver o lado bom da vida. É aprender dançar na chuva quando ela vem, é fazer sempre o bem.   É dar piruetas com os braços no ar, sem sair do lugar. É dançar até se cansar.   Danço as notas de uma canção sem parar, faço em “atiti” sem desequilibrar as pontas dos pés...

Luz da Lua.

  Lorena é uma linda menina, e com o seu pensamento tão distante pensa em uma coisa que muito fascina, Como pode a lua ser tão brilhante?   As estralas ficam a sua volta iluminando ainda mais sua beleza. Parecem até que estão fazendo escolta, mas isso para elas é moleza.   O brilho...

Eu juro que vi.

  Eu vi uma arara vermelha com pitangas nas orelhas. Eu vi uma cobra jararaca engolindo uma jaca.   Eu vi uma onça pintada se coçando com a espingarda. Eu vi o senhor Juvenal comendo açúcar com sal.   Eu vi um dromedário fazendo tricô no armário. Eu vi uma baleia dançando na lua...

As férias.

  As férias são muito legais, eu a amo demais. Eu brinco bastante sou legal demais.   Meus amigos me adoram, eu os adoro mais. Jogo muita bola canso demais.   Fico feliz... durmo demais... Passo um dia alegre e na paz. nas férias com eu já disse brinco demais.   Mas tem...

A natureza

  A natureza com sua grande beleza, enriquece o meu coração que fica cheio de paixão.   Com vastas árvores tão bonitas que me traz a paz. Paz no coração e satisfação.   Oh! Natureza tão bela! Cheia de leveza com uma enorme pureza e grande beleza.   E este enorme jardim com...
1 | 2 | 3 >>