O Lamento de José

08/03/2014 15:27

 

Sinopse:

 

A vocês eu me apresento,

sou José,

personagem deste lamento.

 

Ainda estou engatilhando,

mas digo e garanto.

Nasci na literatura Mineira,

para acrescentar na literatura Brasileira.

 

Vou mostrar a minha origem,

e ensinar minha estrutura,

para redigir esta nova cultura.

 

Declamarei em versos o romance,

e narrarei o poema escrito,

e ainda a vocês eu digo.

 

Estarei fazendo a minha história,

para permanecer na nossa memória.

 

Apresento este primeiro conto,

contado por mim em uma única tarde,

e narrado pelo meu criador,

Leandro campos Alves, o poeta escritor.

 

Conheçam a extrutura do Conto de Leandro Campos Alves.

 

    Nasce uma nova maneira de contar histórias, escrever poemas e narrar contos. O conto de Leandro tem na formação de seu conteúdo, uma narrativa com dialeto local, coloquial, estruturados em versos.

    O conto não mata as normas da língua portuguesa, ele tem como objetivo acrescentar e, trazer mais próximo da realidade as narrativas, para se aproximar da fidelidade.

    Nele há flexibilidade nas concordâncias verbais e nominais, pois o narrador tem a liberdade de se expressar, porque ele serve como instrumento do conto, repassando ao leitor a história vivida.

    No conto pode-se também relatar palavras regionais com algum erro ortográfico, conforme a conversa dos personagens dentro da história.

    A narrativa tem uma estrutura mínima de trinta versos, e não tem limites para seu encerramento. O narrador da história pode interromper a narração em seu meio, para se expressar, podendo-o expressar seus pensamentos em versos, ou cursivamente.

    O conto de Leandro trás a liberdade da expressão, mas respeitando as regras de um romance, que tem que possuir início, meio e fim.

    A verdadeira união do poema, romance, narrativa e conto, tudo expresso por esta nova forma literária.

    Conheça o conto, O Lamento de José, e descobrirá o conto de Leandro Campos Alves.

 

clubedeautores.com.br/book/160820--O_Lamento_de_Jose

 

 

O Lamento de José.

 

 

No caminho de minha vida,

tive a honra e alegria,

de conhecer a alma pura,

de um simples caboclo em sua lida.

 

Contrapondo-se aos fatos,

fui prova viva e virtual,

desta história de amor,

regada pelo horror.

Do relado de um contador.

 

Que incandescentes por ciúmes,

e dos valores conturbados,

que leva um filho calmo e amado,

a se transformar em um derrotado...

 

Página 10.

clubedeautores.com.br/book/160820--O_Lamento_de_Jose

Clube de Autores.